Teontologia
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 19

TEONTOLOGIA PowerPoint PPT Presentation


  • 479 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

TEONTOLOGIA. 1ª AULA 03 DE FEVEREIRO DE 2012. TEOLOGIA SISTEMÁTICA. " O que é a Teologia Sistemática?" Resposta :  A palavra “ TEOLOGIA ” vem de duas palavras gregas ( Theos ) que significa “ Deus ” e (Logos) “ palavra ”.

Download Presentation

TEONTOLOGIA

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Teontologia

TEONTOLOGIA

1ª AULA

03 DE FEVEREIRO DE 2012


Teologia sistem tica

TEOLOGIA SISTEMÁTICA

"O que é a Teologia Sistemática?"Resposta: A palavra “TEOLOGIA” vem de duas palavras gregas (Theos) que significa “Deus” e (Logos) “palavra”.

Combinadas, temos a palavra “teologia”, que significa “estudo de Deus”.

A palavra “sistemática” se refere a algo que colocamos em um sistema.

Teologia sistemática é, então, a divisão da Teologia em sistemas que explicam suas várias áreas.


Considera es

CONSIDERAÇÕES

  • O termo TEOLOGIA tal qual conhecemos na língua portuguesa não se encontra nas Escrituras.

  • Apesar de não encontrarmos o vocábulo nas Escrituras, não deixa, contudo, de ser correlativo a elas.


O que

O QUE É!

TEOLOGIA –

É o estudo e ciência que trata das relações de Deus com Suas criaturas e com o Universo por Ele criado.


Conceitos

CONCEITOS

  • A Teologia deve ser aceita pela Igreja por se tratar da explanação da Palavra de Deus.

  • Que TEÓLOGO não é um indivíduo que se tranca em seu gabinete e “inventa” conceitos abstratos inacessíveis aos “Pobres Mortais”.

  • Ao contrário, é um profeta que entra na presença de Deus.

  • Que ouviu Sua voz e a transmite aos homens tal como recebeu d’Ele.

  • Ele está com o rebanho e não distante dele.


Analogia

ANALOGIA

A Teologia pode ser comparada a um edifício de cinco andares.

Cada andar possui suas respectivas salas e funções e depende um do outro numa correspondência recíproca, formando todos o mesmo edifício.

Assim, também a Teologia está classificada e agrupada em cinco disciplinas que fazem interação umas com as outras.


Exeg tica

EXEGÉTICA

  • É a ciência bíblica que aplica métodos e técnicas que auxiliam na compreensão do texto.

  • A exegese consiste em extrair significado literal de um texto qualquer.

  • Suas matérias são estudos das línguas originais da Bíblia:

  • Hebraico;

  • Aramaico

  • Grego.


Hist rica

HISTÓRICA

  • Trata do desenvolvimento histórico da doutrina.

  • Contém duas partes principais, a saber:

  • O Estudo E Desenvolvimento Progressivo Das Doutrinas Da Bíblia;

  • E o Exame Do Desenvolvimento Histórico Da Doutrina Da Igreja a partir da era apostólica.

  • Suas matérias são:

  • História da Igreja;

  • História de Missões;

  • História das Doutrinas.


B blica

BÍBLICA

  • Seu propósito é traçar o progresso da verdade nos diversos livros da Bíblia e descrever a forma de cada escritor apresentar as doutrinas fundamentais.

  • A Teologia Bíblica preocupa-se com a doutrina em um livro, quer seja do Velho ou Novo Testamento.

  • As duas principais divisões da Teologia Bíblica são:

  • Teologia do Antigo Testamento ;

  • Teologia do Novo Testamento.


Sistem tica

SISTEMÁTICA

  • Encarrega-se do material das teologias anteriores, com o fim de arranjá-las de forma lógica e metódica.

  • Facilitando a compreensão e promove a aplicação prática da mesma. Suas matérias são:

  • Bibliologia; estudo da Bíblia em si.

  • Teontologia; doutrina de Deus.

  • Angelologia; doutrina dos anjos

  • Satanologia; doutrina dos anjos caídos (satanás)

  • Demonologia; doutrina de demônios. doutrina dos anjos caídos

  • Antropologia Teológica; doutrina do Homem

  • Harmatiologia; doutrina do Pecado

  • Cristologia; Doutrina de Jesus Cristo – Homem e Deus

  • Soteriologia; Doutrina da Salvação

  • Pneumagiologia; Doutrina do Espírito Santo

  • Eclesiologia; doutrina da Igreja

  • Escatologia. Doutrina das últimas coisas.


