Bem estar animal de frango de corte
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 25

Bem- Estar Animal de Frango de Corte PowerPoint PPT Presentation


  • 86 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Bem- Estar Animal de Frango de Corte. Elaborado por: Juliana Bahia de Castro. Uberlândia Dezembro de 2008. Objetivo

Download Presentation

Bem- Estar Animal de Frango de Corte

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Bem estar animal de frango de corte

Bem-Estar Animal de Frango de Corte

Elaborado por:

Juliana Bahia de Castro

Uberlândia

Dezembro de 2008


Bem estar animal de frango de corte

Objetivo

Objetivou-se com esse projeto que é resultado de um estágio, descrever as práticas de manejo ideais de bem-estar animal para que estas possam ser implementadas na unidade de Uberlândia da Sadia.


Bem estar animal de frango de corte

Introdução

A partir do século XX, a agricultura passou a ser praticada em escala industrial e de forma intensiva, aumentando em poucos anos a produção de alimentos para níveis nunca antes imaginados.

Aumentar a produção e diminuir custos

Animal não é uma máquina. Possuem necessidades comportamentais específicas de suas espécies .


Bem estar animal de frango de corte

Definição de Bem-Estar Animal (BEA)

O bem-estar animal é o "estado de harmonia entre o animal e seu ambiente, caracterizado por condições físicas e fisiológicas ótimas e alta qualidade de vida do animal".

Segundo Fraser (1999):

Os animais devem sentir-se bem (medo, dor ou estados desagradáveis)

Os animais devem funcionar bem (saúde, crescimento, funcionamento fisiológico e comportamental normal)

Os animais devemlevar vidas naturais


Bem estar animal de frango de corte

Uma definição de bem-estar bastante utilizada atualmente foi estabelecida pela FAWC (Farm Animal Welfare Council), mediante o reconhecimento das cinco liberdades inerentes aos animais:

1. a liberdade fisiológica (ausência de fome e de sede),

2. a liberdade ambiental (edificações adaptadas),

3. a liberdade sanitária (ausência de doenças e de fraturas),

4. a liberdade comportamental (possibilidade de exprimir comportamentos normais),

5. a liberdade psicológica (ausência de medo e de ansiedade).


Bem estar animal de frango de corte

Conseqüências

Medo, dor

Diminuição

Animal não consegue manter a homeostase

Alteração do pH, perdas por lesão, carne PSE, diminuição da validade

Estresse


Bem estar animal de frango de corte

Sistemas de Produção de Frango de Corte

1 - Instalações

  • Sentido das construções: leste-oeste

  • Plantação de árvores ao redor do galpão

  • Galpão com cortinas laterais

  • Ventilação positiva em modo túnel

  • Sistema de nebulização

  • Pé direito: 3 m


Bem estar animal de frango de corte

2 – Qualidade do Ar

  • Os níveis de sulfeto de hidrogênio devem ser, idealmente, inferiores a 0,5 ppm e não devem exceder 10 ppm.

  • Os níveis de dióxido de carbono devem ser, idealmente, inferiores a 300 ppm e não devem exceder 500 ppm.

  • A concentração de monóxido de carbono deve ser, idealmente, inferior a 10 ppm e não exceder 50 ppm.

  • A concentração média de pó deve ser inferior a 1,7 mg/m3 (para pó respirável) e 3,4 mg/m3 (para a concentração total) e não deve exceder 5 mg/m3 (para pó respirável) e 15 mg/m3 (para a concentração total), por um período de oito horas.


Bem estar animal de frango de corte

3 - Qualidade da Cama

  • Material que protege contra a dureza, o frio e a umidade do piso.

  • Camada de 5 cm de altura no verão e cerca de 10 cm no inverno.

  • Materiais: cepilho de madeira, feno picado, bagaço de cana, casca de café, casca de arroz e sabugo de milho triturado.

  • Teor de umidade inicial deverá ser inferior a 12% e no final próximo a 40%. A umidade causa sua compactação que é desconfortável para as aves, causando-lhes calos de peito e favorece o aparecimento de amônia

  • Limita o número de aves por metro

  • quadrado


Bem estar animal de frango de corte

4 – Densidade de Aves

  • Impedem que os frangos expressem seu comportamento normal

  • Redução no consumo alimentar e no ganho de peso corporal (menor conversão alimentar)

  • Incidência de lesões na pele e nas patas das aves

  • Brasil: média de 11 a 13 aves/m2.

