Rui Martins Nº14
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 33

Tema 5 PowerPoint PPT Presentation


  • 75 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Rui Martins Nº14. Tiago Carvalho Nº18. Dfgdfg Dfgdfg Dfgdfg Dfgdfg Dfgdfg Dgdfg. Tema 5. Trabalho de AI. Tema 5. Vídeo (Introdução) Equipamentos necessários Capturas de Vídeo Como escolher a placa de captura? Codecs Tipos Existem dois tipos de codecs: Codecs sem Perdas (lossless)

Download Presentation

Tema 5

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Tema 5

Rui Martins Nº14

Tiago Carvalho Nº18

Dfgdfg

Dfgdfg

Dfgdfg

Dfgdfg

Dfgdfg

Dgdfg

Tema 5

Trabalho de AI


Tema 5

Tema 5

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

Rui Martins

Tiago Carvalho


Tema 5

Tema 5

Introdução

  • Hoje em dia qualquer pessoa trabalha com vídeo...

  • Devido ao desenvolvimento dos computadores pessoais possibilitou a qualquer utilizador amador de vídeo poder fazer a sua própria filmagem, captura, edição e conclusão do seu filme.

  • Um bom exemplo disso e a passagem de filmes em cassetes VHS para DVD’s.

  • Para isso não conta só a máquina de filmar digital que temos em casa, existem outros factores que tem que se ter em conta:

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Equipamentos

  • Os equipamentos necessários não são fixos, existem inúmeros programas e equipamentos para edições de vídeo.

    Para isso os equipamentos básicos são:

  • Máquina de filmar digital ou analógica

  • Placa de captura

  • Software de edição de vídeo e ou som

  • Cabos para qualquer eventual ligação

  • Exemplos deSoftwares

    Para design, construção existem os seguintes softwares: Adobe Photoshop, Microsoft Power Point, Macromedia Dreamwaver, Fireworks e Flash MX, video studio 9, pinnacle studio 9, 3D Studio Max 7, etc

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

  • Exemplos de Hardware

    • Web cam

    • Camara de filmar

    • Placa de video

    • Placa de TV

    • Placa de som

    • Processador a Pentium IV

    • 512 MB de Ram

    • Firewire


Tema 5

Tema 5

Capturas de Vídeo

Para as capturas de vídeo tem de se ter em conta os seguintes factores:

  • Tipos de captura,

  • como capturar do vídeo cassete,

  • como capturar da câmara,

  • captura analógica e digital,

  • qual a configuração adequada do computador

  • tipo de memória,

  • capacidade do disco rígido,

  • potência do processador,

  • cuidados durante a captura para evitar perda de quadros (dropped frames),

  • como escolher a melhor resolução para capturar a imagem com boa qualidade,

  • quais as conexões de vídeo e áudio,

  • como resolver problemas de compatibilidade do padrão de cores (NTSC, PAL-M, etc),

  • como configurar a placa de captura para capturar o vídeo e áudio correctamente,

  • como impedir problemas de sincronização de áudio e vídeo, etc

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Placa de captura

Placas de captura de vídeo:

  • Possibilitam a aquisição de vídeo em tempo real para um computador. Algumas dessas placas são usadas até em programas de chat na Internet. Assim como no caso do som, quando é necessário uma melhorqualidade do vídeo, o indicado é que a filmagem seja feita em estúdio.

    Existe uma grande panóplia de placas de captura de vídeo mas qual a melhor?

    Pinnacle DC-10, Pinnacle PCTV Stereo, Pinnacle Studio DeLuxe, Pinnacle Studio MovieBox DeLuxe, Pinnacle Liquid Edition, Dazzle DVC 150 USB 2.0, Pixelview Prolink, Pixelview Play TV MPEG2, Prolink Play TV PRO Ultra, ATI All-In-Wonder 9600 TX , Pcchips TV Turner Card, Placas FireWire

    As melhores são aquelas que tenham como porta FireWire

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Codecs

  • Software que converte (codifica) um arquivo de som ou imagem na sua forma original (não comprimida) para uma forma comprimida, com a finalidade de tornar o arquivo menor.

