Contribuição de vários cientistas para a construção da tabela periódica:
Download
1 / 43

Contribuição de vários cientistas para a construção da tabela periódica: - PowerPoint PPT Presentation


  • 212 Views
  • Uploaded on

Contribuição de vários cientistas para a construção da tabela periódica:. Henry Moseley. J.L.Meyer ( 1830-1895). A.B.Chancourtois ( 1820-1886). ANTOINE LAVOISIER. (1743-1794). Glenn Seaborg (1912 – 1999). Dimitri Mendeleyev (1834-1907). J.A.R.Newlands (1837-1898). J.W.Döbereiner

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Contribuição de vários cientistas para a construção da tabela periódica:' - jacoba


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

Contribuição de vários cientistas para a construção da tabela periódica:

Henry Moseley

J.L.Meyer

( 1830-1895)

A.B.Chancourtois

( 1820-1886)

ANTOINE LAVOISIER

(1743-1794)

Glenn Seaborg

(1912 – 1999)

Dimitri Mendeleyev

(1834-1907)

J.A.R.Newlands

(1837-1898)

J.W.Döbereiner

(1780-1849)


ANTOINE LAVOISIER tabela periódica:

  • Ordenou e sistematizou um conjunto de observações e hipóteses que deu origem à química científica;

  • Publicou em 1789 o “Tratado elementar da química”;

  • Construiu uma tabela com 32 elementos;


As tríades de J. W. Dobereiner tabela periódica:

  • Organizou os elementos por propriedades semelhantes em grupos de três – “Tríades”;

Cloro, bromo e iodo:

a tríade da primeira tentativa.

  • A massa atómica do elemento central da “tríade” era a média das massa atómicas dos outros dois elementos.


O “parafuso telúrico” de tabela periódica:

A. Beguyen de Chancourtois

  • Colocou os elementos químicos por ordem crescente das suas massas atómicas, numa linha espiralada de quarenta e cinco graus traçada sobre a superfície lateral de um cilindro;

Verificou que os elementos químicos com propriedades semelhantes se situavam sobre a mesma geratriz do cilindro;

  • Limitações:

  • Mistura substâncias simples e substâncias compostos;

  • Representação gráfica é muito complicada;

  • Só é valido para elementos com número atómico inferior a 40.


As oitavas de Jonh Newlands tabela periódica:

  • Agrupou os elementos em sete grupos de sete elementos, por ordem crescente das suas massas atómicas;

“ O oitavo elemento é uma espécie de repetição do primeiro, como a oitava nota de uma oitava de uma música”

  • Estabeleceu uma relação entre as propriedades dos elementos e a sua massa atómica. A este tipo de repetição com propriedades semelhantes chamou-se periodicidade, e é esta a origem do nome da“tabela periódica”.


  • Limitações: tabela periódica:

  • Em determinadas colunas onde estão elementos com propriedades semelhantes, encontram-se alguns erradamente colocados;

  • O telúrio (Te) foi colocado antes do iodo, contudo, a sua massa atómica relativa é maior;


As curvas de Lothar Meyer tabela periódica:

  • Mentor do volume atómico;

Mostrou a relação entre os volumes atómicos e as massas atómicas relativas – curva de Meyer;

  • Limitações:

  • Não fez distinção entre elemento e compostos simples, pelo que:

  • Não corrigiu as massas atómicas relativas;

  • Não previu as propriedades dos elementos que ocupariam os lugares vazios.


Classificação periódica de Dimitri Mendeleyev tabela periódica:

  • Colocou os elementos por ordem crescente das suas massa atómicas, distribuindo-os em 8 colunas verticais e 12 linhas horizontais;

  • Verificou que as propriedades variavam periodicamente à medida que aumentava a sua massa atómica;

  • Admitiu que o peso atómico de alguns elementos não estava correcto;

  • Deixou lugares vagos para os elementos que ainda estavam por descobrir.


Lei periódica de Moseley tabela periódica:

  • Demonstrou que a carga do núcleo do átomo é característica de um elemento químico;

  • Reordenou os elementos químicos por ordem crescente dos seus números atómicos;

“Quando os elementos são agrupados por ordem crescente de número atómico (Z) observa-se a repetição periódica de várias propriedades.”


A série de actinídeos de Glenn Seaborg tabela periódica:

  • Descobriu todos os elementos transurânicos, do número atómico 94 até ao 102, tendo reconfigurando a tabela periódica e colocado a série dos actinídeos debaixo da série dos lantanídeos.


Tabela periodica atual
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

A série de actinídeos de Glenn Seaborg


Tabela periodica atual1
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


Tabela periodica atual2
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • À medida que percorremos um período, as propriedades físicas variam regularmente, uniformemente

  • Num grupo,(famílias),os elementos apresentam propriedades químicas semelhantes


Tabela periodica atual3
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Períodos: horizontal indica o nº de níveis eletrônico

Grupos/Famílias:Veltical:1,2,13,14,15,16,17,18 nº de elétrons no últimoo nível


Tabela periodica atual4
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • A tabela atual é constituída por 18 famílias. Cada uma delas agrupa elementos com propriedades químicas semelhantes, devido ao fato de apresentarem a mesma configuração eletrônica na camada de valência. Como podemos observar no exemplo a seguir :


Tabela periodica atual5
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Família IA = todos os elementos apresentam 1 elétron na camada de valência.


Tabela periodica atual6
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • Existem, atualmente, duas maneiras de identificar as famílias ou grupos. A mais comum é indicar cada família por um algarismo romano, seguido de letras A e B, por exemplo, IA, IIA, VB. Essas letras A e B indicam a posição do elétron mais energético nos subníveis.

