12 DOMINGO
Sponsored Links
This presentation is the property of its rightful owner.
1 / 135

12º DOMINGO DO TEMPO COMUM DEUS PRECISA DE GENTE PowerPoint PPT Presentation


  • 86 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

12º DOMINGO DO TEMPO COMUM DEUS PRECISA DE GENTE. MOTIVAÇÃO. Deus quis precisar do ser humano, quis ter um povo para si, um povo santo, um povo “sacerdotal”, para santificar o mundo todo em seu nome; um povo que fizesse sua vontade e. realizasse seu reino: “um reino

Download Presentation

12º DOMINGO DO TEMPO COMUM DEUS PRECISA DE GENTE

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


12 DOMINGO

DO TEMPO COMUM

DEUS PRECISA DE GENTE


MOTIVAO

Deus quis precisar do ser humano, quis ter um povo para si, um povo santo, um povo sacerdotal, para santificar o mundo todo em seu nome; um povo que fizesse sua vontade e


realizasse seu reino: um reino

de sacerdotes e uma nao consagrada. Na celebrao de hoje, Deus nos rene para que, unidos a seu Filho, o Bom Pastor, possamos juntos viver a vocao e misso apostlica,


realizando, assim, a plenitude do povo eleito, os cooperadores de Deus. Alegremente, cantemos para iniciar nossa celebrao!


1. O Senhor minha luz, Ele minha salvao. O que que eu vou temer? Deus minha proteo. Ele guarda minhavida: Eu no vou ter medo, no (bis).

CANTO DE ENTRADA


Do seu povo Ele a fora, Salvao do seu ungido; Salva, Senhor, teu povo, socorre os teus queridos!


2. Quando os maus vm avanando, procurando me acuar, desejando ver meu fim, querendo me matar, inimigosopressores que vo se liquidar (bis).


Do seu povo Ele a fora, Salvao do seu ungido; Salva, Senhor, teu povo, socorre os teus queridos!


3. Se um exrcito se armar contra mim, no temerei. Meu corao est firme, e firme ficarei. Se estourar uma batalha, mesmo assim, confiarei (bis).


Do seu povo Ele a fora, Salvao do seu ungido; Salva, Senhor, teu povo, socorre os teus queridos!


4. Sei que eu hei de ver, um dia, a bondade do Senhor. L, na terra dos viventes, viverei no seu amor. Espera em Deus!Cria coragem! Espera em Deus que teu Senhor! (Bis)


Do seu povo Ele a fora, Salvao do seu ungido; Salva, Senhor, teu povo, socorre os teus queridos!


SAUDAO

  • Em nome do Pai e do Filho e do Esprito Santo.

    - Amm!


  • A graa e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso Senhor, estejam convosco.


- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!


ATO PENITENCIAL


  • Senhor, que viestes procurar quem estava perdido, tende piedade de ns.

  • Senhor, tende piedade de ns.


  • Cristo, que viestes dar a vida em resgate de muitos, tende piedade de ns.

  • Cristo, tende piedade de ns.


  • Senhor, que congregais na unidade os vossos filhos dispersos, tende piedade de ns.

  • Senhor, tende piedade de ns.


CANTO DO ATO PENITENCIAL

.....


  • Deus Todo-Poderoso tenha compaixo de ns, perdoe os nossos pecados e nos conduza vida eterna.

    - Amm!


HINO DE LOUVOR

Glria a Deus nas alturas e paz

na terra aos homens por Ele

amados. Senhor Deus, Rei dos

cus, Deus Pai Todo Poderoso.


Ns vos louvamos, ns vos bendizemos, ns vos adoramos,

ns vos glorificamos, ns vos damos graas por vossa imensa glria.


Senhor Jesus Cristo, Filho Unignito, Senhor Deus,Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vs que tirais o pecado do mundo, tende piedade de ns. Vs que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa splica.


Vs que estais a direita do Pai, tende piedade de ns. S Vs sois o Santo, s Vs o Senhor, s Vs o Altssimo, Jesus Cristo. Com o Esprito Santo, na glria de Deus Pai, Amm.


HINO DE LOUVOR

Glria

...........

