433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 24

433.067 casos acumulados 600.000 pessoas infectadas com HIV = 0,61% da população de 15 a 49 anos PowerPoint PPT Presentation


  • 48 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

HIV/AIDS no Brasil,1980/2006. 433.067 casos acumulados 600.000 pessoas infectadas com HIV = 0,61% da população de 15 a 49 anos 183.074 pessoas morreram de AIDS (1980 a 2005) 33.000 casos novos de aids por ano. 1995-2006. 1988-1994. 1980-1987. Interiorização

Download Presentation

433.067 casos acumulados 600.000 pessoas infectadas com HIV = 0,61% da população de 15 a 49 anos

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

HIV/AIDS no Brasil,1980/2006

  • 433.067casos acumulados

  • 600.000pessoas infectadas comHIV =0,61%dapopulação de 15 a 49 anos

  • 183.074pessoas morreram de AIDS (1980 a 2005)

  • 33.000casos novos de aids por ano


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

1995-2006

1988-1994

1980-1987

Interiorização

Municípios com pelo menos um caso de AIDS:

1980-2006


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Vulnerabilidade da população jovem às DST/HIV – AIDS. Brasil, 1980-2005*

16% dos casos notificados de aids no Brasil – quase 70 mil casos

Crescimento em mulheres na população jovem

13 a 18 anos: 13 meninas para cada 10 meninos infectados

Transmissão do HIV entre 13 e 24 anos - 64% sexual


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Faixa Etária (em anos)

16 – 19

20 – 24

1998

Homens

14,5

16,0

Mulheres

15,2

16,9

2005

Homens

14,7

15,3

Mulheres

15,3

16,5

Idade média da população jovem na Primeira Relação Sexual, por faixa etária e sexo, Brasil, 1998 e 2005

Fonte: Pesquisa sobre Comportamento Sexual e Percepções da População Brasileira sobre HIV/AIDS, 1998 e 2005 – Ministério da Saúde – PNDST/AIDS


Onde o jovem obt m informa es sobre dst aids

Onde o jovem obtém informações sobre DST/Aids?

Pesquisa sobre Comportamento Sexual e Percepções

da População Brasileira sobre HIV/AIDS, 2005. MS

1º - na família (72%)

2º - na escola (50%)

3º - na TV (47%)


Pol ticas p blicas em educa o sexual no brasil

Políticas Públicas em Educação Sexual no Brasil

  • Final anos 80: Comissão Nacional de DST/AIDS - parceiros intersetoriais na formulação da política

  • Desde 1992: parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação

    portarias e projetos conjuntos para a prevenção das DST/aids

  • 2003: lançamento do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE) agrega as diferentes iniciativas regionais + contribui para o fortalecimento da resposta nacional

  • SPE - Ministério da Saúde, Ministério da Educação, UNICEF, UNFPA e UNESCO

  • Articulação entre as 3 esferas de governo (federal, estadual e municipal) e as OSC


Objetivos do sa de e preven o nas escolas

Objetivos do Saúde e Prevenção nas Escolas

  • Contribuir para a prevenção da infecção pelo HIV, outras doenças sexualmente transmissíveis e a gravidez não planejada, entre jovens

  • Desenvolver ações articuladas no âmbito das escolas e das unidades básicas de saúde

  • Envolver toda a comunidade escolar na promoção de ações em saúde sexual e saúde reprodutiva


A es realizadas

AÇÕES REALIZADAS

  • Realização de formação de profissionais de saúde e educação – 600

  • Realização de formação de jovens multiplicadores – 300

  • Formação de profissionais que atuam nos Grupos Gestores das 27 UF

  • Legislação

  • Realização da I e II Mostra do SPE

  • Planejamento da III Mostra do SPE prevista para 26 a 29/6/2008 – Florianópolis/SC


Materiais t cnicos e de suporte

Materiais Técnicos e de suporte

  • Documento de Diretrizes

  • Guias de Formação (profissionais e jovens)

  • Caderno das Coisas Importantes (para ser distribuidos aos jovens do ensino médio, CEFET e EJA)

  • Videos (aninha do beto, pra que time ele joga e informação é a luz)

  • Letícia e Daniel

  • Kit de Mobilização de Jovens do Ensino Médio para a Prevenção do HIV/Aids

  • Parceria com Sistema ONU e com o SESI


Coopera o internacional

Cooperação internacional

  • Projeto Estamos Juntos – cooperação entre Brasil e Moçambique (2006):

