slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
Sistemas Econômicos e a Crise Sócio-Ambiental

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 83

Sistemas Econômicos e a Crise Sócio-Ambiental - PowerPoint PPT Presentation


  • 169 Views
  • Uploaded on

Sistemas Econômicos e a Crise Sócio-Ambiental. Prof. Clitia Helena Martins. 16 de Junho de 2005. Transformações sócio-econômicas globais e o meio ambiente. Histórico das relações Homem-Natureza.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Sistemas Econômicos e a Crise Sócio-Ambiental' - gaura


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Sistemas Econômicos e a Crise Sócio-Ambiental

  • Prof. Clitia Helena Martins

16 de Junho de 2005

hist rico das rela es homem natureza
Histórico das relações Homem-Natureza
  • Impactos Antrópicos sobre a Terra de acordo com o avanço das técnicas e o nível dos meios de produção, correspondentes a cada época.
hist rico das rela es homem natureza1
Histórico das relações Homem-Natureza
  • Impactos Antrópicos sobre a Terra
  • formas diferentes na:
  • Pré-História
  • Idade Média
  • Era Moderna
hist rico das rela es homem natureza2
Histórico das relações Homem-Natureza
  • Impactos antrópicos: noção de “ecological footprint” pegada ecológica – marca, impacto que os seres humanos deixam no planeta.
hist rico das rela es homem natureza3
Histórico das relações Homem-Natureza
  • Como equilibrar consumo com resíduos?
  • Como reduzir o impacto?
hist rico das rela es homem natureza4
Histórico das relações Homem-Natureza
  • Para calcular a pegada ecológica, faz-se a equivalência do que se consome com a quantidade de terra necessária para suportar esse consumo.
transforma es globais
Transformações Globais
  • Tecnológicas
  • Econômicas
  • Sociais
  • Políticas
transforma es globais1
Transformações Globais
  • A partir do século XVI, e principalmente do século XVIII, com o surgimento do capitalismo enquanto modo de produção.
caracter sticas b sicas do capitalismo
Características básicas do capitalismo
  • Existência de capitais
  • Busca do lucro
  • Propriedade privada dos meios de produção...
caracter sticas b sicas do capitalismo1
Características básicas do capitalismo
  • ... Riscos em face da incerteza
  • Incessante mudança de processos (revoluções tecnológicas)
  • Sucateamento constante de equipamentos e de técnicas, mão-de-obra e de produtos.
surgimento do capitalismo
Surgimento do Capitalismo
  • Alguns aspectos relacionados:
  • Pilhagem colonial
  • Aumento do volume total do comércio
  • Cercamento das terras (enclosures)
  • Invenção de máquinas, substituindo ferramentas
surgimento do capitalismo1
Surgimento do Capitalismo
  • Alguns aspectos relacionados:
  • Processo: do capital comercial e manufatureiro ao capital industrial e financeiro.
  • Pensamento liberal: “Laissez-faire, laissez-passer, le monde va de lui même”.
revolu es industriais
Revoluções Industriais
  • I Revolução Industrial – introdução da mecanização na produção
  • II Revolução Industrial – padrão fordista de produção – economias de escala
revolu es industriais1
Revoluções Industriais
  • III Revolução Industrial – padrões pós-fordistas de produção – economias de escopo
primeira revolu o industrial
Primeira Revolução Industrial
  • Época: 2a metade do século XVIII
  • País que conduz: Grã-Bretanha
  • Invenções: máquina a vapor, máquinas têxteis.
  • Conjugação: ferro/carvão/máquina a vapor/ferrovia
segunda revolu o industrial
Segunda Revolução Industrial
  • Época: 2a metade do século XIX
  • País que conduz: Estados Unidos
  • Invenções: eletricidade, motor à combustão, telégrafo, telefone.
segunda revolu o industrial1
Segunda Revolução Industrial
  • Conjugação: aço/eletricidade/petróleo/motor à combustão/automóvel
terceira revolu o industrial
Terceira Revolução Industrial
  • Época: 2a metade do século XX
  • País que conduz: Japão
  • Invenções: microeletrônica, computadores, robôs.
  • Conjugação: automação/computação/robótica
  • Energias alternativas?
transforma es globais2
Transformações Globais
  • Pós-Guerra Anos de Ouro do Capitalismo (1945-1973): intensa expansão das forças produtivas
transforma es globais3
Transformações Globais
  • Em termos da produção: intensificação e aumento do produto
  • Em termos tecnológicos: aplicação de novas técnicas e processos de trabalho
transforma es globais4
Transformações Globais
  • Em termos espaciais: integração de mercados e expansão dos parques industriais de alguns países periféricos
transforma es globais5
Transformações Globais
  • Em termos de poder geopolítico e militar: hegemonia norte-americana
  • Em termos culturais: cultura de massas global e sociedade de consumo urbano-industrial
transforma es globais6
Transformações Globais
  • Em termos sociais: urbanização intensiva. Perda de qualidade de vida, especialmente nas metrópoles
transforma es globais7
Transformações Globais
  • Em termos ambientais: aumento da degradação e até da exaustão de recursos naturais não-renováveis
acidentes ecol gicos causados por impacto antr pico direto
Acidentes Ecológicos Causados Por Impacto Antrópico Direto
  • 1952 Smog de Londres – provocou debate sobre a qualidade do ar (1600 mortes diretas)
  • 1967  acidente na Torrey Canyon – derramamento de petróleo no Mar do Norte
slide27

