Pseudo c digo sintaxe
Download
1 / 52

Pseudo-c digo: sintaxe - PowerPoint PPT Presentation


  • 115 Views
  • Uploaded on

Pseudo-código: sintaxe. Motivação. Resolver problemas muitas vezes requer: Uso de ferramentas lógicas Uso de pensamento lógico Padronização. Exemplo. Ganhando 1 milhão de Reais Há 3 portas para se escolher uma Atrás de cada porta há um “prêmio” Os prêmios são: $$$, caneta, batata

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Pseudo-c digo: sintaxe' - gari


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

Motiva o
Motivação

  • Resolver problemas muitas vezes requer:

  • Uso de ferramentas lógicas

  • Uso de pensamento lógico

  • Padronização


Exemplo
Exemplo

  • Ganhando 1 milhão de Reais

  • Há 3 portas para se escolher uma

  • Atrás de cada porta há um “prêmio”

  • Os prêmios são: $$$, caneta, batata

  • Em cada porta há uma frase escrita

  • Sabe-se que a frase da porta do $$$ é verdade e a porta da batata mentira


Exemplo1
Exemplo

A

Caneta

aqui

B

Batata na

porta C

C

Caneta

na porta

A

Onde está o dinheiro?


Exemplo 2
Exemplo 2

  • Suponha que 5 rãs posicionadas em 6 casas da seguinte maneira

  • Descreva os passos para que elas atinjam a seguinte configuração

r1

r2

r3

r4

r5

r5

r4

r3

r2

r1


Exemplo 21
Exemplo 2

  • Uma rã pode pular para uma casa vizinha se ela estiver vazia

  • Uma rã pode pular a rã vizinha (apenas uma) se a casa estiver vazia


Algoritmos
Algoritmos

  • Como transformar o raciocínio lógico em algoritmos?

  • Não há algoritmos para construir algoritmos

  • Um algoritmo depende muito de seu criador


Algoritmos caracter sticas
Algoritmos - Características

  • Finitude – um algoritmo deve ter um número finito de passos

  • Definição – cada passo do algoritmo deve ser corretamente definida e não possuir ambiguidades


Algoritmo caracter sticas
Algoritmo - Características

  • Entrada – um algoritmo deve ter zero ou mais entradas

  • Saída – um algoritmo deve ter uma ou mais saídas

  • Efetividade – um algoritmo deve ter operações suficientemente básicas de modo que possa ser executado com precisão por um humano, usando papel e lápis, em um tempo finito


Algoritmos1
Algoritmos

  • Todos sabemos fazer algoritmos

  • Conseguimos sair de casa, ir para o trabalho e voltar para casa

  • Para fazer isto tudo é necessário uma série de entradas como: horário de acordar, horário para entrar no trabalho, etc



Algoritmos sintaxe
Algoritmos - sintaxe da sua casa para a faculdade

Algoritmo nome (<entradas>)

Inicio

/*corpo*/

fim


  • O nome de um algoritmo é um identificador válido da sua casa para a faculdade

  • Devem começar com caracteres (a-z,A-Z) e podem ser seguidos de um ou mais caracteres ou dígitos(a-z,A-Z,0-9,_)

  • O nome deve ser significativo, mostrando qual a função do algoritmo



Comandos b sicos
Comandos básicos letras – função f

  • Imprimir

  • Usado para imprimir no dispositivo de saída

  • Irá imprimir tudo aquilo estiver depois do comando até o fim da linha


  • Assim o comando letras – função f

    Imprimir “teste de impressão”

  • Irá imprimir no dispositivo de saída a

    expressão teste de impressão


Algoritmo imprimirTeste () letras – função f

Inicio

imprimir “teste de impressão”

fim



Vari veis
Variáveis letras – função f

  • Regiões de memória que são tratadas segundo regras de um tipo específico

  • Podem armazenar dados, ser usadas como operandos em operações

  • Sintaxe: tipo nome


Vari veis exemplo
Variáveis - exemplo letras – função f

  • Inteiro idade

  • Real salário

  • Texto nome

  • Lógico bomPagador


Vari veis inicializa o
Variáveis-inicialização letras – função f

  • Atribui a região de memória designada pela variável um valor inicial

  • É importante pois nem todas as linguagens tem mecanismo automático de inicialização


Vari veis inicializa o1
Variáveis-inicialização letras – função f

Algoritmo imprimeNúmero()

Inicio

Inteiro num=5

imprimir num

imprimir 5

fim


Vari veis operadores gerais
Variáveis - Operadores gerais letras – função f

  • Atribuição: =

  • Comparação positiva: ==

  • Comparação negativa: !=


Vari veis inicializa o2
Variáveis-inicialização letras – função f

Algoritmo imprimeNúmero()

Inicio

Inteiro num=5 /* inicializando variável */

imprimir num

num = 6 /* alterando valor*/

imprimir num

fim


Vari veis operadores num ricos
Variáveis – Operadores numéricos letras – função f

  • Adição: +

  • Subtração: -

  • Multiplicação: *

  • Divisão inteira: /

  • Resto de divisão: %

  • Sinalização: + e – (operadores unários)


