Miss o da institui o
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 16

Missão da Instituição PowerPoint PPT Presentation


  • 46 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Missão da Instituição. Promover educação superior de qualidade (para / tendo em vista) a região em que está inserida. PPP Projeto Político Pedagógico do Curso de Química. Projeto diz respeito a olhar para frente

Download Presentation

Missão da Instituição

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Miss o da institui o

Misso da Instituio

Promover educao superior de qualidade

(para / tendo em vista) a regio em que est inserida.


Ppp projeto pol tico pedag gico do curso de qu mica

PPP Projeto Poltico Pedaggicodo Curso de Qumica

  • Projeto diz respeito a olhar para frente

  • Poltico intencionalidade, explicita o que acreditamos ser melhor

  • Pedaggico inclui os 4 pilares da Educao

  • O aprender a conhecer consistiu na relao do aluno com os conhecimentos qumicos.

  • O aprender a viver juntos contempla a diversidade de opinies, a vivncia dos alunos, os valores de cada um bem como seus saberes pessoais.

  • O aprender a ser relaciona-se com as atitudes dos alunos, com o desenvolvimento de um olhar crtico perceptivo.

  • O aprender a fazer corresponde a construo de um objeto de saber.


Quem somos n s

Quem somos ns?

  • O Curso de Qumica da FACCAMP entende a aprendizagem como uma construo constante, que se d a partir de interaes que os sujeitos estabelecem entre si, com o espao acadmico e com o meio em que vivem.


Miss o da institui o

  • O conhecimento que se constri a partir das relaes

    sujeito/sujeito, sujeito/espao acadmico e sujeito/meio,

    mobiliza no indivduo, a criao, a significao e a ressignificao de conceitos cientficos anteriormente construdos, levando-o a novas investigaes.


Miss o da institui o

  • Os estudantes do curso de Qumica so protagonistas dessa aprendizagem, sujeitos histricos e sociais que exercem papel ativo, com caractersticas prprias de suas vivncias, portanto pessoas singulares, agentes e produtores da vida social.


Concep o do curso

Concepo do Curso

  • Alicerados em uma concepo cientfico-educativa dinmica, em que o aluno, protagonista e construtor de saberes, portador de direitos, necessidades e deveres, motivado a participar, ativamente de seu processo de aprendizagem e a interagir, de forma responsvel, assim sendo estamos atendendo aos princpios filosficos e terico-metodolgicos gerais que norteiam as prticas acadmicas da Instituio (PDI-Projeto de Desenvolvimento Institucional)


Miss o da institui o

  • A proposta pedaggica privilegia o agrupamento de alunos por mdulos semestrais, com a preocupao de respeitar as caractersticas individuais, de modo que possam ser acolhidos emocionalmente e intelectualmente.


Perfil do curso

Perfil do Curso

  • O estudante do mdulo I e II, por meio de situaes significativas de aprendizagem capaz de apropriar-se de rotinas que possibilitam o desenvolvimento de competncias e da aprendizagem de contedos tericos e prticos em Fsica, Matemtica e Qumica. A comunicao e os procedimentos acadmicos passam a ser investigados, o que contribui para que inicie a construo do seu papel de estudante de nvel superior.


Perfil do curso1

Perfil do Curso

  • No mdulo III e IV, o aluno passa a elaborar conceitos que envolvem nveis crescentes de abstrao e complexidade e a exercer o seu papel de forma mais autnoma. A mudana qualitativa que ocorre no pensamento do estudante amplia suas possibilidades de anlise e reflexo, o que lhe permite ampliar a compreenso dos contedos que lhe so apresentados por meio do estabelecimento de variado nmero de relaes. A postura de estudante de nvel superior passa a ser administrada com maior desenvoltura e organizao em relao a determinados procedimentos, como valorizar e cumprir cronogramas, formar grupos de estudo e, tambm, em relao a atitudes frente ao grupo/classe, grupo/docentes e coordenao.


Perfil do curso2

Perfil do Curso

  • Nos mdulos seguintes, V , VI , VII e VIII, o aluno torna-se mais questionador e crtico, estabelece as mais variadas relaes avaliando e reavaliando seja individualmente ou em grupo, sua aes e saberes. Amplia-se sua compreenso da realidade, o que lhe permite atuar em contextos novos e redimensionar suas referncias sociais. Percebe que necessrio despender tempo e esforo cognitivo para realizar determinadas tarefas e alcanar as metas traadas, estabelecendo um plano de trabalho. A discusso dos acontecimentos culturais, polticos, econmicos, tecnolgicos e ambientalistas, referentes tanto a contextos prprios como a distantes, transita pelos aspectos terico e prticos, com olhar para a atuao profissional e social.


Miss o da institui o

Proposta metodolgica pressupe a formao do aluno como pesquisador permanente, capaz de construir seu repertrio de saberes e de gerenciar sua aprendizagem continuada. Essa proposta objetiva a aprendizagem significativa do aluno e est ancorada nas seguintes premissas:

  • Problematizao, investigao, pesquisa, experimentao e dilogo reflexivo: base para a construo do conhecimento e desenvolvimento da atitude cientfica.

