Pentateuco
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 141

PENTATEUCO PowerPoint PPT Presentation


  • 63 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

PENTATEUCO. A PALAVRA É COMPOSTA DE DOIS TERMOS GREGOS, “penta” , QUE SIGNIFICA “cinco” e “teucos” , (um utensílio), (um vaso) ou (estojo). (o termo alude, com muita probabilidade, ao vaso que agasalhava um rolo de papiro)

Download Presentation

PENTATEUCO

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Pentateuco

PENTATEUCO

  • A PALAVRA É COMPOSTA DE DOIS TERMOS GREGOS, “penta”, QUE SIGNIFICA “cinco” e “teucos”, (um utensílio), (um vaso) ou (estojo). (o termo alude, com muita probabilidade, ao vaso que agasalhava um rolo de papiro)

  • NO ENTENDIMENTO DOS HEBREUS, A LEI DE DEUS TEM CINCO PARTES E TODA ELA ESTÁ ALI, NAQUELE LIVRO. (o pentateuco é a totalidade da lei divina)


Os hebreus

OS HEBREUS

  • REFERIRAM-SE A ELES (livros) DE VÁRIAS MANEIRAS, SENDO A MAIS CONHECIDA ‘”HÁ TORÂH” (a instrução); COMO SE PODE LER EM JOSUÉ 1:7, (na expressão toda a lei). (Josué 24:26 o livro da lei de Deus) (I Reis 2:3, a lei de Moisés) (II Cr. 17:9 o livro da lei do Senhor). (*todas* estas expressões mostram que, desde cedo, os hebreus reconheceram que eram livros aos quais deviam respeito e obediência, vendo neles uma inspiração Divina)


Lei de mois s

LEI DE MOISÉS

  • OU PENTATEUCO; CONJUNTO DOS CINCO PRIMEIROS LIVROS DA BÍBLIA, QUE SÃO:Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio(os nomes que derivam do grego estão relacionados com o conteúdo, enquanto que as denominações hebraicas são constituídas pela primeira ou principal palavra do início de cada livro)


Pela primeira vez

PELA PRIMEIRA VEZ

  • TENDO SIDO EMPREGADA PELA PRIMEIRA VEZ POR ORÍGENES, REFERINDO-SE AOS CINCO PRIMEIROS LIVROS DO ANTIGO TESTAMENTO, A PALAVRA PENTATEUCO SE POPULARIZOU ENTRE OS CRISTÃOS. (mas é necessário recordarmos que não estamos tratando de um documento de propriedade exclusiva dos hebreus) (uma parte da herança que o cristianismo recebeu do judaísmo foi a Escritura) (se verifica que a igreja cristã herdou dos judeus a consciência de que o Primeiro Testamento era uma escritura sagrada, inclusive o Pentateuco)


Estudar

ESTUDAR

  • VERIFICAMOS ISTO NO FATO DE QUE VÁRIAS VEZES JESUS ALUDIU AO TESTEMUNHO DE MOISÉS A SEU RESPEITO, COMO EM JOÃO 5:46 (a igreja primitiva agiu da mesma forma, como se observa em Atos 26:22)

  • ESTUDAR O PENTATEUCO É ESTUDAR ALGO QUE NOS DIZ RESPEITO A NÓS, IGREJA DE Jesus Cristo.


A autoria do pentateuco

A AUTORIA DO PENTATEUCO

  • MUITA DISCUSSÃO ACADÊMICA, MUITA PRODUÇÃO LITERÁRIA FAVORÁVEL Á TEORIA, COMO TAMBÉM OS CRISTÃOS DE TEOLOGIA CONSERVADORA TEM MANTIDO SUA COMPREENSÃO DE QUE O PENTATEUCO É OBRA DE UM HOMEM HISTÓRICO, CHAMADO MOISÉS. ESSA ACEITAÇÃO NÃO É CONSEQUÊNCIA DE UMA FÉ CEGA, ANTIACADÊMICA, QUE SE RECUSA A VER OS FATOS, MAS REPOUSA EM ALGUNS PONTOS BEM SEGUROS:


A autoria do pentateuco1

A AUTORIA DO PENTATEUCO

  • A) MOISÉS ERA UMA PESSOA COMPETENTE PARA ESCREVER TAL OBRA E MOSTRAR OS CONHECIMENTOS QUE TRANSPARECEM NO LIVRO, POIS ERA INSTRUÍDO EM TODA A CIÊNCIA DO EGITO, AT. 7:22, GRANDE POTÊNCIA MUNDIAL NA ÉPOCA.


