O beb menor de dois meses
Download
1 / 10

O BEB MENOR DE DOIS MESES - PowerPoint PPT Presentation


  • 109 Views
  • Uploaded on

O BEBÊ MENOR DE DOIS MESES. O bebê menor de 02 meses tem características especiais. Muitas doenças levam-no a morte rapidamente. No país, cerca de 60% das mortes ocorridas acontecem no primeiro mês de vida, sendo que o maior número dessas mortes ocorre nos primeiros dez dias de vida.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'O BEB MENOR DE DOIS MESES' - howie


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript


Cuidados imediatos com o RN após o parto: Muitas doenças levam-no a morte rapidamente. No país, cerca de 60% das mortes ocorridas acontecem no primeiro mês de vida, sendo que o maior número dessas mortes ocorre nos primeiros dez dias de vida.

  • Lavar bem as mãos antes de receber o RN

  • Secar e aquecer com pano limpo e seco, coloca-lo sobre a mãe, para que a mesma possa amamentá-lo.

  • Limpar a boca e o nariz com gaze estéril

  • Amarrar o cordão umbilical, aproximadamente a 03 cm da pele e corta-lo com tesoura a mais ou menos a 01 cm adiante, realizar o curativo do coto umbilical somente com álcool a 70%.

    Avaliação da vitalidade do RN:

  • Avaliar o RN do primeiro ao quinto minuto de vida com a escala de apgar:

  • Choro forte;

  • Movimenta-se ativamente;

  • Respira normalmente;

  • Tem a pele rosada (os da raça branca) ou pele avermelhada ( os da raça negra).

  • Se for avaliado ao contrário desses tópicos, encaminhar o RN ao serviço de saúde mais próximo


PELE Muitas doenças levam-no a morte rapidamente. No país, cerca de 60% das mortes ocorridas acontecem no primeiro mês de vida, sendo que o maior número dessas mortes ocorre nos primeiros dez dias de vida.

  • A palidez do RN pode significar hemorragias internas ou doenças que podem levar a anemia grave.

  • A roxidão ou cianose em suas extremidades é devido à temperatura do ambiente.

  • Icterícia ou pele amarelada, que é a coloração amarelo-alaranjada da pele do RN, dificilmente aparece antes das 24 horas de vida.

  • A textura da pele é delicada, fina e lisa, apresentando dobras nos MMSS, MMII e pescoço. A pele é coberta com uma substância branca e gordurosa, chamada de verdes caseoso, é uma substância que protege a pele do bebê dentro do útero.

  • As manchas mongólicas que se localizam principalmente na região inferior das costas e das nádegas. São manchas azuladas como se fossem machucados (equimoses), que regride espontaneamente em poucos dias.

  • O eritema tóxico é pequenas lesões avermelhadas e arredondadas em pequeno numero espalhadas pelo corpo. Acredita-se que elas aparecem devido a reação ao novo ambiente.

  • Na região do nariz e bochechas, podem-se encontrar pequenos pontos brancos amarelados que são chamados de milium sebáceo, é causado por causa do entupimento das glândulas sebáceas.


CRÂNIO Muitas doenças levam-no a morte rapidamente. No país, cerca de 60% das mortes ocorridas acontecem no primeiro mês de vida, sendo que o maior número dessas mortes ocorre nos primeiros dez dias de vida.

  • Pode-se perceber que os ossos do crânio apresentam o cavalgamento, e também pequenas saliências que são devido ao acomodamento dos ossos da cabeça. E importante à mensuração do perímetro cefálico para acompanhar o crescimento da cabeça.

  • Nos primeiros dias de vida é difícil abertura ocular, porque as pálpebras estão inchadas.

  • A gengiva do RN é bem fina e por isso é possível ver as sombras dos dentes.

  • TÒRAX

  • É freqüente o aumento do tecido mamário, tanto em meninas quanto em meninos podendo haver saída de secreção; isso ocorre devido a passagem de hormônio entre a mãe e o bebe.


ABDOME Muitas doenças levam-no a morte rapidamente. No país, cerca de 60% das mortes ocorridas acontecem no primeiro mês de vida, sendo que o maior número dessas mortes ocorre nos primeiros dez dias de vida.

