Mercado de Capitais
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 52

Mercado de Capitais – Unidade 1 PowerPoint PPT Presentation


  • 60 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Mercado de Capitais – Unidade 1. Educação a Distância – EaD. Mercado de Capitais. Professor: Flávio Brustoloni. Mercado de Capitais. Cronograma: Turma ADG0096. Reconhecer as diferenças entre as políticas econômicas e governamentais;.

Download Presentation

Mercado de Capitais – Unidade 1

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Mercado de capitais unidade 1

Mercado de Capitais – Unidade 1


Educa o a dist ncia ead

Educação a Distância – EaD

Mercado de Capitais

Professor: Flávio Brustoloni


Cronograma turma adg0096

Mercado de Capitais

Cronograma: Turma ADG0096


Objetivos da disciplina

  • Reconhecer as diferenças entre as políticas econômicas e governamentais;

  • Compreender, dentro do mercado financeiro, a importância dos mercados monetário, de capitais, fiscal, de crédito e cambial;

Objetivos da Disciplina:

  • Analisar as implicações do mercado de capitais no crescimento econômico do país;

  • Identificar a importância da emissão de títulos públicos como método de financiamento do governo;

  • Analisar a importância do CDI como referência na composição de taxas do mercado financeiro;

  • Identificar os principais produtos de aplicação e tomada de recursos disponíveis no sistema bancário nacional;

  • Oferecer novos mecanismos de mercado para atender às necessidades de capital de giro, financiamentos de curto e longo prazos, assim como às várias modalidades de aplicações existentes no mercado, quer para os excedentes financeiros, quer para as pessoas físicas quanto às jurídicas;

  • Facilitar a tomada de decisão dos executivos financeiros quanto às faltas ou sobras financeiras;


Unidade 1 pol ticas econ micas

Unidade 1POLÍTICAS ECONÔMICAS


Objetivos da unidade

  • Reconhecer os tipos de políticas econômicas e sua importância no cenário nacional/internacional;

  • Compreender as ações do governo para atingir determinadas finalidades relacionadas com a situação econômica do país;

Objetivos da Unidade:

  • Identificar os agentes econômicos que compõem o mercado financeiro;

  • Estabelecer relações entre mercado financeiro e crescimento econômico;


Tutorial

Indicação do Tópico

Tópico 1

Unidade 1

TUTORIAL

Numeração do slide

Página da apostila

03

2/45


T pico 1

TÓPICO 1

Aspectos Básicos das Políticas Econômicas

1/43


2 pol ticas econ micas

Tópico 1

Unidade 1

As políticas econômicas consistem no conjunto de ações do governo para atingir determinadas finalidades relacionadas à situação econômica de um país e seus principais objetivos são:

2 Políticas Econômicas

03

2/43


2 pol ticas econ micas1

2 Políticas Econômicas

Tópico 1

Unidade 1

  • promover o desenvolvimento da economia;

  • garantir o pleno emprego;

  • garantir a estabilidade de preços e o controle inflacionário;

  • promover a distribuição de renda no país.

03

3/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

É o conjunto de medidas do governo que tem por objetivo controlar o volume de moeda (dinheiro) em circulação e o montante de crédito disponível na economia. A política monetária, ao controlar os meios de pagamento, visa estabilizar o nível de preços geral da economia (controle da inflação).

03

4/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria1

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

Quando há necessidade de se diminuir a taxa de inflação, o governo aumenta a taxa de juros, diminuindo a oferta de dinheiro. Esse mecanismo controla o nível de preços.

04

5/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria2

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

Cabe ao Conselho Monetário Nacional (CMN) determinar a quantidade de moeda (dinheiro) na economia. Ao determinar a quantidade de dinheiro em circulação, têm-se a formação da taxa de juros, que nada mais é do que o preço do dinheiro.

04

6/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria3

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

O Banco Central (BACEN) dispõe de quatro instrumentos clássicos para atuar na política monetária:

04

7/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria4

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

a) Depósitos Compulsórios:

São depósitos sob a forma de reservas bancárias que cada banco comercial é obrigado a manter junto ao Banco Central. Os depósitos provêm de um percentual calculado sobre os depósitos à vistae à prazo e são recolhidos ao BACEN.

04

8/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria5

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

b) Operações De Mercado Aberto (open market):

São a compra e a venda de títulos públicos pelo Banco Central. O impacto sobre a liquidez na economia pode ser exemplificado de duas maneiras:

04

9/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria6

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

  • Quando o Banco Central compra esses papéis no mercado faz o pagamento em reais. Essa operação realizada em grande quantidade tem como objetivo aumentar a oferta de moeda e, consequentemente, diminuir a taxa de juros do mercado.

04

10/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria7

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

  • Quando o Banco Central vende esses papéis no mercado e recebe o pagamento em reais. Essa operação, realizada em grande escala, tem como finalidade diminuir a oferta de moeda, e consequentemente, aumentar a taxa de juros e com isso o nível de preços.

05

11/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria8

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

c) Taxa De Redesconto:

Quando um banco está com dificuldade para fechar seu caixa ao final do dia, solicita empréstimos a outros bancos, chamados de empréstimos interbancários.