Vari veis inicializa o3
Variáveis-inicialização letras – função f

Algoritmo imprimeNúmero()

Inicio

Inteiro num1=5

Inteiro num2=6

Inteiro num3=num1+num2

imprimir num3

fim


Operadores num rico preced ncia
Operadores numérico - Precedência letras – função f

  • As operações são analisadas da esquerda para a direita seguindo a seguinte precedência:

  • 1- Sinalização: + e – (operadores unários)

  • 2 – Multiplicação, Divisão inteira e Resto de divisão

  • 3 – Adição e Subtração


Avalie as seguintes express es
Avalie as seguintes expressões letras – função f

  • 1 + 2 * -1

  • 1*2 / 3

  • 1+4 * 5 – 2

  • 1%2 -1


Avalie as seguintes express es1
Avalie as seguintes expressões letras – função f

  • 1 + 2 * -1 -> -1

  • 1*2 / 3 -> 0

  • 1+4 * 5 – 2 -> 19

  • 1%2 -1 -> 0


Operador par ntesis
Operador Parêntesis () letras – função f

  • Operador de mudança de precedência

  • (2+1)*8

  • Indica que a soma deve ser realizada antes da multiplicação

  • Composição de parêntesis

  • ((2+1)/10)*3


Operador de texto
Operador de texto letras – função f

  • Concatenação: +

  • Agrega o texto contido no segundo operando no final do primeiro


Algoritmo imprimeTexto() letras – função f

Inicio

Texto tex1=“minas”

Texto tex2=“gerais”

Texto tex3=tex1+tex2

imprimir tex3

Fim


Algoritmo imprimeTexto() letras – função f

Inicio

Texto tex1=“minas”

Texto tex2=“gerais”

Texto tex3=tex1+tex2

imprimir tex3

Fim

Saída -> minasgerais


Exerc cio
Exercício letras – função f

  • Escreva um algoritmo que declare cada parte do seu nome como uma variável do tipo texto

  • O algoritmo deve imprimir os nomes na ordem correta

  • O algoritmo deve imprimir o nome como se faz na lingua inglesa (Souza, Maurício de)


Operadores relacionais
Operadores relacionais letras – função f

  • Retornam falso ou verdadeiro dependendo dos operadores

  • >, >= - retornam verdadeiro se o primeiro operador for maior(ou igual) ao segundo

  • <, <= - retornam verdadeiro se o primeiro operador for menor(ou igual) ao segundo


Algoritmo imprimeLógico() letras – função f

Inicio

Inteiro int1=3

Inteiro int2=5

Lógico log = int1> int2

imprimir log

Fim


Operadores relacionais1
Operadores relacionais letras – função f

  • == - retorna verdadeiro se o primeiro operador for igual ao segundo

  • != - retornam verdadeiro se o primeiro operador for diferente do segundo


Algoritmo imprimeLógico() letras – função f

Inicio

Inteiro int1=3

Inteiro int2=5

Lógico log = int1== int2

imprimir log

Fim


Exerc cio1
Exercício letras – função f

  • Faça um algoritmo que declare o número de letras do seu primeiro e último nome como números inteiros

  • O algoritmo deve imprimir se o número de caracteres do seu primeiro nome é igual ao número de caracteres do segundo


Exerc cio2
Exercício letras – função f

  • Faça um algoritmo que declare o número de letras do seu primeiro e último nome como números inteiros

  • O algoritmo deve imprimir se o número de caracteres do seu primeiro nome é impar


Entrada de dados
Entrada de dados letras – função f

  • Há necessidade de troca de informações entre o usuário e o programa

  • Esta troca de informações se efetua através de entrada e saída de dados


  • Ler letras – função f

  • Usado para ler informações a serem passadas pelo usuário

  • Atribui à variável após o comando o valor informado pelo usuário


  • Assim, letras – função f

    Ler x

    Irá atribuir à variável x o valor passado pelo usuário


Exemplo2
Exemplo letras – função f

Algoritmo entradaTeste()

Inicio

Inteiro int1=0

imprimir “digite um número inteiro”

Ler int1

imprimir int1

Fim


Exerc cio3
Exercício letras – função f

  • Faça um algoritmo que leia as notas de 10 alunos de uma turma

  • O algoritmo deve calcular a média desta turma e imprimi-la


Exerc cio4
Exercício letras – função f

  • Faça um algoritmo que leia o primeiro e o último nome do usuário

  • O algoritmo deve imprimir o nome na forma normal e como é escrito na língua inglesa


Exerc cio5
Exercício letras – função f

  • Faça um algoritmo que leia 2 números reais e imprima o resultado das quatro operações básicas da aritmética utilizando estes dois números como operandos


Operadores l gicos
Operadores lógicos letras – função f

  • E: &

  • Ou: |

  • Negação: !


Tabela verdade
Tabela Verdade & letras – função f


Tabela verdade1
Tabela Verdade | letras – função f


Tabela verdade2
Tabela Verdade ! letras – função f


ad