O tudo para todos em sa de no brasil
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 46

O TUDO PARA TODOS EM SAÚDE NO BRASIL PowerPoint PPT Presentation


  • 51 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

O TUDO PARA TODOS EM SAÚDE NO BRASIL. TUDO A TODOS. O DIREITO À VIDA É UNIVERSAL E NÃO DEPENDERIA DE DECLARAÇÕES… O DIREITO À SAÚDE É DIREITO DO SER HUMANO E NÃO DEPENDERIA DE CONSTITUIÇÕES … MAS, QUE BOM, QUE TAMBÉM CONSTE NA NOSSA CF O SUS QUE QUEREMOS E O SUS QUE TEMOS:

Download Presentation

O TUDO PARA TODOS EM SAÚDE NO BRASIL

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


O tudo para todos em sa de no brasil

O TUDO PARA TODOS EM SAÚDE NO BRASIL

TUDO A

TODOS

gilson carvalho


O tudo para todos em sa de no brasil

  • O DIREITO À VIDA É UNIVERSAL

  • E NÃO DEPENDERIA DE DECLARAÇÕES…

  • O DIREITO À SAÚDE É DIREITO DO SER HUMANO

  • E NÃO DEPENDERIA DE CONSTITUIÇÕES …

  • MAS, QUE BOM, QUE TAMBÉM CONSTE NA NOSSA CF

  • O SUS QUE QUEREMOS E O SUS QUE TEMOS:

  • ENTRE O VIRTUAL (UNIVERSAL E INTEGRAL) E

  • O REAL DA INTEGRALIDADE

  • TRINCADA, TRUNCADA OU TURBINADA

  • PELO INTERESSE ECONÔMICO SEM PEIAS…


O tudo para todos em sa de no brasil

  • DESAFIO VELHO-NOVO DA GARANTIA DO DIREITO À SAÚDE NO BRASIL

  • SAÚDE DIREITO HUMANO DE TODOS E DEVER DO ESTADO

  • FUNÇÕES:

  • REGULAR, FISCALIZAR,CONTROLAR, EXECUTAR

  • OBJETIVOS:

  • 1) IDENTIFICAR CONDICIONANTES E DETERMINANTES;

  • 2) FOMULAR A POLÍTICA ECONÔMICA E SOCIAL PARA DIMINUIR O RISCO DE DOENÇAS E OUTROS AGRAVOS; 3) ASSISTÊNCIA POR AÇÒES DE PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE

  • DIRETRIZES E PRINCÍPIOS:

  • ASSISTENCIAIS

  • UNIVERSALIDADE – IGUALDADE (EQUIDADE) – INTEGRALIDADE INTERSETORIALIDADE – RESOLUTIVIDADE – ACESSO A INFORMAÇÃO – AUTONOMIA DAS PESSOAS – BASE EPIDEMIOLÓGICA

  • GERENCIAIS

  • REGIONALIZAÇÃO – HIERARQUIZAÇÃO – DESCENTRALIZAÇÃO – GESTOR ÚNICO – COMPLEMENTARIEDADE E SUPLEMENTARIEDADE DO PRIVADO –FINANCIAMENTO – PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA

  • CONDICIONANTES E DETERMINANTES

  • ECONÔMICO E SOCIAL : EMPREGO, RENDA, CASA, COMIDA, LAZER, EDUCAÇÃO, TRANSPORTE, MEIO AMBIENTE, SANEAMENTO


O tudo para todos em sa de no brasil

FEITOS SUS – BRASIL 2006

  • 2,5 BI PROCEDIMENTOS (1,3 bi BÁSICOS E 1,2 bi ÑBÁS)

  • 600 MI CONSULTAS (252 mi básicas)

  • 2,1 MI PARTOS - 3,1 MI CIRURGIAS (141 MIL CIR.CARDÍACAS)

  • 11,3 MI INTERNAÇÕES

  • 9,2 MI TRS (97% DA OFERTA)- 12 MIL TRANSPLANTES (80% PÚBLICOS)