05

12/43


2 pol ticas econ micas 2 1 pol tica monet ria9

2 Políticas Econômicas2.1 Política Monetária

Tópico 1

Unidade 1

d) Controle Do Crédito:

Refere-se ao controle direto sobre o crédito e pode ser relacionado ao volume, ao prazo e à destinação do crédito.

05

13/43


2 pol ticas econ micas 2 2 pol tica fiscal

2 Políticas Econômicas2.2 Política Fiscal

Tópico 1

Unidade 1

É a política de receitas e despesas do governo, que consiste na elaboração do orçamento, a qual demonstra as fontes de arrecadação e os gastos públicos a serem efetuados em um determinado período (exercício).

06

14/43


2 pol ticas econ micas 2 2 pol tica fiscal1

2 Políticas Econômicas2.2 Política Fiscal

Tópico 1

Unidade 1

  • Impostos (receitas):

  • IMPOSTOS DIRETOS (incidem sobre a renda das pessoas físicas e jurídicas);

  • IMPOSTOS INDIRETOS (são incorporados ao processo produtivo).

07

15/43


2 pol ticas econ micas 2 2 pol tica fiscal2

2 Políticas Econômicas2.2 Política Fiscal

Tópico 1

Unidade 1

  • b) Despesas do governo (gastos):

  • CONSUMO

  • TRANFERÊNCIAS

  • SUBSÍDIOS

  • INVESTIMENTOS

07

16/43


2 pol ticas econ micas 2 2 pol tica fiscal3

2 Políticas Econômicas2.2 Política Fiscal

Tópico 1

Unidade 1

  • c) Orçamento do governo:

  • ORÇAMENTO EQUILIBRADO

  • ORÇAMENTO SUPERAVITÁRIO

  • ORÇAMENTO DEFICITÁRIO

07

17/43


2 pol ticas econ micas 2 3 pol tica cambial

2 Políticas Econômicas2.3 Política Cambial

Tópico 1

Unidade 1

Quando as empresas vendem mercadorias para o exterior (exportam), recebem como pagamento moeda estrangeira e, assim sendo, aumentam a oferta de moeda estrangeira, particularmente o dólar, que é a moeda mais utilizada no mercado internacional.

09

18/43


2 pol ticas econ micas 2 3 pol tica cambial1

2 Políticas Econômicas2.3 Política Cambial

Tópico 1

Unidade 1

Quando as empresas compram mercadorias no exterior (importam), necessitam comprar moeda estrangeira para efetivar o pagamento das importações. O preço da moeda estrangeira em relação à moeda nacional é determinado nesse mercado e é chamado de taxa de câmbio (R$/US$).

10

19/43


2 pol ticas econ micas 2 3 pol tica cambial2

2 Políticas Econômicas2.3 Política Cambial

Tópico 1

Unidade 1

A política cambial refere-se às ações do governo para controle da taxa de câmbio e das condições de ingresso e saída de capitais externos no país. As operações de importação e exportação são registradas na balança comercial. Se o país importa mais do que exporta, causa um desequilíbrio, chamado déficit, no balanço comercial, porque não se consegue atrair recursos (dólares) em quantidade suficiente para pagar as contas em dólar.

10

20/43


2 pol ticas econ micas 2 4 pol tica de rendas

2 Políticas Econômicas2.4 Política de Rendas

Tópico 1

Unidade 1

É o conjunto de medidas que visam a redistribuição de renda e a justiça social. São exemplos de política de rendas:

SALARIO MÍNIMO: busca prover de renda mínima os trabalhadores e aposentados. O programa “Fome Zero” é um exemplo de política de rendas.

12

21/43


2 pol ticas econ micas 2 4 pol tica de rendas1

2 Políticas Econômicas2.4 Política de Rendas

Tópico 1

Unidade 1

SUBSÍDIOS: ao conceder subsídios o governo busca incentivar a produção e consumo de determinados produtos através de alguma ajuda financeira ou isenção de impostos para um determinado setor da economia.

12

22/43


2 pol ticas econ micas 2 4 pol tica de rendas2

2 Políticas Econômicas2.4 Política de Rendas

Tópico 1

Unidade 1

INCENTIVOS FISCAIS: o governo procura fortalecer determinado setor ou região.

12

23/43


T pico 2

TÓPICO 2

Mercado Financeiro e Crescimento econômico

24/43


2 mercado financeiro

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • Histórico: o sistema financeiro, como o conhecemos atualmente, é o substituto do escambo, pequenas peças de metal com peso e valor definidos contendo impressão de cunho oficial do império ou país, com datas de casamento do rei, imperador ou rainha, conquistas em olimpíadas etc.

19

25/43


2 mercado financeiro1

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • Idade Média: as pessoas mais abastadas guardavam seus valores com “ourives”, que como garantia entregavam um recibo. Com o decorrer dos tempos esse recibo passou a ser usado nas trocas comerciais, dando origem ao “papel-moeda”.

