Jornalismo multiplataformas tecnologias redes e converg ncia
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 16

Jornalismo Multiplataformas Tecnologias, Redes e Convergência PowerPoint PPT Presentation


  • 70 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Jornalismo Multiplataformas Tecnologias, Redes e Convergência. Carlos Pernisa Júnior Eduardo Barrére UFJF. Tecnologias, Redes e Convergência. Ementa da disciplina :.

Download Presentation

Jornalismo Multiplataformas Tecnologias, Redes e Convergência

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Jornalismo multiplataformas tecnologias redes e converg ncia

Jornalismo MultiplataformasTecnologias, Redes e Convergência

Carlos Pernisa Júnior

Eduardo Barrére

UFJF


Tecnologias redes e converg ncia

Tecnologias, Redes e Convergência

Ementa da disciplina:

O uso das tecnologias de comunicação em rede para a produção jornalística. O ambiente digital e suas possibilidades de conexão. Jornalismo transmidiático - transmídia - e jornalismo multimídia como casos de convergência. O jornalismo na TV digital interativa (TVDI). Mônadas abertas: um modo de produção da reportagem jornalística na Web.


T ecnologias de comunica o em rede

Tecnologias de comunicação em rede

  • Modelo da comunicação de massa

  • Modelo da comunicação digital (emrede)


Comunica o

Comunicação

  • Eras da comunicação

  • Lucia Santaella – “Porque as comunicações e as artesestãoconvergindo?”


Comunica o1

COMUNICAÇÃO

  • Oral – um-um

    - Palavrafalada – conversaoudiálogo

    - Equilíbrioentre emissor e receptor com troca de papéis

    - Oralidade– ausência de umamemória documental – mitos e lendas


Comunica o2

COMUNICAÇÃO

  • Escrita (manuscrito)

    - Leituraemvozalta – analfabetismo alto

    - Detençãodo saber – mesmoque instrumental (leitura)

    - Desequilíbrioentre emissor e receptor – com poucatroca de papéis

    - Oralidadee escrita – início de umamemória documental


Comunica o3

COMUNICAÇÃO

  • Impressa (imprensa)

    - Leiturasilenciosa – receptor único e alfabetizado

    - Saber distribuídoaosletrados – menoranalfabetismo

    - Desequilíbrioentre emissor e receptor semtroca de papéis

    - Fimda tradição oral comomodelo


Comunica o4

COMUNICAÇÃO

  • De Massa (meios de massa) – um-todos

    - Emissorúnico com inúmerosreceptores

    - Receptor nãodiferenciado, presumido, médio (com grau de instruçãobaixo) – massa

    - Oralidadede volta – mas com mudançasemrelaçãoàmemória

    - Influênciade elementosparalelosàcomunicação central – publicidade e propaganda, porexemplo


Comunica o5

COMUNICAÇÃO

  • Digital (redes e suportes)

    - Possibilidadesvariadas de relações entre emissor e receptor

    - Oralidadee escritaem debate – semumapredominânciaclara – retomada do texto

    - Hipertextoe hipermídia


Comunica o6

COMUNICAÇÃO

  • Mudança de paradigma

    Da comunicação de massa:

  • Modelo do início do século XX

  • Segmentação e volta do público

  • Crise do conceito – problema da informação


Comunica o7

COMUNICAÇÃO

  • Mudança de paradigma

    Para a comunicação digital:

  • Segmentação e público

  • Modelomaisparticipativo

  • Volta da ideia da comunicação – troca (um-um outodos-todos)


O ambiente digital e suas possibilidades de conex o

O ambiente digital e suas possibilidades de conexão

  • O ambiente digital

  • As redes

  • Conexões e convergências


Redes

Redes

  • A mudançapara a comunicação digital estádeterminandouma nova configuraçãonaárea. Se antes haviaumaideia de passagem, hoje a formaçãorizomáticaemrededetermina a comunicação.

  • Redehipertextual (Lévy): seisprincípios:

    - Metamorfose; heterogeneidade; multiplicidade e de encaixe de escalas; exterioridade; topologia e mobilidade dos centros.


Converg ncia

Convergência

  • Analógica – algumaconvergência

  • Digital – convergênciaquase total

  • “A convergênciaé digital”


Leituras desta aula

Leiturasdesta aula

  • LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamentona era da informática. Tradução de Carlos Irineu da Costa. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

  • SANTAELLA, Lucia. Porque as comunicações e as artesestãoconvergindo? São Paulo: Paulus, 2005.


Leituras para a pr xima aula

Leituraspara a próxima aula

  • PERNISA JÚNIOR, Carlos. Jornalismo Transmidiático ou Multimídia? Curitiba: Interin, v. 10, n. 2, jul./dez. 2010. Disponívelem: http://interin.utp.br/index.php/vol11/article/view/35

  • ALZAMORA, Geane; TARCIA, Lorena. Brazilian Journalism Research. Convergência e transmídia: galáxiassemânticas e narrativas emergentes emjornalismo. Disponívelem: http://bjr.sbpjor.org.br/bjr/article/view/401


  • Login