A autoria do pentateuco2

A AUTORIA DO PENTATEUCO

  • B) EM VÁRIOS MOMENTOS, O AUTOR SE APRESENTA COMO SENDO TESTEMUNHA OCULAR DOS EVENTOS QUE NARRA. ALGUNS EPISÓDIOS SÃO MUITO PESSOAIS E DIFICILMENTE PODERIAM SER RELATADOS POR UMA TERCEIRA PESSOA, COMO O DESCRITO EM ÊXODO 34:5-9.


A autoria do pentateuco3

A AUTORIA DO PENTATEUCO

  • C) EM VÁRIOS MOMENTO, O AUTOR É MOSTRADO COMO RECEBENDO UMA REVELAÇÃO ESPECIAL DE DEUS, COM QUEM MANTINHA UMA COMUNHÃO MUITO MAIS PROFUNDA DO QUE QUALQUER OUTRA PESSOA. COMO VEMOS EM NÚMEROS 12:6-8.


A autoria do pentateuco4

A AUTORIA DO PENTATEUCO

  • D) A TRADIÇÃO E A HISTÓRIA JUDAICAS ATRIBUÍRAM A AUTORIA DO PENTATEUCO A MOISÉS. É MUITO MAIS RAZOÁVEL SUPOR QUE, AO LONGO DA HISTÓRIA, OS JUDEUS SOUBERAM “IDENTIFICAR” MELHOR SEUS DOCUMENTOS DO QUE PESSOAS, SÉCULOS MAIS TARDE, DISTANTES NO TEMPO, NO ESPAÇO E NA CULTURA, E QUE ACABARAM DANDO OUTRA INTERPRETAÇÃO. PARECE MAIS SENSATO ACREDITAR QUE OS JUDEUS CONHECIAM MELHOR SEUS DOCUMENTOS DO QUE CRÍTICOS LITERÁRIOS DE OUTRA CONFISSÃO RELIGIOSA, SÉCULOS MAIS TARDE.


A autoria do pentateuco5

A AUTORIA DO PENTATEUCO

  • E) O SENHOR JESUS RECONHECEU QUE OS ESCRITOS DO PENTATEUCO FORAM OBRA DE MOISÉS, COMO SE PODE LER EM LUCAS 24:27 E 44, E TAMBÉM EM JOÃO 5:46. A AUTORIDADE DE JESUS SOBRE AS ESCRITURAS DEVE SER LEVADA EM CONTA NESTE DEBATE. ERA, NÃO UM JUDEU IGNORANTE, CRIADO NO DESERTO, NO MEIO DE CABRAS. ERA O FILHO DE DEUS E SABIA DO QUE FALAVA.


A autoria do pentateuco6

A AUTORIA DO PENTATEUCO

  • F) A IGREJA PRIMITIVA ENTENDEU TAMBÉM QUE MOISÉS ERA O AUTOR DO PENTATEUCO. O TEXTO DE ATOS 26:22. É NATURAL, NO ENTANTO, SUPOR QUE MOISÉS, INSPIRADO POR DEUS, SE TENHA VALIDO DE OUTROS DOCUMENTOS QUE EXAMINOU E DOS QUAIS RETIROU INFORMAÇÕES. PELO MENOS ALGUMAS DESSAS OBRAS SÃO CITADAS, COMO POR EXEMPLO, O LIVRO DAS GERAÇÕES DE ADÃO GN. 5:1 E O LIVRO DAS GUERRAS DO SENHOR NM. 21:14.


