TRATAMENTO
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 9

Dependente do Professor; Convencional, altamente concentrado para as tarefas; PowerPoint PPT Presentation


  • 43 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

TRATAMENTO. PERSONALIDADE. COMPORTAMENTO. Aceitar inicialmente a dependência; Remeter suas perguntas ao grupo; Não resolver suas questões; Não tomar partido, Deixar que o grupo reaja diante dele; Nas correções, salientar pontos positivos trabalhando a auto confiança do aluno ;.

Download Presentation

Dependente do Professor; Convencional, altamente concentrado para as tarefas;

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

TRATAMENTO

PERSONALIDADE

COMPORTAMENTO

  • Aceitar inicialmente a dependência;

  • Remeter suas perguntas ao grupo;

  • Não resolver suas questões;

  • Não tomar partido,

  • Deixar que o grupo reaja diante dele;

  • Nas correções, salientar pontos positivos trabalhando a auto confiança do aluno;

SUBMISSO

  • Dependente do Professor;

  • Convencional, altamente concentrado para as tarefas;

  • Concorda sempre com o professor;

  • Não demonstra independência ou criatividade

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

TRATAMENTO

DEPENDENTESANSIOSOS

  • Excessiva preocupação com as notas;

  • Querem aprender o que o professor quer que eles saibam;

  • Medo de perder alguma coisa e de armadilhas;

  • Confiam nos professores;

  • Combinam alta ambição, ansiedade e suspeita;

  • Imagem negativa de sua capacidade, não confia no seu potencial;

  • Evitar respostas que demonstrem irritação;

  • Não rejeitar ou recusar suas perguntas e preocupações;

  • Ampliar o leque de opções do aluno, lhe dará mais segurança e conseqüen- temente diminuirá sua ansiedade.


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

COMPORTAMENTO

TRATAMENTO

PERSONALIDADE

FRANCOATIRADOR

  • Controlar a raiva contra eles;

  • Ignorar comentários hostis;

  • Enfatizar o que é positivo;

  • Elogiar comentários positivos fazendo observações longas em seus exames e Trabalhos;

  • Aproveitar momentos para conversas

  • pessoais curtas(aproximação);

  • Normalmente hostil;

  • Difícil de ser abordado;

  • Momentos de cinismo;

  • Imagem positiva de si mesmo;

  • Pouca esperança que será valorizado;

  • Rebeldes costumeiros, pessimistas;

  • Sempre distantes do professor;

  • Desconforto com figuras de autoridade;

TRATAMENTO

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

O BRIGUENTO

  • Muita calma nesta hora;

  • Montar estratégias para que o grupo isole a sua agressividade;

  • Impedir que monopolize as atenções;

  • Dizer-lhe que seu problema será tratado

  • individualmente;

  • Sempre agressivo;

  • Tem legítimas razões para se aborrecer;

  • É o típico pessimista, nada está bom;

  • Vê tudo de maneira negativa;


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

TRATAMENTO

TRABALHADORES DESENCORAJADOS

  • Passam atitudes depressivas e fatalistas

  • em relação a si mesmos;

  • Acreditam ter pouco controle sobre seu

  • aprendizado;

  • Longo tempo fora da escola ;

  • Aprendizagem sem alegria às vezes,

  • dolorosa;

  • Exige esforço especial do professor;

  • Elogiar pontos de seus trabalhos;

  • Envolvê-los em pequenas conversas;

  • Reconhecer abertamente que os entende

  • e que deseja compreendê-los melhor.

TRATAMENTO

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

  • Reconhecer a independência e encorajá-los a usá-los para avançar além daquilo que é esperado;

  • Saber discernir independência aparente

  • com rebeldia. O melhor teste é observar o desempenho em tarefas estruturadas;

INDEPENDENTES

  • Perseguem suas próprias metas;

  • Altamente participativos, se identificam com os professores;

  • Raramente apresentam problemas;


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

TRATAMENTO

HERÓIS

  • Se identificam com o professor;

  • Preferência pelo trabalho independente e

  • ou criativo;

  • Não possuem o isolamento dos indepen-

  • dentes;

  • Ansiosos em se fazer notar pelo profes-

  • sor;

  • Otimistas, pouco esforçados, grandes

  • proietos e pouca execução;

  • Prometem muito, cumprem pouco.

  • Encorajar esses alunos a canalizar sua energia para atingir as exigências mais estruturadas do curso;

  • Reforçar a auto opinião. Mostrar que eles não estão livres dos limites impostos aos outros, isso os fará deixar de tentar mais que são capazes de realizar;

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

TRATAMENTO

BUSCAMATENÇÃO

  • Dar ampla atenção no começo;

  • Reduzir o nível de atenção, mantendo-a no trabalho acadêmico desses alunos;

  • Esta estratégia motiva o estudante para o conteúdo intelectual e mantém seu envolvimento interpessoal;

  • Gostam de vir à aula, discussão, adoram

  • falar;

  • Necessidades sociais predominam sobre

  • as intelectuais;

  • Muitos formam relações com o professor;

  • Gostam de festas-sessões em grupo, ativi

  • dades de socialização.


