Teoria da contabilidade prof r gio ferreira
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 31

TEORIA DA CONTABILIDADE Profº Régio Ferreira PowerPoint PPT Presentation


  • 49 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

TEORIA DA CONTABILIDADE Profº Régio Ferreira. Capítulo 6. “ Definição e Critérios de Avaliação do Ativo “ PLT - 67. 1 - Definição. Ativo “ Conjunto de bens e direitos à disposição da administração.. “ Avaliar: atribuir valores. Gerar receitas/ganhos para a empresa.

Download Presentation

TEORIA DA CONTABILIDADE Profº Régio Ferreira

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

TEORIA DA CONTABILIDADE

Prof Rgio Ferreira


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Captulo 6

Definio e Critrios de Avaliao do Ativo

PLT - 67


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

1 - Definio

Ativo

Conjunto de bens e direitos disposio da administrao..

Avaliar: atribuir valores.

Gerar receitas/ganhos para a empresa.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Ativos, transformando-se em dinheiro

Bens no so fabricados ou adquiridos sem nada render (= cias).

Jias, obras de artes so adquiridas para, no futuro se preciso possam ser convertidas em dinheiro (carro, imveis).

Aplicaes-proteger contra perdas, produzir juros.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Potencial de benefcos

Uma empresa usa os ativos para manter suas operaes, a fim de gerar receitas que supere o valor dos ativos sacrificados.

Nas aplicaes o objetivo garantir fluxo de caixa (cash flow).


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Nas empresas, o fluxo de caixa pode ser precedido de fluxo de servios (mercadorias), isolado ou conjuntamente, que servem para gerar fluxos de caixas.

Aqui, temos a viso da produo.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Em ltima anlise

Dinheiro ativo por excelncia.

Ativo, portanto, definido como algo que possui potencial de servio, para a entidade, direta ou indiretamente, agora ou no futuro, de gerar fluxos de caixa.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Ativos na Continuidade

A empresa mantm os ativos para em conjunto com outros ativos, com o trabalho e fora de trabalho da empresa, gerar fluxos lquidos positivos de caixa.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

2 - Avaliao do Ativo e outras caractersticas

  • Os ativos so avaliados por valor de custo (de entrada),

  • Idem para Passivos (obrigaes), precisar sacrificar ativos para pag-los. ( Ex: Conta Caixa R$ )


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Alguns tipos de avaliao pelo custo (valores de entrada)

Custo histrico ( original )

Valor original da transao, quanto custou empresa adquirir um determinado produto (ativo).


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Valor original, ou custo histrico, ou custo original - o valor para adquirirmos uma mercadoria, veculo para uso da empresa (valor negociado entre as partes).


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Custo histrico ( corrigido )

Basicamente, o mesmo do custo histrico, porm periodicamente , corrigido por algum ndice oficial, para trazer valores mais prximos do mercado (atual).

Utilizadas em pases com altas taxas inflacionrias.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Custo de reposio

Valor de mercado para repor um ativo com as mesmas caractersticas do que est sendo avaliado.

Ex: reposio de mquina danificada.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Custo de reposio corrigido

Idem anterior, porm corrigindo os valores para comparao.

Ex: Reposio ativo T0 $ 100

T1 $ 150

Inflao perodo 40%

Valor reposio em T1 ... $ 150

Valor reposio em T0 ... $ 140

Valorizao real ... $ 10


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Quadro resumido para demonstrao:

Custo histrico

Valor de aquisio

Valor de aquisio mais a correo

Custo histrico Corrigido

Custo de reposio

Valor de reposio do bem

Custo de reposio corrigido

Valor de reposio do bem, mais a correo


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

3 - O Ativo intangvel

Definio e exemplos

  • Nova lei das S/A (11.638/07) Ativo Permanente Balano Patrimonial

  • O Ativo Tangvel/Corpreo: bens fsicos, materiais, que se pode tocar.

  • O Ativo Intangvel / Incorpreo / Invisvel: que no de pode tocar, pegar.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

  • Relevncia a partir das fuses e incorporaes Europa e E.U.A.

    > Fuso: unio de 2 ou + sociedades para formao de uma sociedade nova (direitos e obrigaes), desaparecem as sociedades anteriores. Ex: Sky + DirecTv = Sky Brasil.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

> Incorporao: uma ou + sociedades so absorvidas por outra (sucede em todos direitos e obrigaes). Ex: Philip Morris incorporou KRAFT (patrimnio fsico USD 1 bi, USD 9 bi, bens intangveis (poder da marca, imagem, posio comercial).


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Tendncia moderna

  • Empresas famosas vendem bilhes, sem nada produzir, sem fbrica. mquina, etc.

  • Ex: Nike lider de mercado material esportivo, terceiriza todos produtos, sem produo.

  • VISA, movimenta USD 300 bi, com Ativo tangvel irrisrio.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Como avaliar uma marca?

A contabilidade combinada com as avaliaes, documentos, bens, defronta-se com este desafio: avaliar o Intangvel.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Capital Intelectual

  • Capacidade intelectual humana, inteligncia, conhecimento, marcas, patentes, design, liderana tecnolgica....

  • Simples avaliar o patrimnio visvel.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

Goodwill e algumas distores

  • Ativo intangvel diferena entre o valor contbil e o valor de mercado.

  • Valor agregado que tem a empresa pela lealdade dos clientes, imagem, reputao, nome da empresa, marca, produtos, patente, direitos autorais, etc.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

  • Difcil de serem avaliados, por ser subjetivo. Ex: Marlboro pode ter valor para muitos e odiada por quem no fuma.

  • Torna-se difcil ser destacado pela subjetividade.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

  • Diferena entre o valor da empresa e o valor de mercado dos Ativos e Passivos ( gio ).

  • Ex: avaliao empresa no mercado por $ 5.000, porm, perspectivas de lucros futuros paga $ 8.200; Goodwill de $ 3.200.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

O valor de uma empresa

  • Mtodos de avaliao de empresa:

  • Valor histrico: diferena entre Ativo e Passivo ( identifica quanto custa do que quanto vale ).

  • Fluxo de caixa descontado: valor presente dos fluxos de caixa futuros esperados, estes substituem valor da fbrica, equipamentos, veculos,...


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

  • Valor de liquidao: nfase no Ativo Tangvel a valor de liquidao, para empresas sem perspectivas.

  • Valor de Mercado Agregado: compara o valor de mercado com o capital investido pelos donos.

  • Valor Econmico Agregado: compara o Lucro Operacional Lquido com Custo Capital Investido.


Teoria da contabilidade prof r gio ferreira

ESTAMOS JUNTOS?


  • Login