1/2


ORAO DA COLETA

OREMOS (Silncio): Senhor, nosso Deus, dai-nos por toda a vida a graa de vos amar e temer, pois nunca cessais de conduzir os que firmais no vosso amor.


Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Esprito Santo.

- Amm!


A PALAVRA SE FAZ VIDA

Deus quer que cooperemos com Ele na proclamao do Reino, que transcendente e, a rigor, invisvel, pois ele ultrapassa sempre aquilo que a gente v, sempre mais


exigente do que a gente pensa. Certos de que este Reino de amor sem fim, atentos escutemos as Palavras que Jesus nos dirige.


PRIMEIRA LEITURA

(Jr 20,10-13)


Leitura do Livro do Profeta Jeremias.

Jeremias disse: 10Eu ouvi as injrias de tantos homens e os vi espalhando o medo em redor: Denunciai-o, denunciemo-lo.


Todos os amigos observavam minhas falhas: Talvez ele cometa um engano e ns poderemos apanh-lo e desforrar-nos dele. 11Mas o Senhor est ao meu lado, como forte guerreiro; por isso, os que me perseguem cairo


vencidos. Por no terem tido xito, eles se cobriro de vergonha. Eterna infmia, que nunca se apaga! 12 Senhor dos exrcitos, que provas o homem justo e vs os sentimentos do corao, rogo-te me faas ver tua


vingana sobre eles; pois eu te declarei a minha causa. 13Cantai ao Senhor, louvai o Senhor, pois Ele salvou a vida de um pobre homem das mos dos maus.


-Palavra do Senhor.

-Graas a Deus!


SALMO RESPONSORIAL

- Atendei-me, Senhor, pelo vosso imenso amor!


  • Por vossa causa que sofri tantos insultos, e o meu rosto se cobriu de confuso; eu me tornei como um estranho a meus irmos, como estrangeiro para os filhos de minha me. Pois meu zelo e meu amor por


vossa casa me devoram como fogo abrasador.


- Atendei-me, Senhor, pelo vosso imenso amor!


  • Por isso elevo para vs minha orao, neste tempo favorvel, Senhor Deus! Respondei-me pelo vosso imenso amor, pela vossa salvao que nunca falha!


- Atendei-me, Senhor, pelo vosso imenso amor!


  • Humildes, vede isto e alegrai-vos: o vosso corao reviver, se procurardes o Senhor continuamente! Pois nosso Deus atende prece dos seus pobres, e no despreza o clamor de seus cativos. Que


cus e terra glorifiquem o Senhor com o mar e todo ser que neles vive!


- Atendei-me, Senhor, pelo vosso imenso amor!


SEGUNDA LEITURA

(Rm 5,12-15)


Leitura da Carta de So Paulo aos Romanos.

Irmos: 12O pecado entrou no mundo por um s homem. Atravs do pecado, entrou a morte. E a morte passou para todos os homens, porque todos pecaram.


13Na realidade, antes de ser dada

a Lei, j havia pecado no mundo. Mas o pecado no pode ser imputado, quando no h lei. 14No entanto, a morte reinou, desde Ado at Moiss, mesmo sobre os que no pecaram como


Ado, o qual era a figura provisria daquele que devia vir. 15Mas isso no quer dizer que o dom da graas de Deus seja comparvel falta de Ado! A transgresso de um s levou a multido humana morte, mais foi


de modo bem superior que a graa de Deus, ou seja, o dom gratuito concedido atravs de um s homem, Jesus Cristo, se derramou em abundncia sobre todos.


- Palavra do Senhor.

-Graas a Deus!


Aleluia, Aleluia, Aleluia.

O Esprito Santo, a Verdade, de mim ir testemunhar, e vs minhas testemunhas sereis em todo lugar.

ACLAMAO


  • - O Senhor esteja convosco!

  • Ele est no meio de ns!

  • - Proclamao do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus.

  • - Glria a vs, Senhor!


-Palavra da Salvao!

-Glria a vs, Senhor!