A autoria do pentateuco7

A AUTORIA DO PENTATEUCO

  • (nestes casos, Moisés teria se valido de documentos que examinou e de onde até mesmo se abeberou, mas a autoria do pentateuco seria sua. Isto explicaria a alegada diferença de estilo e de vocabulário que dizem haver em certos trechos: a diferença de fontes. Dt. 31:24-26 (ele deu uma conotação de escritos sagradas à sua obra. Evidentemente, o capítulo que narra a morte de Moisés foi escrito por Josué, que inclusive, fez cópias do pentateuco (Js. 8:30-32).


Inspira o do pentateuco

INSPIRAÇÃO DO PENTATEUCO

  • SE MOISÉS EXAMINOU OUTRAS OBRAS, COMO FICA A INSPIRAÇÃO DIVINA PARA SUA OBRA?

  • FOI INSPIRAÇÃO DIVINA OU UM TRABALHO DE PESQUISA?


Inspira o do pentateuco1

INSPIRAÇÃO DO PENTATEUCO

  • NÃO DEVEMOS CONFUNDIR INSPIRAÇÃO COM PSICOGRAFIA ESPÍRITA.

  • “INSPIRAÇÃO” SIGNIFICA UMA DOTAÇÃO ESPECIAL DE DEUS AO ESCRITOR BÍBLICO, INDEPENDENTEMENTE DO MÉTODO USADO.


Inspira o do pentateuco2

INSPIRAÇÃO DO PENTATEUCO

  • A PALAVRA ‘INSPIRAÇÃO’ TEM A IDÉIA DE ‘SOPRAR PARA DENTRO’. (é a mesma palavra para ‘espírito’ no hebraico)

  • VER SL. 33:6; JÓ 33:4; GN. 1:2; 2:7 JÓ 34:14,15 IS. 30:28, 33 ; 48:16; 61:1 MQ 3:8 JL. 2:28 EZ. 36:27


Inspira o do pentateuco3

INSPIRAÇÃO DO PENTATEUCO

  • NOS OS BATISTAS CREMOS QUE SENDO DEUS SEU VERDEIRO AUTOR, FOI ESCRITA POR HOMENS INSPIRADOS E DIRIGIDOS PELO ESPÍRITO SANTO.


Tr s conceitos teol gicos bem expressivos

TRÊS CONCEITOS TEOLÓGICOS BEM EXPRESSIVOS

  • INSPIRAÇÃO

  • REVELAÇÃO

  • ILUMINAÇÃO


Tr s conceitos teol gicos bem expressivos1

TRÊS CONCEITOS TEOLÓGICOS BEM EXPRESSIVOS

  • PARA A ESCRITURA QUE ELE TRANSMITE VEIO A INSPIRAÇÃO


Tr s conceitos teol gicos bem expressivos2

TRÊS CONCEITOS TEOLÓGICOS BEM EXPRESSIVOS

  • PARA O AUTOR VEIO A REVELAÇÃO.


Tr s conceitos teol gicos bem expressivos3

TRÊS CONCEITOS TEOLÓGICOS BEM EXPRESSIVOS

  • PARA O LEITOR QUE BUSCA SABER POR MEIO DELA A VERDADE E A VONTADE DE DEUS, VIRÁ NAS CONDIÇÕES DE ESPIRITUALIDADE, A ILUMINAÇÃO.


O profeta e o ap stolo

O PROFETA E O APÓSTOLO

  • O PROFETA E O APÓSTOLO FORAM MOVIDOS SUAS ESCRITURAS FORAM INSPIRADAS NÓS SOMOS ILUMINADOS

  • A INSPIRAÇÃO É A OBRA SOBRENATURAL DO ESPÍRITO SANTO.

  • ELE SE MOVE ESPECIALMENTE SOBRE INDIVÍDUOS ESCOLHIDOS QUE RECEBEM A VERDADE DIVINA DO PRÓPRIO ESPÍRITO.


Como podemos ter certeza que temos o que mois s escreveu

COMO PODEMOS TER CERTEZA QUE TEMOS O QUE MOISÉS ESCREVEU?

