FILOSOFIA DA CIÊNCIA
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 29

DUARTE COSTA PEREIRA Universidade do Porto – PORTUGAL Conferência proferida no âmbito da disciplina de DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL PowerPoint PPT Presentation


  • 98 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

FILOSOFIA DA CIÊNCIA. DUARTE COSTA PEREIRA Universidade do Porto – PORTUGAL Conferência proferida no âmbito da disciplina de DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL Regida pelo Prof João C.M. Paiva 17/05/2010 Departamento de Química da FCUP. FILOSOFIA DA CIÊNCIA. Filosofia da Ciência.

Download Presentation

DUARTE COSTA PEREIRA Universidade do Porto – PORTUGAL Conferência proferida no âmbito da disciplina de DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Duarte costa pereira universidade do porto portugal confer ncia proferida no mbito da disciplina de desenvolvimento

FILOSOFIA DA CIÊNCIA

DUARTE COSTA PEREIRA

Universidade do Porto – PORTUGAL

Conferência proferida no âmbito da disciplina de

DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL

Regida pelo Prof João C.M. Paiva

17/05/2010

Departamento de Química da FCUP

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Filosofia da ci ncia

FILOSOFIA DA CIÊNCIA

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Filosofia da ci ncia1

Filosofia da Ciência

  • As trêsdimensõesdaCiência

  • A necessidadedaFilosofiapara a Ciência

  • ConcepçõespráticasdaCiência- imagensdaCiência

  • ConcepçõesteóricasdaCiência: o que é essacoisachamadaCiência?- filosofiasdaCiência

  • CaracterísticasdaCiênciaContemporânea: epistemologia e discurso

  • A filosofiadarelaçãoCiência / Sociedade

  • A especificidadedaFilosofia de certasciências: o casodaQuímica

  • CONCLUSÃO: A filosofiadarelaçãoCiência / Filosofia

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


As tr s dimens es da ci ncia

As três dimensões da Ciência

  • A Ciência é umaactividadedirigidaporduasfinalidades:

    • O conhecimentodanatureza

    • O domíniocontroladodanatureza

  • Para atingiresses fins socorre-se de umasérie de procedimentosdesignadospormétodocientífico

  • O prosseguimento dos fins daCiênciausando o métodocientíficoorigina um corpo de conhecimentosteóricos (conceitos, enunciados e teorias).

    A Ciência é:Actividade cient+ métodocient + conhecimentocient

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


A necessidade da filosofia para a ci ncia

A necessidade da Filosofia para a Ciência

  • Para operar com o sucesso que se lhe reconhece a Ciência socorre-se de pressupostos que a transcendem na medida em que não os pode explicar e que são filosóficos:

    • A existência duma ordem natural (pressuposto ontológico)

    • A capacidade humana de a compreender (pressuposto epistemológico)

    • Valor do conhecimento e progresso científico (pressuposto ético)

      Estes pressupostos retrojustificam, ampliam e refinam a Ciência (Artigas, 2001)

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Concep es pr ticas da ci ncia imagens da ci ncia

Concepções práticas da Ciência- imagens da Ciência

  • Hoje em dia não é unânime a maneira como a Ciência é vista (imagens da Ciência):

    • Ciência como um diálogo teórico com a natureza

    • Ciência como uma comunidade de discussão em que se privilegia o diálogo com os pares

    • Ciência como ideológica e institucional

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Concep es pr ticas da ci ncia imagens da ci ncia1

Concepções práticas da Ciência- imagens da Ciência

  • Ciência como um diálogo teórico com a natureza

    A literacia científica que a Ciência promove é fundamentalmente uma compreensão conceptual e a aprendizagem da Ciência é fundamentalmente uma mudança conceptual que é a resolução racional de um conflito interno.

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Concep es pr ticas da ci ncia imagens da ci ncia2

Concepções práticas da Ciência- imagens da Ciência

  • Ciência como ideológica e institucional

    A Ciência promove o “empowerment” das pessoas que a praticam e não dissociável dos seus efeitos sociais.

