o que prop e a reforma ortogr fica
Download
Skip this Video
Download Presentation
O que propõe a reforma ortográfica

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 27

O que propõe a reforma ortográfica - PowerPoint PPT Presentation


  • 90 Views
  • Uploaded on

O que propõe a reforma ortográfica. TREMA. Não existe mais o trema em língua portuguesa. Apenas em casos de nomes próprios e seus derivados, por exemplo: Müller, mülleriano. TREMA. Como atual

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' O que propõe a reforma ortográfica' - ely


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
trema
TREMA
  • Não existe mais o trema em língua portuguesa.
  • Apenas em casos de nomes próprios e seus derivados, por exemplo: Müller, mülleriano
trema1
TREMA
  • Como atual

aguentar, consequência, cinquenta, quinquênio, frequência, frequente, eloquência, eloquente, arguição, delinquir, pinguim, tranquilo, linguiça

  • Regra antiga:

agüentar, conseqüência, cinqüenta, qüinqüênio, freqüência, freqüente, eloqüência, eloqüente, argüição, delinqüir, pingüim, tranqüilo, lingüiça

alfabeto
ALFABETO

O alfabeto é agora formado por 26 letras.

alfabeto1
ALFABETO
  • Regra atual

Essas letras serão usadas em siglas, símbolos, nomes próprios, palavras estrangeiras e seus derivados. Exemplos: km, watt, Byron, byroniano

  • Regra antiga:

O "k", "w" e "y" não eram considerados letras do nosso alfabeto.

acento circunflexo
Não se usará mais:

Nas terceiras pessoas do presente do indicativo ou do subjuntivo dos verbos “crer”, “ler”, “ver”, “dar” e seus derivados.

Também deixa de existir em paroxítonas com duplos "o", em formas verbais.

Acento circunflexo
acento circunflexo1
Acento circunflexo

Regra atual:

enjoo, voo, coroo, perdoo, coo, moo, abençoo, povoo

creem, deem, leem, veem, descreem, releem, reveem

  • Regra antiga:

enjôo, vôo, corôo, perdôo, côo, môo, abençôo, povôo

crêem, dêem, lêem, vêem, descrêem, relêem, revêem

acentos diferenciais
ACENTOS DIFERENCIAIS

Não se usará mais para diferenciar:

  • Pára (verbo parar) ≠ para (preposição) - para
  • Péla (verbo pelar) ≠ pela (combinação de per + la) – pela
  • Pêlo (substantivo) ≠ pelo (combinação de per + lo) – pelo
  • Pólo (substantivo) ≠ polo (combinação antiga de por + lo) - polo
  • Obs:o acento diferencial ainda permanece no verbo "poder" (3ª pessoa do Pretérito Perfeito do Indicativo - "pôde") e no verbo "pôr" para diferenciar da preposição "por"
acento agudo
ACENTO AGUDO
  • Ditongos abertos (ei, oi) não são mais acentuados em palavras paroxítonas
acento agudo1
ACENTO AGUDO

Regra antiga:

assembléia, platéia, idéia, colméia, boléia, panacéia, Coréia, hebréia, bóia, paranóia, jibóia, apóio, heróico, paranóico.

Regra atual

assembleia, plateia, ideia, colmeia, boleia, panaceia, Coreia, hebreia, boia, paranoia, jiboia, apoio, heroico, paranoico

acento agudo2
ACENTO AGUDO

Obs: nos ditongos abertos de palavras oxítonas e monossílabas o acento continua:

herói, constrói, dói, anéis, papéis.

