Zoot 1012 melhoramento animal i zootecnia
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 27

Zoot 1012 MELHORAMENTO ANIMAL I ZOOTECNIA PowerPoint PPT Presentation


  • 53 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Zoot 1012 MELHORAMENTO ANIMAL I ZOOTECNIA. Prof. Dr. Paulo Roberto Nogara Rorato. UNIDADE VIII MÉTODOS DE SELEÇÃO. 8.1 – AVALIAÇÃO DOS ANIMAIS ATRAVÉS DE PROVAS DE DESCENDÊNCIA/PROGÊNIE TESTE DE PROGÊNIE O QUE É? É um teste comparativo entre animais a serem utilizados para a reprodução.

Download Presentation

Zoot 1012 MELHORAMENTO ANIMAL I ZOOTECNIA

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Zoot 1012MELHORAMENTO ANIMAL IZOOTECNIA

Prof. Dr. Paulo Roberto Nogara Rorato


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.1 – AVALIAÇÃO DOS ANIMAIS ATRAVÉS DE PROVAS DE DESCENDÊNCIA/PROGÊNIE

TESTE DE PROGÊNIE

O QUE É?

É um teste comparativo entre animais a serem utilizados para a reprodução.

QUAL O SEU BJETIVO?

Identificar os melhores animais, os quais serão utilizados para a reprodução, pelo fenótipo médio de seus descendentes.

COMO É REALIZADO?

Vacas “escolhidas” o acaso e distribuídas na maior variedade de ambientes possível, são inseminadas com sêmen dos touros em teste. Os reprodutores são selecionados pela média fenotípica de seus descendentes.


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.1 – AVALIAÇÃO DOS ANIMAIS ATRAVÉS DE PROVAS DE DESCENDÊNCIA/PROGÊNIE

QUANDO DEVE SER ADOTADO?

.quando a característica em seleção possui baixa herdabilidade,

.quando é possível avaliar um número expressivo de filhos,

.quando as características em seleção só se expressam em um dos sexos,

.quando as características em seleção só podem ser avaliadas com o reprodutor abatido,

.para a detecção de genes recessivos detrimentais


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.1 – AVALIAÇÃO DOS ANIMAIS ATRAVÉS DE PROVAS DE DESCENDÊNCIA/PROGÊNIE

DIFICULDADES NA EXECUÇÃO

.grande número de filhos a serem analisados,

.alto custo pela manutenção de um grande número de animais,

.longo tempo de duração (bovinos de 5 a 7 anos),

.variação da amostragem genética (gametas),

.efeito da ação gênica não aditiva,

.efeitos do meio ambiente que podem afetar de forma diferenciada as várias progênies em teste.


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.2 – VALOR SELETIVO/VALOR GENÉTICO/VALOR REPRODUTIVO (A)

“Os pais transmitem os seus genes e não os seus genótipos para as suas progênies”.

“O filho tem 50% de seus genes herdados do pai e 50% herdados da mãe”.

O QUE É?

“É o valor do indivíduo avaliado pelo valor médio de sua progênie”.

“O valor genético, ao contrário do efeito médio pode ser medido”.


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.2 – VALOR SELETIVO/VALOR GENÉTICO/VALOR REPRODUTIVO (A)

“A”= Somatório (Σ) do efeito médio de todos os genes

No caso de características quantitativas, “A” é a soma dos valores aditivos de todos os genes do indivíduo, de todos os locos que determinam a característica

Média da população = M

M depende das freqüências dos genes que determinam a característica

M = Σ (freq. Zigóticas – valor genotípico)


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.2 – VALOR SELETIVO/VALOR GENÉTICO/VALOR REPRODUTIVO (A)

Exemplo: O genótipo da vaca Mimosa = BBCCDdEeFFgghh

Ação Aditiva...

A = soma do efeito de todos os genes / número pares de genes...

B=9; C=5; D=8; d=4; E=6; e=3; F=7; g=2; h=1...

A = (9+9+5+5+8+4+6+3+7+7+2+2+1+1)/7 = 9,92

Se D for dominante sobre d e E sobre e (Dd=8; Ee=6)

A = (9+9+5+5+8+6+7+7+2+2+1+1)/7 = 8,86


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.2 – VALOR SELETIVO/VALOR GENÉTICO/VALOR REPRODUTIVO (A)

A = p=0,7; a = q=0,3; AA=Aa=10; aa=2

__________________________________________

Genótipos Valor Freqüência Freqüência x Valor

__________________________________________

AA 10 0,7x0,7=0,49 4,9

Aa 10 0,7x0,3=0,42 4,2

aa 2 0,3x0,3=0,09 0,18

__________________________________________

1,00 9,28

__________________________________________


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.2 – VALOR SELETIVO/VALOR GENÉTICO/VALOR REPRODUTIVO (A)

Valor médio dos filhos:

Genótipos Fr. Gametas|Fr. Gametas

__________________0,7A____0,3a__________________________

AA 1,0 A |0,7 A 0,3A (0,7)(10)+(0,3)(10)=10,00

Aa 0,5A |0,35AA 0,15Aa (0,35)(10)+(0,5)(10)+

0,5a |0,35Aa 0,15aa (0,15)(2) = 8,8

aa 1,0a |0,7Aa 0,3aa (0,70(10)+(0,3)(2)= 7,6

_______________________________________________________


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.2 – VALOR SELETIVO/VALOR GENÉTICO/VALOR REPRODUTIVO (A)

Valor Seletivo:

__________________________________________

AA:A = 2(10) - 9,28 = 10,72 (unidaddes absolutas)*

A = 2(10 - 9,28) = 1,44 (desvio)*

__________________________________________

Aa:A = 2(8,8) – 9,82 = 8,32 (unidaddes absolutas)

