ENCONTRO ESTADUAL DO ENSINO
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 14

Formação de Professores: Disciplinas ou Áreas de Conhecimento Francisco Aparecido Cordão PowerPoint PPT Presentation


  • 39 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

ENCONTRO ESTADUAL DO ENSINO MÉDIO “ Juventude, Educação e Trabalho: desafios contemporâneos do Ensino Médio”. Formação de Professores: Disciplinas ou Áreas de Conhecimento Francisco Aparecido Cordão Conselheiro da CEB/CNE. Estrutura da Educação Nacional. Educação a Distância.

Download Presentation

Formação de Professores: Disciplinas ou Áreas de Conhecimento Francisco Aparecido Cordão

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Forma o de professores disciplinas ou reas de conhecimento francisco aparecido cord o

ENCONTRO ESTADUAL DO ENSINO MÉDIO“Juventude, Educação e Trabalho: desafios contemporâneos do Ensino Médio”

Formação de Professores:

Disciplinas ou Áreas de Conhecimento

Francisco Aparecido Cordão

Conselheiro da CEB/CNE


Forma o de professores disciplinas ou reas de conhecimento francisco aparecido cord o

Estrutura da Educação Nacional

Educação a Distância

Observações:

* Vide Emenda Constitucional nº. 59/2009 (Educação obrigatória dos 04 aos 17 anos)

* Vide Lei nº. 11.741/2008, que altera dispositivos da LDB sobre Educação Profissional e Tecnológica, em especial a Educação Profissional Técnica de Nível Médio.


Compet ncias essenciais a serem garantidas como desafios aos professores

Competências essenciais a serem garantidas como desafios aos Professores

  • Organizar e dirigir situações de desenvolvimento da aprendizagem.

  • Administrar a progressão contínua da aprendizagem dos estudantes.

  • Administrar a heterogeneidade e a diversidade dos alunos.

  • Ampliar os espaços educativos para além da sala de aula.

  • Motivar e envolver os estudantes em suas aprendizagens.

  • Trabalhar em equipe:

    • propósito didático

    • propósito social

  • Participar da Administração da Escola (Conselhos da Escola)

  • Participar da concepção, elaboração, execução e avaliação do Projeto Político Pedagógico da Escola e elaborar seu Plano de Trabalho.

  • Informar e envolver os pais e responsáveis no processo.

  • Utilizar novas tecnologias instrucionais e de comunicação.

  • Enfrentar os deveres e dilemas éticos da profissão de ensinar.

  • Administrar a própria formação e o seu desenvolvimento pessoal e profissional, para garantir a Aprendizagem Permanente própria e dos seus educandos.


Desafios atuais da a o docente

Desafios atuais da ação Docente

  • Orientar e mediar o ensino para a aprendizagem dos educandos;

  • Comprometer-se com o sucesso da aprendizagem dos estudantes;

  • Assumir e saber lidar com a diversidade existente entre os alunos;

  • Incentivar atividades de enriquecimento curricular e cultural;

  • Desenvolver práticas investigativas – laboratório de aprendizagem;

  • Utilizar a pesquisa como principio pedagógico essencial à aprendizagem;

  • Elaborar e executar projetos de ensino para desenvolver a aprendizagem;

  • Utilizar inovadoras metodologias, estratégias e materiais de apoio;

  • Desenvolver hábitos de colaboração e de trabalho em equipe;

  • Contribuir para o desenvolvimento pessoal e social dos estudantes;

  • Ajudar a compreender e dominar o fenômeno da globalização;

  • Favorecer a coesão social entre os educandos e a comunidade;

  • Ação intencional dos docentes para:

    - Despertar a curiosidade dos alunos;

    - Desenvolver a autonomia pessoal;

    - Valorizar o compromisso com o rigor intelectual;

    - Beneficiar-se dos avanços das ciências e das Tecnologias.


Forma o de professores disciplinas ou reas de conhecimento francisco aparecido cord o

Egressos preparados para se tornar um cidadão trabalhador competente, capaz de ver e atuar no mundo com perspicácia


Forma o de professores disciplinas ou reas de conhecimento francisco aparecido cord o

FOCO NA APRENDIZAGEM.

PROFESSOR FACILITADOR

DA APRENDIZAGEM. ALUNO CONSTROI CONHECIMENTOS E RESOLVE PROBLEMAS.

FOCO NO ENSINO.

PROFESSOR DIVULGADOR

DE INFORMAÇÕES.

