8 semin rio nacional abed de educa o a dist ncia jo o pessoa 27 a 29 de abril de 2011
Download
1 / 39

8º Seminário Nacional ABED de Educação a Distância João Pessoa, 27 a 29 de abril de 2011 - PowerPoint PPT Presentation


  • 84 Views
  • Uploaded on

Necessidades e expectativas das indústrias de grande e médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados. 8º Seminário Nacional ABED de Educação a Distância

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' 8º Seminário Nacional ABED de Educação a Distância João Pessoa, 27 a 29 de abril de 2011' - ivory-conner


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
8 semin rio nacional abed de educa o a dist ncia jo o pessoa 27 a 29 de abril de 2011

Necessidades e expectativas das indústrias de grande e médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

8º Seminário Nacional ABED de Educação a Distância

João Pessoa, 27 a 29 de abril de 2011


Contexto do estudo
Contexto do Estudo médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

  • Pesquisa realizada pela Consilia para o SESI Paraíba, em 2010/2011;

  • Compõe conjunto de estudos que subsidiaram a elaboração de Plano de Desenvolvimento da Educação a Distância do SESI Paraíba - PDE-D 2010 a 2015

  • Demais estudos:

    • Pesquisa qualitativa junto a professores (Matriz de competências em EAD)

    • Pesquisa qualitativa junto a grandes empresas industriais da Paraíba

    • Pesquisa qualitativa junto a alunos (apresentada na Conferência International ICDE-UVQ).


Premissas da pesquisa
Premissas da pesquisa médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

  • O uso do e-learning pelos trabalhadores e pelas empresas na oferta de Educação Básica e continuada deve atender a necessidades educacionais percebidas pelos trabalhadores e pelas empresas;

  • O gestor de recursos humanos é o elemento focal nas empresas que melhor percebe as condições e necessidades de formação dos trabalhadores e também é aquele que mais efetivamente pode apoiar a implantação de programas de EAD na modalidade e-learning;


Premissas da pesquisa1
Premissas da pesquisa médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

  • O apoio e estímulo das empresas e dos gestores de RH para o uso do e-learning depende de suas expectativas quanto à eficiência e eficácia da EAD, relacionadas à:

    • Flexibilidade de tempo e horário, com menor impacto sobre o processo produtivo;

    • Inclusão dos trabalhadores na sociedade do conhecimento mediante o uso das novas tecnologias de comunicação e informação;

    • Desenvolvimento da autonomia, necessária ao processo de aprendizagem em EAD, com impactos positivos sobre o processo produtivo;

    • Surgimento de uma nova cultura de trabalho colaborativo, a partir da prática em comunidades virtuais.

  • A viabilidade de educação a distância por meio de e-learning está condicionada às condições de acesso dos trabalhadores ás tecnologias de informação;

  • A viabilidade de educação por meio de e-learning está relacionada à cultura e competências digitais dos trabalhadores.


Objetivos da pesquisa
Objetivos da Pesquisa médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

  • Geral - Identificar necessidades e expectativas das indústrias de médio e grande porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de

    e-learning para desenvolvimento de educação básica e continuada, pelos seus empregados.

  • Específicos

    • Traçar o perfil dos gestores de RH e sua experiência em EAD como variável para apoio a programas de EAD;

    • Traçar o perfil educacional dos trabalhadores das indústrias de médio e grande porte, contribuintes do SESI Paraíba;

    • Identificar junto aos responsáveis pela área de RH das empresas sua percepção quanto à eficiência e eficácia do e-learning nos processos de aprendizagem de seus trabalhadores;

    • Divulgar junto aos gestores de RH das indústrias de médio e grande porte da intenção do SESI Paraíba de oferecer educação básica e continuada utilizando e-learning;

    • Buscar apoio das empresas aos programas de e-learning oferecidos pelo SESI Paraíba.


Metodologia da pesquisa
Metodologia da pesquisa médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

  • Pesquisa quantitativa, aplicada, não experimental, cujo objetivo foi a busca de informações para subsidiar a elaboração do PDE-D 2010-2015 do SESI Paraíba;

  • Fonte primária de informação - questionário online aplicado aos gestores de RH das empresas;

  • Questionário único, organizada em cinco partes: (i) identificação do respondente, (ii) caracterização da empresa (iii) caracterização sócio educacional dos trabalhadores da empresa (iv) expectativas da empresa/gestor de RH quanto ao uso de e-learning; (v) disposição da empresas para apoiar seus trabalhadores no uso do e-learning;

  • Ferramenta Google Docs.


