Nesta Edição
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 4

Nesta Edição PowerPoint PPT Presentation


  • 85 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Nesta Edição. Praticando o amor e o não-odiar. As dores e as misérias do mundo parecem não ter mais fim !! A crueldade parece ter atingido limites nunca antes imaginados.

Download Presentation

Nesta Edição

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Nesta edi o

Nesta Edição

Praticando o amor e o não-odiar

As dores e as misérias do mundo parecem não ter mais fim !! A crueldade parece ter atingido limites nunca antes imaginados.

Que postura devemos ter para com quem cometeu algumas atrocidades??? Quem comete atos de barbárie contra outros irmãos é também nosso inimigo? Como, Senhor, posso amar meus inimigos e ainda os dos outros? De fato, não é fácil. Mas sempre temos o exemplo maior daquele que como nenhum outro praticou essa Lei.

Talvez em nosso estágio, muito mais inferiorizado, pudéssemos começar a não praticar o ódio. Sim, porque se para Amar é necessário exercitar-se nessa prática, para odiar, acreditem, também o é. Só que para o ódio parece haver mais facilidade.

Quando algum pensamento ruim vier à nossa mente tentemos desviá-lo e preencher esse espaço com algo edificante. Tentemos entender que motivos levaram um irmão a desviar-se do caminho iluminado por Deus e Jesus.

Quando as luzes teriam se apagado para esse nosso companheiro?

Não precisa ir muito longe nessa primeira etapa.

Se a raiva estiver remoendo você, pense mais e mais positivamente, mais vezes durante o dia. Mude a faixa vibratória. Isso é um exercício.

Aos poucos você notará mudanças boas e como tudo que é bom traz boas sensações, você irá querer mais. Seu físico agradecerá e seu espírito muito mais. Cuide de ambos

PRATIQUE O AMOR E EXERCITE O NÃO-ODIAR !!

Fonte: Revista Internacional de Espiritismo - Nov/2003

O DIREITO DE MORRER - A opinião de Emmanuel

O homem não tem o direito de praticar a eutanásia, em caso algum, ainda que seja a demonstração aparente de medida benfazeja.

A agonia prolongada pode ter finalidade preciosa para a lma, e a moléstia incurável pode ser um bem, como a única válvula de escoamento das imperfeições do espírito em marcha para a sublime aquisição de seus patrimônios da vida imortal.

Além do mais, os desígnios divinos são insondáveis e a ciência precária dos homens não pode decidir nos problemas transcendentes das necessidades do espírito.

Depto Divulgação, baseado no livro “O Consolador”.

LIVRARIA

É muito importante para a CEAL a livraria, pois trata-se de uma fonte de receita da qual realizamos a manutenção da casa e outras despesas necessárias (produtos de limpeza, água, luz, taxas e impostos). Prestigie comprando as literaturas espíritas de seu uso para estudos, bem como, outras da doutrina em nossa livraria.

CAMPANHA DA CEAL

A Casa Espírita ‘ANDRÉ LUIZ’ oferece mensalmente 60 CESTAS BÁSICAS a famílias carentes cadastradas.

COLABORE doando ARROZ, FEIJÃO, BOLACHA, MACARRÃO, AÇUCAR, POLPA DE TOMATE, ÓLEO, FARINHA DE MILHO, LEITE EM PÓ, CAFÉ, SARDINHA, DOCE e SAL.

Pag. 4


Nesta edi o

CEALCasa Espírita André Luiz

INFORMATIVO – Junho/Julho-2011 Depto de Divulgação da CEAL

Ano XVII– no 80

EDITORIAL

ASSISTÊNCIA SIM, ASSISTENCIALISMO NÃO.

ASSISTENCIA: Proteção, amparo, ajuda, socorro, suprir deficiência, etc...

ASSISTENCIALISMO: O conceito e a pratica de organizar e prestar assistência a membros ou camadas mais carentes de uma sociedade, ao invés de atuar para a eliminação das causas de sua carência ( material ou espiritual ).

O Assistencialismo cria uma clara situação de dependência ( ou acomodamento ) do individuo ou grupos que o recebem, que não promove a dignidade, o desenvolvimento, etc.. “...