Creio em Deus Pai Todo-Poderoso, criador do cu e da terra. E em Jesus Cristo, seu nico Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Esprito Santo; nasceu da

PROFISSO DE F


Virgem Maria; padeceu sob Pncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado. Desceu manso dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos cus; est sentado direita de Deus Pai Todo-Pode-


roso donde h de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Esprito Santo; na Santa Igreja Catlica; na comunho dos santos; na remisso dos pecados; na ressurreio da carne; na vida eterna. Amm.


ORAO DA COMUNIDADE

- Senhor, escutai as nossas splicas!


1. Para que nossa Igreja tenha pastores capazes de dirigir e orientar aqueles que se sentem cansados e aflitos, rezemos ao Senhor!


- Senhor, escutai as nossas splicas!


2. Para que nossos missionrios anunciem Jesus queles que se encontram perdidos e desorientados, para que encontrem o caminho que os levam ao Pai, rezemos ao Senhor!


- Senhor, escutai as nossas splicas!


3. Para que o Senhor envie cada vez mais pessoas para que trabalhem na construo de seu Reino, rezemos ao Senhor!


- Senhor, escutai as nossas splicas!


4. Para que nossas comunidades se fortaleam e trabalhem juntas a fim de que sejam capacitadas para liderarem e orientarem os que se encontram sem rumo e desorientados, rezemos ao Senhor!


- Senhor, escutai as nossas splicas!


CANTO DAS OFERENDAS

1. Bendito e louvado seja, o Pai nosso criador / O Po que ns recebemos prova do seu amor / O Po que ns recebemos prova do seu amor / fruto de sua terra do povo trabalhador / fruto de

sua terra do povo trabalhador. / Na missa transformado no Corpo do Salvador.


Bendito seja Deus, bendito seu amor / Bendito seja Deus Pai onipotente nosso Criador. (bis)


2. Bendito e louvado seja o Pai nosso criador / O vinho que recebemos prova do seu amor / O vinho que recebemos prova do seu amor / o fruto de sua terra do povo trabalhador / o fruto de sua terra do povo trabalhador. / Na missa transformado no Sangue do Salvador.


Bendito seja Deus, bendito seu amor / Bendito seja Deus Pai onipotente nosso Criador. (bis)


LITURGIA EUCARSTICA

  • Orai, irmos e irms, para que o nosso sacrifcio seja aceito por Deus Pai Todo-Poderoso.

    - Receba Senhor por tuas mos este sacrifcio, para a glria do Seu nome, para nosso bem e de toda Santa Igreja!


ORAO SOBRE AS OFERENDAS

ACOLHEI, Deus, este sacri- fcio de reconciliao e louvor, e fazei que, purificados por ele, possamos oferecer-vos um corao que vos agrade. Por Cristo, nosso Senhor. - Amm!


ORAO EUCARSTICA II

- O Senhor esteja convosco.

- Ele est no meio de ns!

- Coraes ao alto.

- O nosso corao est em Deus!

- Demos graas ao Senhor, nosso Deus.

- nosso dever e nossa salvao!


NA VERDADE, justo e necessrio, nosso dever e salvao dar-vos graas, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso.


Ele a vossa palavra viva, pela qual tudo criastes. Ele o nosso salvador e redentor, verdadeiro homem, concebido do Esprito Santo e nascido da virgem Maria. Ele, para cumprir a vossa vontade e reunir um


povo santo em vosso louvor, estendeu os braos na hora da sua paixo a fim de vencer a morte e manifestar a ressurreio. Por ele os anjos celebram vossa grandeza e os santos proclamam vossa glria.


Concedei-nos tambm a ns associar-nos a seus louvores, cantando (dizendo) a uma s voz:


SANTO

Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo. O cu e a terra proclamam a vossa glria. Hosana nas alturas. Bendito o vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas.


SANTO

.....


NA VERDADE, Pai, vs sois Santo e fonte de toda santidade. Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Esprito, a fim de que se tornem para ns o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo,


vosso Filho e Senhor nosso.

  • Santificai nossa oferenda, Senhor!


- Eis o mistrio da f!

- Todas as vezes que comemos deste po e bebemos deste clice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda!


CELEBRANDO, pois, a memria da morte e ressurreio do vosso Filho, ns vos oferecemos, Pai, o po da vida e o clice da salvao; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui


na vossa presena e vos servir.

  • Recebei, Senhor, a nossa oferta!