  • Basicamente, existem dois tipos de codec: os sem perdas e os com perdas.

    Os codecs sem perdas codificam o arquivo original para outro formato sem haver perda de qualidade do som ou imagem.

    São muito utilizados em rádios e emissoras de televisão para manter a qualidade do som ou imagem.

    Já nos codecs com perdas, a codificação gera alguma perda de qualidade para tornar a compressão mais eficiente diminuindo o tamanho final.

    Os codecs com perdas foram criados para comprimir os arquivos de som ou imagem a taxas de compressão muito altas. (MP3).

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

Taxa de Bits???


Tema 5

Tema 5

Taxa de Bits

  • A taxa de bits ou bitrate, em inglês, é uma das medidas da qualidade de um arquivo comprimido com um codec com perdas.

  • A taxa de bits representa o tamanho final desejado para o arquivo e, normalmente, é apresentada como kbits/s.

  • 1 kbit/s significa que a cada segundo, o codec tem 1000 bits do arquivo final para utilizar.

  • se um arquivo de som tem 8 segundos e é comprimido a uma taxa de 1 kbit/s, o arquivo final terá 8 kbits ou 1 kbyte

  • quanto maior for a taxa de bits, melhor será a qualidade do arquivo final

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Compressão de Vídeo (cont)

Tema 5

Compressão de Vídeo

  • Já que em qualquer PC o processador é muito mais rápido do que os HDs, nada mais lógico do que comprimir os vídeos.

  • Assim, diminuímos o tamanho dos arquivos, junto com a necessidade de HDs muito rápidos em troca de uma parte do desempenho do processador.

  • É justamente neste ideia que se baseia o MPEG, o formato usado no DVD e em várias outras aplicações.

    O MPEG trabalha aplicando dois tipos de compressão.

  • nas cores, o algoritmo procura por agrupamentos de pixels com a mesma cor e os substitui por um único código.

  • A segunda etapa da compressão é um pouco mais inteligente. A imagem é dividida em pequenos blocos de 16 x 16 pixels cada um, chamados de macro blocks.

  • Tudo começou quando alguém percebeu que ao exibir fotos muito rápido, as pessoas tinham a ilusão de movimento.

  • Não demorou muito para inventarem as primeiras máquinas de filmar, que ainda utilizavam película, e eram movidas à manivela.

  • Depois, surgiu a televisão, que tem um funcionamento muito parecido com os monitores.

  • Elas recebem um sinal analógico através da antena ou cabo (os monitores CRT também são analógicos) e com ele varrem a tela, linha a linha, 30 vezes por segundo, criando as imagens.

  • Os filmes em película tem uma resolução muito boa, tanto que até hoje são usados nos cinemas, mas em compensação são caríssimos.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

Exemplo


Exemplo de cortes de quadros

Exemplo de Cortes de quadros

Variações do MPEG

Disney/ Pixar

Toy Story 2

“Se não fosse a compressão, não haveria DVD.”


Tema 5

Tema 5

Variações do MPEG

O MPEG divide-se em três formatos, chamados de MPEG 1, MPEG 2 e MPEG 4:

O MPEG 1 é o formato mais antigo, lançado em 92, que previa a criação de vídeos com qualidade de fitas VHS.Graças a isto, a resolução está limitada a 352 x 288 e o audio a 48 kHz.

O MPEG 2 é a evolução deste formato, que permite resoluções mais altas, de até 1920 x 1052, apesar dos 720 x 576 do DVD serem o modo mais utilizado.O áudio também foi melhorado, passou a ser de 96 kHz e com suporte a até 8 canais.