  • Galpões termicamente menos favoráveis que o ideal :15 a 18 aves/m2 Galpões termicamente confortáveis :18 a 22 aves/m2


Bem estar animal de frango de corte

5 - Intensidade de Iluminação

  • Perda de produtividade devido ao estresse calórico

  • Influencia na atividade motora e possível exaustão das aves, além do aparecimento de anormalidades locomotoras

  • A radiação eletromagnética visível (luz) exerce efeito inibitório sobre a síntese de melatonina

  • A Humane Farm Animal Care estabelece que a cada 24 horas: mínimo de 8 horas de luz e mínimo de 6 horas contínuas de escuridão

  • Intensidade luminosa de 20 lux primeira semana e posteriormente 5 lux até o final de criação do lote. É recomendado aumento da intensidade para 10 lux, cerca de 3 dias antes da apanha


Bem estar animal de frango de corte

N

6 - Concentração de Amônia

H

H

  • Presente na excreção fecal de nitrogênio pelas aves e na decomposição dos dejetos por bactérias

  • Causa doenças respiratórias

  • Maior mortalidade

  • Galpões fechados x Galpões abertos

  • Elevada Umidade acelera decomposição microbiana

  • Exposição constante máxima de 20 ppm

  • Produto PLT (Poultry Litter Treatment) possui grande capacidade acidificante e neutralizante de amônia.


Bem estar animal de frango de corte

7 – Condições Térmicas

  • O calor é considerado como um importante fator de estresse, com conseqüente aumento na incidência de carne PSE

  • Ventiladores e aspersores

  • Temperatura interna de um galpão deve estar ao redor dos 24°C e umidade relativa na faixa de 50-75%.

8 – Apanha

  • Um dos fatores principais

  • Pelo dorso ou pernas (máximo 3 em cada mão) ou mecânica

  • Captura a noite e sob luz azul ou sob pouca iluminação

  • Comedouros, bebedouros devem ser suspensos


Bem estar animal de frango de corte

9 – Jejum Pré-Abate

  • Menor probabilidade de contaminação das carcaças durante o processamento devido ao esvaziamento do intestino

  • Se o tempo de jejum for excessivo, as aves tomarão muita água e ingerirão material de cama

  • Analisar o papo no momento da apanha

  • Perda de peso

  • Maior degradação da glicose

  • O período ideal de jejum é de 10 a 12 horas, mas o fornecimento de água deve ser mantido até o momento da apanha das aves.


Bem estar animal de frango de corte

10 – Carregamento das aves

  • Condição das caixas

  • Realizar no turno da manhã ou da noite

  • Molhar a carga em dias muito quentes

  • Evitar que a carga de aves fique diretamente exposta à ação do sol durante o período do carregamento

  • Os veículos devem ser estacionados o mais próximo possível do alojamento do qual os frangos serão retirados

  • Densidade ideal é de 7 aves/caixa

  • Em estrada de asfalto pode-se colocar 7 gaiolas sobrepostas e em estrada de terra, de 5 a 6 gaiolas sobrepostas


Bem estar animal de frango de corte

11 – Transporte

  • Planejamento estratégico das rotas

  • Maiores perdas (mortes na chegada) para transportes realizados em distâncias mais longas e, conseqüentemente, em tempos maiores

  • Lonas plásticas como anteparo ao vento e em caso de chuva

  • Trepidação excessiva da carroceria e freadas bruscas favorecem a incidência de contusões nos peitos das aves e, em menor escala, nas asas e pernas.

  • Treinamento do motorista e das demais pessoas envolvidas na etapa do transporte

  • Máximo de 12 h entre o início do carregamento e o descarregamento


Bem estar animal de frango de corte

12 – Espera no abatedouro

  • Ventilação e nebulização (21 a 24 °C e UR abaixo de 70 %.)