    E NS VOS SUPLICAMOS que, participando do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Esprito Santo num s


corpo.

  • Fazei de ns um s corpo e um s esprito!

    LEMBRAI-VOS, Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresa na caridade, com o Papa


Francisco, com o nosso Bispo Cesar, e todos os ministros do vosso povo.

- Lembrai-vos, Pai, da vossa Igreja!

LEMBRAI-VOS tambm dos nossos irmos e irms que


morreram na esperana da ressurreio e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vs na luz da vossa face.

- Lembrai-vos, Pai, dos vossos filhos!


ENFIM, ns vos pedimos, tende piedade de todos ns e dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, Me de Deus, com os santos Apstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvar-


mos e glorificarmos por Jesus Cristo, vosso Filho.

- Concedei-nos o convvio dos eleitos!


RITO DA COMUNHO

PAI NOSSO...


- Livrai-nos de todos os males, Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa miseri- crdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperana, aguarda-


mos a vinda do Cristo Salvador.

- Vosso o reino, o poder e a glria para sempre!

Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apstolos: Eu vos deixo a paz, Eu vos dou a minha

paz. No olheis os nossos


pecados mas a f que anima vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vs, que sois Deus, com o Pai e o Esprito Santo.

- Amm!


  • - A paz do Senhor esteja sempre convosco.

  • O amor de Cristo nos uniu!


PAZ


- Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de ns.

- Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de ns.


- Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.


  • Senhor, eu no sou digno(a) de que entreis em minha morada mas dizei uma palavra e serei salvo(a)!


COMUNHO

1. Um canto novo ao Senhor, / terras todas, cantai! / Louvai seu nome bendito, / Diariamente

aclamai! / Sua glria, seus grandes feitos / Aos povos todos cantai.


Por tua causa nos pisam e maltratam, / Mas ests

junto a ns, vigilante. / Nenhum mal vai vencer-nos, Senhor: / Esta ceia reforo constante.


2. Ele o maior dos senhores: / Merece nosso louvor; / E mais do que aos deuses todos /

Ns lhe devemos temor. / Os outros deuses so nada, / Ele do cu criador.


Por tua causa nos pisam e maltratam, / Mas ests

junto a ns, vigilante. / Nenhum mal vai vencer-nos, Senhor: / Esta ceia reforo constante.


3. Sabei que o Senhor rei / E traz justia a esta terra. / Alegrem-se o mar e os peixes / E tudo o que o mundo encerra. / Os campos, plantas, montanhas / E as rvores da floresta.


Por tua causa nos pisam e maltratam, / Mas ests

junto a ns, vigilante. / Nenhum mal vai vencer-nos, Senhor: / Esta ceia reforo constante.


4. Ele o Senhor do universo / E faz justia a seu povo. / Aos povos h de julgar, / Reinando no

mundo todo. / Por isso, a Ele cantai, / terras, um canto novo!


Por tua causa nos pisam e maltratam, / Mas ests

junto a ns, vigilante. / Nenhum mal vai vencer-nos, Senhor: / Esta ceia reforo constante.


ORAO DEPOIS DA COMUNHO

OREMOS: Renovados pelo Corpo e Sangue do vosso Filho, ns vos pedimos, Deus, que possamos receber um dia, resgatados para sempre, a salvao que devotamente


estamos celebrando. Por Cristo, nosso Senhor.

- Amm!


BNO E DESPEDIDA

- O Senhor esteja convosco!

- Ele est no meio de ns!


  • Que Deus Todo-Poderoso vos livre sempre de toda adversidade e derrame sobre vs as suas bnos.

    - Amm!


  • Torne os vossos coraes atentos sua palavra, a fim de que transbordeis de alegria divina.

    - Amm!


  • Assim, abraando o bem e a justia, possais correr sempre pelo caminho dos mandamentos divinos e tornar-vos coerdeiros dos santos.

    - Amm!


  • Abenoe-vos Deus Todo-Poderoso, Pai e Filho e Esprito Santo.

  • Amm!


  • Em nome do Senhor, ide em paz, e o Senhor vos acompanhe.

  • Graas a Deus!


Formatao: PASCOM Parquia So Vicente


  • Login