Surgiu então o MPEG 4. Este formato usa um sistema de compressão bem mais inteligente que o do MPEG 2, pois além de trabalhar actualizando apenas as partes da imagem que foram modificadas é capaz de tratar partes da imagem como objectos.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Tipos de Vídeo

  • Vídeo Analógico:

  • A TV é um dispositivo analógico

  • As imagens que mostra são transmitidas como um sinal analógico

  • Linear

  • Sem acesso aleatório

  • Sujeito a perdas na geração

  • Construído a partir de linhas

  • Standards analógicos

  • - Há 3 tipos de standards analógicos: PAL, NTSC e o SECAM.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

PAL

  • O PAL (Phase Alternate Lines) é um sistema que foi criado na Alemanha no final dos anos 60.

  • Comparado ao NTSC o PAL possui maior contraste obtido nas imagens e maior detalhe em geral.

  • É uma norma analógica, que é utilizada no sistema televisivo convencional em Portugal, para os sinais televisivos de cor.

  • Este padrão televisivo também é utilizado na Europa e noutros territórios, possuindo 625 linhas de varrimento a 25 imagens / frames por segundo.

    Existem outras variantes do PAL:

  • PAL-BPAL-I

  • PAL-DPAL-M

  • PAL-GPAL-N

  • PAL-HPAL60

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Tipos de Vídeo

  • Vídeo Analógico:

  • A TV é um dispositivo analógico

  • As imagens que mostra são transmitidas como um sinal analógico

  • Linear

  • Sem acesso aleatório

  • Sujeito a perdas na geração

  • Construído a partir de linhas

  • Standards analógicos

  • - Há 3 tipos de standards analógicos: PAL, NTSC e o SECAM.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

NTSC

O NTSC (National Television Standards Committee). É o padrão televisivo dos EUA, Japão e outros territórios .

  • possuindo 525 linhas de varrimento a 30 imagens/frames por segundo, sendo cada uma constituída por dois campos (60 Hz).

  • Tem pior definição de imagem que o padrão PAL (625/50), mas com melhor velocidade de varrimento.

    Países que usam o NTSC:

  • Antigua e Barbuda, Aruba , Bahamas, Barbados, Belize, Bermudas, Bolívia, Brasil, (PAL-M, compatível), Canadá, Chile, China (Taiwan), Colômbia, Coreia, Costa Rica, Cuba, Dominica, Equador, El Salvador, Estados Unidos da América, Ilhas Fiji, Filipinas, Grenada, Guam, Guatemala, Haiti, Honduras, Jamaica, Japão, México, Micronesia, Myanmar, Nicarágua, Panamá, Peru, entre outros…

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Tipos de Vídeo

  • Vídeo Analógico:

  • A TV é um dispositivo analógico

  • As imagens que mostra são transmitidas como um sinal analógico

  • Linear

  • Sem acesso aleatório

  • Sujeito a perdas na geração

  • Construído a partir de linhas

  • Standards analógicos

  • - Há 3 tipos de standards analógicos: PAL, NTSC e o SECAM.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

SECAM

  • O SECAM (Systeme Electronique Couleur Avec Memoire) é o padrão que foi desenvolvido na França no final dos anos 60, assemelha-se em alguns aspectos ao PAL.

  • A maioria dos países que o adoptam utiliza 50 ciclos/seg. na sua corrente eléctrica, resultando em imagens exibidas a 25 quadros/Seg.

  • As diferenças entre o padrão PAL e SECAM são tão pequenas que a conversão entre os mesmos pode ser feita por um simples descodificador e a maioria dos receptores PAL é capaz de exibir imagens (em preto e branco) transmitidas em SECAM.

    Existem outras variantes do PAL:

  • SECAM-BSECAM-K

  • SECAM-G SECAM-K1

  • SECAM-HSECAM-L

  • SECAM-D

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Vídeo Digital

O mundo do vídeo está em transição massiva do analógico para o digital:

  • Há normas para TV Digital.