  • 130 mi VACINAS - 345 MI EXAMES – 55,4 MI FISIO

  • 212 MI AÇÕES ODONTO –3,9 MI ÓRTESES/PRÓTESES

  • 1,3 MI TOMO –11 MI USOM -243 MIL R.MAGNÉTICAS –

  • VIGILÂNCIA SANITÁRIA BÁSICA – 23 MILHÕES DE AÇÕES

  • 2005 AMS-IBGE: ESTABELECIMENTOS SAÚDE 77 MIL (55 MIL AMBULATÓRIOS – 22 MIL HOSPITAIS) 70% DOS PRIVADOS ATENDEM SUS – LEITOS:443 MIL SENDO 149 PÚBLICOS E 294 MIL PRIVADOS

  • PROGRAMAS: MAT. INF., IDOSOS, DIABÉTICOS, TB, MH, PACS , PSF

  • CONSELHOS E CONFERÊNCIAS DE SAÚDE

  • MAIOR SATISFAÇÃO DA POPULAÇÃO ATENDIDA

  • (INSATISFEITOS: QUEM NÃO USA OU NÃO CONSEGUE)


O tudo para todos em sa de no brasil

  • TUDO

  • INTEGRALIDADE

  • PARA

  • TODOS

  • UNIVERSALIDADE

  • É UM SONHO, UMA UTOPIA OU UMA REALIDADE AINDA POSSÍVEL?


O tudo para todos em sa de no brasil

  • OS OBSTÁCULOS:

  • INSUFICIÊNCIA

  • DE RECURSOS FINANCEIROS DETERMINANTES DA FALTA DE OUTROS RECURSOS

  • INEFICIÊNCIA

  • DO USO DOS RECURSOS FINANCEIROS E DE OUTROS RECURSOS


O tudo para todos em sa de no brasil

INTEGRALIDADE

REGULADA


O tudo para todos em sa de no brasil

  • A INTEGRALIDADE REGULADA

  • É A INTEGRALIDADE SONHADA

  • E INSCRITA NA CF

  • COM BASE

  • CIENTÍFICA

  • ÉTICA

  • NAS NECESSIDADES DE SAÚDE

  • DA POPULAÇÃO


O tudo para todos em sa de no brasil

  • A INTEGRALIDADE REGULADA… A DA CF

  • O TUDO

  • INTEGRALIDADE VERTICAL:

  • RESGATAR A VISÃO DO SER HUMANO COMO UM TODO… INTEIRO

  • INTEGRALIDADE HORIZONTAL:

  • AGIR COM O SER HUMANO COM AÇÕES DE PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • SONHADA E INSCRITA NA CF E LEI PRESSUPUNHA:

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • DA ATENÇÃO COM PROTOCOLIZAÇÃO BASEADA NA EVIDÊNCIA CIENTÍFICA

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • DA INCORPORAÇÃO TECNOLÓGICA DE EQUIPAMENTOS, MEDICAMENTOS, PROCEDIMENTOS (MBE)


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • SONHADA E INSCRITA NA CF E LEI PRESSUPUNHA:

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • COM ACESSO AMPLO, GERAL E IRRESTRITO À ATENÇÃO PRIMÁRIA QUALIFICADA

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • COM USO DE ESPECIALISTAS APÓS ACESSO PRÉVIO AOS CUIDADOS PRIMÁRIOS


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • SONHADA E INSCRITA NA CF E LEI PRESSUPUNHA:

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA DISCUTINDO-SE ANTES A DESMEDICALIZAÇÃO E A INDICAÇÃO CORRETA DOS MEDICAMENTOS;

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • DE EXAMES PRECEDIDA DA DISCUSSÃO DE “QUE EXAMES” E “DE QUANDO” FAZÊ-LOS;


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE SONHADA E INSCRITA NA CF E LEI PRESSUPUNHA:

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • DA HOSPITALIZAÇÃO PRECEDIDA PELA UNIVERSALIDADE DA ATENÇÃO PRIMÁRIA;

  • INTEGRALIDADE REGULADA

  • DAS UTIs COM DISCUSSÃO DE QUE AGRAVOS PRECISAM DE UTI E O BEM MORRER DOS FORA DE POSSIBILIDADE TERAPÊUTICA;


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADETRINCADA

  • INTEGRALIDADE TRUNCADA &

  • INTEGRALIDADE TURBINADA

DESCAMINHOS


O tudo para todos em sa de no brasil

INTEGRALIDADE

TRIN-CADA


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE TRINCADA:

  • 1) IT PELA INIQUIDADE DO BRASIL COM DIFERENÇAS ABISSAIS HISTÓRICAS ENTRE ESTADOS E CIDADES NO MESMO PAÍS;

  • 2) IT PELA INIQUIDADE DA DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS FEDERAIS PARA A SAÚDE (MAIS PARA QUEM MAIS TEM)

  • 3) IT PELA DIFERENÇA DE ALOCAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS E TÉCNICOS DE SAÚDE (CONSEQUÊNCIA DOS ACIMA);

  • 4) IT GARANTINDO APENAS PARTE, PARA SERES HUMANOS E CIDADÃOS IGUAIS.