Acidentes Ecológicos Causados Por Impacto Antrópico Direto

  • 1968 contaminação em massa por mercúrio no Japão, no porto de Minamata
  • Contaminação nuclear ou química em
  • 1976 Seveso, Itália.
  • 1979 Three Mile Island, Estados Unidos
slide28

Acidentes Ecológicos Causados Por Impacto Antrópico Direto

  • Contaminação nuclear ou química em
  • 1984 Bophal, Índia (Union Carbide).
  • 1984Vila Socó, Brasil.
  • 1984 Love Canal, E.U.A
  • 1986Chernobyl, ex-URSS.
debate sobre o meio ambiente
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Antecedentes:
  • 1949  I Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Meio Ambiente
  • Teve pouca repercussão – economia em expansão e época do “baby-boom”
debate sobre o meio ambiente1
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1960
  • 1968 Conferência da Biosfera da UNESCO, em Paris
  • Conscientização em relação ao meio ambiente se inicia nessa década, a princípio nos países centrais
debate sobre o meio ambiente2
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1970
  • 1972 Clube de Roma publica o relatório “Limites do Crescimento”
  • Alerta sobre a dilapidação de recursos naturais não-renováveis. Considerado “neomalthusiano”
debate sobre o meio ambiente3
Debate sobre o Meio Ambiente
  • “Limites do Crescimento”:
  • Prega o crescimento zero, para a economia e para a população.
  • Associa a degradação ambiental à explosão demográfica e expansão econômica desenfreada
debate sobre o meio ambiente4
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1970
  • Fundação Bariloche – resposta latino-americana ao Clube de Roma.
  • Aponta para um modelo que prioriza estratégias redistribuidoras, orientadas preferencialmente para a satisfação dos requisitos básicos.
debate sobre o meio ambiente5
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1970
  • 1972 Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente Humano, em Estocolmo, com participação de 113 países. Criação do PNUMA (Programa das Nações Unidas sobre Meio Ambiente).
debate sobre o meio ambiente6
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Polêmica entre países centrais e periféricos sobre o que causa a degradação ambiental  industrialização/tecnologia ou subdesenvolvimento/pobreza ?
debate sobre o meio ambiente7
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1970
  • 1973 surge conceito de Ecodesenvolvimento (Maurice Strong e Ignacy Sachs)
  • Implica em subordinação ampla do desenvolvimento à questão ambiental - concepção de planejamento.
debate sobre o meio ambiente8
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Ecodesenvolvimento:
  • Tem por princípio o desenvolvimento baseado nas potencialidades de cada ecossistema e em ecotécnicas apropriadas a populações locais, bem como na participação dessas populações.
debate sobre o meio ambiente9
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1980
  • 1982 Sessão especial do PNUMA em Nairobi – 10 anos da Conferência de Estocolmo.
  • Proposta de constituição da Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento
debate sobre o meio ambiente10
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1980
  • 1985 Acordo de Proteção da Camada de Ozônio, em Viena.
debate sobre o meio ambiente11
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1980
  • 1987 Relatório da Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento: Nosso Futuro Comum (Our Common Future) – Relatório Brundtland
  • Divulgação do conceito de Desenvolvimento Sustentável
debate sobre o meio ambiente12
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 1990
  • 1992 CNUMAD, no Rio de Janeiro – RIO- 92. Avanço em relação à Conferência de Estocolmo (1972)
  • Reconhecimento de que grande parte dos problemas de degradação são causados pelos países desenvolvidos
debate sobre o meio ambiente13
Debate sobre o Meio Ambiente
  • RIO-92
  • Assinatura de acordos e termos de compromisso entre os chefes de Estado: Agenda 21, Convenção sobre Biodiversidade e Convenção sobre Mudanças Climáticas.
debate sobre o meio ambiente14
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Década de 2000
  • 2002 Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+10), em Johanesburgo, África do Sul.
  • .
debate sobre o meio ambiente15
Debate sobre o Meio Ambiente
  • Propostas brasileiras na RIO+10:
  • Adoção, por cada país, de percentual de 10% de fontes renováveis em sua respectiva matriz energética, até 2010
  • Ratificação do princípio de responsabilidade comum, mas diferenciada
sustentabilidade
Sustentabilidade
  • Sustentabilidade: noção de carrying capacity - capacidade-suporte de cada ecossistema.
  • Atividades humanas integradas de forma não-agressiva no mundo natural.
sustentabilidade1
Sustentabilidade
  • Ecodesenvolvimento – visão com três eixos principais:
  • Crescimento Econômico;
  • Equidade Social;
  • Prudência Ecológica.
sustentabilidade2
Sustentabilidade
  • Dimensões da sustentabilidade: econômica, social, ambiental, espacial e cultural.
dimens es da sustentabilidade
Dimensões da Sustentabilidade