  • Há Receptores de TV Digital

  • Muitas casas recebem vídeo digital via cabo e satélite

  • DVDs (Digital Versatile Disk) e câmaras digitais (DV)

  • Edição não linear substitui cada vez mais a edição linear e analógica.

  • O sinal digital (sistema binário)

  • Transmitido apenas como pontos precisos seleccionados de intervalos na curva

  • Não linear

  • Acesso aleatório

  • Sem perdas de geração

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

  • Há 3 tipos de standards digitais mais conhecidos: MPEG, AVI e MOV.


Tema 5

Tema 5

MPEG

  • É um padrão de compressão e transporte de áudio e vídeo.

  • Para demonstrar a importância do MPEG, o vídeo digital sem compressão exige uma taxa de 190 Mbps, que é demasiadamente alta para a viabilidade económica de diversos serviços.

  • O MPEG permite representar vídeos digitais com taxas entre 1 a 30 Mbps, dependendo da qualidade a ser alcançada.

  • O MPEG não prevê uma taxa de bits específica, a taxa depende de vários factores, que podem ser ajustados para cada aplicação.

  • O nome MPEG vem do grupo que o criou, “Moving Pictures Experts Group”, e é um padrão de compressão que foi definido no trabalho em conjunto da ISO e IEC.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Vídeo Digital

O mundo do vídeo está em transição massiva do analógico para o digital:

  • Há normas para TV Digital.

  • Há Receptores de TV Digital

  • Muitas casas recebem vídeo digital via cabo e satélite

  • DVDs (Digital Versatile Disk) e câmaras digitais (DV)

  • Edição não linear substitui cada vez mais a edição linear e analógica.

  • O sinal digital (sistema binário)

  • Transmitido apenas como pontos precisos seleccionados de intervalos na curva

  • Não linear

  • Acesso aleatório

  • Sem perdas de geração

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

  • Há 3 tipos de standards digitais mais conhecidos: MPEG, AVI e MOV.


Tema 5

Tema 5

AVI

  • É a abreviação de Áudio Vídeo Interleaved, e é um formato de arquivos audiovisuais para Windows (criado pela Microsoft).

  • A qualidade do vídeo tende a ser muito boa em baixas resoluções, mas o arquivo é, normalmente, muito grande.

  • No Windows 3.1 é preciso ter o Vídeo for Windows instalado para visualizar arquivos neste formato.

  • Os utilizadores do Windows 95 e de Windows mais recentes não precisam se preocupar em instalar outro programa.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Vídeo Digital

O mundo do vídeo está em transição massiva do analógico para o digital:

  • Há normas para TV Digital.

  • Há Receptores de TV Digital

  • Muitas casas recebem vídeo digital via cabo e satélite

  • DVDs (Digital Versatile Disk) e câmaras digitais (DV)

  • Edição não linear substitui cada vez mais a edição linear e analógica.

  • O sinal digital (sistema binário)

  • Transmitido apenas como pontos precisos seleccionados de intervalos na curva

  • Não linear

  • Acesso aleatório

  • Sem perdas de geração

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

  • Há 3 tipos de standards digitais mais conhecidos: MPEG, AVI e MOV.


Tema 5

Tema 5

MOV

  • É um formato de armazenamento de sequências de vídeo em ficheiros binários.

  • O Quick Time é um exemplo de um programa que especifica o seu próprio formato de arquivo que é chamado Quick Time Movie (MOV).

  • Este formato de arquivo é extremamente flexível e encapsula vários outros tipos de arquivos (formatos).

  • Mais recentemente o formato MOV tornou-se o formato mais adoptado para a publicação de vídeo digital na Internet.

  • Arquivos que possuem o formato MOV, são apropriados para animações com altas taxas de display (frames por segundo).

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

Macromédia Flash


Tema 5

Tema 5

Macromédia Flash

  • É um programa gráfico vectorial utilizado para se criar animações interactivas, desenvolvidas e comercializadas pela Macromedia.