  • É UMA PERGUNTA INCRÉDULA OU NÃO? ALGUMAS PESSOAS SEM O CONHECIMENTO DE COMO AS ESCRITURAS FORAM COMPOSTAS, DIZEM AO LONGO DO TEMPO, QUE A BÍBLIA FOI MUDADA PELOS LÍDERES RELIGIOSOS PARA ATENDER SUAS CONVENIÊNCIAS, DO TIPO ‘PAPEL ACEITA TUDO’. OS CHAMADOS AUTÓGRAFOS, QUE SE PERDERAM, FORAM COPIADOS E RECOPIADOS ATRAVÉS DOS SÉCULOS PELOS ESCRIBAS, MANTENDO ESTES FIDELIDADES AOS ORIGINAIS. HOUVE A TRANSMISSÃO ORAL DOS EVENTOS, MAS MUITO MAIS, AINDA, A TRANSMISSÃO POR ESCRITO: ÊXODO 24: 4-7; DEUTERONÔMIO 31:9-13, 24-26 ; ÊXODO 24:4,7.


Como podemos ter certeza que temos o que mois s escreveu1

COMO PODEMOS TER CERTEZA QUE TEMOS O QUE MOISÉS ESCREVEU?

  • FORMOU-SE EM ISRAEL UMA PROFISSÃO CONCEITUADA DE HOMENS CHAMADOS DE ESCRIBAS, ELES ERAM FIEL A TRANSMISSÃO, INICIANDO-SE COM ESDRAS 7:6, 10, 11. UMA COMUNIDADE DEVERIA TER O SEU PRÓPRIO ESCRIBA, E SEU TRABALHO ERA CONSIDERADO TÃO IMPORTANTE QUE SE DIZIA QUE NINGUÉM DEVIA VIVER EM UMA COMUNIDADE QUE NÃO TIVESSE UM ESCRIBA.


Como podemos ter certeza que temos o que mois s escreveu2

COMO PODEMOS TER CERTEZA QUE TEMOS O QUE MOISÉS ESCREVEU?

  • EM POUCO TEMPO OS HEBREUS COMPREENDERAM QUE A SUA HISTÓRIA NÃO ERA UMA HISTÓRIA COMUM, DEUS HAVIA ENTRADO NELA E ELES COMEÇARAM A FAZER ANOTAÇÕES ESCRITAS: ÊXODO 24:4-7; DT. 31:9-13, 24-26 (já vistos)


Como podemos ter certeza que temos o que mois s escreveu3

COMO PODEMOS TER CERTEZA QUE TEMOS O QUE MOISÉS ESCREVEU?

  • “NOS SÉCULOS V E VI D.C., UM GRUPO DE ESCRIBAS JUDAICOS ERUDITOS (doutores da lei), chamados MASSORETAS, PRODUZIU UMA EDIÇÃO PADRÃO DO ANTIGO TESTAMENTO, USANDO TODOS OS MANUSCRITOS DISPONÍVEIS DAQUELA [EPOCA. ESTE TEXTO MODELAR FICOU TÃO CORRETO QUE, SÉCULOS MAIS TARDE, QUANDO (em 1947 de nossa era) OS MANUSCRITOS DE QUMRÃ FORAM DESCOBERTOS E, PODE-SE DATÁ-LOS DE CERCA DE 225 A 175 ªC., ESTES OU TAIS MANUSCRITOS ESTAVAM QUASE IGUAIS AOS TEXTOS QUE TÍNHAMOS. (i por y)”


Divis es do pentateuco nfase da pessoa de deus

DIVISÕES DO PENTATEUCOÊnfase da pessoa de Deus

  • Gênesis – Soberania de Deus sobre a criação, o homem, as nações.

  • Êxodo – Poder de Deus para julgar o pecado e redimir o seu povo.

  • Levítico – Santidade de Deus e sua provisão para a vida santa do homem

  • Números – Severidade e benevolência de Deus ao disciplinar seu povo.