A = 2(8,8 – 9,28) = -0,96 (desvio)

__________________________________________

Aa:A = 2(7,6) – 9,28 = 5,92 (unidaddes absolutas)

A = 2(7,6 – 9,28) = -3,36 (desvio)

__________________________________________


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.2 – VALOR SELETIVO/VALOR GENÉTICO/VALOR REPRODUTIVO (A)

Desvios devido a dominância (D):

G=A+D; D=G–A; AA=10-10,72=-0,72; Aa=10-8,32=1,68

Aa=2-5,92=-3,92

________________________________________________

Genótipo Val. Genot.(G) Val. Sel.(A) Val. Méd. Desc. D

________________________________________________

AA 10 10,72 10,0 -0,72

Aa 10 8,32 8,8 1,68

aa 2 5,92 7,6 -3,92

________________________________________________________

D+= Anim. Fenotipicamente melhor do que a progênie


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.3 – DIFERENÇAS ESPERADAS NA PROGÊNIE (DEP)

DEP = Valor Seletivo/2

Ou

Valor Seletivo = 2(DEP)

Logo: DEP = (méd. da progênie – méd. da população)

Exemplo:

AA : A = 0,72 DEP = 2(0,72) = 1,44

Aa : A = -0,96 DEP = 2(-0,96) = -1,92

Aa : A = -3,36 DEP = -6,72


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO

DE SUMÁRIOS DE

REPRODUTORES


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO DE SUMÁRIOS DE REPRODUTORE

APRESENTAÇÃO:

  • I. Nos modelos de análise foram incluídos os efeitos de complementariedade, estáticos e as interações dos efeitos genotípicos com latitude.

  • II. Cálculo da DEPh@ - Desempenho Esperado na Progênie obtido como uma função da média harmônica da progênie

    (homogeneidade).

  • III. Apresentamas novas [email protected] e DEPs com destaque para Resistência ao Carrapato (Boophilus microplus).


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO DE SUMÁRIOS DE REPRODUTORES

CARACTERÍSTICAS AVALIADAS

  • Foram geradas [email protected] e DEPs para as seguintes características de interesse econômico:

  • . PESO AO NASCER (PN)

  • . GANHO DE PESO DO NASCIMENTO A DESMAMA (GND)

  • . CONFORMACÃO, PRECOCIDADE, MUSCULATURA E

  • TAMANHO (CPMT)

  • . PREPÚCIO (UMBIGO)

  • . EFEITO MATERNO COMPOSTO SOBRE GND (HM)

  • . GANHO DE PESO DA DESMAMA AO SOBREANO (GDS)

  • . GANHO DE PESO DO NASCIMENTO AO SOBREANO (GNS)

  • . PERIMETRO ESCROTAL (PE/IP)

  • . Resistência ao carrapato


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO DE SUMÁRIOS DE REPRODUTORES

BASE DE DADOS UTILIZADA


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO

DE SUMÁRIOS DE

REPRODUTORES

DIVERSIDADE

DO PROGR.

NATURA

(Angus)

*(clas. 1 a 5)

**kg


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO DE SUMÁRIOS DE REPRODUTORES

PROCEDIMENTOS PRÉ-ANÁLISE GENÉTICA

Consistência das informações,

Formação dos grupos de contemporâneos,

Pré-ajustamento dos dados

  • Efeitos ambientais

  • Efeitos genéticos e suas interações com o ambiente


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO DE SUMÁRIOS DE REPRODUTORES

ANÁLISE GENÉTICA

A análise genética foi realizada através do Método GenSys. Resumidamente, os componentes básicos do Método GenSys são os seguintes:

1. Exame de conexidade,

2. Equações de modelos mistos de Lush,

3. Procedimentos robustos de estimação


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO DE SUMÁRIOS DE REPRODUTORES

COMO INTERPRETAR O SUMÁRIO

DEP - Diferença Esperada na Progênie

DEPh - Desempenho Esperado na Progênie obtido como

uma fumção da média harmônica da progênie

BASE GENETICA – Base Genética Móvel (méd. pop. Anal./alvo)


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO

DE SUMÁRIOS

DE REPRODUTORES

ALVO


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO

DE SUMÁRIOS

DE REPRODUTORES

INDICES NATURA


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO DE SUMÁRIOS DE REPRODUTORES

DECAS

Deca 1 = Indica que o touro está entre os 10% melhores,

Deca 2 = entre os 11 e 20% melhores, ......

ACURÁCIA

Classe A = touros com acurácia superior a 0,8, utilizados em

mais de um rebanho na desmama (D) e no sobreano (S);

Classe B = touros com acurácia entre 0,7 e 0,8, utilizados em mais de um rebanho na D e S ou com acurácia superior a 0,8 utilizados em um só rebanho n a D e S.

Classe C = touros com acurácia inferior a 0,7 na D e S


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

8.4 – INTERPRETAÇÃO DE SUMÁRIOS DE REPRODUTORES

CRITÉRIOS PARA A APRESENTAÇÃO DOS TOUROS

São apresentados nesta edição do Sumário, touros com produção a partir de 2001 e com fator de ponderação robusto (FPR) igual a 20.

FPR é uma função do número de filhos, da distribuição Destes nos grupos de contemporâneos e Da manitude do resíduo de cada observação.


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

Exemplo de tabela de avaliação genética de touros:


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

Exemplo de tabela de avaliação genética de touros: (cont.)


UNIDADE VIIIMÉTODOS DE SELEÇÃO

Exemplo de tabela de avaliação genética de touros: (cont.)


  • Login