A representa o e organiza o dos elementos qu micos liga es qu micas subst ncias puras e misturas
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 33

Colégio MV – 9º ano Profª Adriana Amorim Ciências – Cap. 5 PowerPoint PPT Presentation


  • 89 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

- A REPRESENTAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DOS ELEMENTOS QUÍMICOS - LIGAÇÕES QUÍMICAS - SUBSTÂNCIAS PURAS E MISTURAS. Colégio MV – 9º ano Profª Adriana Amorim Ciências – Cap. 5. LEMBRANDO: Toda a matéria é formada por várias substâncias diferentes.

Download Presentation

Colégio MV – 9º ano Profª Adriana Amorim Ciências – Cap. 5

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


A representa o e organiza o dos elementos qu micos liga es qu micas subst ncias puras e misturas

- A REPRESENTAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DOS ELEMENTOS QUÍMICOS- LIGAÇÕES QUÍMICAS- SUBSTÂNCIAS PURAS E MISTURAS

Colégio MV – 9º ano

Profª Adriana Amorim

Ciências – Cap. 5


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

LEMBRANDO:

  • Toda a matéria é formada por várias substâncias diferentes.

  • Essas substâncias são formadas pela união de átomos dos diversos elementos químicos.

  • Essa união dos elementos químicos é chamada de ligação química.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

H + H H H

H H

H + H + O O

ÁTOMOS DE HIDROGÊNIOS

GÁS OXIGÊNIO

ÁGUA

ÁTOMOS DE HIDROGÊNIO E OXIGÊNIO

Átomos Molécula

Além das fórmulas químicas, as moléculas são representadas por modelos que utilizam esferas diferentes para ilustrar cada tipo de átomo.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

EXEMPLOS DE MÓLECULAS

O 3 - GÁS OZÔNIO

ÁGUA – H2O

SAL DE COZINHA – NaCl

H2 – GÁS HIDROGÊNIO

GLICOSE – C6H1206


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

As substâncias podem ser classificadas como:

SUBSTÂNCIAS PURAS: formadas por espécies químicas iguais. Podem ser átomos, moléculas ou aglomerados iônicos.

São divididas em:

Subst. Pura Simples

Subst. Pura Composta


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

SUBSTÂNCIA PURA SIMPLES:ÁTOMOS DE UM MESMO ELEMENTO QUIMICO.

O 3 - GÁS OZÔNIO

H2 – GÁS HIDROGÊNIO

O2 – GAS OXIGÊNIO


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

SUBSTÂNCIA PURA COMPOSTA: ÁTOMOS DE MESMO ELEMENTOS QUIMICOS DIFERENTES:

ÁGUA – H2O

SAL DE COZINHA – NaCl

GLICOSE – C6H1206


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

CARACTERÍTICAS QUE IDENTIFICAM SE UMA SUBSTÂNCIA É PURA

  • Fórmula química

  • Propriedades específicas: TF, TE e densidade constantes


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

A temperatura vai aumentando

Após 2 minutos - atinge

0ºC (TF) – inicia o processo de derretimento

Gelo + água líquida

Após 5 minutos

Temperatura = 0 º C

Gelo + água líquida

Gelo a - 3º C

t= 0 min

Após 8 minutos

Temperatura = 0ºC

Gelo + água líquida

Após 10 minutos

Temperatura = 0ºC

Água líquida


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

  • Durante a mudança do estado físico da água a temperatura permanece constante.

  • Este comportamento serve para qualquer tipo de substância pura.

  • Este comportamento pode ser analisado no gráfico chamado Diagrama de aquecimento de uma substância pura.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

T (ºc)

gasoso

Líq + gas

PE 100º

EBULIÇÃO

líquido

Sol + líq

PF 0º

FUSÃO

sólido

t (min)

- 10º


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

Pense e responda:

Pág. 99

Pág. 101


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

LIGAÇÕES QUÍMICAS

  • Os átomos da maioria dos elementos químicos, iguais ou diferentes se combinam uns com os outros resultando em grande variedade de substâncias diferentes, sejam naturais, sejam sintetizadas pelo homem.