19

26/43


2 mercado financeiro2

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • Brasil: a moeda oficial brasileira foi lançada pelo Banco do Brasil em 1810, depois da chegada da Família Imperial Portuguesa, que veio para o Brasil em 1808, quando Portugal foi invadido pelos franceses.

19

27/43


2 mercado financeiro3

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • Modelo Bancário Brasileiro: o modelo trazido pelo Imperador D. João VI em 1808 foi o Europeu, com serviços de depósitos e empréstimos (descontos).

19

28/43


2 mercado financeiro4

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • Poupança: com a criação da moeda, uma parcela de renda não consumida começou a ser poupada, dando início às Poupanças. Essa capacidade de poupar, juntamente com o desejo e a oportunidade de poupar, facilita a geração de investimentos que, aplicados em algo lucrativo, aumentam a riqueza.

20

29/43


2 mercado financeiro5

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • Funções da Moeda: no decorrer dos tempos, a moeda adquiriu importância entre os povos dentre as quais podemos destacar: intermediação de trocas, medida de valor, reserva de valor, padrão de pagamentos.

20

30/43


2 mercado financeiro6

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

O mercado financeirofaz a ligação entre as pessoas ou empresas que têm dinheiro e as pessoas ou empresas que precisam de dinheiro. Para que isto ocorra é preciso um intermediário – os bancos. O mercado financeiro leva o dinheiro de quem tem para quem necessita, cobrando uma taxa que chamamos de juros.

21

31/43


2 mercado financeiro7

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

INVESTIMENTOS DIRETOS: ocorrem, por exemplo, quando alguém inicia seu próprio negócio e nele investe suas poupanças.

21

32/43


2 mercado financeiro8

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

INVESTIMENTOS INDIRETOS: fazem parte do chamado “mercado secundário”. Nestes, os títulos já se encontram no mercado e sua propriedade é transferida entre vários investidores. Os vendedores trocam seus títulos por dinheiro, e os compradores trocam dinheiro por títulos.

22

33/43


2 mercado financeiro9

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

Esse processo de tomar e emprestar é praticamente continuo e é um componente essencial do sistema financeiro. O mercado financeiro é subdividido em quatro grandes segmentos de intermediação financeira:

22

34/43


2 mercado financeiro10

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • MERCADO MONETÁRIO: é o mercado onde se concentram as operações para controle de oferta de moeda e das taxas de juros de curto prazo com vistas a garantir a liquidar da economia. O Banco Central do Brasil atua neste mercado praticando a chamada Política Monetária.

22

35/43


2 mercado financeiro11

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • MERCADO DE CRÉDITO: é formado por bancos comerciais / múltiplos. O desse objetivo desse mercado é cobrir as necessidades de recursos de curto e médio prazos dos agentes deficitários que necessitam de recursos para consumo ou capital de giro. Isso acontece através da concessão de crédito às pessoas físicas e concessão de empréstimos financiamentos às empresas.

22

36/43


2 mercado financeiro12

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • MERCADO DE CAPITAIS: tem como objetivo canalizar recursos de médio e longo prazos para agentes deficitários, através das operações de compra e de venda de títulos e valores mobiliários, efetuados entre empresas, investidores e intermediários (principalmente, o mercado de ações).

23

37/43


2 mercado financeiro13

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

O mercado de capitais atua no financiamento a longo prazo, captando recursos para investimentos (capital fixo) e capital de giro das empresas. A existência de um forte mercado de capitais sinaliza o grau de desenvolvimento de uma economia, porque as pessoas físicas, as empresas e as instituições passam a ter maiores possibilidades de investir o seu dinheiro.

24

38/43


2 mercado financeiro14

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

  • MERCADO DE CÂMBIO: onde são negociadas as trocas de moedas estrangeiras por reais.

24

39/43


2 mercado financeiro15

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

O crescimento econômico depende do aumento da capacidade de produção, o que, por sua vez, exige investimentos. Existe uma relação positiva entre o grau de desenvolvimento do mercado financeiro e as taxas de crescimento da economia.

25

40/43


2 mercado financeiro16

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

O crescimento econômico é mais acelerado quando os investimentos são direcionados para alternativas com maiores retornos econômicos. Isso provoca um circulo virtuoso, que vai do crescimento da poupança e transferência cada vez maior para os investimentos.

25

41/43


2 mercado financeiro17

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

Verifica-se, portanto, que a evolução recente do mercado de capitais no Brasil acompanha de perto o desenvolvimento da economia. O dinheiro captado pelas empresas com a emissão de ações favorece a realização de projetos de investimentos financiados a custos mais baixos e por prazos mais longos.

26

42/43


2 mercado financeiro18

2 Mercado Financeiro

Tópico 2

Unidade 1

Ao mesmo tempo, o crescimento do nível de atividade das empresas e a estabilidade econômica favorecem o desenvolvimento do mercado de capitais, na medida que há maior atratividade pelas ações negociadas.

26

43/43


Parab ns terminamos a unidade

Parabéns!!!Terminamos a Unidade.


Pr xima aula

Mercado de Capitais

PRÓXIMA AULA:

2º Encontro da Disciplina1ª Avaliação da Disciplina (Redação com consulta)


  • Login