MINISTÉRIO DA SAÚDE
Download
1 / 20

MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA - PowerPoint PPT Presentation


  • 170 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA. Projecto de Apoio ao Fortalecimento dos Serviços de Saúde Materna e Neonatal e à implementação das Actividades de Prevenção e Controlo do CA de Colo Uterino (MISAU - Jhpiego/USAID) 1 Maio 2009 – 30 April 2011. Metas de Moçambique.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha

Download Presentation

MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Minist rio da sa de direc o nacional de sa de p blica

MINISTÉRIO DA SAÚDE

DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA

Projecto de Apoio ao Fortalecimento dos Serviços de Saúde Materna e Neonatal e à implementação das Actividades de Prevenção e Controlo do CA de Colo Uterino (MISAU - Jhpiego/USAID)1 Maio 2009 – 30 April 2011


Metas de mo ambique

Metas de Moçambique

  • Reduzir a mortalidadematerna de 408 para 250 por 100,000NV até 2015

  • Reduzir a mortalidadeinfantil de 125 para 67 por 1000NV até 2015

  • Iniciar implementação do Programa Nacional de Prevenção e Controlo do Cancro do Colo uterino


Mchip mo ambique contexto

MCHIP – MoçambiqueContexto

  • O SrMinistrosolicitouapoioaoJhpiegopara a implementação de actividadesrelacionadas à SMN e à prevenção do cancro do colouterino

  • Com base no Plano Integrado, nasrecomendaçõesdareuniãosobre o alcance dos ODMs 4&5 ocorridaemFev 2009 e no relatório dos padrinhosfoidesenvolvida a proposta de actividadesparaesteProjecto


Projecto mchip mo ambique

Projecto MCHIP - Moçambique

~2 milhõespara 2 anos

Objectivogeral: providenciarapoioao MISAU paramelhorar a qualidade dos serviços de saúdematerna e infantil com ênfasenoscuidadosobstétricos e neonataisessenciais e de emergênciabásicos, e providenciarapoiotécnicopara a implementação do planopara a prevenção e controlo do cancro de colouterinousando a abordagememconsultaúnica “Single Visit Approach” (SVA)


Projecto mchip mo ambique objectivos espec ficos

Projecto MCHIP – MoçambiqueObjectivosEspecíficos

  • Fortaleceroscuidadosobstétricos e neonataisessenciais e de emergênciabásicos (COEBs e CERNs), de modointegrado, em US seleccionadas, emtodas as Províncias (3US/prov – maternidadesmodelo).

  • Fortaleceroscuidadosobstétricos e neonataisessenciais e de emergênciabásicos (COEBs e CERNs), de modointegrado, nasinstituições de formação de ESM de nívelmédio.

  • Apoiar a implementaçãoinicial do Plano para a prevenção e controlo do cancro de colouterinousando a abordagememconsultaúnica (SVA) em US e Provínciasseleccionadas (5US).


Principais actividades por objectivo objectivo 1 fortalecimento dos servi os de coebs e cerns

PRINCIPAIS ACTIVIDADES POR OBJECTIVOObjectivo 1: Fortalecimento dos serviços de COEBs e CERNs

  • Apoiar o MISAU para:

    • Actualizar e reproduzirmateriais de formação e normastécnicosem COEB e CERN e adquirir Kits paraapoioàsformações (incluíndomodelosanatómicos e instrumentais) - (Ano 1)

    • Formar/actualizar 26 profissionais (13 trabalhadores das US e 13 instrutores dos IF) como formadores em COEB e CERN (1 curso nacional para formadores - Agosto 2009, em Maputo, envolvendo formadores de Maputo, Beira e Nampula)

    • Treinar/actualizar 110 profissionais de saude das 33 US seleccionadas e instrutores dos IF em COEB e CERN (2 cursos clínicos por região) - (até ano2)

    • Estabelecer/fortalecerComités de MorteMaterna e Neonatal nas 33 US alvo (até o ano 2)

    • Providenciarapoiotécnicoparafortalecimento dos serviços de COEB e CERN nas 33 US (realizarvisitas de supervisão de apoiotécnico) - (até o ano 2)

    • Monitorar o progressonamelhoriadaqualidade dos serviços de COEB e CERN, nas 33 US seleccionadas, atéatingirem o nível de “MaternidadesModelos” - (até o ano 2)


Minist rio da sa de direc o nacional de sa de p blica

PRINCIPAIS ACTIVIDADES POR OBJECTIVO Objectivo 2: Fortalecer o ensinoem COEB e CERN nas IF de ESM de nívelmédio

  • Apoiar o MISAU para:

    • Actualizar o curriculo de formação de enfermeiras de SMI de nívelmédionasáreas de COEB e CERN (Ano 1-2)

    • Actualizarinstrutores dos Institutos de Formaçãoem COEB e CERN (Ano 2)