Sustentabilidade Econômica: alocação mais eficiente de recursos significa menores desperdícios, tanto no setor privado como no público. A eficiência econômica deve ser avaliada mais em termos macrossociais do que apenas por meio de critérios de lucratividade microempresarial.

dimens es da sustentabilidade1
Dimensões da Sustentabilidade

Sustentabilidade Social: consolidação de um novo processo de desenvolvimento, atendendo tanto as necessidades materiais como as não-materiais. Busca melhorar significativamente as condições de vida e os direitos de toda a população.

dimens es da sustentabilidade2
Dimensões da Sustentabilidade

Sustentabilidade Ambiental: diz respeito à capacidade de suporte dos ecossistemas associados, no sentido de absorção ou de recuperação das agressões derivadas da ação do homem.

dimens es da sustentabilidade3
Dimensões da Sustentabilidade

Sustentabilidade Espacial: está voltada à questão da configuração urbana e rural

Refere-se a uma melhor distribuição territorial das atividades econômicas e dos assentamentos humanos.

dimens es da sustentabilidade4
Dimensões da Sustentabilidade

Sustentabilidade Cultural: conservar a base cultural existente, incentivando-se também a busca de soluções particulares que respeitem as características do ambiente e das tradições locais.

sustentabilidade3
Sustentabilidade
  • Crescente preocupação com a escassez dos recursos naturais e com o futuro das próximas gerações : surgimento do conceito de Desenvolvimento Sustentável, uma solução que propõe conciliar crescimento econômico e o uso sustentável dos recursos naturais.
sustentabilidade4
Sustentabilidade
  • O conceito de Desenvolvimento Sustentável foi difundido em 1987 no relatório “Nosso Futuro Comum”, como o que “atende as necessidades humanas presentes sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem suas próprias necessidades”.
sustentabilidade5
Sustentabilidade
  • Relatório Brundtland – medidas propostas:
  • Limitação do crescimento populacional e da urbanização descontrolada
  • Garantia alimentar e das necessidades básicas no longo prazo...
sustentabilidade6
Sustentabilidade
  • ...Preservação da biodiversidade e dos ecossistemas
  • Diminuição do consumo de energia e uso de fontes energéticas renováveis
sustentabilidade7
Sustentabilidade
  • Condições do ponto de vista econômico e social:
  • O desenvolvimento deve permitir a ampliação, ou pelo menos a manutenção, da qualidade de vida em um horizonte temporal longo...
sustentabilidade8
Sustentabilidade
  • ... Manutenção, ao longo do horizonte temporal, do estoque de capital, incluindo os recursos naturais.
sustentabilidade9
Sustentabilidade
  • Sentido de orientação do desenvolvimento econômico: inserção dos processos econômicos nos limites da biosfera  sustentabilidade.
sustentabilidade10
Sustentabilidade
  • Conseqüências da adoção dos princípios de sustentabilidade como objetivo de políticas pública: sustentabilidade é difícil de definir e de medir.
sustentabilidade11
Sustentabilidade
  • Sustentabilidade como base para o planejamento no século XXI  alguns dilemas, como:
  • Questões de valor e subjetividade
  • Limites do gerenciamento dos impactos
produ o e consumo sustent veis
Produção e Consumo sustentáveis
  • Se todos os danos ambientais fossem inseridos nas funções de produção das empresas, haveria também maior viabilidade econômica para atividades sustentáveis, como a agricultura orgânica e o manejo florestal
produ o e consumo sustent veis1
Produção e Consumo sustentáveis
  • Embora evitem prejuízos maiores ao meio ambiente, essas atividades ainda dependem da conscientização ambiental dos consumidores.
desafios sustentabilidade
Desafios à Sustentabilidade
  • “Até que ponto países do Terceiro Mundo, como o Brasil, têm autonomia e soberania para se lançarem num projeto nacional de DS (Desenvolvimento Sustentável)?” (Ely, A.,1992)
desafios sustentabilidade1
Desafios à Sustentabilidade
  • “Como se dará o acesso à tecnologia e às finanças, sob o controle dos países do Primeiro Mundo, imprescindíveis para as metas do DS?” (Ely, A.,1992)
desafios sustentabilidade2
Desafios à Sustentabilidade
  • “Em que condições os países do Norte abrirão concessões para estes recursos estratégicos que garantam o seu modelo de desenvolvimento e o seu bem-estar?” (Ely, A.,1992)
desafios sustentabilidade3
Desafios à Sustentabilidade
  • “Como romper e redimensionar as atuais relações políticas, econômicas, sociais e culturais entre o Norte e o Sul?” (Ely, A.,1992)
meio ambiente natural e produzido