Conceitos b sicos
Conceitos Básicos médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

  • EAD - modalidade educativa em que alunos e professores estão em locais distintos e dependem de algum tipo de tecnologia para transmitir informações e lhes proporcionar um meio para interagir. (Moore e Kearsley,2005)

  • 5ª geração da EAD - participação em ambientes virtuais de aprendizagem mediante acesso à internet e à rede WWW.

  • E-learning - estratégia de educação a distância mediada pelo computador, com o acesso à Internet.

  • B-learning - processo de ensino-aprendizagem onde a maior parte dos conteúdos é transmitida à distância, entretanto inclui necessariamente situações presenciais; obrigatório em EJA.


Universo e sujeitos da pesquisa
Universo e Sujeitos da Pesquisa médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

  • Duas categorias de estabelecimentos industriais

    • grande porte – 18 estabelecimentos com 500 empregados ou mais

    • médio porte – 43 estabelecimentos com 100 a 499 empregados;

  • Delimitação do universo

    • segue a estratégia do SESI Paraíba de iniciar as ações de EAD por esse universo;

    • esse universo apresenta melhores condições operacionais para mobilização;

    • possibilidade de implantação de pólos no local de trabalho;

    • universo representa 34% do total de trabalhadores da indústria da Paraíba;

  • Sujeitos da pesquisa – responsáveis pela área de RH das empresas.


Localiza o dos estabelecimentos industriais
Localização dos estabelecimentos industriais médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

Estabelecimentos de grande porte

Estabelecimentos de médio porte


Rede ead do sesi para ba
Rede EAD do SESI Paraíba médio porte contribuintes do SESI Paraíba, com relação à utilização de e-learning para desenvolvimento de Educação Básica e Continuada, pelos seus empregados

  • Missão - Oferecer Educação Básica e Educação Continuada a distância, na estratégia e-learning, para o trabalhador da indústria e seus dependentes, com vistas à promoção da qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável da Indústria da Paraíba.

  • Foco – empresas industriais da Paraíba;

  • Posicionamento – crescimento gradativo com foco inicial nas grandes e médias empresas;

  • Estruturação da Rede

    • 1 núcleo central

    • 2 núcleos operacionais (CATs)

    • 4 pólos (CATs)

    • 14 pólos descentralizados (empresas e unidades SESI Indústria do Conhecimento)




Empregados sexo e faixa et ria
Empregados: sexo e faixa etária setores industriais

  • Total de empregados – 27.944


Escolaridade dos trabalhadores
Escolaridade dos trabalhadores setores industriais


Estimativa de trabalhadores que possuem endere o e mail e computador
Estimativa % de trabalhadores que possuem endereço e-mail e computador

Possuem endereço e-mail

Possuem computador







Nível de concordância da computador empresa quanto à necessidade de elevar o nível educacional de seus trabalhadores – nível de concordância

Discorda

Plenamente

Concorda

Plenamente


Nível de concordância da empresa quanto à necessidade de contratar profissionais com ensino médio e conhecimentos básicos de informática

Ensino Médio

Conhecimentos básicos de informática


O contratar profissionais com ensino médio e conhecimentos básicos de informática e-learningpode ser uma forma mais barata e ágil de educar os trabalhadores da indústria – nível de concordância


A qualidade do e learning pode ser igual ou superior ao ensino presencial n vel de concord ncia
A qualidade do e-learning pode ser igual ou superior ao ensino presencial – nível de concordância



A alternativa mais viável para facilitar o acesso do trabalhador ao e-learning é a instalação de pólos de EAD na/ou próximo a empresa – nível de concordância

Na empresa

Próximo à empresa


É vantajoso para os trabalhadores saberem usar as novas tecnologias de comunicação e informação e-learning e impactos sobre o processo produtivo – nível de concordância


O e-learning desenvolve a autonomia e colaboração do estudante, produzindo impacto positivo sobre o processo produtivo – nível de concordância

Autonomia

Colaboração


Capacidade do trabalhador para utilizar equipamentos inform ticos b sicos n vel de concord ncia
Capacidade do trabalhador para utilizar equipamentos informáticos básicos – nível de concordância


Atitude aberta do trabalhador quanto ao uso das novas tecnologias n vel de concord ncia
Atitude aberta do trabalhador quanto ao uso das novas tecnologias – nível de concordância


Estímulo da empresa para que o trabalhador eleve sua escolaridade e se envolva em processos de educação continuada – nível de concordância