Minist rio da sa de direc o nacional de sa de p blica

PRINCIPAIS ACTIVIDADES POR OBJECTIVO

Objectivo 3: Apoiaractividadespara a prevenção e controlo do cancro de colouterinousando a abordagememconsultaúnica

Evidências e directrizes


Considera es gerais sobre o cancro do colo uterino

ConsideraçõesGeraissobre o cancro do colouterino

  • A associação com HPV ocorreemmais de 99% dos casos de cancro do colouterino

  • Cancro cervical pode se desenvolveraté20 anosapósumainfecçãopor HPV

  • A infecção por HIV acelera a progressão das lesões

  • Dados dos HC de Maputo e Beira mostramque o Cancro do colouterinoé a primeiracausa de morteporcancro, emmulheres, emMoçambique

Source: Walboomers et al 1999.


Hist ria natural do cancro do colo uterino

Normal Cervix

About 60% regress within

2-3 yrs

HPV Infection

HPV-related Changes

Low-Grade SIL (Atypia, CIN I)

Cofactors

High-Risk HPV Types

(16, 18, 33, etc.)

About 15% progress within 3-4 yrs

High-Grade SIL (CIN II, III/CIS)

30%-70% progress within 10 yrs

Invasive Cancer

História Natural do Cancro do ColoUterino

Source: Sherris 1998; Bishop et al 1995.


A boa not cia o cancro do colo uterino uma doen a que pode ser prevenida

A boa notícia: O cancro do colouterinoé umadoençaquepode ser prevenida!

  • Prevençãoprimária

    • Educaçãoparadiminuir o risco de ITS

    • Vacina contra o HPV

  • Prevençãosecundária

    • Identificação e tratamentoprecoce das lesõescervicais antes delasevoluirempara o cancro


Alternativas para despiste

Alternativasparadespiste

  • Citologia cervical (Papanicolaou, 1940) - sucessoempaísesindustrializados)

    Limitações:

  • Requertécnicotreinadoemcitologiaparaleitura das lâminas e citopatologistapararevisão

  • Necessidade de monitoramento continuo paraassegurar a qualidade dos resultados

  • Resultadosdisponiveisapenas 1-2 semanasapos o teste

  • Dificuldadeparaseguimento das mulheres


Potenciais alternativas ao papnicolaou

PotenciaisAlternativasaoPapnicolaou

Affordable

Available

Effective

Safe

Practical

VIA/VILI1YesYesYesYesYes

HPV/DNA Test YesYesNoNoNo

1 Visual inspection of the cervix using acetic acid (VIA) e Visual inspection of the cervix using Lugol’s iodine/VILI (Schiller’s test)

Source: PATH 1997.


Inspec o visual com uso do cido ac tico

CIN III

Normal

Inspecção Visual com uso do ácidoacético

  • Observação do colo uterino, para detectar anormalidades, depois da aplicação de ácido acetico (vinagre) diluido (3-5%)


Vantagens do m todo de inspec o visual com cido ac tico via

Vantagens do método de inspecção visual com ácidoacético / VIA

  • Seguro, practico e de baixocusto,

  • Pode ser realizadoporqualquerprofissional de saúdetreinado

  • Equipamentos e materiaisfacilmentedisponíveis

  • Resultadodisponívelimediatamente

  • Possibilitarealizartratamentoimediato


Op es para tratamento

OpçõesparaTratamento

Low = < $500; Moderate = $500-$1500; High = > $1500

1 Loop electrosurgical excision procedure.

2 Requires use of operating room lighting and equipment.


Servi os b sicos via e crioterapia

ServiçosBásicos: VIA e Crioterapia


Minist rio da sa de direc o nacional de sa de p blica

Serviços de referência: Colposcopia, biópsia e LEEP (electrocirurgia)


Minist rio da sa de direc o nacional de sa de p blica

Projecto MCHIP Moçambique - PRINCIPAIS ACTIVIDADES Objectivo 3: Apoiaractividadespara a prevenção e controlo do cancro de colouterinousando a abordagememconsultaúnica

  • Apoiar o MISAU para:

    • Finalizar e disseminar Politica e Normas Nacionais para a prevenção e controlo do CA do colo do utero com base na abordagem em consulta única (Ano 1 e 2)

    • Adaptar e reproduzirmateriais de formação (Ano 1)

    • Treinar 20 profissionais da saude, de 7 US seleccionadas, em VIA e Crioterapia (Setembro de 2009)

    • Treinar 10 profissionais das US de referencia em colposcopia e LEEP (Fev 2010)

    • Treinar 10 profissionais da saude comotreinadoresna prevenção e controlo do CA do colo do utero com base na abordagem em consulta unica (Year 2)

    • Providenciarapoiotécnicopara a implementação dos serviços de prevenção e controlo do CA do colo do utero em 7 US Básicas e 5 US de referência (até o ano 2)


Minist rio da sa de direc o nacional de sa de p blica

OBRIGADA!


ad
  • Login