Funda o universidade federal de mato grosso do sul
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 33

Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul PowerPoint PPT Presentation


  • 83 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. A Formação de Professores na UFMS. II ENCONTRO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID - UFMS. COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA. A Formação de Professores na UFMS: modalidade a distância.

Download Presentation

Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Funda o universidade federal de mato grosso do sul

Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

A Formação de Professores na UFMS

II ENCONTRO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID - UFMS


Funda o universidade federal de mato grosso do sul

COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA

A Formação de Professores na UFMS: modalidade a distância

Profa. Carla B. Zandavalli M. Araujo

CED/CCHS/PREG/UFMS


Funda o universidade federal de mato grosso do sul

Temáticas...

  • Importância da formação de professores e as políticas públicas brasileiras nos anos 2000

  • A formação inicial de professores na UFMS: cursos de graduação

  • Programas de extensão e pós-graduação Lato Sensu


Pol ticas p blicas do estado brasileiro

Políticas públicas do Estado Brasileiro

  • PLANOS PLURIANUAIS

Fonte: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO. Planos Plurianuais. Disponível em: <http://www.planejamento.gov.br/noticia.asp?p=lst&cat=155&sub=175&sec=10 > . Acesso em: 30 out. 2011.


1996 2003 governo fhc

1996-2003 – governo FHC

  • Educação como estratégia de desenvolvimento e crescimento econômico

  • Ênfase na universalização do ensino fundamental – ACESSO À EDUCAÇÃO

  • Formação de Professores - Impactos da LDB n° 9394/1996:

    - Formação de professores restrita aos Institutos de Educação

    - Reação dos educadores e associações de classe ao esvaziamento do curso de Pedagogia e aos desajustes da legislação

  • Ampliação de cursos de graduação na esfera privada e de habilitações da pedagogia

  • Regulação do Estado: PROVÃO

  • Início anos 2000 – novas regras para as licenciaturas... 400 horas prática de ensino ... 400 horas estágio supervisionado

  • 2006 – RESOLUÇÃO N° 1/2006 – DCN - Pedagogia


Plano nacional de educa o pne 2001 2010

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PNE (2001-2010)

Objetivos do PNE:

  • . a elevação global do nível de escolaridade da população;

  • . a melhoria da qualidade do ensino em todos os níveis;

  • . a redução das desigualdades sociais e regionais no tocante ao acesso e à permanência, com sucesso, na educação pública e

  • . democratização da gestão do ensino público, nos estabelecimentos oficiais, obedecendo aos princípios da participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola e a participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares ou equivalentes (BRASIL, 2001).


Ppa 2004 2007 gest o p blica para um brasil de todos

PPA - 2004-2007 – Gestão Pública para um Brasil de Todos...


Observa es dos pesquisadores sobre as pol ticas de forma o de professores nos anos 2000

Observações dos pesquisadores sobre as políticas de formação de professores nos anos 2000...

  • [...] as ações do MEC têm se pautado pela continuidade de programas de caráter continuado e compensatório, destinados à formação de professores leigos, em exercício a distância, em cooperação com os sistemas de ensino. (FREITAS, 2007, p. 1209-1210, grifo da autora).

  • Críticas à formação aligeirada, à retirada dos fundamentos da educação e ao rebaixamento teórico dos cursos de formação de professores. (DIAS; LOPES, 2003).

  • Críticas aos cursos na modalidade a distância, que não oferecem a devida mediação de saberes. (FREITAS, 2007).


Posi o da associa o nacional pela forma o de profissionais da educa o

POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL PELA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO...

  • A ANFOPE tem assumido uma posição clara em defesa da apropriação dos recursos tecnológicos contemporâneos, tanto na formação inicial quanto nos programas de formação continuada, por considerar que as novas tecnologias não se constituem em propriedade privada de nenhum segmento, ao contrário, pertencem ao conjunto da sociedade e são meios, instrumentos e mecanismos para ampliação da vivência democrática.