  • No final da década passada, a IUPAC propôs outra maneira: as famílias seriam indicadas por algarismos arábicos de 1 a 18, eliminando-se as letras A e B.


Tabela periodica atual7
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • Os elementos que constituem essas famílias são denominados elementos representativos, e seus elétrons mais energéticos estão situados em subníveis s ou p.

    Nas famílias A, o número da família indica a quantidade de elétrons na camada de valência . Elas recebem ainda nomes característicos.


Tabela periodica atual8
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Os elementos dessas famílias são denominados genericamente elementos de transição.

Uma parte deles ocupa o bloco central da tabela periódica, de IIIB até IIB (10 colunas), e apresenta seu elétron mais energético em subníveis d.


Tabela periodica atual9
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Exemplo: Ferro (Fe) / Z = 26

1s²2s²2p63s²3p6 4s²3d6

Família: 8B


Tabela periodica atual10
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • Observe ao lado a imagem mostra o subnível ocupado pelo elétron mais energético dos elementos da tabela periódica


Tabela periodica atual11
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


Tabela periodica atual12
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


Tabela periodica atual13
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • Metais:

  • Apresentam brilho quando polidos;

  • Sob temperatura ambiente, apresentam-se no estado sólido, a única exceção é o mercúrio, um metal líquido;

  • São bons condutores de calor e eletricidade;

  • São resistentes maleáveis e dúcteis


Tabela periodica atual14
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • Não metais/ ametais

  • Existem nos estados sólidos (iodo, enxofre, fósforo, carbono) e gasoso (nitrogênio, oxigênio, flúor); a exceção é o bromo, um não-metal líquido;

  • não apresentam brilho, são exceções o iodo e o carbono sob a forma de diamante;

  • não conduzem bem o calor a eletricidade, com exceção do carbono sob a forma de grafite;

  • Geralmente possuem mais de 4 elétrons na última camada eletrônica, o que lhes dá tendência a ganhar elétrons, transformando-se em íons negativos (ânions)


Tabela periodica atual15
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Gases Nobres

  • Elementos químicos que dificilmente se combinam com outros elementos – hélio, neônio, argônio, criptônio, xenônio e radônio.

  • Possuem a última camada eletrônica completa, ou seja, 8 elétrons. A única exceção é o hélio, que possui uma única camada, a camada K, que está completa com 2 elétrons.


Tabela periodica atual16
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • Apresenta propriedades muito particulares e muito diferentes em relação aos outros elementos.

  • Por exemplo, tem apenas 1 elétron na camada K (sua única camada) quando todos os outros elementos têm 2.

Hidrogênio


Tabela periodica atual17
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

São as propriedades que variam em função

dos números atômicos dos elementos.

Podem ser de dois tipos:

  • Aperiódicas: são as propriedades cujos valores aumentam ou diminuem continuamente com o aumento do número atômico.

  • Periódicas: são as propriedades que oscilam em valores mínimos e máximos, repetidos regularmente com o aumento do número atômico

Propriedades dos Elementos


Tabela periodica atual18
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Raio atômico.

É a distância que vai do núcleo do átomo até o seu elétron mais externo


Tabela periodica atual19
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Para comparar o tamanho dos átomos, devemos levar em conta dois fatores:

Número de níveis (camadas): quanto maior o número de níveis, maior será o tamanho do átomo.

Caso os átomos comparados apresentem o mesmo número de níveis (camadas), devemos usar outro critério.

Número de prótons: o átomo que apresenta maior número de prótons exerce uma maior atração sobre seus elétrons, o que ocasiona uma redução no seu tamanho.


Tabela periodica atual20
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


Tabela periodica atual21
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Energia de ionização

  • É a energia necessária para remover um ou mais elétrons de um átomo isolado no estado gasoso.

X (g) + Energia → X+(g) + e-


Tabela periodica atual22
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

  • Quanto maior o tamanho do átomo, menor será a energia de ionização.


Tabela periodica atual23
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Eletronegatividade

  • A força de atração exercida sobre os elétrons de uma ligação.


Tabela periodica atual24
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


Tabela periodica atual25
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Eletropositividade

  • É a propriedade pela qual o átomo apresenta maior tendência a perder elétrons. Evidentemente, esta propriedade é o inverso da eletronegatividade.


Tabela periodica atual26
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


Tabela periodica atual27
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Afinidade eletrônica

  • Afinidade eletrônica ou eletroafinidade é a medida da capacidade de um átomo em receber um ou mais elétrons. Essa capacidade se refere a átomos isolados A energia envolvida na afinidade eletrônica pode ser medida nas mesmas unidades do potencial de ionização. Geralmente, a unidade utilizada é o elétron-volt.Os átomos dos halogênios têm grandes valores negativos de afinidade eletrônica.De fato, esses átomos recebem elétrons com muita facilidade, e os ânions por eles formados (F-, Cl-, Br-, I-) têm estabilidade muito grande.Em oposição, os átomos dos gases nobres (grupo 18 ou VIIIA) têm valores positivos de afinidade eletrônica, revelando sua dificuldade em receber elétrons e formar ânions.


Tabela periodica atual28
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


Tabela periodica atual29
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Densidade

  • É a relação existente entre a massa e volume de uma amostra de elemento


Tabela periodica atual30
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


Tabela periodica atual31
Tabela Periodica Atual tabela periódica:

Ponto de Fusão e Ebulição

  • PONTO DE FUSÃO: É temperatura na qual uma substância passa do estado sólido para o estado líquido.

  • PONTO DE EBULIÇÃO: É temperatura na qual uma substância passa do estado líquido para o estado gasoso.


Tabela periodica atual32
Tabela Periodica Atual tabela periódica:


ad