A Função dos Colégios de Aplicação/
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 18

A Função dos Colégios de Aplicação/ CAp nas Universidades Federais PowerPoint PPT Presentation


  • 50 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

A Função dos Colégios de Aplicação/ CAp nas Universidades Federais. Origem dos CAp.

Download Presentation

A Função dos Colégios de Aplicação/ CAp nas Universidades Federais

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


A fun o dos col gios de aplica o cap nas universidades federais

A Função dos Colégios de Aplicação/CAp nas Universidades Federais


Origem dos cap

Origem dos CAp

  • USA -1896 - Associada à fundação da Escola Dewey, o Laboratory Schools da Universidade de Chicago foi criado e funciona até hoje como um espaço para o desenvolvimento, aplicação prática e avaliação científica de uma efetiva “ciência da educação”. Anísio Teixeira pensou a Educação Pública no Brasil, o INEP, a CAPES, a Universidade e, também, os CAp segundo essa orientação epistemológica e política de John Dewey.


Origem dos cap1

Origem dos CAp

  • Associação Nacional de Escolas-laboratório (NALS)-USA - Propõe mudanças para melhoria do ensino através do desenvolvimento de ideias inovadoras no âmbito da pesquisa, elaboração de currículo, programa de estágio e treinamento de professores em ambiente experimental


Origem dos cap2

Origem dos CAp

  • Brasil – 1946- Decreto-Lei 9.053- Criados como Ginásio de Aplicação das Faculdades de Filosofia, Vinculadas às Instituições Federais de Ensino.

  • Primeiro a funcionar- 1948 –vinculado à FFCL da Universidade do Brasil, atual UFRJ.

  • Brasil-2012 – São unidades de Educação Básica e das Universidades Federais, gozando das prerrogativas estabelecidas pela autonomia universitária (Art.207 da Carta Magna)

  • Segundo a LDB, Lei 9394/96, art.16, integram o Sistema Federal de Ensino


Fun es dos cap

Funções dos CAp

  • Prover educação básica, desenvolvimento da pesquisa; experimentação/vivência de novas práticas pedagógicas; formação inicial e continuada de professores; criação, implementação e avaliação de novas práticas curriculares.

  • Pesquisa – Criar um ambiente propício para uma variedade de pesquisas que possam ser realizadas por professores do ensino fundamental e médio, professores universitários, estagiários e outros.


Fun es dos cap1

Funções dos CAp

  • Experimentação – Oferecer um laboratório de recursos humanos para a realização de experiências, desenvolvimento e aprimoramento de inovações que possam ou não estar diretamente vinculadas à pesquisa em educação.

  • Campo de Estágio – Permitir ao estagiário observação e participação em um ambiente educacional de qualidade, viabilizando uma prática significativa e de alto nível para os que precisam de uma experiência efetivamente formativaantes de concluírem o curso de graduação.


Fun es dos cap2

Funções dos CAp

  • Desenvolvimento de Currículo – Possibilitar um ambiente adequado para a criação, testagem, implementação e avaliação de práticas curriculares inovadoras, transposições e sequências didáticas

  • Extensão – Propiciar um local favorável para a formação continuada de docentes e de pessoal técnico-administrativo vinculado ao ensino.


Cap no organograma das ifes

CAp no organograma das IFES

  • Gabinete do Reitor

    UFAC, UFRGS e UFS

  • Pro- Reitoria de Graduação/Ensino

    UFG, UFSC, UFRJ e UFV

  • Unidade Especial

    UFMG e UFRN

  • Unidade Acadêmica

    Colégio João XXIII - UFJF

  • Órgão Suplementar do CE

    UFPE


Cap modalidades da educa o b sica

CAp - Modalidades da Educação Básica


Cap modalidades da educa o b sica1

CAp- Modalidades da Educação Básica


Cap e organiza o curricular

CAp e Organização Curricular

  • Currículo diversificado - combinando as disciplinas do currículo formal com componentes de formação mais abrangente e sólida dos alunos a exemplo da inclusão de música, artes plásticas e teatro, bem como componentes da parte diversificada do currículo orientados para a interdisciplinaridade e a transversalidade

  • Mais de uma língua estrangeira - francês, inglês e espanhol (máx.15 alunos/turma)

  • Metodologia do ensino aprendizagem – estímulo contínuo ao aluno a argumentar, tratar situações problemas, compreender fenômenos e descrevê-los, construir projetos e pesquisar.


Cap e organiza o curricular1

CAp e Organização Curricular

  • Serviço de Atendimento ao Estagiário – Faz a ligação entre o CAp, o licenciado e o Prof. Orientador de estágios e práticas de ensino.

  • Diferencial do estágio - Prof. da escola campo de estágio competente e comacompanhamento profissional do aluno, são fundamentais para a boa formação do professor pelas Universidades.

  • Sintonia metodológica dos CAp com a inovação educacional e as propostas das diretrizes curriculares do MEC para o Ensino Médio.


Cap nas pol ticas p blicas de educa o

CAp nas Políticas Públicas de Educação

  • Participação em Projetos de Extensão direcionados as redes públicas de ensino estaduais e municipais

  • Inserção nas políticas públicas de educação, em especial aquelas coordenadas pelo MEC:

    -Rede Nacional de Formação de Professores

    -Programa Nacional do Livro Didático (PMLD)

    -Programa Nacional de Biblioteca Escolar (PNBE)

    -Exame Nacional para Certificação de

    Competência de Jovens e Adultos (ENCCEJA)

    -Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a

    Docência (PIBID); e Gestar II


Pesquisa e inova o

Pesquisa e Inovação

  • Os CAp garantem educação de qualidade e estão envolvidos em projetos de pesquisa e inovação.

  • Ex: Trabalho -“Artefato médico à base de PVC e biomassa residual estável à esterilização via radiação gama” Primeiro lugar, em âmbito nacional, na Categoria Desenvolvimento Tecnológico na Ciência Jovem 2012, às alunas do CAp-UFPE. Será apresentado na Milset Expo-Sciences International 2013, em Dubai, nos Emirados Árabes.

  • O trabalho obteve registro de patente através do DINE/UFPE.


Cap destaques no ideb

CAp Destaques no IDEB


As universidades e os cap

As Universidades e os CAp

  • Os CAp são essenciais para que as IES possam cumprir o papel fundamental na Formação de professores.

  • A vinculação dos CAp às Universidades, permite aproximar a pesquisa acadêmica e a formação do docente, sintonizando-as com novas práticas pedagógicas.

  • CAp – “CASE” DE SUCESSO


Algumas propostas de trabalho

Algumas propostas de trabalho

  • Gestão e mediação, junto às licenciaturas diversas, das políticas institucionais de estágio supervisionado da Universidade e sua integração interinstitucional com as redes de ensino público.

  • Colaboração, orientação e participação na nova dinâmica curricular dos trabalhos de conclusão de curso (TCC) das licenciaturas, isto é, numa perspectiva strito sensu voltada à formação de professores.

  • Integração com os laboratórios das disciplinas de Metodologia do Ensino

  • Experimentação/vivência de inovação curricular


A fun o dos col gios de aplica o cap nas universidades federais

OBRIGADA!

Ana Maria Santos Cabral

Pró-Reitora Acadêmica da UFPE

Vice-Presidente do ForGrad

E-mail: [email protected]


  • Login