  • Deuteronômio – Fidelidade de Deus ao cumprir suas promessas.


Divis es do pentateuco nfase do programa de deus

DIVISÕES DO PENTATEUCOÊnfase do programa de Deus

  • Gênesis – Preparação do regulamento da nação de Israel.

  • Êxodo – Inauguração e legislação da nação de Israel.

  • Levítico – Organização espiritual da nação de Israel.

  • Números – Organização política da nação de Israel.

  • Deuteronômio – Reorganização da nação de Israel para a vida em Canaã.


Vis o gr fica do pentateuco

VISÃO GRÁFICA DO PENTATEUCO

  • LIVRO:Gênesis

  • CONTEÚDO:Origens e patriarcas hebraicos

  • IDEIA CHAVE:Princípios

  • DEUS:Soberania

  • HOMEM:Queda


Vis o gr fica do pentateuco1

VISÃO GRÁFICA DO PENTATEUCO

  • LIVRO:Êxodo

  • CONTEÚDO:Livramento do Egito; Tabernáculo

  • IDEIA CHAVE:Libertação

  • DEUS:Poder

  • HOMEM:Redenção


Vis o gr fica do pentateuco2

VISÃO GRÁFICA DO PENTATEUCO

  • LIVRO:Levítico

  • CONTEÚDO:Regulamento religioso e moral

  • IDEIA CHAVE:Legislação

  • DEUS:Santidade

  • HOMEM:Comunhão


Vis o gr fica do pentateuco3

VISÃO GRÁFICA DO PENTATEUCO

  • LIVRO:Números

  • CONTEÚDO:Peregrinação no deserto

  • IDEIA CHAVE:Provação

  • DEUS:Severidade

  • HOMEM:Orientação


Vis o gr fica do pentateuco4

VISÃO GRÁFICA DO PENTATEUCO

  • LIVRO:Deuteronômio

  • CONTEÚDO:Repetição da lei

  • IDEIA CHAVE:Recordação

  • DEUS:Fidelidade

  • HOMEM:Destino


O livro de g nesis

O LIVRO DE GÊNESIS

  • GÊNESIS É O PRIMEIRO LIVRO DO PENTATEUCO. É O LIVRO QUE NARRA A HISTÓRIA DOS COMEÇOS (plural) E NÃO APENAS O (singular)


O livro de g nesis1

O LIVRO DE GÊNESIS

  • O COMEÇO DA CRIAÇÃO

  • O COMEÇO DA HUMANIDADE

  • O COMEÇO DA HISTÓRIA

  • O COMEÇO DA SALVAÇÃO

  • O COMEÇO DE ISRAEL


O livro de g nesis2

O LIVRO DE GÊNESIS

  • É A PORTA DE ENTRADA PARA CONHECERMOS A DEUS E SEU PROPÓSITO PARA A HUMANIDADE.

  • HÁ NELE TRÊS GRANDES DIVISÕES:

  • CAPÍTULOS 1 a 11 – A HISTÓRIA DA CRIAÇÃO

  • CAPÍTULOS 12 a 36 – A HISTÓRIA DOS PATRIARCAS

  • CAPÍTULOS 37 a 50 – A FAMÍLIA ELEITA


O livro de g nesis3

O LIVRO DE GÊNESIS

  • DEUS É O ASSUNTO DO LIVRO

  • O CRIADOR

  • É OPORTUNO COMEÇAR PELO CRIADOR E NÃO PELA CRIAÇÃO.

  • O ESTUDO DAS ESCRITURAS DEVE TER COMO FINALIDADE ESCLARECER MAIS SOBRE QUEM É DEUS, O QUE ELE FEZ, O QUE ESPERA DE NÓS.