  • Lidar com as novas linguagens e compreender as novas formas do trabalho material é um desafio que está posto para todos os educadores. A tecnologia é uma realidade que impregna nossas vidas e a escola se defronta com o desafio de um trabalho pedagógico voltado para as habilidades necessárias ao entendimento dessas novas relações.

  • A tecnologia não pode ser vista, entretanto, como um valor em si mesmo, mas como o sentido de totalidade do homem e de uma educação sustentada na realidade (ANFOPE, 1998 apud FREITAS, 2007, p. 1213).


Funda o universidade federal de mato grosso do sul

  • A maioria dos cursos de formação na modalidade a distância, no Brasil, contraria todos esses requisitos e se apresenta como uma forma de aligeirar e baratear a formação. Por isso mesmo, tende a ser pensada mais como uma política compensatória, que visa a suprir a ausência de oferta de cursos regulares a uma determinada clientela, sendo dirigida a segmentos populacionais historicamente já afastados da rede pública de educação superior. O abandono elevado que se observa nesses cursos e mesmo os resultados dos processos avaliativos passam a ser encarados como uma responsabilidade individual dos estudantes, ocultando a exclusão provocada pela desigualdade educacional. (FREITAS, 2007, p. 1214).


Pde 2007 programas de forma o de professores e profissonais da educa o mec

PDE (2007...) PROGRAMAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES E PROFISSONAIS DA EDUCAÇÃO... MEC

  • 1. Pro-Letramento

  • 2. Escola Ativa

  • 3. Programa de Aperfeiçoamento da Leitura e Escrita – PRALER

  • 4. Programa de Formação Continuada Mídias na Educação (EAD)

  • 5. Programa Família Brasileira Fortalecida pela Educação Infantil

  • 6. Programa de Formação Inicial para Professores em Exercício na Educação Infantil – Proinfantil (EAD)

  • 7. Programa de Formação Inicial para Professores do Ensino Fundamental e Médio –Pró-Licenciatura (EAD)

  • 8. Rede Nacional de Formação Continuada de Professores de Educação Básica

  • 9. Programa de Formação Inicial de Funcionários de Escolas – PROFUNCIONÁRIO

  • 10. Programa Universidade para Todos – Pró-Uni


Programas de forma o de professores e profissonais da educa o

PROGRAMAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES E PROFISSONAIS DA EDUCAÇÃO...

  • 11. Programa TV Escola e DVD Escola (TICs)

  • 12. Programa Ética e Cidadania

  • 13. Programa de Melhoria e Expansão do Ensino Médio

  • 14. Programa Rádio Escola (TICs)

  • 15. Rede Interativa Virtual de Educação – RIVED - (TICs)

  • 16. Programa Universidade Aberta do Brasil – UAB - (EAD)*

  • 17. Programa Educação em Direitos Humanos

  • 18. Projetos de Educação para o Reconhecimento da Diversidade Sexual

  • 19. Projetos de Educação para a Igualdade de Gênero

  • 20. Programa Escola que Protege

  • 21. Formação Continuadade Professores e Trabalhadores da Educação Básica em educação Ambiental ( MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, 2007).

    (*) MEC - CAPES


Programas capes 2007

PROGRAMAS CAPES – 2007*...

  • PRODOCÊNCIA

  • PIBID

  • OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO

  • OBSERVATÓRIO ED. ESCOLAR INDÍGENA

  • PARFOR PRESENCIAL

  • UAB

*Em julho de 2007 a Capes assume a formação de professores da educação básica, a partir da publicação da Lei n° 11.502/2007, que amplia a missão da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação (Capes/MEC).


Ppa 2008 2011 desenvolvimento com inclus o social e educa o de qualidade

PPA – 2008-2011 – Desenvolvimento com inclusão social e educação de qualidade

PPA estruturado em três eixos:

  • CRESCIMENTO ECONÔMICO

  • AGENDA SOCIAL

  • EDUCAÇÃO DE QUALIDADE

    Sustentado por dois planos:

  • PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO (PAC)

  • PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO (PDE)

  • Plano de ações articuladas ( PAR)

  • Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR) – PLATAFORMA FREIRE


Plano nacional de educa o 2011 2020 pne projeto em tramita o

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO2011-2020 (PNE) – Projeto em tramitação...

