Resposta argumentativa
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 10

RESPOSTA ARGUMENTATIVA PowerPoint PPT Presentation


  • 136 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

RESPOSTA ARGUMENTATIVA. Professora Franciele. Argumentar: ( lat argumentari ) 1 Apresentar argumentos, opinião contra alguém ou alguma coisa . 2 Tirar as consequências de um princípio ou fato. 3 Servir de argumento, prova ou documento: Os fatos argumentam por si mesmos.

Download Presentation

RESPOSTA ARGUMENTATIVA

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Resposta argumentativa

RESPOSTA ARGUMENTATIVA

Professora Franciele


Resposta argumentativa

Argumentar:(latargumentari) 1 Apresentar argumentos, opinião contra alguém ou alguma coisa.2 Tirar as consequências de um princípio ou fato.3 Servir de argumento, prova ou documento: Os fatos argumentam por si mesmos.


Resposta argumentativa

  • Para se elaborar uma boa resposta argumentativa, deve-se:

  • - identificar as informações principais do (s) texto (s);

  • - apresentar a afirmação inicial de sua argumentação (tópico frasal);

  • - retomar a pergunta (temática) e também apresentar o posicionamento crítico que será defendido;

  • - apresentar argumentos que sustentem a afirmação inicial da proposta (justificativa);

  • - usar conectivos explicativos para justificar o argumento: pois, uma vez que, porque, já que, de modo que, visto que...;

  • - utilize até dois argumentos para comprovar a afirmação inicial, dividindo-os em mais de um parágrafo;


Resposta argumentativa

  • - usar linguagem formal;

  • - complemente seus argumentos com informações externas (dados, exemplos), a cópia do texto de apoio é penalizada neste gênero;

  • - responder sempre a partir da coletânea ou do texto disponibilizado;

  • - paragrafação consciente, só com períodos curtos e bem relacionados;

  • - não usar título;

  • - utilizar a 3ª pessoa (exceto se o comando sugerir o uso de 1ª. pessoa claramente).


Resposta argumentativa

  • (UEM – 2009) Redija, em até 15 linhas, uma resposta argumentativa à pergunta “A internet é nociva?”. Sua resposta pode apoiar-se na coletânea de textos, mas não deve apresentar cópias da mesma.

  • (UEM- 2009 – EAD) A partir das informações do texto “A autoridade em crise”, redija uma resposta argumentativa, em até 15 linhas, à pergunta O que é a crise da autoridade parental? Sua resposta não deve apresentar cópias de partes do texto.

  • (UEM- 2011) Como estudante morador(a) de república, redija, em até 15 linhas, uma resposta argumentativa à pergunta: “Morar em república é ou não uma experiência enriquecedora?”. Sua resposta pode apoiar-se nas informações dos textos A e B, mas não deve apresentar cópias deles.


Resposta argumentativa

  • TEXTOS PARA DISCUSSÃO E ANÁLISE DO GÊNERO

    Redija uma resposta argumentativa, em até 15 linhas, que manifeste sua opinião sobre a seguinte afirmação “O bullying afeta negativamente apenas o futuro das vítimas das agressões físicas e psicológicas”. Use 15 linhas.


Resposta argumentativa

1.

O bullying tem principalmente uma forte influência negativa no futuro das vítimas das agressões, mas não só delas, sofrem também os pais dos atingidos e os agressores. Em qualquer situação de bullying nas escolas, os pais dos agredidos são diretamente envolvidos e são afetados negativamente, pois, muitas vezes, não conseguem compreender porque isso ocorre com os filhos e, ainda pior, é comum observar pais que se vingam dos agressores dos filhos e acabam presos, processados e ainda com um sentimento de culpa de não poder proteger o filho em muitas situações.

Além disso, os agressores também não saem ilesos. Mesmo que de forma diferente das vítimas, têm seu futuro prejudicado por, ao longo dos anos, tornarem-se prepotentes do ponto de vista psicológico. A maioria dos agressores tem dificuldades de relacionamento, não aceitam a ideia de submissão, querem sempre estar no poder, na liderança em qualquer contexto. Isso se comprova nas relações empregado – patrão, um agressor empregado terá, na maioria dos casos, problemas para aceitar sua condição de funcionário inferior, que não dita mais as normas, como fazia na escola.


Resposta argumentativa

2.

O bullying afeta só o futuro das vítimas agredidas. Os demais alunos envolvidos são apenas espectadores e nada sofrem. Sobre as vítimas, pontua-se como essas fossem alvos de agressões físicas e verbais, muitas vezes, em seu futuro carregam marcas de ações físicas, inclusive quando batem nelas e também psicológicas, quando desenvolvem doenças como síndrome do pânico.

Também é problema para o futuro das vítimas o fato de elas não voltarem para as escolas, o que as faz, muitas vezes, ficar sem uma formação superior. Por exemplo, há muitos agredidos de bulllying que têm que se tratar de síndrome do pânico e vivem infelizes pelo resto de suas vidas.


Resposta argumentativa

3.

O bullying é a doença do século e surgiu do termo “bully”, que é do inglês intimidar. Principalmente nas escolas, nota-se que ele atinge alunos do sexo masculino e feminino, fazendo cada dia mais vítimas e adeptos. Os males são passageiros e nunca atingem o futuro do aluno. Há sim sofrimento, mas que não ultrapassa a linha temporal da adolescência, por exemplo. Em função disso, não há consequências negativas no futuro por não ser esta situação aplicável à realidade. Se fosse, o mundo todo estaria deprimido e recalcado, por que todos um dia já passaram por isso, ou como vítimas ou como agressores


Resposta argumentativa

4.

O bullying é um dos muitos problemas que existem no âmbito escolar. Hoje, a disciplina na escola é algo improvável de acontecer, isso sim estraga o futuro de milhares de alunos que não conseguem estudar pois seus colegas não sabem se comportar e pior nunca há aula, só broncas. Um exemplo são os alunos com déficit de atenção, que deixam de se concentrar para prestar atenção na bagunça dos outros.

A indisciplina compromete também a vida de professores, que fiquem estressados e acabam descontando em seus alunos, dando broncas e se descontrolando em sala. O futuro deles é tomar medicamentos e muitas vezes desistir da profissão. O governo tem que mudar a realidade das escolas, ou então logo ninguém mais vai estudar.


  • Login