ALUNO OUVINTE E REPETIDOR

1 2 3 4 5

1 2 3 4 5

1 2 3 4 5

1 2 3 4 5

FORMAÇÃO DO SER HUMANO COMPLETO, CORPO, MENTE, CORAÇÃO, CÉREBRO E INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS.

FOCO NO DESENVOLVIMENTO RACIONAL E DA MEMÓRIA

CURRÍCULO FUNDAMENTADO EM

DISCIPLINAS, DEFININDO

CONTEÚDOS QUE O DOCENTE

VAI ENSINAR E COBRAR

CURRICULO FUNDAMENTADO EM ÁREAS DO CONHECIMENTO E EM COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER. PROPÕE TEMÁTICAS GLOBAIS MULTIDISCIPLINARES E CONTEXTUALIZADAS.

ENSINO DEVERSIFICADO. APRENDIZAGEM COOPERATIVA. ALUNOS ATIVOS, EM GRUPOS, CRIAM E ESTUDAM JUNTOS, APRENDENDO A APRENDER.

MÉTODO ÚNICO.

AULA EXPOSITIVA.

PROFESSOR ATIVO E FALANTE.

ALUNO PASSIVO E OUVINTE.

TENDÊNCIAS NA EDUCAÇÃO

PARA

DE


Forma o de professores disciplinas ou reas de conhecimento francisco aparecido cord o

SALA FECHADA EM 04 PAREDES.

LAYOUT PADRONIZADO.

PROFESSOR NA FRENTE, ALUNOS EM CARTEIRAS, UNS ATRÁS DOS OUTROS. GIZ, CADERNO, LÁPIS, QUADRO

E LIVROS DIDÁTICOS.

AMBIENTES DE APRENDIZAGEM VARIADOS. VÁRIOS LAYOUTS. PROFESSORES ATUAM EM DIVERSOS LOCAIS. CIRCULARIDADE NA DISPOSIÇÃO DOS ALUNOS. RECURSOS TECNOLÓGICOS DIVERSIFICADOS.

1 2 3 4 5

1 2 3 4 5

1 2 3 4 5

AVALIAÇÃO QUALITATIVA. APRESENTAÇÕES ESCRITAS, ORAIS E GRÁFICAS. APRENDIZADO DE TODOS, CRESCIMENTO COLETIVO. PROGRESSÃO CONTÍNUA NA APRENDIZAGEM.

TESTAGEM QUANTITATIVA.

PROVAS, NOTAS E REPROVAÇÃO.

ERRO / CULPA DO ALUNO.

CLASSIFICA OS ALUNOS.

GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA. PROFESSOR GERENCIA AS ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM. ALUNO CO-RESPONSÁVEL POR SUA APRENDIZAGEM. PARCERIA. ALEGRIA NO APRENDER E ENSINAR.

GESTÃO AUTORITÁRIA E CENTRALIZADA. PROFESSOR MANDA - ALUNO OBEDECE. POUCA ALEGRIA E

MUITO TÉDIO. EDUCAÇÃO BANCÁRIA NOS ATOS DE ENSINAR E AVALIAR A APRENDIZAGEM DOS EDUCANDOS.

TENDÊNCIAS

DE

PARA

( Daniel S. Silva – SEDUC/ RS - 2006)


Compet ncias a serem desenvolvidas na forma o de docentes para a educa o b sica

Competências a serem desenvolvidas na formação de docentes para a Educação Básica

  • Comprometimento com os valores da sociedade democrática.

  • Compreensão do papel social da Escola na formação do cidadão.

  • Domínio dos conteúdos a serem socializados, dos seus significados em diferentes contextos e de sua articulação interdisciplinar (diálogo entre as especialidades).

  • Domínio dos conhecimentos pedagógicos para ensinar e orientar os estudantes em seu caminhar nas trilhas da aprendizagem.

  • Conhecimento dos processos de investigação, que possibilitem o aperfeiçoamento contínuo da prática pedagógica.

  • Gerenciamento do próprio desenvolvimento profissional e pessoal.

  • Cultura geral e profissional atualizada, criativa e contextualizada.

  • Conhecimento sobre a aprendizagem de crianças, jovens e adultos .

  • Conhecimento sobre a dimensão cultural, social, política e econômica da educação do cidadão trabalhador em um mundo globalizado e competitivo.

  • Domínio dos conteúdos das áreas de conhecimento que são objeto de ensino.