Meio ambiente: natural e produzido

Meio ambiente natural  aquele que é produto dos processos da natureza; mesmo assim, sofre os impactos da ação antrópica (mar, ar, etc...)

Meio ambiente produzido (rural ou urbano)  aquele que é modificado diretamente pela atividade humana

meio ambiente natural e produzido1

Meio ambiente: natural e produzido

Meio ambiente urbano onde a densidade da atividade humana é mais visível.

Pensado como locus da produção, do consumo e da reprodução da força de trabalho.

meio ambiente urbano

Meio ambiente urbano

Problemas ambientais mais graves nas cidades:

Excessiva impermeabilização do solo (aumenta a possibilidade de inundações)

Elevação da temperatura (pela perda de áreas verdes)

meio ambiente urbano1
Meio ambiente urbano
  • Problemas ambientais mais graves nas cidades:
    • Má circulação das massas de ar (não- dispersão de material particulado e de gases)
meio ambiente urbano2

Meio ambiente urbano

Ecossistemas:

As cidades podem ser consideradas como tal?

Crescimento urbano – inviável, insustentável? O modelo deve ser o de pequenas comunidades “rurbanas?”

Desenvolvimento sustentável não pode ser local?

meio ambiente urbano3

Meio ambiente urbano

Processo de urbanização acelerada em países em desenvolvimento ou não-desenvolvidos: agravamento dos impactos ambientais urbanos.

meio ambiente urbano4

Meio ambiente urbano

População metropolitana do planeta tende a se concentrar nas cidades dos países de renda per capita baixa e média, que têm:

as áreas com as piores condições ambientais e sanitárias...

meio ambiente urbano5
Meio ambiente urbano
  • ...
  • padrões ambientais menos rígidos do que os países desenvolvidos;
  • menor quantidade de recursos humanos e organizacionais para enfrentar esses problemas.
meio ambiente urbano6
Meio ambiente urbano
  • Taxas de urbanização em 2000:
  • América Latina: 77%
  • Brasil: 81% - projeção para 2020: 89%
  • Percentual da população brasileira vivendo em áreas metropolitanas e pólos regionais: cerca de 50%
meio ambiente urbano7

Meio ambiente urbano

Principais problemas sócio-ambientais urbanos:

Ocupação de áreas de preservação e de risco

Poluição do ar...

meio ambiente urbano8
Meio ambiente urbano

...

  • Carência de saneamento
  • Convivencialidade (trânsito, violência urbana)
meio ambiente urbano9

Meio ambiente urbano

Agenda 21 brasileira – estratégias prioritárias para a sustentabilidade urbana:

Aperfeiçoar a regulação do uso e da ocupação do solo urbano e promover o ordenamento do território...

meio ambiente urbano10
Meio ambiente urbano

...

  • Promover o desenvolvimento institucional e o fortalecimento da capacidade de planejamento e gestão democrática da cidade.
meio ambiente urbano11

Meio ambiente urbano

...

Promover mudanças nos padrões de produção e consumo na cidade, reduzindo custos e desperdícios e fomentando o desenvolvimento de tecnologias urbanas sustentáveis

meio ambiente urbano12
Meio ambiente urbano

...

  • Desenvolver e estimular a aplicação de instrumentos econômicos no gerenciamento dos recursos naturais visando à sustentabilidade urbana.
ad