  • que é uma empresa especializada em desenvolver programas que auxiliam o processo de criação de páginas web.

  • Os arquivos executáveis gerados pelo Flash, chamados de "SWF" (Shockwave Flash File), podem ser visualizados em uma página web usando um navegador web, ou utilizando o Flash Player.

  • Os arquivos feitos em Flash são muito utilizados para publicidade animada (banners) em páginas web, mas não se limitando só a isso, pois há também em abundância vários jogos e apresentações dos mais variados tipos utilizando tecnologia Flash, na Internet.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Tema 5

Edição de Vídeo

  • Trata-se simplesmente de cortes simples duma cena para outra sem usar efeitos de transição.

  • Junta-se uma cena a outra e verifica-se a coerência da história.

  • Isto dá a sensibilidade global para a produção e temporização das cenas.

  • Após a edição em deferido a apresentação pode ser melhorada com adição de filtros e transições – edição em linha.

  • Transições são efeitos colocados na mudança duma cena para outra.

  • Transição mais comum é o fade.

  • Dependendo do software de edição há vários tipos de transições.

  • Um filtro típico é a desfocagem (provocar a sensação de sonho).

  • Filtros são efeitos aplicados à toda cena.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia

Imagens


Tema 5

Voltar ao Trabalho!!!


Tema 5

Tema 5

SOM

  • Edição semelhante a de vídeo.

    Formatos de ficheiros:

  • .au - O formato de som mais comum na Web. Possível de interpretar no Windows ou no Macintosh.

  • .mid - Sigla de Musical Instrument Digital Interface. Os utilizadores da Internet deparam-se frequentemente com ficheiros MIDI como música de fundo de alguns sites Web. Os ficheiros MIDI são bastante populares para esta finalidade por serem muito pequenos.

  • .mp3 - O formato de ficheiros musicais mais popular na Web, por conseguir música com qualidade CD em ficheiros de tamanho muito reduzido.

  • .ra - Um ficheiro de audio proprietário conhecido por RealAudio. Desenvolvido pela RealNetworks, permite a audição de sons em tempo real. É adequado, portanto, para audição de estações de rádio e concertos ao vivo pela Internet.

  • Software de captura de som:

  • Quanto ao software devemos considerar:

  • O software que acompanha a placa de som e vídeo e que é indispensável ao seu funcionamento

  • O software que aproveita os vários recursos de hardware existentes e que é responsável pela criação do produto multimédia. Como exemplo podemos considerar os programas que possibilitam a criação de apresentações electrónicas interactivas, contendo texto, som e imagens fixas ou animadas.

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

  • Bibliografia


Tema 5

Rui Martins Nº14

Tiago Carvalho Nº18

Dfgdfg

Dfgdfg

Dfgdfg

Dfgdfg

Dfgdfg

Dgdfg

FIM

Trabalho de AI


Tema 5

Tema 5

Trabalho Realizado por:

Rui Martins

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som

    Data Conclusão: 29/01/2006

    Hora:23:21

    Disciplina: Aplicações Informática

    Prof: Augusto Ramos

Tiago Carvalho


Tema 5

  • Vídeo (Introdução)

  • Equipamentos necessários

  • Capturas de Vídeo

  • Como escolher a placa de captura?

  • Codecs

  • Tipos

  • Existem dois tipos de codecs:

  • Codecs sem Perdas (lossless)

  • Codecs com Perdas (lossy)

  • Taxa de Bits

  • Compressão de vídeo

  • Tipos de Vídeo

  • Standards analógicos

  • ØPAL

  • ØNTSC

  • ØSECAM

  • Standards Digitais

  • ØMPEG

  • ØAVI

  • ØMOV

  • ØMacromedia Flash

  • Edição de vídeo

  • Aquisição e reprodução de som


  • Login