Obesp observat rio da economia social em portugal
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 12

OBESP Observatório da Economia Social em Portugal PowerPoint PPT Presentation


  • 72 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

OBESP Observatório da Economia Social em Portugal. Jorge de Sá Seminário CASES 14 de Setembro de 2011. O que é o OBESP?. O Observatório da Economia Social em Portugal é um projecto que nasce da necessidade de reconhecimento da realidade da Economia Social em Portugal

Download Presentation

OBESP Observatório da Economia Social em Portugal

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Obesp observat rio da economia social em portugal

OBESPObservatório da Economia Social em Portugal

Jorge de Sá

Seminário CASES

14 de Setembro de 2011


O que o obesp

O que é o OBESP?

  • O Observatório da Economia Socialem Portugal é um projecto que nasce da necessidade de reconhecimento da realidade da Economia Social em Portugal

    Necessidade de informação actualizada

    Recolha periódica e sistemática de dados


Conselho cient fico do obesp

Conselho Científico do OBESP

  • Ana Simaens, doutoranda, ISCTE – IUL;

  • Cristina Granado, doutora, Instituto Piaget de Almada;

  • Deolinda Meira, doutora, ISCAP do Instituto Politécnico do Porto;

  • Gonçalo Pernes, doutorando, ISCTE – IUL;

  • Helder Pereira, doutor, ESGS do Instituto Politécnico de Santarém;

  • Jorge de Sá, doutor, ISCSP da Universidade Técnica de Lisboa;

  • Jorge Faria, doutor, ESGS do Instituto Politécnico de Santarém;

  • Luís Reto, doutor, ISCTE – IUL;

  • Manuel Belo Moreira, doutor, ISA da Univ. Técnica de Lisboa;

  • Maria Conceição Couvaneiro, doutora, Univ. Lusófona;

  • Maria Isabel Nicolau, doutora, ISCTE – IUL;

  • Rui Namorado, doutor, Faculdade de Economia da Univ. de Coimbra.


Objectivos

Objectivos

  • Desenvolver um observatório da Economia Social em Portugal:

    • Identificar e listar as organizações da Economia social existentes em Portugal

    • Caracterizar as organizações da Economia Social em Portugal

    • Identificar o perfil da Economia Social em Portugal

    • Manter actualizada a informação acerca da dimensão da Economia social em Portugal


Objectivos1

Objectivos

2. Aumentar a visibilidade das organizações da Economia Social em Portugal:

  • Perante o Estado

  • Perante a Economia Pública

  • Perante as empresas da Economia Capitalista

  • Perante a sociedade em geral

  • Perante as próprias organizações da Economia Social portuguesa e internacional


Objectivos2

Objectivos

3. Facilitar a investigação na área da Economia Social

  • Com as universidades, servindo trabalhos e teses

  • Com as organizações da economia social, promovendo o entrosamento dentro de cada área de actividade e entre estas

  • Com as organizações da economia social que procurem a sua internacionalização com organizações congéneras estrangeiras (em colaboração com outros observatórios)

  • Com as empresas da economia capitalista, facilitando o conhecimento destas com as organizações de economia social da mesma área de actividade


Metodologia

Metodologia

Fase 1 - Identificação e listagem das organizações de Economia Social em Portugal

  • Definição conceptual

  • Identificação e listagem das organizações a partir das bases de dados existentes

    • Cooperativa António Sérgio para a Economia Social

    • Organizações de primeiro grau que representem as demais organizações da Economia Social

    • Conservatórias do Registo Comercial

    • Ministério do Trabalho e Segurança Social (MTSS) / Centros Regionais da Segurança Social

    • Órgãos de Poder local

    • Outros.

  • Correcção de dados duplicados

  • Incentivo à auto-declaração na Internet das organizações da Econ. Social


Metodologia1

Metodologia

Fase 2 - Caracterização das organizações da Economia Social em Portugal

Trabalho de campo para expandir o conhecimento sobre as organizações da Economia Social.

  • Confirmar a listagem identificada na Fase I

  • Aplicar um questionário que permita dotar o observatório de informação mais concreta e correcta:

    • caracterização geral,

    • tipificação da sua actividade económica,

    • fontes de financiamento,

    • investimentos,

    • governação corporativa

    • nível de participação democrática (e cívica) dos membros na instituição,

    • situação de emprego,

    • ligações a instituições de desenvolvimento local,

    • indicadores de desempenho, entre outros.

  • Detectar novas organizações ou outras que não tenham sido detectadas na fase anterior e acrescentá-las à listagem e proceder normalmente à Fase II.


Metodologia2

Metodologia

Fase 3 - Actualização da informação acerca da Economia social em Portugal

Manutenção e actualização do sistema de informação

  • Registo de novas organizações

  • Registo do encerramento de organizações

  • Actualização da caracterização feita na Fase II

  • Responsabilização das organizações da Economia Social em actualizar periodicamente essa informação directamente no site do ONES.


Dissemina o da informa o

Disseminação da informação

  • De forma individual ou de forma agregada (estatísticas locais, regionais, nacionais) quando a identidade das organizações deva ser salvaguardada.

  • As modalidades de disseminação serão duas:

    • Website, para consulta não só dos intervenientes, mas também de organismos públicos, universidades, centros de investigação, entre outros interessados, e

    • Publicações periódicas, com os resultados provenientes do ONES e análises feitas por investigadores, actores políticos e representantes da economia social, que permitam compreender melhor o panorama nacional da Economia Social em Portugal.

    • Entre muitos indicadores possíveis, podemos destacar a informação relativa a:

    • Formas jurídicas

    • Distribuição regional das organizações

    • Distribuição regional dos produtos e serviços da Economia Social

    • Distribuição e valor dos produtos e serviços da Economia Social por tipo de actividade

    • Caracterização da mão-de-obra paga e voluntária da Economia Social em Portugal


Investiga o futura com base no obesp

Investigação futura com base no OBESP

  • Desenvolvimento de variados estudos de elevada relevância a vários níveis:

    • Nacional,

    • Regional

    • Local,

    • Organizacional

  • Várias possibilidades:

    • Estudo longitudinal sobre a evolução do desenvolvimento local

    • Estudo longitudinal da evolução da Economia Social em Portugal

    • Estudo sobre a dependência de fundos estatais

    • Estudo sobre a diversificação de fontes de financiamento

    • Estudo sobre práticas de governação na Economia Social em Portugal

    • Ranking de boas práticas destinadas a apresentação das organizações da economia social para benefício dos investimentos em responsabilidade social das empresas da economia capitalista


Muito obrigado pela aten o

Muito obrigado pela atenção

[email protected]


  • Login