NÃO ACREDITE EM NADA, NÃO DUVIDE DE NADA,
Download
1 / 44

NÃO ACREDITE EM NADA, NÃO DUVIDE DE NADA, AGUARDE QUE A VERDADE SE REVELE EM SEU INTERIOR. - PowerPoint PPT Presentation


  • 108 Views
  • Uploaded on

NÃO ACREDITE EM NADA, NÃO DUVIDE DE NADA, AGUARDE QUE A VERDADE SE REVELE EM SEU INTERIOR. APRESENTAÇÃO. CONSIDERAÇÕES INICIAIS OBJETIVOS DA ABORDAGEM CONCEITOS DE FILOSOFIA BUSCANDO AS ORIGENS. CONSIDERAÇÕES INICIAIS. CONSIDERAÇÕES INICIAIS. CONSIDERAÇÕES INICIAIS.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' NÃO ACREDITE EM NADA, NÃO DUVIDE DE NADA, AGUARDE QUE A VERDADE SE REVELE EM SEU INTERIOR.' - kipling


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

NÃO ACREDITE EM NADA, NÃO DUVIDE DE NADA,

AGUARDE QUE A VERDADE SE REVELE EM SEU INTERIOR.

[email protected]


APRESENTAÇÃO

  • CONSIDERAÇÕES INICIAIS

  • OBJETIVOS DA ABORDAGEM

  • CONCEITOS DE FILOSOFIA

  • BUSCANDO AS ORIGENS

[email protected]


CONSIDERAÇÕES INICIAIS

[email protected]


CONSIDERAÇÕES INICIAIS

[email protected]


CONSIDERAÇÕES INICIAIS

[email protected]


CONSIDERAÇÕES INICIAIS

[email protected]


OBJETIVOS DESSA ABORDAGEM

[email protected]


OBJETIVOS DESSA ABORDAGEM

Nossa proposta é de que o aluno não acredite em nada do que está sendo dito aqui, mas também não duvide de nada, apenas reflita e aguarde que a verdade se revele em seu interior.

[email protected]


OBJETIVOS DESSA ABORDAGEM

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

Onde está nosso manual de instrução?

Quando vamos fazer uma cirurgia no coração, procuramos o melhor cardiologista.

Se resolvermos investir boa soma em dinheiro na construção de um edifício, vamos procurar um bom engenheiro.

Quempoderácomoumcardiologistaque cuida magistralmente do coração, indicar-nos a forma certa de viver?

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

  • Assim como para operar um coração hoje, os médicos pesquisam tudo o que já se escreveu sobre o assunto.

  • A Filosofia pode ser considerada como nosso manual de funcionamento, construído ao longo dos séculos por esses mestres do conhecimento, que dedicaram suas vidas à busca de um sentido para a vida.

  • Um conhecimento que liberte, legitime e autentique o jeito de agir e ser, do homem na terra.

[email protected]


  • SOFIA

  • F I L O

CONCEITO DE FILOSOFIA

  • AMOR

  • SABEDORIA

[email protected]


  • Nesse sentido AMOR significa:

CONCEITO DE FILOSOFIA

  • Daquilo que não possuímos.

  • Busca

Quando comparamos com nossos relacionamentos românticos,

descobrimos que nossa busca pelo outro se torna mais intensa no período da conquista.

  • Quando acreditamos ter conquista aquilo que buscávamos, o encanto acaba e o amor se vai.

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

A estória do pássaro encantado. “Ainda que de ouro, uma gaiola, é uma gaiola.” Rubem Alves.

[email protected]


  • POR QUE ?

  • O QUÊ É A VERDADE?

CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

verdade

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

  • aplicação prática?

  • Quando aceito a verdade do outro, garanto a mim o direito de ter a minha própria verdade.

  • Quando aceito o outro como ele é, me torno mais harmonizado com ele.

  • Ao conhecer o que o outro pensa adquiro o direito de mostrar-lhe o que penso, de aprender com ele e vice versa.

  • Isso vale para pais e filhos, patrão e empregado, ovelha e pastor, marido e esposa, etc.

[email protected]

  • Para que isso aconteça é necessário a compreensão de que não se tem a verdade absoluta.

  • Essa pode ser a parte mais difícil para o aluno de Filosofia.

  • Pois da dúvida, nasce a necessidade da busca e o amor pelo conhecimento.


CONCEITO DE FILOSOFIA

LIBERTA

DA

DOR

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

  • VERDADE X MENTIRA

Só o conhecimento traz o poder.

S. Freud

“Conhecereis a verdade

e a verdade vós libertará.”

J. Cristo

Que critério utilizar para definir o que é ou não verdade?

“É PRECISO INVESTIGAR, PROCURAR NAS DIVERSAS CULTURAS E POVOS, PONTOS EM COMUM QUE NOS APROXIME DA VERDADE.”

Sócrates

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

QUAL A DIFERENÇA?

A CONSCIÊNCIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

MEDO

DOR

CONSCIÊNCIA ANIMAL

DESEJO

PRAZER

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

CONSCIÊNCIA HOMINAL

UNO

[email protected]


CONCEITO DE FILOSOFIA

[email protected]


Buscando as origens
BUSCANDO AS ORIGENS

[email protected]


Buscando as origens1
BUSCANDO AS ORIGENS

O QUE É O UNO?

[email protected]


Buscando as origens2
BUSCANDO AS ORIGENS

  • 1º. Surge o ponto no círculo, o ponto indefinido do compasso que não se sabe de onde veio, o Deus desconhecido de Atenas, o germe do ovo

  • Assim, surge o zero; Espírito de vida que fecunda a matéria virgem, criando o germe da polaridade , não tem início nem fim, cresce para frente e traz. É ETERNO

[email protected]


Buscando as origens3
BUSCANDO AS ORIGENS

Do germe da polaridade surge a manifestação na idéia

O UM, por vontade própria , como um sopro divino, Verbo, decide se manifestar cortando o Zero ao meio definido o tempo, inicio e fim, o mundo das formas de Platão.

Assim surgem o UM, o PAI, o princípio primeiro.

1

2

E conseqüentemente o DOIS, a Mãe, a Terra, a manifestação física.

[email protected]


Buscando as origens4
BUSCANDO AS ORIGENS

Dessa Dualidade, surge o TRÊS:

ESPÍRITO

MATÉRIA

[email protected]


Buscando as origens5
BUSCANDO AS ORIGENS

Do três nasce o QUATRO

[email protected]


Buscando as origens6
BUSCANDO AS ORIGENS

  • Entendendo melhor

[email protected]


Buscando as origens7
BUSCANDO AS ORIGENS

[email protected]


ad