O livro de g nesis4

O LIVRO DE GÊNESIS

  • O TERMO MAIS COMUM QUE OS ESCRITORES BÍBLICOS USAM PARA A CRIAÇÃO COMO ATO DIVINO É O VERBO BARAH, QUE NÃO SIGNIFICA “CRIAR DO NADA”, COMO SE DIZ COSTUMEIRAMENTE, MAS QUE SÓ SE EMPREGA PARA DESIGNAR UMA AÇÃO DIVINA. EM ÊXODO 34:10, POR EXEMPLO, O VERBO É USADO PARA OS PRODÍGIOS QUE DEUS OPERAVA A FAVOR DE ISRAEL. BARAH NÃO SIGNIFICA, PORTANTO, A CRIAÇÃO (DO NADA), MAS SIM A CRIAÇÃO EXCLUSIVA DE DEUS. ALGO QUE SÓ ELE PODE FAZER.SALMO 33:9HB. 1:32COR.5:17


O livro de g nesis5

O LIVRO DE GÊNESIS

  • A CRIAÇÃO:

  • NÃO PENSE COMO CIÊNCIAS; AS CIÊNCIAS SÃO MUTÁVEIS.

  • A CRIAÇÃO NÃO É UM RELATO CIENTÍFICO; É RELIGIOSO.


O livro de g nesis6

O LIVRO DE GÊNESIS

  • A CRIAÇÃO:

  • 1 DIA Gn. 1:3-5A LUZ (DIA E NOITE)

  • 2 DIA Gn. 1:6-8O FIRMAMENTO

  • 3 DIA Gn. 1:9-13SURGE A TERRA SECA“TERRA FAÇA BROTAR”

  • 4 DIA Gn. 1:14-19 (SOL E LUA) (HAJA)

  • 5 DIA Gn. 1:20-23 APARECE A VIDA ANIMAL (ELA VEM DA ÁGUA)

  • 6DIA Gn.1:24-25 MAIS VIDA ANIMAL (RÉPTIL,MAMÍFERA E HUMANA)


O livro de g nesis7

O LIVRO DE GÊNESIS

  • “PRODUZA A TERRA SERES VIVENTES’, ‘SERES’ É O HEBRAICO nephesh, TERMO RICO QUE SIGNIFICA ‘GARGANTA, RESPIRAÇÃO, FÔLEGO, SER, PESSOA, GENTE, PERSONALIDADE, INDIVIDUALIDADE, VIDA, ALMA’ OU SEJA, ALGO QUE RESPIRA. MAS, SECUNDARIAMENTE, TAMBÉM, “‘PESSOA MORTA, CADÁVER’”. POR ISSO, O “VIVENTES”. A VIDA ANIMAL SE ESTABELECE. HÁ ANIMAIS DOMÉSTICOS, RÉPTEIS E ANIMAIS SELVAGENS, DE ACORDO COM SUAS ESPÉCIES. A PALAVRA UTILIZADA PARA “RÉPTEIS” NÃO SIGNIFICA UMA CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA DE RÉPTEIS. ALUDE AO MOVIMENTO SUAVE OU O RASTEJAR E ARRASTAR-SE DE VÁRIAS CRIATURAS.”


O livro de g nesis8

O LIVRO DE GÊNESIS

  • TEMOS, DEPOIS, O SÉTIMO DIA ( 2:1-3), QUANDO DEUS DESCANSA APÓS A CRIAÇÃO.

  • GN. 1:31MUITO BOM


O livro de g nesis9

O LIVRO DE GÊNESIS

  • O PRÓPRIO HOMEM É COMPLEXO. FILÓSOFOS, ANTROPÓLOGOS E SOCIÓLOGOS, TEM PROCURADO DESCREVÊ-LO:

  • ARISTÓTELES: DESCREVE-O COMO ANIMAL POLÍTICO.

  • WILLIS:ANIMAL QUE RI.

  • BENJAMIN FRANKLIN: ANIMAL QUE FAZ FERRAMENTAS

  • MAS O RELATO BÍBLICO DÁ UMA GRANDEZA EXTRAORDINÁRIA AO HOMEM:(Gn. 1:26)

  • ELE É FEITO À IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS (não aludem à imagem física, pois Deus não tem corpo. É Espírito; (Jo 4:24).