  • O coto umbilical logo após o nascimento torna-se esbranquiçado e úmido, após este período torna-se seco e escuro. Entre o oitavo e décimo dia ele cai por si mesmo.

  • Cortar as unhas do bebe quando ultrapassar as bordas do dedo.

    GENITAIS

  • Nos meninos a bolsa escrotal é variável e os testículos ainda não desceram. Alguns bebes podem ter a bolsa escrotal bem grande e tenso, com a aparência de estar cheio de liquido, denominado hidrocele, que desaparece nos primeiros meses.

  • Nas meninas apresentam os pequenos lábios e clitóris inchados, podendo apresentar saída de secreção ou sangramento, devido à passagem de hormônio da mãe para o bebe.


ANUS Muitas doenças levam-no a morte rapidamente. No país, cerca de 60% das mortes ocorridas acontecem no primeiro mês de vida, sendo que o maior número dessas mortes ocorre nos primeiros dez dias de vida.

  • Nas primeiras 24 horas o bebe elimina o mecônio, que são fezes escuras e esverdeadas. Após o segundo dia eles apresentam as fezes de transição que são liquidas, esverdeadas e de cheiro forte.

  • O ritmo de evacuação do bebe varia de acordo com a quantidade de alimentação ingerida por dia. Geralmente a cada mamada.

    DIURESE

  • O RN pode apresentar urina com odor forte lembrando amônia. Podendo ser eliminado por varias vezes ao dia.


ALGUNS PROBLEMAS COMUNS AO BEBÊ Muitas doenças levam-no a morte rapidamente. No país, cerca de 60% das mortes ocorridas acontecem no primeiro mês de vida, sendo que o maior número dessas mortes ocorre nos primeiros dez dias de vida.

  • No crânio pode apresentar bossa serosanguinea e cefalematoma, é uma conseqüência ao trabalho de parto.

  • Secreção ocular devido a uma reação ao nitrato de prata.

  • Obstrução nasal dificulta a amamentação.

  • Na boca pode apresentar fendas do lábio, chamados de lábio leporino ou fenda palatina. Outros RN apresentam lesões esbranquiçadas na boca, trata-se por uma infecção por fungos denominada monília ‘sapinho’.

  • Na região abdominal, pode-se desenvolver hérnia umbilical e na região inguinal, hérnia inguinal.

  • O bebe apresenta cólicas demonstrando através de choro e desconforto. Não se sabe o mecanismo que provoca o aparecimento e o desaparecimento das cólicas, recomenda-se massagem local e compressa morna.

  • Regurgitação, famosa gofadas deve-se ao fato de mamar demasiado e automaticamente regurgitam o excesso. O perigo da regurgitação está na possibilidade do bebê aspirar ao vômito, que pode causar pneumonia.

  • Impetigo trata-se de uma infecção da pele que apresenta bolhas de pus localizada nas palmas das mãos, na planta do pé, pescoço, debaixo do braço, em torno do umbigo ou na região genital, que deve ser logo tratada.


CUIDADOS GERAIS Muitas doenças levam-no a morte rapidamente. No país, cerca de 60% das mortes ocorridas acontecem no primeiro mês de vida, sendo que o maior número dessas mortes ocorre nos primeiros dez dias de vida.

  • O banho é muito importante para a higiene do bebê, além de ser refrescante e prazeroso, a mãe tem sempre que ter cuidado com o ouvido e o nariz e verificar a temperatura da água. Se a comunidade dispõe de água tratada é preciso esquentá-la, senão deve-se ferver. A cada troca de fralda é recomendada a limpeza da região anal, usando sabonete neutro e água, pois sem uma boa higiene pode provocar assaduras e irritações.

  • A higiene do ambiente, das roupas e dos utensílios deve ter um cuidado especial. As mãos da mãe, que tem contato direto com o bebê, devem ser bem lavadas. O berço ou cama do bebê devem ser seguros e evitar o uso de objetos que possam causar acidentes.

  • A vacinação nos primeiros meses é fundamental para o bebê, nas áreas que existem malária, dengue, febre amarela e doença de chagas é necessário o uso de mosqueteiro.



ad