  • A combinação entre átomos se dá:

  • Com a perda, com o ganho ou com compartilhamento de elétrons da última camada das eletrosferas.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

REGRA DO OCTETO

  • Formulada por G. Lewis e W. Kossel (1916)

  • Apenas os gases nobres são estáveis, apresentando 8 é na camada de valência. (exceção do Hélio – 2 é)

  • Os átomos de outros elementos químicos apresentam de 1 a 7 é, e segundo essa regra ficaram estáveis quando adquirirem uma configuração semelhante a dos gases nobres.

  • Esta estabilidade só será adquirida quando um átomo se ligar a outro, perdendo, ganhando ou compartilhando elétrons.(valido somente para os elementos representativos- Família A).


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

LIGAÇÃO IÔNICA OU ELETROVALENTE

  • Família IA, IIA, IIIA : tendência a perder elétrons formando cátions ( íons de cargas positivas)

  • Família VA, VIA, VIIA: tendência a ganhar elétrons formando ânions ( íons de cargas negativas).


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

FORMAÇÃO DO CLORETO DE SÓDIO – SAL DE COZINHA

A ATRAÇÃO ENTRE IONS PRODUZ AGLOMERADOS IÔNICOS GEOMETRICAMENTE DEFINIDOS


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

  • O número de elétrons perdidos deve ser igual ao número de elétrons ganhos, anulando as cargas positivas e negativas dos cátions e ânions.

  • As ligações ocorrem:

  • Átomos que necessitam ganhar e átomos que necessitam perder é.

  • Cátions e ânions

  • Metais e não metais ou metais e hidrogênio


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

DETERMINAÇÃO DA FÓRMULA DOS COMPOSTOS IÔNICOS


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

LIGAÇÃO COVALENTE OU MOLECULAR

  • Ocorre através de um compartilhamento de elétrons entre os elementos envolvidos.

    Ex: formação do gás cloro (Cl2 )

  • O cloro pertence a família 7ª, tendo então 7 é na camada de valência. Sua tendência é de receber um elétron.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

Cl

Cl

Representação da ligação covalente na formação da molécula de Cl2, na qual um par de elétrons é compartilhado entre átomos de cloro.

Essa representação é chamada de fórmula eletrônica.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

As ligações covalente podem ser:

  • simples: quando apresentam apenas uma ligação. EX:

Cl

Cl


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

B)Dupla: quando apresentam duas ligações

EX: gás oxigênio (VIA)

O

O


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

C)Tripla: quando apresentam três ligações

EX: gás nitrogênio (VA)

N

N


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

- Além da fórmula eletrônica, representa-se também a ligação covalente pela fórmula estrutural.

Cl

Cl

N

N

O

O


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

Outros exemplos:

  • Água

  • Gás metano

  • Gás carbônico

  • Acetileno

    GRIFAR: pág. 105


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

Resumindo...

- A ligação covalente ocorre:

  • Átomos que apresentam tendência a receber elétrons;

  • Não metais e não metais;

  • Não metais e hidrogênio.


Misturas

MISTURAS

  • E a junção de duas ou mais substâncias.

  • Não podem ser representadas por fórmulas químicas.

  • Apresentam temperaturas de fusão, ebulição e densidade variáveis.

  • As temperaturas não se mantém estáveis durante a mudança de estados.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

As misturas podem ser classificadas como:

1) Mistura homogênea: apresenta aspecto uniforme ou uma única fase. Também chamada de solução.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

2) Mistura heterogênea: Apresentam mais de uma fase, podem ser de acordo com o numero de fase, bifásico, trifásico ou polifásico.


Col gio mv 9 ano prof adriana amorim ci ncias cap 5

  • E continua na próxima aula.


  • Login