  • 5) IT FARMÁCIA POPULAR PELA VENDA INTEGRAL NO PÚBLICO E VENDA SUBVENCIONADA NO PRIVADO - CO-PAGAMENTO


O tudo para todos em sa de no brasil

  • PROFISSÃO DE FÉ:

NÃO

FARMÁCIA POPULAR COM MAIS REMÉDIO, PARA MAIS GENTE COM

RE-CO-PAGAMENTO DO QUE JÁ FOI PAGO

SIM

FARMÁCIA POPULAR COM MAIS REMÉDIO, PARA MAIS GENTE SEM

RE-CO-PAGAMENTO DO QUE JÁ FOI PAGO


O tudo para todos em sa de no brasil

INTEGRALIDADE

TRUNCADA


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE TRUNCADA:

  • EXPANSÃO DO CONCEITO DE SAÚDE INCLUINDO CONDICIONANTES E DETERMINANTES COMO RESPONSABILIDADE DOS SERVIÇOS DE SAÚDE

  • REDUÇÃO DO CONCEITO DE SAÚDE ELIMINANDO AS ATIVIDADES MEIO PRÓPRIAS E ESPECÍFICAS DA SAÚDE.


O tudo para todos em sa de no brasil

TRUNCAGEMPARA MAIS

MANIFESTAÇÃO DO ÁLVARO - AGU EM 26-4-2005 E

PARECER DO FONTELES 30-5-2005:

CONDICIONANTE É SAÚDE E PODE USAR DINHEIRO DO FUNDO PARA PAGAR ALIMENTAÇÃO...

POR CONSEQUINTE ... BOLSA FAMÍLIA, SALÁRIO, DESEMPREGO, ÁGUA, ESGOTO, LIXO, MEIO AMBIENTE, QUADRAS ESPORTIVAS, EDUCAÇÃO, HABITAÇÃO ETC

TRUNCAGEM PARA MENOS

DECISÃO TCU-600/2000 (FÊNIX RESSUSCITADA PELO MS MAIO-05): PROIBIDO USAR $ DO SUS PARA AÇÕES ADMINISTRATIVAS DO SUS: GERAL, INFORMÁTICA (MATRÍCULAS, PAPELETAS, BANCO DE DADOS, FATURAMENTO) COMPRAS, ALMOXARIFADO, FUNDO DE SAÚDE, CONSELHO DE SAÚDE,AUDITORIA ETC...

?


O tudo para todos em sa de no brasil

INTEGRALIDADE

TURBINADAAAAA


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE TURBINADA

  • EXCESSO DE USO INDEVIDO , DE RECURSOS

  • DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS. DE USO DE ESPECIALISTAS E DE PROCEDIMENTOS

  • NA ROTINA DOS SERVIÇOS DE SAÚDE PÚBLICOS E PRIVADOS

  • EM DECORRÊNCIA DE DETERMINAÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO E JUDICIÁRIO (JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE)


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE TURBINADA:

  • INTEGRALIDADE TURBINADA PELA VORACIDADE DE ALGUNS PRODUTORES E MERCADORES DE EQUIPAMENTOS, MEDICAMENTOS E MATERIAL DE SAÚDE…

  • TURBINADADORES TURBINANDO PRESCRITORES… CONSUMIDORES… MIDIA INDUTORA… MIN.PÚBLICO, JUDICIÁRIO…

VALE TUDO… COMANDADO PELOS QUE LEVAM VANTAGEM


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE TURBINADA:

  • INTGERALIDADE TURBINADA PELA INFLUÊNCIA DIRETA E INDIRETA DO COMPLEXO INDUSTRIAL, COMERCIAL E MIDIÁTICO DE SAÚDE (CICMS):

  • SOBRE OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE (DESDE AS ESCOLAS DE SAÚDE,SEUS CURRÍCULOS, PROFESSORES E FORMADORES DE OPINIÃO ATÉ O PROFISSIONAL RESPONSÁVEL DIRETO PELOS PACIENTES);