    Troca de experiências entre o SPE e Geração BIZ e a formação de professores brasileiros (14 UF) e moçambicanos

  • Cooperação do SPE com o Projeto de Fortalecimento do Sistema Educativo de Angola para combater o HIV (2007):

    Intercâmbio entre professores brasileiros e angolanos para a formação de profissionais em 18 províncias de angola


Coopera o internacional1

Cooperação internacional

  • Harmonização das Políticas de Educação Sexual no âmbito do Mercosul – Cooperação Horizontal (GTZ, ONUSIDA e CICT)

    Duração: 2007-2009

    Participação de 6 países (Argentina, Brasil, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai)


Fluxograma operacional do spe

Fluxograma operacional do SPE

MS e MEC

Grupo Gestor Federal

Parceiros

UNICEF – UNFPA - UNESCO

Estados

Municípios

Saúde e Prevenção nas Escolas

Grupo Gestor Municipal

Grupo Gestor Estadual

Plano de Trabalho


O impacto destas pol ticas censo escolar 2006

O impacto destas políticas Censo Escolar 2006

  • 95% das escolas da educação básica declaram trabalhar com algum tema de saúde

    • 68% das escolas de ensino fundamental e 97% de ensino médio trabalham com DST/Aids

  • 18% das escolas de ensino médio que trabalham algum tema de saúde disponibilizam preservativos(cerca de 10 mil escolas)


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Proporção de escolas da educação básica que trabalham o tema DST/aids segundo o tipo de atividade desenvolvida – 2006.


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Proporção das escolas que trabalham o tema DST/aids segundo o profissional que é responsável pelas atividades – 2006.


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Pesquisa “Saúde e Educação: cenários para a cultura de prevenção nas escolas”


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Proporção de estudantes do ensino fundamental e médio que estudam em escolas participantes do SPE, segundo os principais motivos para o não uso do preservativo - 2005

Fonte: UNESCO, Pesquisa Saúde e Educação: cenários para a cultura de prevenção nas escolas, 2006.


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Proporção de estudantes, professores e pais, segundo opinião sobre a disponibilização de preservativos masculinos aos estudantes, nas escolas – 2005

Fonte: UNESCO, Pesquisa Saúde e Educação: cenários para a cultura de prevenção nas escolas, 2006.


Principais resultados positivos identificados na pesquisa qualitativa 2005

Principais resultados positivos identificados na Pesquisa Qualitativa - 2005

  • O Projeto proporciona maior integração entre saúde e educação;

  • Identificou-se um forte envolvimento dos profissionais da saúde e da educação no projeto;

  • Os estudantes relatam diminuição de preconceitos, tabus e da discriminação em relação aos portadores do vírus HIV e àqueles com diferentes orientações sexuais;

  • Incentivou a busca por mais informações sobre prevenção e cuidados com a saúde, aumentando o grau de conhecimento sobre DST/Aids, gravidez e métodos contraceptivos;


Principais resultados positivos identificados na pesquisa qualitativa 20051

Principais resultados positivos identificados na Pesquisa Qualitativa - 2005

  • Os pais, quando informados sobre os objetivos do SPE e quando passam a conhecer a situação epidemiológica do HIV/Aids, tornam-se mais engajados e aliados do projeto, inclusive demonstrando aceitação em relação à disponibilização do preservativo nas escolas;

  • O diálogo entre pais e filhos e entre professores e estudantes foi intensificado com a implementação do SPE.


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Pesquisa sobre Comportamento Sexual e Percepções da População Brasileira sobre HIV/AIDS, 1998 e 2005


433 067 casos acumulados 600 000 pessoas infectadas com hiv 0 61 da popula o de 15 a 49 anos

Faixa Etária (em anos)

16 – 19

20 – 24

1998

Homens

45,1

44,0

Mulheres

51,0

30,0

Total

47,8

37,7

2005

Homens

68,3

57,5

Mulheres

62,5

52,4

Total

65,8

55,2

Percentagem de jovens que usaram preservativo na Primeira Relação Sexual, por sexo, Brasil, 1998 e 2005

Fonte: Pesquisa sobre Comportamento Sexual e Percepções da População Brasileira sobre HIV/AIDS, 1998 e 2005 – Ministério da Saúde – PNDST/AIDS


  • Login