O centro espírita funciona como um transformador de idéias fraternas em correntes de energias ativas nesse plano. ....” J. Herculano Pires ( o centro espírita )

“...O passe não pode ser dado a qualquer momento e de qualquer maneira. Deve ser sempre precedido de preparaçãodo passista e do ambiente, bem como do paciente..

...Tudo depende de sintonias que precisam ser estabelecidas. Sintonia do médium com seu estado íntimo; sintonia do passista com o espírito que vai atende-lo; sintonia das pessoas presentes com o ambiente que se deve formar no recinto. Tudo isso se consegue através da prece e do interesse de todos... A falsa idéia de que basta estendermos as mãos sobre uma pessoa para socorre-la é uma pretensão que tem suas origens nas práticas mágicas. O passe não é um ato de magia, mas uma ação consciente de súplica às entidades espirituais superiores que nos amparam....” J. Herculano Pires ( obsessão, o passe, a doutrinação)

“Estando Jesus à mesa em casa desse homem ( Mateus ), vieram aí ter muitos publicanos e gente de má vida, que se puseram à mesa com Jesus e seus discípulos; - o que fez que os fariseus, notando-o, disseram aos discípulos: Como é que o vosso mestre come com publicanos e pessoas de má vida? – Tendo-os ouvido, disse-lhes Jesus: Não são os que gozam saúde que precisam de médico.” Jesus – Mateus , 9: 10 a 12

“Pedi e se vos dará; buscai e achareis; batei à porta e se vos abrirá; porquanto, quem pede recebe e quem procura acha e, àquele que bata à porta, abrir-se-á.” Jesus – Mateus, 7: 7 a 11

Do ponto de vista terreno, a máxima: Buscai e achareis é análoga a esta outra: Ajuda-te a ti mesmo, que o céu te ajudará. É o princípio da lei do trabalho e, por conseguinte, da lei do progresso.

“... Não, os espíritos não vem isentar o homem da lei do trabalho: vem unicamente mostrar-lhe a meta que lhe cumpre atingir e o caminho que a ela conduz, dizendo: anda e chegarás. Toparás com pedras; olha e afasta-as tu mesmo. Nós te daremos a força necessária, se a quiseres empregar.” Kardec – ESE

Observamos a parte moral e espiritual da assistência em destaque, convidando o paciente à humildade com boa vontade, à fé com a responsabilidade de saber que alguém está agindo em seu favor, pelo que o respeito e a contrição são necessários.

Fica definido, desta forma, que o primeiro objetivo da assistência espiritual é, para a pessoa ou para o espírito que carece e procura, o socorro que lhe proporciona o reequilíbrio orgânico, psíquico, perispiritual e espiritual.

Após o objetivo alcançado vem a conscientização dos conhecimentos adquiridos e a necessidade de perseverar neles, porquanto a responsabilidade no continuar do caminho retorna às mãos do auxiliado. “...Vai e não peques mais.” Jesus – João, 8: 2 a 11

Antonio Carlos Sacrini Jr.

CAMINHO DA LUZ

NESTA EDIÇÃO

LEI DO

PROGRESSO

AS FÉRIAS, O LAZER E O ENTRETENIMENTO

O ABORTO

E A

SOCIEDADE

PRATICANDO

O AMOR E O

NÃO ODIAR

O DIREITO

DE MORRER

Pag. 1


Nesta edi o

LEI DO PROGRESSO

Nesta Edição

  • O homem se desenvolve por si mesmo, naturalmente, porem não todos ao mesmo tempo e da mesma maneira.

  • Pelo contato social, os mais adiantados ajudam os outros a progredir.

  • O progresso moral é uma conseqüência do progresso intelectual, mas nem sempre o segue imediatamente.O progresso intelectual conduz ao progresso moral, pois dá aos homens a compreensão do bem e do mal, e assim o homem pode escolher.