Obs2: o acento no ditongo aberto "eu" continua:

chapéu, véu, céu, ilhéu.

acento agudo3
ACENTO AGUDO
  • Não se acentua mais a letra "u" nas formas verbais quando precedido de "g" ou "q" e antes de "e" ou "i" (gue, que, gui, qui)
acento agudo4
ACENTO AGUDO

Regra atual

argui,

apazigue,

averigue,

enxague,

Oblique

Regra antiga:

argúi

apazigúe

averigúe

enxagúe

obliqúe

OBS: ENXÁGUE

acento agudo5
ACENTO AGUDO
  • Não se acentuam mais "i" e "u" tônicos em paroxítonas quando precedidos de ditongo decrescente.
acento agudo6
ACENTO AGUDO

Regra atual

baiuca (bodega, pequeno restaurante barato)

boiuna (cobra grande, sucuri)

feiura (fealdade, coisa feia)

feiume

Cauila (sovina, avarento)

  • Regra antiga:

baiúca

boiúna

feiúra

feiúme

Cauíla

h fen
HÍFEN

 Usa-se diante de palavra iniciada por h.

ante-históricoanti-higiênicoproto-históriasobre-humano

Exceto: subumano

h fen1
HÍFEN

Usa-se sempre hífen com o prefixo vice.

vice-presidentevice-rei

h fen2
HÍFEN
  • O hífen não é mais utilizado em palavras formadas de prefixos terminados em vogal + palavras iniciadas por "r" ou "s", sendo que essas devem ser dobradas
h fen3
HÍFEN

Regra atual

antessala,

autorretrato

antissocial

antirrugas,

arquirromântico

contrarregra

contrarreforma

extrasseco,

ultrassonografia,

semissintético

suprarrenal,

suprassensível

Regra antiga:

ante-sala

auto-retrato

anti-social

anti-rugas

arqui-romântico

contra-senso

contra-regra

contra-reforma

extra-seco

Ultra-sonografia

semi-sintético

supra-renal

supra-sensível

h fen4
HÍFEN
  • Em prefixos terminados por "r", permanece o hífen se a palavra seguinte for iniciada pela mesma letra:

hiper-realista, hiper-requintado, hiper-requisitado, inter-racial, inter-regional, inter-relação, super-racional, super-realista, super-resistente etc.

h fen5
HÍFEN
  • O hífen não é mais utilizado em palavras formadas de prefixos terminados em vogal + palavras iniciadas por outra vogal:
h fen6
HÍFEN

Regra antiga:

autoafirmação

autoajuda,

autoescola,

contraexemplo

contraindicação

contraordem

extraoficial

infraestrutura

intraocular

intrauterino

neoexpressionista,

semiaberto

semiárido

Semiembriagado

Regra antiga:

auto-afirmação

auto-ajuda,

auto-escola,

contra-exemplo

contra-indicação

contra-ordem

extra-oficial

infra-estrutura

intra-ocular

intra-uterino

neo-expressionista,

semi-aberto

semi-árido

Semi-embriagado

slide23

Obs: esta nova regra vai uniformizar algumas exceções já existentes antes: antiaéreo, antiamericano, socioeconômico etc.

h fen7
HÍFEN
  • Agora utiliza-se hífen quando a palavra é formada por um prefixo terminado em vogal + palavra iniciada pela mesma vogal.
h fen8
HÍFEN
  • Regra atual

anti-ibérico

anti-inflamatório

anti-inflacionário

anti-imperialista

arqui-inimigo

arqui-irmandade

micro-ondas

micro-ônibus

micro-orgânico

  • Regra antiga:

antiibérico, antiinflamatório, antiinflacionário, antiimperialista, arquiinimigo, arquiirmandade, microondas, microônibus, microorgânico

slide26

Obs2: uma exceção é o prefixo "co". Mesmo se a outra palavra inicia-se com a vogal "o", NÃO utiliza-se hífen.

  • coobrigação, coocupante, cooperar, cooperação, coordenar…
dupla grafia
Dupla grafia

Para algumas palavras será permitida a dupla grafia.

  • Isso ocorre em algumas palavras proparoxítonas e, predominantemente, em paroxítonas cuja entonação entre brasileiros e portugueses é diferente, com inflexão mais aberta ou fechada.
  • Enquanto no Brasil as palavras são acentuadas com o acento circunflexo, em Portugal utiliza-se o acento agudo. Ambas as grafias serão aceitas, como em "fenômeno" ou "fenómeno", "tênis" e "ténis".
  • A regra valerá ainda para algumas oxítonas. Palavras como "caratê" e "crochê" também poderão ser escritas "caraté" e "croché".
ad