ESTAÇÃO
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 13

N.B.- Os maiores agradecimentos ao Sr. Prof. Dr. Carlos Marques Silva PowerPoint PPT Presentation


  • 59 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

ESTAÇÃO (Praça do Farol – laje com fósseis). ESTAÇÃO (Praça do Farol – laje com fósseis). N.B.- Os maiores agradecimentos ao Sr. Prof. Dr. Carlos Marques Silva e ao Sr. Prof. Dr Mário Cachão que, generosamente, via facebook, fizeram, com

Download Presentation

N.B.- Os maiores agradecimentos ao Sr. Prof. Dr. Carlos Marques Silva

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

ESTAÇÃO

(Praça do Farol – laje com fósseis)

ESTAÇÃO

(Praça do Farol – laje com fósseis)

N.B.- Os maiores agradecimentos ao Sr. Prof. Dr. Carlos Marques Silva

e ao Sr. Prof. Dr Mário Cachão que, generosamente, via facebook, fizeram, com

a maior prontidão, a identificação (quando tal foi possível) dos fósseis presentes

nesta laje


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

MATERIAL E EQUIPAMENTO NECESSÁRIO NESTA ESTAÇÃO:

( )- Tabuleiro

( )- Canetas de cor preta para quadro branco

( )- Esfregão

( )- Pano seco

( )- 1 garrafão de água

( )- Lupas de mão

( )- canetas de acetato; folhas de acetato

( )- plasticina de 3 cores, moldes

( )- MATERIAL INFORMATIVO


Poss veis atividades

Possíveis atividades

  • É RECOMENDÁVEL LAVAREM E DEIXAREM SECAR A LAJE PRA REALIZAR AS ATIVIDADES PROPOSTAS.

  • Incentivarem os alunos a formularem questões sobre a Laje. (Que tipo de material é este? Que “desenhos” são estes que a rocha tem? Que tipo de rocha é? Em que ambiente se terá formado? Que tipo de fósseis são? Que indicações de ambiente e de idade nos dão? Que tipo de informações podemos recolher em termos de ambiente, físico, químico e biológico? ….)

  • Usarem a plasticina e os moldes para fazer moldes internos/ externos e contramoldes usando moldes…

  • Elaborarem questões sobre a estação.


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

2 - bivalve (rudista ?);

3a, b - coral colonial cerióide;

1.-(coral ?)


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

3b – Coral colonial cerióide, bioerosionado. Está perfurado por bivalves. Na perfuração acima do 3b, em forma de gota alongada, até se nota a concha do bivalve (em corte) lá dentro. É a fina linha que forra a perfuração pelo interior. As perfurações correspondem ao icnogénero Gastrochaenolites


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

http://paleoviva.fc.ul.pt/almafossil/Corais/Coral01.htm


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

4.- coral arborescente.

Talvez um estromatoporóide (por parecer algo estratificado), que pode ter superfície irregular, com mamelões, que em corte surgem como elementos isolados (também está bioerosonado por bivalves. )


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

6. - gastrópode - Esta secção é um pouco intrigante (e não é a única que o é...) pois os “círculos” parecem concêntricos e não espiralados. Talvez, de facto, um gastrópode em secção transversal. Se for o caso, então é provável que seja algo tipo Actaeonella, que é um gastrópode com concha convoluta, em que casa volta envolve totalmente as precedentes

5 .- Bivalve costilhado (Neithea ?); ou quem sabe um pequeno coral solitário em corte axial ou ligeiramente oblíquo


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

7. - gastrópode ? ;

8. - gastrópode;


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

9. - gastrópode nerineídeo;

10. - coral solitário ?;


N b os maiores agradecimentos ao sr prof dr carlos marques silva

12 - bivalve (ostreídeo ?);

13 - gastrópode nerineídeo;

14 - gastrópode;

15 - bivalve ostreídeo ?;

16 - coral ? ou estromatoporoide ?;

17 - coral;

18 - coral solitário


Nerinea

Nerinea

  • Género extinto de moluscos gastrópodes marinhos (de búzios). Os gastrópodes deste género surgiram no início doJurássico, há cerca de 200milhões de anos (200 Ma), e extinguiram-se - ou seja, desapareceram da face da Terra - no final do Cretácico, há cerca de 65 Ma, na mesma altura em que desapareceram os dinossáurios.

  • Os gastrópodes do género Nerinea viviam em ambientes marinhos de muito pequena profundidade, de águas quentes e de salinidade marinha normal. Povoavam as lagunas marinhas tropicais, protegidas da influência directa do oceano aberto, que se formavam por trás do srecifes de rudistas.

  • Na altura em que estes gastrópodes viveram na região de Lisboa, e em que os sedimentos que originaram a rocha calcária em que agora encontramos os seus fósseis se depositaram, ainda existiam dinossáurios. As Nerinea viviam em lagunas marinhas de pequena profundidade, por trás dos recifes de rudistas, e os dinossáurios nos ambientes continentais, terrestres.

  • O que significa Nerinea?: O nome deste género - Nerinea - deriva do nome do titã Nereu, pai das Nereidas (Tétis, referida nos Lusíadas, era a mais famosa delas). Nereu era uma divindade marinha damitologia grega - anterior ao olímpico Posídon - que, pensava-se, habitaria no Mar Egeu.


  • Login