Laborat rio de m quinas de fluxo
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 15

Laboratório de Máquinas de Fluxo PowerPoint PPT Presentation


  • 58 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Laboratório de Máquinas de Fluxo. Centro de Metrologia de Fluidos IPT. O IPT ensaia ventiladores desde a década de 70 Os primeiros ventiladores ensaiados foram para o metrô de São Paulo. Em 1984 foi fundado o Laboratório de Vazão

Download Presentation

Laboratório de Máquinas de Fluxo

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Laborat rio de m quinas de fluxo

Laboratório de Máquinas de Fluxo

Centro de Metrologia de Fluidos

IPT


Laborat rio de m quinas de fluxo

O IPT ensaia ventiladores desde a década de 70

Os primeiros ventiladores ensaiados foram para o metrô de São Paulo

Em 1984 foi fundado o Laboratório de Vazão

Em 1988 foi fundado o Laboratório de Ventiladores, com a colaboração da ABRAVA (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento)


Caracter sticas

Área ocupada: 110 m2

Potência instalada: 50 cv

Tensões: 220/440 V

Ensaios de:

Ventiladores centrífugos

Ventiladores axiais

Turbofans

Rotores abertos

Características


Equipamentos

Equipamentos

  • Três câmaras de bocais projetadas e construídas pelo IPT

  • Inversores de freqüência para 5, 15 e 50 cv

  • Torquímetros

  • Motores elétricos calibrados de 50, 15, 5 e 1,5 cv

  • Anemômetros


Objetivos

Objetivos

  • Levantamento das curvas características de desempenho dos ventiladores

  • Estudos comparativos em semelhança de ventiladores

  • Estudos para o aumento de rendimento


C maras de bocais

Câmaras de bocais

  • Projetadas segundo a norma AMCA 210 e atualizadas segundo a norma ISO 5801

  • Os ensaios são feitos no recalque

  • Bocais subsônicos normalizados pela norma ISA 1932

  • Bocais fundidos em alumínio e usinados


C maras de bocais norma iso5801

Câmaras de bocais – Norma ISO5801


C mara de bocais pequena

Câmara de bocais pequena

  • Vazão: até 1000 m3/h

  • Pressão: até 300 mmH2O

  • 4 bocais de 60 mm


C mara de bocais pequena1

Câmara de bocais pequena

  • Câmara pequena


C mara de bocais m dia

Câmara de bocais média

  • Vazão: até 12:000 m3/h

  • Pressão: até 250 mmH2O

  • 6 bocais de 100 mm


C mara de bocais m dia1

Câmara de bocais média

  • Bocais da câmara


C mara de bocais grande

Câmara de bocais grande

  • Vazão: até 45.000 m3/h

  • Pressão: até 350 mmH2O

  • 6 bocais de 200 mm

  • 4 bocais de 100 mm


C mara de bocais grande1

Câmara de bocais grande


C mara de bocais grande2

Câmara de bocais grande

  • Bocais da câmara


Ensaios realizados

Ensaios realizados


  • Login