Art. 2° São diretrizes do PNE - 2011/2020:

I - erradicação do analfabetismo;

II - universalização do atendimento escolar;

III - superação das desigualdades educacionais;

IV - melhoria da qualidade do ensino;

V - formação para o trabalho;

VI - promoção da sustentabilidade sócio-ambiental;

VII - promoção humanística, científica e tecnológica do País;

VIII - estabelecimento de meta de aplicação de recursos públicos em educaçãocomo proporção do produto interno bruto;

IX - valorização dos profissionais da educação; e

X - difusão dos princípios da equidade, do respeito à diversidade e a gestãodemocrática da educação. (BRASIL, 2011).


Metas voltadas forma o e valoriza o dos professores

Metas voltadas à formação e à valorização dos professores...

  • Meta 15 : Garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, que todos os professores da educação básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam.

  • Meta 16: Formar cinquenta por cento dos professores da educação básica em nível de pósgraduação lato e stricto sensu e garantir a todos formação continuada em sua área de atuação.

  • Meta 17: Valorizar o magistério público da educação básica, a fim de aproximar o rendimento médio do profissional do magistério com mais de onze anos de escolaridade do rendimento médio dos demais profissionais com escolaridade equivalente.

  • Meta 18: Assegurar, no prazo de dois anos, a existência de planos de carreira para os profissionais do magistério em todos os sistemas de ensino.


Ppa 2012 2015 vis o de futuro

PPA – 2012-2015 – Visão de futuro...

DIMENSÃO ESTRATÉGICA

Planejamento...

para que o Brasil seja um país reconhecido...

  • Por seu modelo de desenvolvimento sustentável, bem distribuído regionalmente, que busca a igualdade social com educação de qualidade, produção de conhecimento, inovação tecnológica e sustentabilidade ambiental.

  • Por ser uma Nação democrática, soberana, que defende os direitos humanos e a liberdade, a paz e o desenvolvimento no mundo. (BRASIL, 2011).


A forma o de professores na ufms modalidade a dist ncia

A formação de professores na UFMS – modalidade a distância...


Hist rico da ead na ufms

HISTÓRICO DA EAD NA UFMS...


Forma o inicial gradua o licenciaturas

FORMAÇÃO INICIAL – Graduação - LICENCIATURAS


Estados e munic pios atendidos 2011

ESTADOS e MUNICÍPIOS ATENDIDOS (2011)


Funda o universidade federal de mato grosso do sul

Tabela 1 – Ingressantes e concluintes, por curso de graduação da UFMS, na modalidade a distância. 2000-2011.

Fonte: Secretaria Acadêmica da CED/UFMS.

(1)Pedagogia- LICENCIATURA PLENA-HABILITAÇÃO FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA OS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL (2)Pedagogia - LICENCIATURA PLENA-HABILITAÇÃO FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL – CONSÓRCIO PRÓ-FORMAR (3)Pedagogia LICENCIATURA PLENA.(4) Biologia Consórcio Setentrional. (5) Licenciatura em Ciências Biológicas – UAB) (6) Uma turma ingressante em 2006 ainda não concluiu o curso.


Aspectos pedag gicos

Aspectos Pedagógicos...

  • Não há uma Diretrizes para a formação de professores na CED;

  • Projetos Pedagógicos específicos por Curso;

  • Observância das Diretrizes Curriculares Nacionais de cada curso e da legislação vigente;

  • Novo regulamento para o funcionamento dos cursos de graduação, na modalidade a distância, encontra-se em análise.

  • Pesquisa coletiva – busca subsídios sobre o funcionamento da EaD na UFMS.