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Concep es te ricas da ci ncia o que essa coisa chamada ci ncia filosofias da ci ncia

Concepções teóricas da Ciência: o que é essa coisa chamada Ciência?- filosofias da Ciência

  • Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

    Não se pode falar de uma única reflexão sobre a Ciência mas de várias Filosofias da Ciência:

  • Indutivismo

  • Falsificacionismo

  • Negacionismo

  • Revolucionismo, Estruturalismo Revolucionário

  • Competecionismo, Estruturalismo Competitivo

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Indutivismo

  • A Ciência resulta de Observações e constrói‐se, gradualmente, fazendo generalizações dessas observações que tomam a forma de Leis e Teorias

  • Problemas

  • • Fragilidade lógica – uma única observação pode invalidar os resultados.

  • • Ambiguidade perceptiva – realidade não é percepcionada por todos da mesma forma.

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias1

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Negacionismo, Filosofia do Não ou Rectificacionismo

  • O progresso do conhecimento faz‐se por negações, contestações, produzindo rupturas epistemológicas.

  • O erro é visto como mais valia. E a verdade como um conjunto de erros rectificados.

    Bachelard

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias2

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Falsificacionismo

  • Perante a impossibilidade de provar uma qualquer teoria, devem‐se aceitar provisoriamente as teorias e assumir como objectivo, não a sua confirmação mas a sua refutação.

    Poper

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias3

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Revolucionismo, Estruturalismo Revolucionário

  • A Ciência resulta do crescimento, entre revoluções científicas, de um corpo de conhecimento.

  • A Ciência normal confronta‐se com a Ciência revolucionária que vencendo se torna a Ciência normal no período seguinte – Paradigma.

    Kuhn

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias4

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Competecionismo, Estruturalismo Competitivo

  • Ciência como um conjunto de Programas de Investigação Científica (PIC).

  • Diferentes PICs atraem diferentes cientistas, que escrevem sobre a mesma problemática, mas que não se citam entre si.

  • Hegemonia de um PIC sobre o outro ‐ processo de ultrapassagem pelo Sucesso.

    Lakatos

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias5

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Instrumentalismo

  • A ciência tem como função produzir teorias (instrumentos) para ligar os vários conjuntos de situações observadas.

  • Dependência Teórica da observação

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias6

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Naturalismo

  • Leis, verdade e racionalidade como categorias interpretativas – Modelos.

  • Os Modelos seriam um fenómeno cognitivo partilhado entre o sujeito e o artefacto.

  • A Preocupação da Ciência seria então o “fit” ou “ajustamento” dos modelos Teóricos à realidade.

    Giere

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias7

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Computacionalismo

    Pertinência de um programa de computador na resolução de problemas e no estudo do pensamento científico.

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias8

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Anarquismo

    Postura contra o método.

    Actividade científica como um exercício de liberdade humana.

    O sucesso dos cientistas deve‐se a factores políticos, retóricos e de propaganda e não ao reconhecimento pela comunidade científica.

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Correntes contempor neas da filosofia das ci ncias9

Correntes Contemporâneas da Filosofia das Ciências

  • Neo‐Experimentalismo

    Ciência como acumulação de experiências. Importância da validação rigorosa da experiência.

    A experiência pode falsificar uma afirmação previamente aceite mas também identificar um efeito anteriormente desconhecido.

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Filosofia da ci ncia2

Filosofia da Ciência

  • CaracterísticasdaCiênciaContemporânea: epistemologia e discurso

    A CiênciaContemporâneacaracteriza-se porumaepistemologiaconstrutivista e por um discursoprópriodistinto do Cartesiano

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Caracter sticas da ci ncia contempor nea epistemologia e discurso

Características da Ciência Contemporânea: epistemologia e discurso

  • Substituição da Epistemologia Positivista por uma Epistemologia Construtivista

  • Epistemologia Positivista

    • Ciência –objecto de conhecimento: Conhecer as entidades e leis existentes no mundo

    • Actividade Científica –Descoberta

    • Conhecimento como abstracções estáticas

  • Epistemologia Construtivista

    • Ciência –Projecto de conhecimento ‐ Intencionalidade

    • Construção Humana a partir do real

    • Actividade científica – Invenção

    • Conhecimento como descrição das transformações observadas, experiência cognitiva controlada dos fenómenos

    • Redefinição do método – necessidade de novos princípios metodológicos

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Caracter sticas da ci ncia contempor nea epistemologia e discurso1

Características da Ciência Contemporânea: epistemologia e discurso

  • Substituição do Discurso Científico Cartesiano pelo Novo Discurso Científico

  • Preceitos do Discurso Científico Cartesiano:

    • Evidência

    • Reducionismo

    • Causalismo

    • Exaustividade

  • Preceitos do Novo Discurso Científico:

    • Pertinência

    • Globalismo

    • Teleologismo

    • Agregatividade

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


A filosofia da rela o ci ncia sociedade

A filosofia da relação Ciência / Sociedade

  • Que relação entre a Ciência e a Sociedade?