Pr tica

PRÁTICA

  • Está relacionada com a aplicação prática dos resultados da investigação teológica, particularmente no que concerne à obra do Ministério Cristão.

  • Procurando aplicar à vida prática tudo aquilo que outros departamentos da Teologia contribuíram.

  • As matérias da Teologia Prática são:

  • Homilética;

  • Liturgia, educação Cristã.


Teologia dogm tica

TEOLOGIA DOGMÁTICA

  • Estuda os ensinos contidos nos credos e confissões expressos na Igreja.

  • É a sistematização e defesa das doutrinas como nos apresentam as confissões eclesiásticas.


Teologia apolog tica

TEOLOGIA APOLOGÉTICA

  • Como subdivisão da Teologia Sistemática, a Apologética é um discurso sistemático e argumentativo na defesa da origem e da autoridade da fé cristã.


Import ncia da teologia

IMPORTÂNCIA DA TEOLOGIA

  • Fala de Deus e dos fatos a Ele relacionado.

  • Esclarece como o homem pode estreitar seu relacionamento com Deus.

  • Instrui, de maneira sistemática, como agradar a Deus e fazer Sua vontade.


Necessidade da teologia

NECESSIDADE DA TEOLOGIA

  • É um instrumento apologético – I Pe 3.15

  • Desenvolve um caráter cristão e prepara o obreiro para o santo ofício da Palavra – II Tm 2.15

  • Porque esse conhecimento é uma parte necessária do equipamento de quem ensina a Palavra de Deus

  • Como ciência é baseada em fatos comprovados que satisfazem:

  • A necessidade da alma – que necessita conhecer a Deus

  • A Razão – por não ter um tratado de hipótese como a é a teoria da evolução (Evolucionismo)


Dogma

DOGMA

  • Dogma é uma crença estabelecida ou doutrina de uma religião, ideologia ou qualquer tipo de organização, considerado um ponto fundamental e indiscutível de uma crença.

  • O termo deriva do grego(δόγμα), que significa "o que parece uma opinião ou crença” ou senão da palavra (δοκέω) (dokeo) que significa "a pensar, supor, imaginar".[


Teontologia

  • Dogmas são encontrados em muitas religiões como o cristianismo, islamismo e o judaísmo, onde são considerados princípios fundamentais que devem ser respeitados por todos os seguidores dessa religião.

  • Como um elemento fundamental da religião, o termo "dogma" é atribuído a princípios teológicos que são considerados básicos, de modo que sua disputa ou proposta de revisão por uma pessoa não é aceita nessa religião.

  • Dogma se distingue da opinião teológica pessoal.

  • Dogmas podem ser clarificados e elaborados, desde que não contradigam outros dogmas (por exemplo, Gálatas 1:8-9).

  • A rejeição do dogma é considerado heresia ou blasfêmia em determinadas religiões, e pode levar à expulsão do grupo religioso.


Teontologia

  • Para a maioria do cristianismo oriental, os dogmas estão contidos no Credo Niceno-Constantinopolitano e nos cânones dos dois, três ou sete primeiros concílios ecumênicos (dependendo se o grupo seria nestorianos, não-calcedonianos ou ortodoxos).

  • Estes princípios são resumidos por São João de Damasco em sua Exposição Exata da Fé Ortodoxa, que é o terceiro livro de sua obra principal, intitulada A fonte do Conhecimento.

  • Neste livro, ele assume uma dupla abordagem para explicar cada artigo da fé ortodoxa para os cristãos, onde ele utiliza citações da Bíblia e, ocasionalmente, de obras de outros Padres da Igreja, e outro, dirigido a não-cristãos (mas que, no entanto, tem algum tipo de crença religiosa) e, ateus, para quem emprega a lógica aristotélica e a dialética, ad absurdum especialmente o reductio.


Teontologia

  • Os católicos também têm como dogma as decisões dos vinte e um concílios ecumênicos e dois decretos promulgados por papas que exerçam a infalibilidade papal (a Imaculada Conceição e a Assunção de Maria).

  • Protestantes afirmam em graus diferentes partes destes dogmas, e muitas vezes dependem de uma confissão de fé para resumir os seus dogmas.

  • No Islã, os princípios dogmáticos estão contidos no Aqidah. Dentro de muitas denominações cristãs, o dogma é referido como simplesmente "doutrina".


  • Login