  • O desenvolvimento do livre arbítrio segue o desenvolvimento da inteligência, e aumenta a responsabilidade do homem pelos seus atos. O progresso completo é um alvo a atingir, que os indivíduos e também as nações não chegam a ele senão passo a passo. O homem pode entravar a marcha do progresso, em algumas vezes, mas jamais detê-la.Os homens que tentam barrar a marcha do progresso serão arrastados pela torrente que tentam Os homens que tentam barrar a marcha do progresso serão arrastados pela torrente que tentam deter.Podem existir homens que entravam o progresso, mas involuntariamente, e neste caso são como pequenas pedras que são colocadas sob a roda de um grande carro, sem impedi-lo de avançar.Há um progresso regular e lento, que resulta da força das coisas. Porem se um povo não avança bastante rápido, Deus provoca de tempos em tempos abalos físicos e morais, que os transformam. (LE783)Podemos achar que a perversidade do homem é tão grande, que parece que o progresso não se faz, mas se observarmos bem o conjunto, poderemos notar que ele avança, compreendendo melhor o bem e o mal, e dia a dia corrige seus abusos. Ë preciso que haja excesso de mal, para lhe fazer compreender as necessidades do bem e das reformas. O maior obstáculo ao progresso é o orgulho e o egoísmo, isto relacionado ao progresso moral, pois o intelectual se processa sempre. (LE 785).

  • Tanto o orgulho como o

  • egoísmo desenvolvem a

  • ambição e o amor às coisas

  • materiais acima dos valores

  • morais. Para vencer estes

  • obstáculos é necessário,

  • principalmente, uma mudança

  • de atitude, reconhecendo-nos

  • espíritos imortais em evolução e

  • trabalhando pela nossa

  • melhoria moral, através da

  • nossa transformação interior. (LE livro III, cap. VIII)

  • AS FÉRIAS, O LAZER E O ENTRETENIMENTO EM FAMÍLIA

    O descanso é imprescindível para conservarmos a saúde física e mental. Ele é muito diferente da ociosidade, que nos leva a desperdiçar o tesouro das horas e às vezes, um dia inteiro na indisciplina total.

    A necessidade de descanso sadio nos leva a valorizar as férias e as folgas do trabalho, da escola e das atividades em geral. E para tornarmos o descanso mais agradável, contamos com as viagens, com o lazer sadio, com os entretenimentos culturais e com as atividades nobres que engrandecem a alma e fortalecem o corpo.

    Muitas vezes, tornam-se momentos muito gratificantes quando nas folgas, brincamos com os filhos; gastamos um tempo para jogar bola, xadrez ou outro passatempo; atendemos aos convites familiares ou sociais; paramos para ler uma revista ou um bom livro; conversamos descontraidamente com os familiares ou amigos queridos; vamos ao cinema; vemos programas enobrecedores de TV; andamos de mãos dadas com os entes queridos na cidade, na praia, no campo ou navegamos pela Internet.

    Essas formas simples de valorizarmos o tempo de folga contribuem, em muito, para conservarmos a disposição, a alegria e a felicidades de viver.

    Extraído do livro Amor e Vida em Família

    Pag. 2


    Nesta edi o

    Nesta Edição

    CEAL – Painel de Atividades

    EXPEDIENTE JORNAL CAMINHO DA LUZ

    Publicação da Casa Espírita André Luiz

    Coordenação e Diagramação: Ednilsen C.Martinez

    Acesse estas e outras informações em nosso site www.cealbp.org.br.

    SEXTA FEIRA

    19:30 h.

    Evangelho, e Passes: A2.

    SEGUNDA FEIRA

    14:30 h.

    Evangelho, Passes:

    Espiritual, P4 para crianças.

    19:30 h.

    Evangelho, Passes:

    Espiritual, P4 e P4/4 para crianças.

    Escola de Evangelização Infantil (19:30 às 21:00 h.)

    TERÇA FEIRA

    19:30 h.

    Evangelho,

    Passes:

    Espiritual, A 3, P1, P2, Entrevistas

    (DEPOE).

    QUARTA FEIRA

    19:30 h.

    Evangelho,

    Passes:

    P3E,

    P3M

    (Reservado).

    QUINTA FEIRA

    14:00 h.

    Clube de Mães (Assistência Social).

    19:45 h.

    Escola Espírita (Grupo de Estudos Doutrinários).

    Pag. 3


  • Login