  • SOBRE A POPULAÇÃO, INDUZIDA AO CONSUMO POR CERTA MÍDIA PAGA A PESO DE OURO POR AQUELES;

  • SOBRE O JUDICIÁRIO COM A AJUDA DE ADVOGADOS OU DO MINISTÉRIO PÚBLICO… (ESTIMA-SE EM 250 MIL AÇÕES EM 2005)

VALE TUDO… COMANDADO PELOS QUE LEVAM VANTAGEM


O tudo para todos em sa de no brasil

  • A TURBINAGEM SOB INTERESSES:

  • “Vários exames de alta tecnologia são normais. Se os nossos profissionais não fossem treinados pelos representantes de empresas e laboratórios, evitaríamos que a Saúde se transformasse num grande negócio que não interessa aos usuários, mas sim ao capital. Nos países de origem dessas tecnologias se gasta o valor equivalente ao do Produto Interno Bruto Brasileiro, apenas na saúde.”

  • ADIB JATENE – FORUM SAÚDE E DEMOCRACIA – RIO 13-14/3/2006


O tudo para todos em sa de no brasil

  • A TURBINAGEM SOB INTERESSES:

“ O lobby da indústria e do comércio de produtos farmacêuticos junto a associações de portadores de certas doenças e o intenso trabalho de marketing junto aos médicos fazem com que tanto os usuários quanto os prescritores passem a considerar imprescindível o uso de medicamentos novos. Em regra esses produtos são de altíssimo custo, como já mencionado, mas nem sempre são mais eficazes que outros de custo inferior, indicados para a mesma doença.”

SENADOR TIÃO VIANA - MÉDICO


O tudo para todos em sa de no brasil

  • A TURBINAGEM SOB INTERESSES:

”A indústria farmacêutica detém controle sobre a avaliação dos próprios produtos e publica o que quer. É fundamental um controle governamental desse comportamento”.

Dra.Marcia Engell – ex-editora do New England Jornal of Medicine


O tudo para todos em sa de no brasil

  • MEDICINA DEFENSIVA


O tudo para todos em sa de no brasil

  • A TURBINAGEM SOBRE OS PRESCRITORES

MIDIA


O tudo para todos em sa de no brasil

  • A TURBINAGEM A PARTIR DOS PRESCRITORES


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE TURBINADA

  • A JUDICIALIZAÇÃO NÃO É CAUSA MAS CONSEQUÊNCIA…

  • NASCE DO USO IRRACIONAL DAS TECNOLOGIAS COMANDADA PELO INTERESSE ECONÔMICO

  • POR OUTRO LADO A JUDICIALIZAÇÃO REFORÇA O “ACERTO. MUITAS VEZES ERRADO”

  • DO PRESCRITOR E DO PRODUTOR


O tudo para todos em sa de no brasil

  • INTEGRALIDADE TURBINADA


O tudo para todos em sa de no brasil

  • DADOS SOBRE JUDICIALIZAÇÃO NA SAÚDE:

  • RS – DISPENSAÇÃO EXCEPCIONAL

  • 91-92 – 15 mil unidades 2005 – 150 mil uni.

  • 2. MG – 2000-121 ACÓRDÃOS –

  • 2005 – 1111 ACÓRDÃOS - TJMG

  • 2. BR – MS - 2003 - 14 medicamentos excepcionais consumiram 63,7% das receitas do MS para medicamentos.

  • 3. PORTADOR DE DETERMNADA DOENÇA GASTA 800 MIL REAIS/ANO COM TRATAMENTO.

  • 4. BRASIL: GASTO DE 15 ESTADOS COM MEDICAMENTOS EXCEPCIONAIS – 2003 21% VIERAM DE DEMANDAS JUDICIAIS; EM 2006 = 27% (R$481 MI) – (dados da PESQUISADORA REGINA NICOLETTI


O tudo para todos em sa de no brasil

TEM SAÍDAS ?


O tudo para todos em sa de no brasil

  • RECONHECER O DEVER DO ESTADO DE REGULAR A ATENÇÃO À SAÚDE:

  • CONSTITUIÇÃO FEDERAL

  • Art. 197. São de relevância pública as ações e serviços de saúde, cabendo ao poder público dispor, nos termos da lei, sobre sua regulamentação, fiscalização e controle, devendo sua execução ser feita diretamente ou através de terceiros e, também, por pessoa física ou jurídica de direito privado.