  • Valorização do conhecimento advindo da experiência pessoal e de ensino para a promoção da aprendizagem permanente, para poder continuar aprendendo.


Forma o de professores disciplinas ou reas de conhecimento francisco aparecido cord o

Novo paradigma curricular comprometido com o desenvolvimento de competências

  • Paradigma Antigo: Matérias definidas como mínimos curriculares a serem ensinados e cobrados dos alunos (perspectiva da educação bancária).

  • Paradigma Novo: O currículo é meio para desenvolver competências cognitivas, profissionais, civis e socioemocionais.

  • Compromisso da Escola e de sua organização curricular com os resultados de aprendizagem e desenvolvimento de competências para a cidadania e para o trabalho, assumidos como princípios educativos essenciais.

  • O negócio do Professor não é dar aulas, mas é orientar os seus alunos na trilhas da aprendizagem, com eficiência (processos) e eficácia (resultados).

  • O Projeto Pedagógico é a expressão de autonomia da Escola e dos seus professores no zelo pelaaprendizagem permanente dos estudantes.

  • Avaliação de ensino pelos resultados de aprendizagem e aplicação.

  • Avaliação progressiva exige avaliação contínua dos conhecimentos aprendidos, para utilizá-los como alavanca para novas aprendizagens.

  • Necessidade de migrar da situação de escola auditório da informação e da avaliação pela repetência para a situação de escola laboratório da aprendizagem, com avaliação e progressão contínua.


Unesco e oit os pilares da educa o na sociedade do conhecimento

UNESCO e OIT: Os pilares da educação na sociedade do conhecimento

  • UNESCO:Relatório Jaques Delors

    • Aprender a conhecer

    • Aprender a fazer

    • Aprender a conviver

    • Aprender a ser

  • OIT: Resolução nº 195/2004 (compromissos a serem assumidos por governos, empresários e trabalhadores para desenvolvimento de RH)

    • Capacidade de aprendizagem permanente

    • Compromissos com a qualificação para o trabalho e o desenvolvimento da competência profissional;

    • Educação Básica de qualidade, formação profissional inicial adequada e aprendizagem permanente.


O projeto pedag gico a maior express o de autonomia da escola

O Projeto Pedagógico é a maior expressão de autonomia da Escola

  • Projeto Pedagógico como expressão da autonomia da escola deve contar com a efetiva participação dos docentes (Artigos 12 e 13 da LDB).

  • Direito e dever do docente em relação ao Projeto Pedagógico.

  • O currículo é meio básico para o desenvolvimento da capacidade de aprender e para a constituição de competências pelos estudantes.

  • Alterar a referência curricular: das disciplinas estanques para as áreas de conhecimento e para o desenvolvimento integrado dos saberes interdisciplinares e contextualizados: conhecer, fazer, conviver e ser.

  • Ao aprender, autonomia intelectual para aprender a aprender.

  • A Escola deve migrar da tradicional posição de auditório da informação para a nova posição de laboratório da aprendizagem e constituição de competências cognitivas, profissionais e socioemocionais.

  • Atividades de ensino avaliadas pelos resultados de aprendizagem e pela constituição de competências cognitivas, profissionais e socioemocionais.


Incumb ncias das escolas

Incumbências das Escolas

  • Elaborar e executar sua proposta pedagógica;

  • Administrar seu pessoal e seus recursos materiais e financeiros;

  • Assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas-aula estabelecidas;

  • Zelar pelo cumprimento do plano de trabalho de cada docente;

  • Prover meios para a recuperação dos alunos de menor rendimento;

  • Articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola;

  • Informar pai e mãe, conviventes ou não com seus filhos, e, se for o caso, os responsáveis legais, sobre a frequência e rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica da escola;

  • Notificar ao Conselho Tutelar do Município, ao juiz competente da Comarca e ao respectivo representante do Ministério Público a relação dos alunos que apresentem quantidade de faltas acima de cinquenta por cento do percentual permitido em lei.


Incumb ncias dos docentes

Incumbências dos Docentes

  • Participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

  • Elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

  • Zelar pela aprendizagem dos alunos;

  • Estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

  • Ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional;

  • Colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.


Forma o de professores disciplinas ou reas de conhecimento francisco aparecido cord o

O êxito nas pistas aqui apresentadas exige muito e complexo trabalho, mas ...

“ o único lugar onde sucesso vem antes de trabalho é no dicionário”.

(Einstein)


  • Login