  • Na complexa relação que existe entre a Sociedade Contemporânea e a Ciência, não só a Ciência “fala” à Sociedade como já fazia na Sociedade Industrial mas também a Sociedade “responde” à Ciência.

  • A distinção mais importante entre a Sociedade Industrial e a Sociedade de Informação está no modo de produção do conhecimento(Modo 2 de Produção Científica,contextualizado e baseado na solução, em vez do Modo 1, descontextualizado e baseado na explicação da Sociedade Industrial).

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


A filosofia da rela o ci ncia sociedade1

Modo 1

Contexto académico

Disciplinar

Perceptualmente homogénio

Definição interna de qualidade e relevância pelos pares

Organização hierárquica e estática

Responsabilidade interna

Liberdade académica e procura de conhecimento

Modo 2

Contexto de aplicação

Multidisciplinar

Perceptualmente heterogénio

Definição externa de qualidade e relevância

Organizações ad-hoc, não-hierárquicas , estruturas horizontais

Responsabilidade externa

Interesses e stake-holders definem a agenda

A filosofia da relação Ciência / Sociedade

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


A filosofia da rela o ci ncia sociedade2

A filosofia da relação Ciência / Sociedade

  • Também importante é o condicionamento da Ciência pela Sociedade em rede ( Ciência em Rede), que exige que a Ciência seja não só fiável (como na Sociedade Industrial) mas também socialmente robusta e capaz de transdisciplinaridade

  • Ainda fundamentais para a relação contemporânea entre a Ciência e a Sociedade são o condicionamento do conhecimento científico pela natureza (Ciência da Sustentabilidade) e a complexa relação entrea Ciência, Sociedade e Governo (Modelo da Tripla Hélice).

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


A especificidade da filosofia de certas ci ncias o caso da qu mica

A especificidade da Filosofia de certas ciências: o caso da Química

  • A FILOSOFIA DAS CIÊNCIAS tem sido e ainda é dominada pela FILOSOFIA DA FÍSICA.

  • Desde 1994 que aparece com características muito próprias a FILOSOFIA DA QUÍMICA cujas revistas principais são:

    • HYLE

    • FONDATIONS OF CHEMISTRY

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Duarte costa pereira universidade do porto portugal confer ncia proferida no mbito da disciplina de desenvolvimento

CONCLUSÃO: A filosofiadarelaçãoCiência / Filosofia

Evolução da Relação da Ciência com a Filosofia:

  • Ciência auto-suficiente  Ciência baseada em pressupostos não científicos (filosóficos), nomeadamente de realismo ontológico e epistemológico e ainda num pressuposto ético que constituem as bases não científicas da ciência (Artigas).

  • Ciência unidimensional constituída pela acumulação de conhecimentos  Ciência tridimensional: actividade humana dirigida por objectivos; método para conseguir os fins dessa actividade & conjunto de resultados obtidos pela aplicação desse método (Artigas)

  • Ciência em que o papel do Homem tinha sido diminuído pelas revoluções copernicianas e darwinianas  Ciência em que o papel do Homem aparece revalorizado (princípio antrópico)

  • Filosofia redundante e imiscível com a ciência  Filosofia necessária para validar hipóteses científicas (Bunge)

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Http www novaecs net dcpereir@fc up pt

http//:[email protected]

FIM

Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade


Bibliografia

Bibliografia

  • Costa Pereira,D.,Nova Educação na Nova Ciência para a Nova Sociedade, Editora da Universidade do Porto (2007)

  • Artigas, M., The Mind of the Universe,Templeton Foundation Press (2001)

  • Graham, C., Smith, R., Transdisciplinarity in Practice, University of Queensland (2002)


  • Login