N cleo celular divis o celular
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 22

NÚCLEO CELULAR DIVISÃO CELULAR PowerPoint PPT Presentation


  • 295 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

NÚCLEO CELULAR DIVISÃO CELULAR. CICLO DE VIDA DAS CÉLULAS. DIVISOES. Divisão reducional (R!). Divisão equacional (E!). FUNÇÕES: reprodução sexuada, formação de gametas nos animais e de esporos nos vegetais.

Download Presentation

NÚCLEO CELULAR DIVISÃO CELULAR

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


N cleo celular divis o celular

NÚCLEO CELULARDIVISÃO CELULAR


N cleo celular divis o celular

CICLO DE VIDA DAS CÉLULAS


N cleo celular divis o celular

DIVISOES

Divisão reducional (R!)

Divisão equacional (E!)

FUNÇÕES: reprodução sexuada, formação de gametas nos animais e de esporos nos vegetais

FUNÇÕES: reparação de tecidos, crescimento, reprodução assexuada, formação de gametas nos vegetais


N cleo celular divis o celular

INTERFASE

PERÍODO G1: DNA → RNA → proteínas

Período de atividade metabólica

PERÍODO S: DNA → DNA

Fibras do áster

PERÍODO G2: DNA → RNA → proteínas

(preparo para a divisão celular)


N cleo celular divis o celular

MITOSE - PRÓFASE

Fibras do áster

Fuso

mitótico

Centromero

  • Cromossomos iniciam a condensação (redução da atividade do DNA)

  • Nucléolo começa a desaparecer

  • Carioteca começa a desaparecer

  • Surgem as fibras do fuso e os centríolos começam a migrar para polosopostos

Cromossomos, cada um formado por duas cromátides-irmãs


N cleo celular divis o celular

MITOSE - METÁFASE

  • Cromossomos com grau máximo de condensação ( FASE DO CARIÓTIPO)

  • Carioteca e nucléolo desaparecem por completo

  • Fibras do fuso ligam-se ao cinetocoro e dispõem os cromossomos na PLACA EQUATORIAL

Placa

equatorial

Centrômero

Centríolos (ou centrossomas)

Fibras do fuso


N cleo celular divis o celular

MITOSE - ANÁFASE

  • Fibras do fuso começam a encurtar

  • inicia-se a separação das cromátides-irmãs

Cromátides-irmãs


N cleo celular divis o celular

MITOSE - TELÓFASE

Divisão do citoplasma

  • Cromossomos iniciam a descondensação, nucléolo e encoltório nuclear reaparecem  CARIOCINESE

  • Citoplasma divide-se em dois ( CITOCINESE)

Reaparecimento do nucléolo

Reaparecimento do envoltório nuclear


N cleo celular divis o celular

MITOSE


N cleo celular divis o celular

MITOSE


N cleo celular divis o celular

MITOSE ANIMAL E VEGETAL

Animal Vegetal

Astral Anastral

Cêntrica Acêntrica

Citocinese centrípeta Citocinese centrífuga


N cleo celular divis o celular

METÁFASE

PRÓFASE

ANÁFASE

TELÓFASE


N cleo celular divis o celular

MEIOSE – PRÓFASE I

  • Eventos:

  • Cromossomos iniciam a condensação Nucléolo e envoltório nuclear começam a desaparecer

  • Surgem as fibras do fuso e os centríolos começam a migrar para polos opostos

  • Fases:

  • Leptóteno: início do processo

  • Zigóteno: ocorrência da sinapse e formação das tétrades ou bivalentes

  • Paquíteno: ocorrência do crossing-over (quebra e posterior troca entre fragmentos de cromossomos homólogos)

  • Diplóteno: aparecimento dos quiasmas

  • Diacenese: terminalização dos quiasmas


N cleo celular divis o celular

MEIOSE – METÁFASE I

  • Eventos:

  • Cromossomos com grau máximo de condensação ( FASE DO CARIÓTIPO)

  • Carioteca e nucléolo desaparecem por completo

  • Fibras do fuso ligam-se ao cinetocoro e dispõem os cromossomos PAREADOS na PLACA EQUATORIAL

  • Cada cromossomo duplicado liga-se às fibras do fuso por apenas um lado


N cleo celular divis o celular

MEIOSE – ANÁFASE I

  • Eventos:

  • Fibras do fuso começam a encurtar

  • CROMOSSOMOS HOMÓLOGOS são arrastados para os polos opostos  SEGREGAÇÃO ou DISJUNÇÃO


N cleo celular divis o celular

MEIOSE – TELÓFASE I

  • Eventos:

  • Cromossomos atingem polos opostos

  • Carioteca e nucléolo se refazem  CARIOCINESE

  • Ocorre divisão do citoplasma  CITOCINESE

  • Formam-se duas células haplóides, com cromossomos ainda duplicados


N cleo celular divis o celular

MEIOSE – PRÓFASE II

  • Eventos:

  • Cromossomos iniciam a condensação Nucléolo e envoltório nuclear começam a desaparecer

  • Surgem as fibras do fuso e os centríolos começam a migrar para polos opostos


N cleo celular divis o celular

MEIOSE – METÁFASE II

  • Eventos:

  • Cromossomos com grau máximo de condensação ( FASE DO CARIÓTIPO)

  • Carioteca e nucléolo desaparecem por completo

  • Fibras do fuso ligam-se ao cinetocoro e dispõem os cromossomos na PLACA EQUATORIAL

  • Cada cromossomo duplicado liga-se às fibras do fuso pelos dois lados


N cleo celular divis o celular

MEIOSE – ANÁFASE II

  • Eventos:

  • Fibras do fuso começam a encurtar

  • CROMÁTIDES-IRMÃS são arrastadas para os polos opostos


N cleo celular divis o celular

MEIOSE – TELÓFASE II

  • Eventos:

  • Cromossomos atingem polos opostos

  • Carioteca e nucléolo se refazem  CARIOCINESE

  • Ocorre divisão do citoplasma  CITOCINESE

  • Formam-se quatro células haploides


N cleo celular divis o celular

Ploidia de uma célula diploide

2n

n

VARIAÇÕES NA PLOIDIA E NA QUANTIDADE DE DNA - MITOSE

Separação das cromátides-irmãs

Formação das cromátides-irmãs


N cleo celular divis o celular

VARIAÇÕES NA PLOIDIA E NA QUANTIDADE DE DNA - MEIOSE

Separação dos homólogos

Formação das cromátides-irmãs

Separação dos homólogos

Separação das cromátides-irmãs


  • Login