  • Ambientes flexveis de aprendizagem: espaos que respeitem diferentes ritmos e estilos de aprendizagem levando-se em conta o conhecimento prvio do aluno.

  • Aprendizagem colaborativa efetivada por meio do equilbrio entre atividades individual e grupal, presencial e virtual.

  • Metacognio: conscincia, por parte do aluno, de sua forma de aprender, das estratgias e tcnicas que lhe permitem construir significados e avaliar suas aprendizagens.

  • Compromisso docente com a formao integral do aluno. Os educadores atuam a fim de contemplar: objetivos de aprendizagem relativos a cada mdulo; continuidade e coerncia metodolgica; flexibilidade quanto aos diferentes ritmos e estilos de aprendizagem e perodos compatveis com a progresso das aprendizagens, no restritos ao ano letivo (DNP - disciplina no presencial/reprovao por nota, DMO - disciplina ministrada em regime de orientao/reprovao por falta ou adaptaes, ambas tem custo por disciplina ).


Avalia o do processo de ensino e aprendizagem

Avaliao do processo de ensino e aprendizagem

  • A avaliao um processo contnuo, que ocorre nos seguintes momentos, num movimento cclico:

  • a) no incio do processo, para diagnosticar a situao inicial e definir formas de atuao frente aos objetivos (avaliao inicial, diagnstica ou prognstica);

  • b) ao longo do processo, para, numa funo ajustadora, buscar a regulao, a gesto dos erros e a consolidao dos xitos (avaliao formativa);

  • c) ao final do processo, para mensurar os resultados e verificar se eles correspondem s exigncias do sistema (avaliao somativa).


Avalia o do processo de ensino aprendizagem

Avaliao do processo de ensino aprendizagem

  • Para avaliar, conta-se com diferentes instrumentos, escolhidos de acordo com o objetivo. Entre eles, o PAAD, Programa de Atividades e de Avaliao Discente. O PAAD prope a realizao contnua de atividades e avaliaes no decorrer dos tpicos que so tratados pelas disciplinas e envolve:

  • Avaliaes sobre os contedos especficos das disciplinas;

  • Avaliaes envolvendo contedos de formao geral: foco em prticas de letramento envolvendo a scio-diversidade: multiculturalismo e incluso; excluso de minorias; biodiversidade; ecologia; novos mapas scio e geopolticos; globalizao; arte e filosofia; polticas pblicas: educao, habitao, sade e segurana; redes sociais e responsabilidade: setor pblico, privado, terceiro setor; relaes interpessoais, entre outras questes.


Miss o da institui o

TCC

  • O trabalho de concluso de curso (TCC) um dos quesitos da avaliao do processo ensino-aprendizagem.

  • Trata-se de uma monografia, do termo em grego mnos significa um s e graphein, escrever; assim, monografia pressupe a realizao de um trabalho intelectual orientado pelas idias de especificao, recorte da realidade investigada, delimitao, reduo da abordagem a um s tema, a uma s problemtica.

  • E uma apresentao e defesa do trabalho desenvolvido frente a uma banca composta pelo professor orientador e por mais dois professores, designados pelo coordenador, ouvido o orientador.


Est gio

Estgio

  • Dever contemplar as reas que o caracterizam: scio-cultural, especfica do conhecimento e tcnica. Por sua vez cada rea abrange dimenses: cognitiva, metodolgica, tico-profissional e de educao continuada.

  • Durao: 300 horas e efetuado aps a concluso de pelo menos 50% do curso.

  • Antes de iniciar: entregar na secretaria da instituio o termo de responsabilidade e contrato de estgio;

  • Ao concluir: entregar ao coordenador as fichas de acompanhamento de estgio: campo do supervisor da empresa, campo do cronograma das atividades realizadas durante o estgio, campo do resumo e por fim o relatrio de atividade, segundo modelo do curso.

  • Apresentao oral sobre o estgio desenvolvido ( a ser agendado com o professor responsvel pelo estgio/coordenao) e o preenchimento do Questionrio de estgio.


Est gio para quem est empregado na rea qu mica

Estgio para quem est empregado na rea qumica

  • A coordenao e sua equipe entendem que para alunos que j esto empregados e cuja funo desempenhada esteja diretamente relacionada com a rea qumica, o estgio na sua concepo torna-se obsoleto.

  • Logo o aluno dever providenciar junto empresa uma descrio de funo, cpia da carteira de trabalho das pginas da foto, dados pessoais, ltimo registro, autorizao por escrito da empresa para a realizao de relatrio sobre sua prtica.

  • O aluno fica liberado das fichas de acompanhamento

    ( campo do supervisor e campo do cronograma).

  • O resumo e relatrio sero avaliados pelo professor responsvel.

  • Ter apresentao oral e questionrio de estgio.


  • Login