  • Galpão de espera coberto e aberto nas laterais

  • É necessário que um funcionário seja responsável por esta fase

  • Um gerador deve estar disponível para o caso de falhas de emergência

  • As aves devem permaneceram nos galpões

  • de espera durante 1 hora, no máximo 2

  • horas, se for necessário


Bem estar animal de frango de corte

13 – Eutanásia

  • - Abates humanitários de emergência:

  • - Atordoamento por choque elétrico manual, imediatamente seguido de corte no pescoço

  • - Desarticulação cervical: estiramento do pescoço

  • - Dióxido de carbono ou uma mistura deste com argônio

  • Os equipamentos que quebram o pescoço, incluindo alicates ou burdizzos mortais não devem ser usados

  • É aceitável o deslocamento manual do pescoço desde que as aves não apresentem mais de 3kg

  • Ser realizado por um funcionário treinado


Bem estar animal de frango de corte

14 – Pendura

  • Gera significativa percentagem de lesões hemorrágicas nas pernas

  • Utilizar ganchos de tamanhos e tipos adequados, e uma velocidade apropriada na linha de abate

  • Redução de ruído e baixa intensidade de luz (15 lux) para que as aves fiquem mais sossegadas;

  • Evitar curvas na linha ente a pendura e o atordoamento, pois provoca a sobreposição de aves.

  • Verificar todos os engradados

  • Uso de barra de peito e cortinas

  • Tempo mín entre a pendura e o

  • atordoamento de 40 s e máx de 3 mim.


Bem estar animal de frango de corte

15 – Atordoamento

  • Atordoamento elétrico em cuba d'água é o mais comumente usado

  • Atua sobre o sistema nervoso central das aves e evita o sofrimento

  • Contribui para a preservação da qualidade de carcaça

  • Facilita a expulsão do sangue durante o sangramento

  • Aumenta a segurança operacional

  • Todas as aves que saem do atordoador

  • devem ser examinadas para garantir que

  • elas estejam efetivamente atordoadas

  • O atordoador da cuba de água deve ser

  • projetado e instalado para evitar que as aves

  • recebam choques antes do atordoamento


Bem estar animal de frango de corte

  • A insensibilização não pode matar a ave, somente deixá-la atordoada

  • Condição de ataque eletro-epilético: pescoço arqueado com cabeça direcionada verticalmente, olhos abertos, asas próximas ao corpo, pernas rigidamente estendidas e tremores rápidos e constantes no corpo.

  • Parada cardíaca: carcaça completamente flácida, ausência de respiração, perda de reflexo na membrana nictitante, pupilas dilatadas e ausência de resposta a um beliscão na crista.

  • É necessária uma corrente de 105 a 120 mA e corrente alternada de 40 a 50 V em sistemas de baixa voltagem ou corrente contínua de 90 a 100 V em sistemas da alta voltagem por um tempo mínimo de 7 segundos


Bem estar animal de frango de corte

16 – Sangria

  • Máximo de 10 segundos entre o atordoamento e a sangria

  • A completa sangria é de extrema importância, tanto para a boa apresentação da carcaça quanto para a boa qualidade microbiológica da mesma.

  • O tempo de sangria deve ser de 3 minuto. Um tempo superior a este comprometerá a qualidade da depenagem


Bem estar animal de frango de corte

Adotando um Programa

  • Realização de um trabalho de conscientização a respeito dos itens que englobam o programa de Bem-Estar

  • É importante "clarear" os objetivos do programa a todos os componentes da empresa

  • Outro ponto fundamental é o apoio da administração da empresa. Esse apoio deve ser explícito e reforçar o caráter de importância do programa na conquista de mercados consumidores

  • A nomeação de um coordenador geral para o programa é outra medida que facilita a estruturação das ações que devem ser implementadas


Bem estar animal de frango de corte

Conclusão

Um bom profissional da avicultura não deve desconhecer este assunto; despreparo nesta área demonstra incapacidade de acompanhar as exigências do mercado. A questão do bem estar animal já é uma realidade nos países de primeiro mundo e vem chegando forte no Brasil.

A discussão desse novo conceito é, sem dúvida, extensa e muito importante. Fica a mensagem, com a expectativa de que ela estimulará a reflexão sobre a implantação de um programa que ponha em relevância e em funcionamento as práticas do Bem-Estar Animal.


Bem estar animal de frango de corte

Dúvidas


  • Login