slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
II Simpósio Sul-Brasileiro de Editoração Científica (II SISBEC)

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 23

II Simpósio Sul-Brasileiro de Editoração Científica (II SISBEC) - PowerPoint PPT Presentation


  • 84 Views
  • Uploaded on

II Simpósio Sul-Brasileiro de Editoração Científica (II SISBEC) Joinville– SC, 29 a 31 de outubro de 2003 Redação Científica Maria Mércia Barradas Membro da Diretoria da Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC)

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' II Simpósio Sul-Brasileiro de Editoração Científica (II SISBEC)' - gladys


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

II Simpósio Sul-Brasileiro de Editoração Científica (II SISBEC)

Joinville– SC, 29 a 31 de outubro de 2003

Redação Científica

Maria Mércia Barradas

Membro da Diretoria da Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC)

Pesquisador Científico – Instituto Biológico, São Paulo, SP (aposentada)

Assessora da Presidência do IBAMA

slide2

Qualidade do trabalho científico

  • Pesquisa
  •  Texto (redação)
  •  Publicação (revista, periódico)
slide4

REDAÇÃO: é a arte de bem expressar, na

  • escrita, o pensamento.
  • ESTILO: é a maneira pessoal de expressão
  • dos pensamentos.
slide5

A linguagem literária é conotativa

      • cada leitor interpreta de um jeito
      • diferente.
slide6

A linguagem científica é denotativa.

clara, concisa, precisa

 “nada” nas entrelinhas

slide7

Qualidades essenciais da redação científica

correção

concisão

clareza

harmonia

originalidade

vigor

precisão

elevação da linguagem

slide8

“Mais do que qualquer outro profissional,

sem dúvida, o cientista tem a obrigação

de escrever não apenas de maneira a

fazer-se entendido, como de modo a não

ser mal compreendido”.

(E.H. McClelland, 1943; apud Barrass, 1979 - Os cientistas precisam escrever)

slide9

Para uma comunicação eficiente:

Pense

Planeje

Escreva

Reveja

(Barrass, 1979 - Os cientistas precisam escrever )

slide10

Estrutura do trabalho

  • Título
  • Autor (es)
  • Resumo
  • Palavras-chave
  • Abstract
  • Key-words
  • Introdução
  • Material e Métodos
  • Resultados/Discussão/Conclusão
  • Referências Bibliográficas
slide11

RESPOSTAS PARA:

1. O que? (título)

2. Por que? (objetivos)

3. Para quem? (leitor)

4. Onde? (material e métodos)

5. Quando? (material e métodos)

6. Como? (material e métodos)

7. Quanto? (resultados)

8. O que significa? (discussão)

9. E então? (conclusões)

slide12

Redação do trabalho científico

  • Escolha do periódico (ver “Instruções aos
  • autores”)
slide13

Estratégias para tornar o texto mais conciso

Modificar a redação.

Eliminar termos desnecessários.

Empregar termos menores.

Evitar repetição de palavras.

slide14

Modificar a redação

  • Analisando os dados contidos na tabela 1,
  • verifica-se que não houve diferença quanto
  • à produção...
  • Não houve diferença na produção (tabela 1)...
slide15

Termos desnecessários (eliminar)

Os dados estão na tabela, a seguir...

Como já foi mostrado anteriormente...

Peso médio ao redor de 5 kg

Fruto de formato oval

Polpa de cor alaranjada

slide16

Termos menores (preferir)

Primeiramente = primeiro

Aplicação = uso

Posteriormente = depois

Utilizar = usar

Conseqüentemente = assim

Constitui-se = é

Representa = é

Consonância = acordo

slide17

Repetição de palavras (evitar)

O experimento 1 foi executado assim: o terreno foi preparado mecanicamente, o plantio foi realizado manualmente e a adubação foi de acordo com Soares (1985).

- 25 palavras

O experimento 1 foi executado assim:

terreno preparado mecanicamente, plantio manual e adubação de acordo com Soares (1985).

- 18 palavras

slide18

REDAÇÃO CIENTÍFICA

          • Evitar
  • tautologia (dizer o mesmo duas vezes, com palavras diferentes)
  • circunlóquio (várias palavras que podem ser substituídas, sem perder o significado, por uma única palavra)
  • adjetivos desnecessários
  • advérbios desnecessários
  • linguagem pessoal
slide19

TAUTOLOGIA (dizer o mesmo duas vezes, com palavras diferentes)

Em minha própria opinião pessoal

Cada indivíduo, isoladamente

Agrupados conjuntamente

Superpostos uns sobre os outros

Um após outro, em sucessão

O fruto foi dividido em duas metades iguais

slide20

CIRCUNLÓQUIO (conjunto de palavras que pode ser substituído, com vantagem, por uma só palavra)

Em vista do fato de (porque)

com a exceção de (exceto)

que se conhece pelo nome de (chamado, denominado)

neste preciso momento (agora)

durante o tempo em que (enquanto)

slide21

Outras regras práticas

  • Utilizar sinônimos, para evitar repetição de palavras.
  • Não construir parágrafos muito longos.
  • Padronizar, quando houver diferentes opções.
  • Evitar o uso de termo estrangeiro, quando houver o
  • correspondente em português.
  • Evitar cacofonia.
  • Evitar rimas.
  • Evitar o uso de termos desconhecidos (pouco empregados).
  •  Evitar voz passiva.
slide22

REDAÇÃO CIENTÍFICA

Atenção:

grafia

significado (sentido)

pontuação

acentuação

crase

concordância

regência

colocação dos termos na oração

emprego de maiúsculas

abreviaturas

slide23

Simplificar, para não complicar:

  • 1. “Não procrastines o que for de feitura hodierna”.
  •  “Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje”.

2. “A bucéfalo de oferenda não perquiras a conformação odôntica”.

  •  “De cavalo dado não se olham os dentes”.
ad