Abertura da empresa colabora o com o sesi
Abertura da empresa à colaboração com o escolaridade e se envolva em processos de educação continuada – nível de concordânciasesi


Conclus es e recomenda es
Conclusões e Recomendações escolaridade e se envolva em processos de educação continuada – nível de concordância

  • A participação em pesquisas online ainda não é uma prática disseminada entre os gestores de RH das empresas, visto a limitada resposta ao questionário no ambiente Web;

  • O índice de participação das empresas de grande porte na pesquisa (94,5% na categoria), pode indicar maior possibilidade de resposta dessas empresas a propostas do SESI;

  • Os dados sobre setores industriais das empresas podem orientar a organização das ações educativas a partir de currículos contextualizados;

  • O número de turnos de trabalho indica que a organização de pólos de EAD deve contemplar oferta de atividades nos turnos matutino, vespertino e noturno - 72% das empresas desenvolve atividades em três turnos;

  • As informações sobre número de trabalhadores segundo os grupos etários nem sempre estão disponíveis e demandaram “trabalho” adicional para a empresas, o que implicou dificuldades no fornecimento de informações;


Conclus es e recomenda es1
Conclusões e Recomendações escolaridade e se envolva em processos de educação continuada – nível de concordância

  • Os dados apresentados sobre idade dos trabalhadores indicam concentração nas faixas etárias até 39 anos (79%), o que pressupõe atitude mais favorável para ações de EAD e-learning (geração digital;)

  • A partir dos dados de escolaridade, estima-se que 38,5% do total de trabalhadores das grandes e médias empresas são potenciais candidatos a Educação Básica e-learning;

  • Cerca de 56% dos trabalhadores não demandam Educação Básica, o que deverá orientar ações de educação continuada;

  • As empresas, de uma maneira geral, não dispõem de dados sistematizados sobre o uso de computador e endereço de e-mail dos trabalhadores - informações podem ser importantes para processos comunicacionais nas empresas;


Conclus es e recomenda es2
Conclusões e Recomendações escolaridade e se envolva em processos de educação continuada – nível de concordância

  • O número de estabelecimentos que possuem sala de informática corresponde a menos de ¼;

  • As empresas mostraram-se fortemente interessadas na colaboração com o SESI Paraíba, o que abre espaço para implantação de pólos de EAD;

  • Gestores de RH são potenciais candidatos a programas de educação continuada, na estratégia e-learning;

  • Gestores de RH que já tiveram experiência em EAD e-learning apresentam atitude bastante favorável com relação à estratégia, o que pode facilitar a adesão dos mesmos à proposta do SESI;

  • As possíveis ações de e-learning para RH devem considerar o desenvolvimento de competências relativas às funções que exercem na empresa;


Conclus es e recomenda es3
Conclusões e Recomendações escolaridade e se envolva em processos de educação continuada – nível de concordância

  • As empresas percebem que os trabalhadores devem elevar seu nível educacional ao patamar do Ensino Médio, o que indica posição favorável à oferta de Educação Básica por parte do SESI;

  • As empresas entendem importante contratar profissionais com conhecimentos básicos de informática e reconhecem que é vantajoso para o trabalhador saber usar as novas tecnologias; este posicionamento abre perspectivas favoráveis para a oferta de programas de inclusão digital por parte do SESI Paraíba;

  • Os gestores de RH consideram viável, eficiente e eficaz a estratégia de e-learning para os trabalhadores, isto pode representar apoio deles e respectivas empresas às propostas do SESI Paraíba para EAD e-learning;


Conclus es e recomenda es4
Conclusões e Recomendações escolaridade e se envolva em processos de educação continuada – nível de concordância

  • O acesso do trabalhador ao computador e conectividade deve contemplar diferentes possibilidades - instalação de pólos de EAD em empresas; acesso a partir da própria residência;

  • É recomendável o aprofundamento de estudos junto aos trabalhadores sobre inclusão digital e atitude frente ao e-learning de modo a orientar estratégias da Rede EAD do SESI Paraíba;

  • As empresas reconhecem que é fundamental o apoio e estimulo das mesmas para que os trabalhadores participem de programas de e-learning e a esmagadora maioria mostrou-se altamente disposta à colaboração com o SESI para programas de EAD e-learning;

  • O pronto feedback às empresas sobre os resultados desta pesquisa pode ser determinante para adesão e apoio às propostas do SESI Paraíba para o desenvolvimento de programas de e-learning.


[email protected] escolaridade e se envolva em processos de educação continuada – nível de concordância

[email protected]


ad