O jornalismo digital em base de dados
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 18

O jornalismo digital em base de dados PowerPoint PPT Presentation


  • 57 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

O jornalismo digital em base de dados. Elias Machado, 2006. O jornalismo digital em base de dados. Sobre o autor:. A base de dados como formato A narrativa nas bases de dados.

Download Presentation

O jornalismo digital em base de dados

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


O jornalismo digital em base de dados

O jornalismo digital em base de dados

Elias Machado, 2006


O jornalismo digital em base de dados1

O jornalismo digital em base de dados

Sobre o autor:

  • A base de dados como formato

  • A narrativa nas bases de dados

  • Professor do Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, coordena o Laboratório de Pesquisa Aplicada em Jornalismo Digital. Pesquisador no POSCOM-UFBA desde 1993, fundou com Marcos Palacios o GJOL. Sua pesquisa se encaixa na linha de Processos e Produtos Jornalísticos, no Jornalismo Digital em bases de dados.


O jornalismo digital em base de dados2

O jornalismo digital em base de dados

A base de dados como formato

  • Princípio da Transcodificação (Manovich, 2001)

  • Hipótese:

  • Base de dados como uma forma cultural típica das sociedades em rede, com estatuto próprio no jornalismo digital

  • Funções: 1) formato para a estruturação da informação; 2) suporte para modelos de narrativa multimídia, e 3) memória dos conteúdos publicados


O jornalismo digital em base de dados3

O jornalismo digital em base de dados

A base de dados como forma

  • Definição de Guimarães, 2003.

  • Bases de dados simples x complexas

  • Bases de dados hierárquicas, relacionais, orientadas a objetos e relacionais orientadas a objetos

  • Bases de dados até anos 90 x modernas

  • Base de dados relacional: atomicidade (redução das inconsistências e disponibilização ininterrupta)


O jornalismo digital em base de dados4

O jornalismo digital em base de dados

A base de dados como suporte

  • Nem todas organizações jornalísticas estruturadas em bases de dados complexas

  • Narrativa deixada em segundo plano em detrimento de nova tecnologia

  • Pioneirismo de Manovich: trabalhos multimídia são compatíveis com a forma cultural base de dados

  • Contraposição: Narrativa x Base de dados

  • Redefinição do conceito de narrativa: narrativa interativa / hipernarrativa


O jornalismo digital em base de dados5

O jornalismo digital em base de dados

A base de dados como suporte

  • Narrativa e base de dados mantém status próprio

  • Por que existe narrativa nas novas mídias?

  • Base de dados pode servir de suporte para diferentes modelos de narrativa multimídia

  • Escasso uso pelas organizações jornalísticas

  • Desafios: econômicos, políticos,culturais, desenvolvimento de programas, capacitação


O jornalismo digital em base de dados6

O jornalismo digital em base de dados

A base de dados como memória

  • Desde 80, base de dados como estrutura para organizar notícias / arquivo

  • Mnémè (conservação do passado) x anámnèsis (ativação de acordo com a demanda do presente)

  • Memória, antes de refletir um passado morto, apresenta parâmetros para previsão do futuro

  • Memória no jornalismo digital: múltipla, instantânea e cumulativa (Palacios, 2002)


O jornalismo digital em base de dados7

O jornalismo digital em base de dados

A base de dados como memória

  • Organização jornalística deve adotar forma de base de dados complexa que permita atualização constante da memória armazenada

  • Permite incorporar usuários na produção e reutilizar de forma instantânea fundos documentais

  • Condição para cumprir função de mediação passado e futuro e aplicar princípio da transcodificação

  • Condição para futuro das organizações jornalísticas


O jornalismo digital em base de dados8

O jornalismo digital em base de dados

A narrativa nas bases de dados

  • Base de dados aparece para usuários como interface tipificada no espaço navegável que permite explorar, compor, recuperar e interagir com as narrativas

  • Base de dados como uma forma cultural particular que viabiliza, pela primeira vez, que o espaço seja alçado à categoria de suporte


O jornalismo digital em base de dados9

O jornalismo digital em base de dados

Uma viagem através do espaço

  • Espaço navegável constituído pelos conjuntos estruturados dos itens organizados na forma de banco de dados

  • Necessidade de atualizar o conceito de narrativa

  • Incorporação / dependência das ações performadas pelos tele-atores (Manovich, 2001)

  • Caráter interativo da narrativa no ciberespaço, ainda pouca exploração do espaço navegável


O jornalismo digital em base de dados10

O jornalismo digital em base de dados

Uma viagem através do espaço

  • Tele-ator: ativador do fluxo que institui o espaço navegável e ator que interfere na narrativa e nas relações com outros atores

  • Desaparecimento do autor? Função mais difícil

  • Princípios básicos da interação: ingresso/saída, dentro/fora e aberto/fechado (Meadows, 2003)

  • Passos do processo interativo: observação, exploração, modificação e mudança recíproca (Meadows, 2003)


O jornalismo digital em base de dados11

O jornalismo digital em base de dados

A arquitetura na criação da narrativa

  • Necessidade de alargamento do conceito

  • AI como um dos elementos estruturadores das narrativas multimídia no ciberespaço

  • Estágios / Funções: indica percursos para localização da informação, orienta a busca e recuperação das informações e serve como elemento estruturante na composição de narrativas multimídia


O jornalismo digital em base de dados12

O jornalismo digital em base de dados

A arquitetura na criação da narrativa

  • 1º momento, AI na criação da narrativa: função de roteiro condiciona o trabalho do autor

  • 2º momento, AI na experimentação: orientação e recuperação das informações para o usuário

  • Distinção analítica, funções indissociáveis e complementares

  • História completa com começo, meio e fim x Narrativa descoberta e/ou composta pelo usuário (processo dinâmico)


O jornalismo digital em base de dados13

O jornalismo digital em base de dados

A narrativa em base de dados

  • Necessidade de criação de novos modelos narrativos

  • Infraestrutura: sistemas de gerenciamento de conteúdos estruturados na forma de base de dados

  • Complexidade expressa na diversificação das modalidades de narrativas

  • Participação ativa do jornalista no desenho desses sistemas complexos de produção e gestão conteúdo

  • Novos aspectos da atividade o redator dos cibermeios (Salaverria, 2005)


O jornalismo digital em base de dados14

O jornalismo digital em base de dados

A narrativa em base de dados

  • Multimidialidade por justaposição x por integração (Salaverría, 2005)

  • Sistema jornalístico apresenta características particulares: apuração, composição, circulação

  • Dupla articulação do subsistema de composição: padronização x diversidade de formatos e gêneros

  • Inventário dos tipos de gêneros ciberjonalísticos

  • Indício: melhor infraestrutura, mais complexos modelos de narrativa


O jornalismo digital em base de dados15

O jornalismo digital em base de dados

  • FiveThirtyEight http://fivethirtyeight.blogs.nytimes.com/author/nate-silver/


O jornalismo digital em base de dados16

O jornalismo digital em base de dados

  • Information is Beautiful

    http://www.informationisbeautiful.net/


O jornalismo digital em base de dados17

O jornalismo digital em base de dados

  • iFly Magazine x Especiais JC

    http://www.iflymagazine.comhttp://especiais.jconline.ne10.uol.com.br


  • Login