Download

Aula Capitalismo






Advertisement
/ 11 []
Download Presentation
Comments
guest5960
From:
|  
(2) |   (0) |   (0)
Views: 6667 | Added:
Rate Presentation: 2 0
Description:
as fases do capitalismo desde a origem até os dias atuais
Aula Capitalismo

An Image/Link below is provided (as is) to

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use only and may not be sold or licensed nor shared on other sites. SlideServe reserves the right to change this policy at anytime. While downloading, If for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.











- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -




Slide 1

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DO CAPITALISMO

Slide 2

FASES DO CAPITALISMO

  • 1) COMERCIAL

  • 2) INDUSTRIAL

  • 3) FINANCEIRO

  • 4) INFORMACIONAL

Slide 4

1)CAPITALISMO COMERCIAL:

- MERCANTILISMO: intervenção do Estado na economia para fortalecimento do poder político e econômico através de uma balança comercial favorável

- COLONIALISMO: conquista e dominação de novos territórios para exploração de recursos; pacto colonial; grandes navegações; expansão comercial de grandes potências europeias; séc. XV ao XIX

- início da DIT; metrópoles com acúmulo de capitais e colônias com atrasos no desenvolvimento

Slide 5

DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT)

produtos

manufaturados

COLÔNIAS E ÁREAS

DE INFLUÊNCIA

(Brasil, Índia, Bolívia, Chile,

Peru, Congo Belga)

POTÊNCIAS INDUSTRIAIS

matérias-primas e

produtos agrícolas

(borracha, algodão, estanho,

cobre, cacau, açúcar, café)

- além disso, envolvia fluxos de capitais das potências para as áreas de influência - investimentos em infraestrutura e transporte

Slide 6

2) CAPITALISMO INDUSTRIAL:

I REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

- final do séc. XVIII até meados do séc. XIX

- Inglaterra liderou todo o processo:

  • domínio marítimo

  • altas cifras para investir nas indústrias

  • controle do mercado de matérias-primas

- Doutrina econômica do LIBERALISMO – Adam Smith – “mão invisível”)

Slide 7

UMA SÉRIE DE INOVAÇÕES NA TECNOLOGIA DE PRODUÇÃO

(máquina a vapor, máquina de fiar, tear hidráulico, tear mecânico - mecanização do setor têxtil)

AUMENTO DA PRODUTIVIDADE

IMPORTÂNCIA DO CARVÃO COMO FONTE DE ENERGIA

REVOLUÇÃO NOS TRANSPORTES

MAIS MERCADO E MAIS MATÉRIA-PRIMA

I REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

Slide 8

3) CAPITALISMO FINANCEIRO:

- II REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

- IMPERIALISMO: expansão das potências industriais europeias rumo à Ásia e África para obtenção de matérias-primas e mercados consumidores

- MONOPÓLIO: única empresa (ou país) detentora do mercado de um produto ou serviço

- OLIGOPÓLIO: grupo de empresas que domina o mercado de determinado produto ou serviço à

§ TRUSTES: junção de empresas em uma organização empresarial para eliminar a concorrência; podem ser horizontal (empresas do mesmo ramo) ou vertical (empresas de ramos diferentes)

§ CARTEL: acordo entre empresas para destruir a concorrência e dominar o mercado

§ HOLDING: grande organização ou empresa que controla um grupo de empresas menores (por meio de posse majoritária de suas ações) para facilitar o domínio sobre o produto

Slide 9

II REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

MOTOR À COMBUSTÃO E PETRÓLEO

EVOLUÇÃO NA SIDERURGIA

INVENÇÕES COM ELETRICIDADE

INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA

REVOLUÇÃO NAS COMUNICAÇÕES

TELÉGRAFO, TELEX, TELEFONE

- 2ª metade do séc. XIX

- além da Inglaterra: Bélgica, França, Alemanha, Suécia, EUA, Japão

- caracteriza-se por ampliar as evoluções tecnológicas para outras áreas

- Alemanha, França e EUA: potências retardatárias que se aproveitaram dos avanços já percorridos pela Inglaterra

Slide 10

4) CAPITALISMO INFORMACIONAL:

  • III REVOLUÇÃO INDUSTRIAL (ou Revolução Técnico-Científica):

  • intensificação dos fluxos de mercadorias, capitais e informações

  • corporações transnacionais

  • padrões mundiais de consumo

  • - automatização e robotização (mais produtividade, menos mão-de-obra, menos matéria-prima, menos energia)

  • - áreas: informática, telecomunicações, biotecnologia, robótica, química fina (mercadorias revolucionárias)

Slide 11

SEDE

(MATRIZ)

em seu país de origem, é o centro das decisões estratégicas; lucros repatriados

FILIAL

(UNIDADE PRODUTIVA)

em muitos países, executam as ordens da matriz quanto à produção

  • - encontram nos países subdesenvolvidos:

  • melhores custos de mão-de-obra (mesmo a qualificada)

  • melhores custos de matéria-prima e energia

  • - onde instalam suas filiais, provocam:

  • avanços na infraestrutura (transporte, energia, comunicações)

  • crescimento urbano (metropolização)

  • crescimento do mercado consumidor

EMPRESAS TRANSNACIONAIS

- surgem no séc. XIX, antes da II Guerra, nos EUA, com o nome de TRUSTES

- empresas maiores compravam menores - monopólios ou oligopólios

- poderosas e influentes política e economicamente

- enfrentam LIMITES POLÍTICOS: impostos, legislação ambiental...

- estrutura:


Copyright © 2014 SlideServe. All rights reserved | Powered By DigitalOfficePro