Modelos de ead na ufms

Modelos de EaD na UFMS...

Inicial - 2000

Atual - 2011

  • Material xerocado

  • Aulas presenciais (finais de semana)

  • Avaliações presenciais

  • Estágio Supervisionado- supervisão presencial

  • TCC – com bancas

  • Ambiente Virtual de Aprendizagem - Moodle

  • Tutoria a Distância

  • Material impresso

  • Aulas presenciais (finais de semana)

  • Tutoria presencial

  • Webaulas

  • Videoaulas

  • Webconferências

  • Estágio com tutores presenciais

  • TCC – com bancas presenciais


Funda o universidade federal de mato grosso do sul

www.ead.ufms.br


Arfor em mps

arfor em MPS

PARFOR EM MS... Planilha de vagas...

Fonte: BRASIL. Planilha de vagas do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica. Brasília, 2009.


Cursos oferecidos pela coordenadoria de educa o aberta e a dist ncia

Cursos oferecidos pela COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA...


P s gradua o lato sensu parceria secad mec e uab

Pós-graduação Lato Sensu ( parceria Secad/MEC e UAB)

Em desenvolvimento...

Em fase de Aprovação...

  • Gestão Pública

  • Gestão Pública Municipal

  • Educação do Campo

  • Mídias na Educação

  • Gestão Escolar

  • Coordenação Pedagógica

  • Atenção à Saúde da Família (em parceria com a FIOCRUZ)

  • Educação e Saúde

  • Educação Ambiental

  • Ensino de Ciências

Fonte: ZANON (2011).


Extens o parceria secad mec

Extensão- parceria SECAD/MEC

  • Educação para a Diversidade

  • Educação de Jovens e Adultos

  • Educação para as Relações Étnico-Raciais

  • Educação em Direitos Humanos

  • Educação Ambiental

  • Escolas Sustentáveis e Com-Vida

  • Formação de Professores na Temática Cultura e História dos Povos Indígenas

  • Formação de Mediadores de Leitura

  • Formação de Tutores

  • Formação de Conselhos Escolares

  • Gênero e Diversidade na Escola

  • Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça

  • Mídias na Educação

Fonte: ZANON (2011).


Refer ncias

REFERÊNCIAS

  • ARAUJO, C.B.Z.M. Projeto de Pesquisa. Edital Universal 14/FUNDECT. A educação a distância na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul: implantação, bases teóricas, processos e resultados. Campo Grande, MS, 2009.

  • BRASIL. Lei n° 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 10 jan. 2001, p. 1. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm> . Acesso em: 30 out. 2011.

  • ______. Projeto de Lei n° 8.035/2010. Aprova o Plano Nacional de Educação para o decênio 2011-2020 e dá outras providências. . Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Projetos/PL/2010/msg701-101215.htm> . Acesso em: 31 out. 2011.

  • ______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Plano Plurianual. 2004-2007. Brasília, 2003.

  • ______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Plano Plurianual. 2012-2015. Dimensão Estratégica. Brasília, 2011.

  • ______. Planilha de vagas do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica. Brasília, 2009.


Refer ncias1

REFERÊNCIAS

  • DIAS, R.E.; LOPES, A.C. Competências na formação de professores no Brasil: o que (não) há de novo. Educação & Sociedade, Campinas,v. 24, n. 85, p. 1155-1177, dez. 2003.

  • FREITAS, H. C. L. A (nova) política de formação de professores. Educ. Soc., Campinas, v. 28, n. 100 – Especial, p. 1203-1230, out. 2007.

  • MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Plano de Metas compromisso todos pela educação. Guia de Programas. Brasília, jun. 2007.

  • ZANON, A. M. Educação a distância na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Histórico. Disponível em: <http://www.ead.ufms.br/portal/index.php?inside=1&tp=3&comp=&show=103> . Acesso em: 20 out. 2011.


Carlabzandavalli@ufms br

[email protected]

  • Dúvidas?

  • Agradeço a atenção!


  • Login