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

TRATAMENTO

  • Não ignorá-los;

  • Observar os silenciosos e dar-lhes atenção

  • especial;

  • Sorrir para eles, andar em sua direção,

  • olhar para eles durante as preleções;

  • Provocar conversas curtas antes/depois

  • da aula;

  • Esperar que eles se aproximem, se não ocorrer tome a iniciativa;

SILENCIOSOS

  • Fazem pouco ou nenhum comentário;

  • Rigorosamente conscientes ao avaliar o professor;

  • Desejam um relacionamento próximo;

  • Receiam quando o professor não os le-

  • va a sério;

  • Reagem diante do medo com o silêncio e, às vezes, com hostilidade;

PERSONALIDADE

TRATAMENTO

COMPORTAMENTO

MINORIAS

  • Inicialmente, necessitam de estrutura

  • extra e segurança por parte do professor;

  • Tratá-lo com igualdade;

  • Mesmas oportunidades;

  • Currículo apropriado para casos especí-

  • ficos (ex: estudantes que faltam por traba-

  • lho e outros).

  • Inseguros no começo;

  • Apreciam reconhecimento do professor;

  • Grupo que está, sempre, sob alta pressão;

  • Às vezes, enfatiza sua identidade de mino

  • ria, mas desejam ser vistos, também como

  • capazes de contribuir com idéias sobre ou-

  • tros assuntos.

  • Racial,

  • Classe social,

  • Orientação sexual,

  • Idade,

  • Religiosa,

  • Mobilidade ascendente

  • (primeiros da família a

  • freqüentar Faculdade)

  • Trabalhadores (perdas de

  • aula devido ao trabalho) e

  • Estudante que se sustenta

  • financeiramente


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

COMPORTAMENTO

TRATAMENTO

PERSONALIDADE

O DO “CONTRA”

  • Remeter suas perguntas ao grupo;

  • Não resolver suas questões;

  • Não tomar partido;

  • Deixar que o grupo reaja diante dele.

  • Está sempre em oposição às idéias lança

  • das;

  • Faz tudo para se apoiar em seus pontos de vista;

  • Tenta reforçar suas posições;

  • Normalmente, liderança negativa.

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

TRATAMENTO

  • Gosta sempre de corrigir os outros para se colocar em evidência;

  • Às vezes é bem informado ou então

  • simplesmente tagarela;

  • Tenta impor sua opinião aos outros, e quando não consegue tenta ironizar.

O “SABE TUDO”

  • Reforçar a confiança do grupo em si

  • mesmo para não se deixar levar por este tipo de participante;

  • Levantar com a turma:

  • Eis um ponto de vista interessante. O que o grupo pensa disso?


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

COMPORTAMENTO

TRATAMENTO

PERSONALIDADE

  • Interrompê-lo com tato: -”Não estamos

  • um pouco fora do assunto?”

  • Limitar o tempo que ele tem para falar;

  • Evitar suas incursões fora de hora e de

  • propósito.

TAGARELA

  • Fala tudo, exceto do assunto em questão;

  • Interfere fora da hora;

  • Não se preocupa com o tempo.

COMPORTAMENTO

TRATAMENTO

PERSONALIDADE

  • É distraído;

  • Interrompe a propósito e fora de propósito;

  • O importante é fazer-se “ouvir”;

  • Fala do assunto ou de qualquer outra

  • coisa.

O HOMEM “ DOS APARTES”

  • Fazer-lhe perguntas diretas;

  • Retomar a última idéia expressa pelo

  • grupo e solicitar sua atenção para a mesma.


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

COMPORTAMENTO

TRATAMENTO

PERSONALIDADE

  • Não ferir a sua superioridade de frente.

  • Não criticá-lo diretamente;

  • Se ele se engana ou evidencia vantagens de sua atuação, utilizar a técnica da dúvida: “Sim, mas...”

  • Não se integra ao grupo, de modo natu

  • ral;

  • Trata o grupo de uma maneira superior;

  • Atribui a si o sucesso das idéias e das

  • boas ações.

O “ INACESSÍVEL”

TRATAMENTO

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

  • Aproveitar as idéias boas que possa

  • apresentar.

  • Reconduzí-lo com freqüência ao assun-

  • to em pauta;

  • Tentar compreendê-lo;

  • Tratá-lo com carinho.

  • Inseguro. Sem criatividade.

  • É teimoso. Divaga com muita freqüên

  • cia;

  • Fala sempre, as mesmas coisas;

  • É muito vulnerável.

O DE “ IDÉIAS FIXAS”


Dependente do professor convencional altamente concentrado para as tarefas

COMPORTAMENTO

PERSONALIDADE

TRATAMENTO

  • Tem sempre um “senão” às colocações

  • feitas;.

  • Gosta de questionar, por prazer;

  • Quase sempre, em suas questões é mais

  • voltado para preocupações pessoais;

  • Pode ser um dom natural.

  • Tentar aproveitar o que há de bom em

  • suas intervenções;

  • Chamar a atenção da oposição do grupo

  • para suas colocações;

  • Utilizar suas questões quando forem com-

  • venientes ao assunto tratado;

  • Falar-lhe em particular.

O “QUESTIONADOR”

COMPORTAMENTO

TRATAMENTO

PERSONALIDADE

  • Ignora sistematicamente o ponto de vista

  • dos outros;

  • Não quer aprender nada dos outros;

  • É susceptível .

  • Unir o grupo contra sua obstinação;

  • de forma sutil

  • Pedir-lhe que aceite, por um instante,

  • o ponto de vista do grupo para refletir;

  • Dizer-lhe que terá prazer em ouví-lo à

  • parte;

  • Aproveitar as idéias interessantes que

  • possa apresentar(se não tiver, crie uma).

O “OBSTINADO”


  • Login