  • LOS-8080

  • Art. 1º Esta lei regula, em todo o território nacional, as ações e serviços de saúde, executados isolada ou conjuntamente, em caráter permanente ou eventual, por pessoas naturais ou jurídicas de direito Público ou privado. LEI 8080 –

  • Art. 15. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios exercerão, em seu âmbito administrativo, as seguintes atribuições:

  •     V - elaboração de normas técnicas e estabelecimento de padrões de qualidade e parâmetros de custos que caracterizam a assistência à saúde;

  •     XI - elaboração de normas para regular as atividades de serviços privados de saúde, tendo em vista a sua relevância pública;


O tudo para todos em sa de no brasil

  • RECONHECER O DEVER DO ESTADO DE REGULAR A ATENÇÃO À SAÚDE:

Decisão do STF limita a responsabilidade do Estado de Alagoas a fornecer medicamentos contemplados na Portaria GM/MS nº 1.318, de 23 de julho de 2002, do Ministério da Saúde, que traz a relação dos medicamentos de dispensação excepcional, muitos deles de alto custo.

Ministra Ellen Gracie, Presidente do Supremo Tribunal Federal

Autos da Suspensão de Tutela Antecipada (STA) nº 91/AL

Diário de Justiça – 5-3-2007


O tudo para todos em sa de no brasil

  • RECONHECER O PODER E O DEVER DO ESTADO DE REGULAR A ATENÇÃO À SAÚDE:

  • LEIS - DECRETOS - NORMAS TÉCNICAS

  • PROJETO DE LEI DO SENADOR TIÃO VIANA SOBRE TERAPIAS:

  • "Art. 6º-A. A integralidade da assistência terapêutica, inclusive farmacêutica, de que trata a alínea d do inciso I do art. 6º consiste em:

  •     I - oferta de procedimentos terapêuticos ambulatoriais e hospitalares constantes de tabelas elaboradas pelo gestor federal do SUS, realizados no território nacional em serviço próprio, conveniado ou contratado;

  •     II - dispensação de medicamento prescrito em serviço próprio, conveniado ou contratado, cuja prescrição esteja em conformidade com as diretrizes terapêuticas instituídas pelo gestor federal do SUS em protocolo clínico para o agravo à saúde a ser tratado.

  •     § 1º Na falta do protocolo a que se refere o inciso II do caput, a dispensação limitar-se-á aos produtos constantes de relações de medicamentos essenciais e de medicamentos de dispensação excepcional elaboradas pelo gestor federal do SUS.

  •     § 2º São vedados, em todas as esferas de gestão do SUS:

  •     I - o pagamento, o ressarcimento ou o reembolso de procedimento clínico ou cirúrgico experimental;

  •     II - o pagamento, o ressarcimento ou o reembolso de procedimento clínico ou cirúrgico para fins estéticos ou embelezadores, bem como de órteses e próteses para os mesmos fins;

  •     III - a dispensação, o pagamento, o ressarcimento ou o reembolso de medicamento, nacional ou importado, sem registro no órgão público brasileiro competente.

  •     § 3º Para os efeitos desta lei, procedimento clínico ou cirúrgico para fins estéticos ou embelezadores é aquele realizado com o objetivo de corrigir alterações de partes do corpo decorrentes do processo normal de envelhecimento ou de alterar variações anatômicas que não causem disfunções orgânicas, físicas ou psíquicas".


O tudo para todos em sa de no brasil

  • RESSUMINDO AS FERRAMENTAS DE SAÍDA

  • ESTABELECIMENTO DE NOVOS PARADIGMAS (PROTOCOLOS) TÉCNICOS E ÉTICOS EM ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE PARA:

  • FORMADORES DO PESSOAL DA SAÚDE

  • PROFISSIONAIS DA SAÚDE

  • FABRICANTES E MERCADORES DE PRODUTOS DE SAÚDE

  • PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SAÚDE

  • ADMINISTRADORES E GESTORES DE SAÚDE


O tudo para todos em sa de no brasil

  • RESSUMINDO AS FERRAMENTAS DE SAÍDA

  • ENTENDIMENTO ENTRE O SETOR SAÚDE O MINISTÉRIO PÚBLICO E O JUDICIÁRIO

  • BUSCA DO CONSENSO ENTRE A ÁREA DE SAÚDE E O MP E JUDICIÁRIO

  • CÂMARA DE ARBITRAGEM DE MEDICAMENTOS,PRODUTOS E EQUIPAMENTOS

  • QUALIFICAÇÃO DA DEMANDA

  • O DIREITO AO CONTRADITÓRIO

  • A ARBITRAGEM TÉCNICA ( PARECER DE ESPECIALISTAS)

