Ciência Política
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 16

Ciência Política PowerPoint PPT Presentation


  • 87 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Ciência Política. Faculdade Alfa- Almenara Engenharia Civil – 4º Período Prof. Ms . Ednardo Nascimento. “E eu não tenho pátria: tenho mátria. Eu quero frátria .” Caetano Veloso.

Download Presentation

Ciência Política

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Ci ncia pol tica

Ciência Política

Faculdade Alfa- Almenara

Engenharia Civil – 4º Período

Prof. Ms. Ednardo Nascimento


Ci ncia pol tica

“E eu não tenho pátria: tenho mátria. Eu quero frátria.”

Caetano Veloso

“Os males não cessarão para os humanos antes que a raça dos puros e autênticos filósof0s chegue ao poder, ou antes que os chefes das cidades, por uma divina graça, se não ponham a filosofar verdadeiramente.” Platão

“É preciso que o melhor governo seja aquele que possua uma constituição tal que todo cidadão possa ser virtuoso e viver feliz.” Aristóteles


Ci ncia pol tica

Introdução:

CIÊNCIA POLÍTICA. Segundo Norberto Bobbio, entende-se por ciência política

“qualquer estudo dos fenômenos e das estruturas políticas, conduzido sistematicamente e com rigor, apoiado num amplo e cuidadoso exame dos fatos expostos com argumentos racionais. Nesta acepção, o termo ‘ciência política’ é utilizado dentro do significado tradicional como oposto à ‘opinião’”.

# de teoria política # politicagem # política partidária, etc.


Ci ncia pol tica

O que é POLÍTICA?

  • Metapolítica

  • Macropolítica

  • Micropolítica

  • Nunciopolítica


Pol tica x pol tica

Política x Política

  • Política da empresa

  • Política da Escola

  • Política da Igreja

  • Política de Saúde

  • Ser e agir político

  • Politiqueiro

  • Politicagem

  • Política:

  • A arte de governar, de gerir o destino da cidade.

  • Etimilogicamente- polis

  • Grego- cidade.

  • Quem é o Político?

  • Política Poder


Ci ncia pol tica

Conceito:

Política: é “a atividade social que se propõe a garantir pela força, fundada geralmente no direito, a segurança externa e a concórdia interna de uma unidade política particular...”. Essa possibilidade de fazer uso da força distingue o poder político das outras formas de poder.”

JulienFreund


Origens da pol tica antecedentes

Origens da Política- antecedentes

  • A vida urbana- cidades-estado. - A composição da cidade.

  • Os Sofistas- centram a atenção na questão moral e política.(escravos, metecos, mulheres, crianças: 10% cidadãos.

  • Elaboram tecnicamente o ideal democrático da nova classe em ascensão.

  • Da teoria à prática.

  • Os sofistas são os mestres da nova areté política (virtude) o instrumento a Retórica.


Ci ncia pol tica

Platão

O pensamento político de Platão- A República- Aristocracia- Sofocracia

-Os homens comuns são são vítimas do conhecimento imperfeito, da “opinião”, e

portanto devem ser dirigidos por homens que se distinguem pelo saber.

O mito da Caverna- como influenciar os homens que não vêem?

Cabe ao sábio ensinar e dirigir.

Callipolis- (Cidade Bela) Utópolis


Ci ncia pol tica

  • Estratégia : através da Educação promovida pelo Estado

  • Alma de Bronze - Subsistencia

  • Alma de Prata – defesa da cidade

  • Alma de Ouro- governo. “A justiça constitui a principal virtude, a própria

  • Condição das outras virtudes.”

  • A Política, para Platão é a arte de governar os homens com o seu consentimento.

  • Democracia- demagogia


Ci ncia pol tica

Aristóteles

Justiça # de Platão ( Justiça fria) não pode estar separa da philia – concordância entre as pessoas de interesse comum.

Homem feliz ( indiv. Moral = cidade feliz (governo-coletivo)

A lei é o princípio que rege a ação dos cidadãos, é a expressão política de ordem natural.

O governante deve ter a virtude da prudência prática, pela qual será capaz de agir visando o bem comum. (exclui essa capacidade à maioria)

Ócio necessário.

Onde a classe média é numerosa, raramente ocorrem revoltas

Entre os cidadãos.


Ci ncia pol tica

Classificação das formas de governo


Ci ncia pol tica

Aristóteles, discorrendo sobre a organização do Estado, ressaltou três funções principais: a deliberante, exercida pela assembléia dos cidadãos, que ele reputava como o verdadeiro poder soberano; a da magistratura, exercida por cidadãos designados pela assembléia para realizar determinadas tarefas; e a judiciária.


Ci ncia pol tica

O tema passou despercebido por outros escritores, até que, no século XVIII, Locke o retomou, fornecendo os elementos de que se serviria Montesquieu, mais tarde, para elaborar sua famosa teoria que dividiu os Poderes em Legislativo, Executivo e Judiciário


Ci ncia pol tica

O pensamento político medieval

Para um pensador da Idade Média, o Estado está para a igreja, como a filosofia para a teologia e a natureza para a graça. (Etienne Gilson)

São Tomás de Aquino- escolástica traduziu Aristóteles: “ o homem só encontra sua realização na cidade, e o plano político é a instância possível em que o governo não-tirânico pode aliar ordem e justiça na busca do bem comum.”


Ci ncia pol tica

Surge no séc. XIV a semente da Reforma- Estado separado de governo

Dante Alighieri (1265-1321) Autor da Divina Comédia

A Monarquia- elimina o poder mediador do Papa.

Introduz idéia naturalistas- Deus teria dotado o homem de livre raciocínio e

Vontade que nos permitem a perfeita condução do Estado.

Marsílio de Pádua- voluntaspopuli- vontade do povo- defende isto através da elaboração de Leis

Estes pensamentos evoluiram para novas forma de relação de poder

Feudos X Burguesia e reis.


Ci ncia pol tica

.


  • Login