O SÁBADO
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 8

O SÁBADO PowerPoint PPT Presentation


  • 90 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

O SÁBADO. Lição 11 13 de setembro de 2014. A ORIGEM DO SÁBADO.

Download Presentation

O SÁBADO

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


O s bado

O SÁBADO

Lição 11

13 de setembro de 2014


O s bado

A ORIGEM DO SÁBADO

“E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no séti-mo dia de toda a sua obra, que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera.” (Gênesis 2:2-3)

Quem criou todas as coisas, incluindo o sábado? João 1:1-3, Colossenses 1:16; Hebreus 1:1-2

Jesus é o Criador de tudo, incluindo o sábado. Nem Jesus, nem Adão, nem Eva estavam cansados, porque necessitavam descansar no sábado?

  • Em um mundo sem pecado, o sábado é um templo no tempo onde as criaturas se reúnem para louvar e desfrutar da comunhão especial com o seu Criador.

  • Quanto mais nós, rodeados de pecado, necessitamos destes momentos de comunhão intensa com nosso Criador. Jesus mesmo nos deu o exemplo ao descansar no sábado após a obra, tanto da Criação como da Redenção.


O s bado

SENHOR DO SÁBADO

“porque o Filho do Homem é Senhor do sábado”

(Mateus 12:8)

  • Um sábado, enquanto passavam por um campo, os discípulos de Jesus tomaram espigas e comeram o grão (Mt. 12:1-2).

Ainda que esta ação fosse permitida pela lei (Dt. 23:25), foram acusados de violar a lei por fazê-lo no sábado.

Os fariseus tinham normas tão estritas para a observância do sábado que, para eles, o ato dos discípulos implicava colher e trilhar o grão.


O s bado

SENHOR DO SÁBADO

“porque o Filho do Homem é Senhor do sábado” (Mateus 12:8)

Jesus replicou aos fariseus com dois exemplos relacionados com os serviços do Templo:

Davi comeu o pão da proposição. Uma transgressão permitida da lei cerimonial.

Os sacerdotes trabalham (extra) aos sábados. Seu trabalho é aceito por Deus.

Imediatamente após , Jesus fez duas afirmações:

  • O sábado foi instituído para o homem, e não o homem para o sábado” (Marcos 2:27).

    • O sábado é um dom de Deus a serviço do homem em vez de estar o homem a serviço do sábado.

  • “o Filho do Homem é também Senhor do sábado” (Marcos 2:28).

    • Como Criador do sábado, o Salvador tem o direito de determinar o que é apropriado para este dia.


O s bado

O EXEMPLO DE JESUS

“E, chegando a Nazaré, onde fora criado, em-trou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler.” (Lucas 4:16)

O exemplo de Jesus ao observar o sábado é ideal.

  • Como Jesus guardou o sábado?

Jesus se reunia com outros crentes para estudar a Bíblia e adorar (Lc. 4:16-21)

Desfrutava a natureza (Mt. 12:1-8)

Aliviava o sofrimento humano(Mt. 12:9-14; Lc. 13:15-16; Jo. 5:16-17)

Descansava do trabalho (Gn. 2:1-3)

Por sua fé nas Escrituras, vemos Jesus se abstendo de comprar e vender (Mt. 5:17-19; cf. Nee. 13:15-22)

Também podemos deduzir pela conduta de seus discípulos que Ele observava o dia de preparação (Lc. 23:24; cf. Ex. 16)

Baseados no exemplo de Jesus, hoje deveríamos praticar a observância do sábado conscienciosamente.


O s bado

O ENSINAMENTO DE JESUS

“E estavam observando-o se curaria no sábado, para o acusarem” (Marcos 3:2)

Jesus foi acusado de violar o sábado por “trabalhar” curando as pessoas. Como rebateu esta acusação?

Jesus libertou o sábado dos extremismos. De esta forma, nos capacitou para que não sejamos nem legalistas nem transgressores em sua observância.


O s bado

VALIDADE PERMANENTE DO SÁBADO

“E será que desde uma lua nova até à outra, e desde um sábado até ao outro, virá toda a carne a adorar perante mim, diz o Senhor.” (Isaías 66:23)

A teologia popular diz que Jesus transferiu a santidade do sábado para o domingo, em honra de sua ressurreição. No entanto, quando Jesus falou da destruição de Jerusalém (quase 40 anos no futuro), disse “Orai para que vossa fuga não seja no inverno nem no sábado” (Mateus 24:20)

Paulo, como os outros apóstolos, assistia habitualmente na igreja no sábado (Atos 13:14, 42; 14:1; 17:1-2; 18:4)

Quando alguns gregos quiseram reunir-se com ele a parte dos judeus (fora da sinagoga), Pablo lhes falou durante dois sábados consecutivos (Atos 13:42-44), mas não se reuniu com eles no domingo.


O s bado

“Assim como o sábado foi o sinal que distinguiu Israel quando saiu do Egito para entrar em Canaã, é também o sinal que deve distinguir o povo de Deus que sai do mundo para entrar no repouso celestial. O sábado é um sinal do relacionamento entre Deus e o Seu povo, sinal de que este honra a lei de Deus. É o que distingue entre os fiéis súditos de Deus e os transgressores”

E.G.W. (Testemunhos para a igreja, v. 6, pg. 351)


  • Login