Colóquio de Matemática da Região Centro-Oeste
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 24

Colóquio de Matemática da Região Centro-Oeste Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS PowerPoint PPT Presentation


  • 55 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Colóquio de Matemática da Região Centro-Oeste Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS 03 a 06/11. Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. Objetivos. Despertar o gosto pela Ciência;

Download Presentation

Colóquio de Matemática da Região Centro-Oeste Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Col quio de matem tica da regi o centro oeste universidade federal do mato grosso do sul ufms

Colóquio de Matemática da Região Centro-Oeste

Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS

03 a 06/11


Col quio de matem tica da regi o centro oeste universidade federal do mato grosso do sul ufms

Olimpíada Brasileira de Matemática dasEscolas Públicas


Objetivos

Objetivos

  • Despertar o gosto pela Ciência;

  • Motivar os alunos na escolha profissional pelas carreiras científicas e tecnológicas;

  • Aprofundar o conhecimento matemático;

  • Incentivar o aprimoramento matemático dos professores;

  • Aproximar escolas e universidades.


P blico

Público

  • Bolsistas CNPq

  • Bolsistas das Fap’s

  • Ouvintes (s/bolsa)


Mapa do pic 2007

Mapa do PIC - 2007


Modelo 1 ano 38 coordenadores regionais de ic

2005-06-07

22 aulas presenciais

Prof. Orientadores

Monitores

Modelo: 1 ano 38 Coordenadores Regionais de IC

  • 2008

  • 10 aulas presenciais

    • Prof. Orientadores

    • Monitores

  • Fórum virtual

    • Moderador de fórum

    • Coordenador de fórum


Multiplicidade n vel e premia o

Multiplicidade, nível e premiação


Turmas no f rum n1

Turmas no Fórum – N1


Turmas no f rum n2

Turmas no Fórum – N2


Turmas no f rum n3

Turmas no Fórum – N3


Material

Material

  • em preparação: textos

  • complementar: artigos, filmes, palestras, visitas a museus, participação em congressos, etc.


Resultados do pic

Ouro

MH

Bronze

Prata

Resultados do PIC

  • Progressos na Matemática

  • Auto-didatismo

  • Despertar para o mundo da Matemática

  • Subindo na escala das premiações

  • Trocando de medalhas:

  • Ingresso em Universidades Públicas

  • Produção de textos com livre acesso (www.obmep.org.br)

  • Autoestima e autonomia

Ouvinte

MH

Bronze

Prata

Ouro


Progressos na matem tica

Progressos na Matemática

  • Decorar fórmulas não é o principal na matemática;

  • Espírito crítico na leitura de textos matemáticos;

  • Uma visão animadora da matemática;

  • Expressão escrita e oral (matemática e português);

  • Hábitos de estudo mais organizados e críticos;

  • Interesse por desafios novos;

  • Ousadia diante de novos problemas;

  • Disposição para compartilhar idéias;

  • Poder de argumentação e do formalismo matemático;

  • O que é uma “Demonstração” e entenderam a sua importância.


Conquistas

Conquistas

  • Papo no lanche: Matemática!

  • Saber Matemática é um valor.

  • É possível sonhar com: engenharia, matemática, computação, biologia, escola técnica, etc, etc, etc.


Dificuldades

Dificuldades

  • Conceito de IC

  • Diversidade cultural e de nível de conhecimento dos alunos

  • Grandes distâncias

  • Comunicação com os alunos

  • Transportes

  • Documentos

  • Prestações de contas pelos CRIC’s

  • Textos


Corre es de rumo

Correções de Rumo

  • Regulamento

  • Modelo

  • Ouvintes

  • Textos


Fatos interessantes

Fatos interessantes

  • O que eles fazem com as bolsas?

  • Bolsas de escolas privadas

  • As famílias dos medalhistas

  • Alguns CRIC’s e PO’s viram agência de fomento

  • Participação da comunidade


Eventos

Eventos

  • Seminários regionais com professores e alunos

  • Cursos para professores

  • EMO

Abertura Encontro Unificado

SP01 PIC 2006


Col quio de matem tica da regi o centro oeste universidade federal do mato grosso do sul ufms

Números do PIC


Pessoal envolvido

Pessoal Envolvido

Direção Acadêmica

Comitê Acadêmico

Coordenação Acadêmica

Coordenação de Logística

Financeiro

Jurídico

Coordenadores Regionais de IC

(CRIC)

Coordenadores de Fórum

(CF)

Professores Orientadores

(PO)

Moderadores de Fórum

(MF)

Monitores


Col quio de matem tica da regi o centro oeste universidade federal do mato grosso do sul ufms

Encontro Unificado Palestra Construindo Poliedros PIC 2006 do Polo SP 01

Cerimônia de Certificação do Polo MS2 – Alcinópolis

Prof. Valdenberg e alunos PIC - SE

Prof. Vieira e alunos PIC-2006 - PB


Col quio de matem tica da regi o centro oeste universidade federal do mato grosso do sul ufms

Alunos almoçando em um dia de encontro no Polo MS1

Alunos em atividade no Polo MS1

Polo Cassilândia – MS1

Alunos após a Certificação no Polo MS1


Col quio de matem tica da regi o centro oeste universidade federal do mato grosso do sul ufms

Professor Orientador e alunos Bolsistas

Polo Rio Branco – AC PIC 2005

Polo Teresina - PI PIC 2005

Polo Salvador – BA - Encerramento do PIC 2006


Depoimentos de alunos

Depoimentos de alunos

GO - “A OBMEP é ótima, além de oferecer este curso de graça, na UFG, a gente ainda ganha uma bolsa!”

MS - “Trago de forma satisfatória e positiva a experiência de quase um ano de participação No Programa de Iniciação Científica, como ouvinte, através dele tirei dúvidas, conheci tópicos que não conhecia e aprimorei meus conhecimentos. Portanto valeu a pena participar”.

RS - “Se o ensino da matemática nas escolas fosse aprofundado, e ao mesmo tempo, descontraído, muitos talentos se destacariam em todos os lugares e a qualidade do ensino seria melhor. Projetos bons, assim como a OBMEP, deviam existir em todos os países. As experiências que tive com os colegas e o professor são inesquecíveis. Agradecimentos à OBMEP, ao professor e aos colegas”.


  • Login