  • A DECISÃO SOBERANA


O tudo para todos em sa de no brasil

CENTRAR A SOLUÇÃO NO,COM,POR, PELO

SER HUMANO

NA DÚVIDA SEMPRE PENSAR, ESCUTAR, SENTIR A SOCIEDADE QUE DEVE SER A CONDUTORA DE SEUS DESTINOS, MESMO QUE AINDA NÃO ESTEJAM EXPRESSOS NAS LEIS


O tudo para todos em sa de no brasil

  • VISÃO DE FUTURO

  • A INTEGRALIDADE É POSSÍVEL!!!...

  • INTEGRALIDADE

  • MENOR E PIOR DO QUE HOJE…

  • BASTA PERMANECERMOS NO MODELO ATUAL…

  • E ESTAREMOS ANTECIPANDO A EXAUSTÃO DO SISTEMA E A FRUSTRAÇÃO DO SONHO DE

  • MAIS VIDA COM SAÚDE-PAZ-FELICIDADE

  • INTEGRALIDADE

  • MAIOR E MELHOR DO QUE HOJE…

  • BASTA MUDARMOS O MODELO ATUAL DE SAÚDE

  • E ESTAREMOS ANTECIPANDO A CONQUISTA DO SONHO DE

  • MAIS VIDA COM SAÚDE-PAZ-FELICIDADE


O tudo para todos em sa de no brasil

  • SAÍDAS PARA GARANTIR A INTEGRALIDADE:

  • AUMENTAR RECURSOS

  • COMBATER CORRUPÇÃO

  • MUDAR O MODELO SAÚDE

  • TER EFICIÊNCIA NO GASTO

  • TRANSFORMAR O BRASIL


O tudo para todos em sa de no brasil

  • LEI DOS “5-E”

  • PARA SE CONSEGUIR SAÚDE-FELICIDADE PARA TODOS OS CIDADÃOS BRASILEIROS:

  • EDUCAÇÃO

  • DOS DIRIGENTES PÚBLICOS E PRIVADOS

  • EDUCAÇÃO

  • DOS PROFISSIONAIS

  • EDUCAÇÃO

  • DOS PRESTADORES DE SERVIÇO, PRODUTORES E MERCADORES DE INSUMOS SAÚDE

  • EDUCAÇÃO

  • DOS CIDADÃOS USUÁRIOS

  • EDUCAÇÃO

  • DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO, DO JUDICIÁRIO, DO MP E DE OUTROS


O tudo para todos em sa de no brasil

  • A GRANDE SAÍDA:

  • ESCLARECER…

  • COOPTAR MAIS GENTE… E

  • LUTAR

  • LUTAR

  • LUTAR

  • NÃO ESMORECER

LUTAR


O tudo para todos em sa de no brasil

“A ESCOLHA DO MELHOR E MAIS CORRETO EM SAÚDE É DIFÍCIL.

NÃO BASTAM SENTIMENTOS, BOA FÉ, SENTIMENTALISMOS, BOA VONTADE.

É ESSENCIAL E IMPRESCINDÍVEL TER E EXERCER CONHECIMENTO, MATURIDADE E O MÍNIMO DE RACIONALIDADE.

PODEMOS SUCUMBIR DIANTE DO RISCO DE QUE NOSSAS DECISÕES E AÇÕES, INOCENTEMENTE, AJUDEM A SALVAR O CAPITAL E SEUS DETENTORES E A DEIXARMOS DE SER PARTE NO RESGATE DO SER HUMANO, DE SUA QUALIDADE DE VIVER,DE SEU BEM-ESTAR E FELICIDADE”. GC


O tudo para todos em sa de no brasil

  • “PARA SE FAZER AMANHÃ O IMPOSSÍVEL DE HOJE,

  • É PRECISO FAZER HOJE O POSSÍVEL DE HOJE”

  • PAULO FREIRE


  • Login