Fórum Brasil - União Européia
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 25

Fórum Brasil - União Européia São Paulo, 28 de maio de 2010. Fabio C. Barbosa PowerPoint PPT Presentation


  • 46 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Fórum Brasil - União Européia São Paulo, 28 de maio de 2010. Fabio C. Barbosa. Santander no Brasil:. Santander no mundo. Mais de 10.3 milhões de correntistas ativos 3.600 agências e PABs Mais de 51.000 funcionários R$ 316 bilhões de ativo total.

Download Presentation

Fórum Brasil - União Européia São Paulo, 28 de maio de 2010. Fabio C. Barbosa

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Fórum Brasil - União Européia

São Paulo, 28 de maio de 2010.

Fabio C. Barbosa


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Santander no Brasil:

Santander no mundo

  • Mais de 10.3 milhões de correntistas ativos

  • 3.600 agências e PABs

  • Mais de 51.000 funcionários

  • R$ 316 bilhões de ativo total

  • 1º grupo financeiro na Espanha e na América Latina e importante presença na Europa Ocidental e no Reino Unido

  • 170.000 funcionários no mundo

  • Total de ativos: EUR$ 1.142 bilhões


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Santander no Brasil

Santander é o 3º maior banco privado no Brasil, com escala para competir com os maiores Bancos da região.

Market Share

by number of branches

February/2010

Mar/10

Norte: 5% do PIB

Share: 5%

Nordeste: 13% do PIB

Share : 7%

Centro-oeste:9% do PIB

Share : 5%

Forte plataforma de distribuição…

  • Um dos bancos com maior número de pontos de distribuição na região Sul / Sudeste (73% do PIB)

    • Mais 10.3 MM de correntistas ativos

Sudeste: 57% do PIB

Share : 15%

Sul: 16% do PIB

Share : 9%

  • Source: The Brazilian Central Bank and IBGE. GDP date: 2007.

  • Demand Deposits + Time Deposits + Savings + Debentures + Real Estate Credit Notes (LCI) and Agribusiness Credit Notes (LCA)

  • Includes Assets Under Management

  • Customers with active accounts during a 30-day period, according to the Brazilian Central Bank.


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

O Brasil mudou e mostra sua força econômica ...

Economia retoma crescimento em 2010…

PIB (crescimento ano a ano %)

Taxa de juros- Selic (%)

End of Period

Inflação (IPCA %)

Taxa de Câmbio– (R$/US$)

End of Period

Sources: The Brazilian Central Bank, IBGE and Santander Research


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

... sua revolução social...

Nova classe social que surge

Taxa de Desemprego (%)

Classe Baixa

ClasseMédia

% da población


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

...em um momento diferente,

Bônus Demográfico

Maior número de pessoas em idade produtiva, com melhores níveis educacionais, melhores condições de saúde

Existe maior e melhor capital humano.


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

...que demanda crédito!

344%

64%

72%

179%

-5%

59%


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Evolução do crédito

Investimento Estrangeiro (US$ MM)

Ingressos - ações de companhias brasileiras

Investimento Estrangeiro em Carteira (US$ MM) Créditos


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Evolução do crédito

Investimento Estrangeiro (US$ MM)

Saldo de ações de companhias brasileiras

Investimento Estrangeiro em Carteira (US$ MM) Saldo


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

… resultando em um ciclo de expansão sem precedentes e resiliência a crise mundial.

Duração em meses das fases de expansão e contração

maior fase de

expansão

Contração

mais breve

48

8

36

25

22

13

61

13

28

20

30

9

16

9

8

6

Fev83

Jan87

Out88

Mai89

Dez91

Nov94

Set95

Set97

Fev99

Nov00

Set01

Set02

Jun03

Jun08

Jan09

Fev10

Out80

Jan83

Fev87

Set88

Jun89

Nov91

Dez94

Ago95

Out97

Jan99

Dez00

Ago01

Out02

Mai03

Jul08

Dez08

Fonte: Apresentação do Presidente do Banco Central do Brasil para a Associação Brasileira dos Bancos internacionais


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Bancos são agentes de desenvolvimento econômico...

Financiar o consumo

e o investimento

Rentabilizar a poupança

Viabilizar pagamentos e recebimentos

Bancos


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

... Em um cenário

Financiar o consumo

e o investimento

Viabilizar pagamentos e recebimentos

Rentabilizar a poupança

... onde se destacam novas tendências:

Bancos

Investimento de longo prazo;

Transparência;

Integração social e ambiental.


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

A

O crescimento demandará

crédito de longo prazo...

1

Precisamos desenvolver mecanismos de poupança e empréstimos de longo prazo.

  • Letras Financeiras;

  • Mercado de Capitais;

  • Fundos de Pensão.


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

... Em um cenário

Financiar o consumo

e o investimento

Viabilizar pagamentos e recebimentos

Rentabilizar a poupança

... onde se destacam novas tendências:

Bancos

Investimento de longo prazo;

Transparência;

Integração social e ambiental.


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

B

...numa sociedade cada vez mais informada!

Consciência

Direitos do Consumidor

Cidadania


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

6

Consumidores

Um cenário de 3 agentes

Sistema Financeiro

Reguladores


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

6

Consumidores

Situação no passado

Sistema Financeiro

Foco na relação entre Bancos e Reguladores

Reguladores


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

6

Consumidores

Reguladores podem assumir maior destaque

Sistema Financeiro

Reguladores

Sociedade busca se proteger


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

6

Consumidores

Os Bancos devem se aproximar da sociedade

Sistema Financeiro

Transparência ganha a confiança dos consumidores

Reguladores


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

... Em um cenário

Financiar o consumo

e o investimento

Viabilizar pagamentos e recebimentos

Rentabilizar a poupança

... onde se destacam novas tendências:

Bancos

Investimento de longo prazo;

Transparência;

Integração social e ambiental.


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

C

Portanto, estamos tratando de...

Meio ambiente

Sociedade

Economia

Não é abrir mão do econômico, mas integrar as dimensões sociais e ambientais em todas as decisões.

Pensar e agir sistemicamente!


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Estar em

Sintonia com a sociedade,

no papel de

agentes de transformação.


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Brasil vive um momento único

de perspectiva de crescimento...

Sistema Financeiro está se preparando para dar apoio para essa nova fase.


F rum brasil uni o europ ia s o paulo 28 de maio de 2010 fabio c barbosa

Vai dar certo!


  • Login