O livro de g nesis10

O LIVRO DE GÊNESIS

  • DIFERENCIAÇÃO ENTRE O HOMEM E O RESTANTE DA CRIAÇÃO:


O livro de g nesis11

O LIVRO DE GÊNESIS

  • PRIMEIRO:SOMENTE O HOMEM RECEBEU O SOPRO DE DEUS Gn. 2:7 E TEM UM ESPÍRITO IMORTAL.

  • SEGUNDO:SOMENTE O HOMEM É UM SER MORAL, DIFERENTE DO RESTO DA CRIAÇÃO.


O livro de g nesis12

O LIVRO DE GÊNESIS

  • TERCEITO:O HOMEM É UM SER RACIONAL.

  • QUARTO:O HOMEM, À SEMELHANÇA DE DEUS, PASSA A TER DOMÍNIO SOBRE A NATUREZA E SERES VIVOS.

  • (Ele é Embaixador/representante de Deus no mundo, investido de autoridade e domínio)...


O livro de g nesis13

O LIVRO DE GÊNESIS

  • O HOMEM É O CLÍMAX DA CRIAÇÃO, NÃO PODENDO VIR A REBOQUE DE SISTEMAS E IDEOLOGIAS.

  • O TERMO HEBRAICO PARA ‘HOMEM’, NO RELATO DE Gn. 2:15 É “adam”, UM TERMO QUE TEM MAIS A IDÉIA DE COLETIVO. UMA BOA tradução SERIA ‘HUMANIDADE’.


O livro de g nesis14

O LIVRO DE GÊNESIS

  • DE UM X-MIT AO PANTEÍSMO (NATUREZA)

  • HÁ UMA DIFERENÇA ENTRE O CRIADOR E A CRIAÇÃO. DEUS NÃO SE CONFUNDE COM A CRIAÇÃO. DEUS ESTÁ ACIMA DELA. DEUS NÃO FAZ PARTE DA CRIAÇÃO. A CRIAÇÃO NÃO É EMANAÇÃO DE DEUS. DEUS A CRIOU COM SUA PALAVRA; A MATÉRIA NÃO É DIVINA, POIS NÃO VEM DE DEUS, NEM É ELE; MAS É FEITA POR ELE. CRIADOR E CRIATURA. CRIADOR E CRIAÇÃO SÃO DISTINTOS. O HOMEM ESTÁ ACIMA DO AMBIENTE, EMBORA NÃO POSSA VIVER SEM O AMBIENTE. SÓ FOI POSTO NO MUNDO DEPOIS QUE O AMBIENTE FOI CRIADO. O RELATO BÍBLICO DÁ VALOR AO HOMEM. ENQUANTO QUE NO PANTEÍSMO; O HOMEM E UM FEIXE DE CAPIM TEM O MESMO VALOR.


O livro de g nesis15

O LIVRO DE GÊNESIS

  • A MORALIDADE DO MUNDO

  • SE O MUNDO TEM UMA MENTE INTELIGENTE COMO ORDENADORA DA CRIAÇÃO, DEVE HAVER UM PROPÓSITO MORAL NA VIDA. UM SER INTELIGENTE É UM SER MORAL.

  • PODERIA UM MUNDO QUE FOI PRODUZIDO POR UMA MENTE INTELIGENTE E MORAL NÃO TER SENTIDO MORAL? ( este é o grande problema do materialista)


O livro de g nesis16

O LIVRO DE GÊNESIS

  • POR ESTA RAZÃO, O LIVRO DE GÊNESIS TRATA NÃO APENAS DE CRIAÇÃO, MAS MOSTRA A QUEDA, A ENTRADA DO PECADO NO MUNDO, O DESGOSTO DE DEUS COM A DEPRAVAÇÃO TOTAL DA RAÇA HUMANA.

  • O LIVRO É LÓGICO: UM CRIADOR MORAL NÃO PODE ACEITAR O PECADO. AO MESMO TEMPO, POR SER MORAL, ESSE CRIADOR É AMOROSO.


O livro de g nesis17

O LIVRO DE GÊNESIS

  • A QUEDA

  • A QUEDA É UM ELEMENTO PERTURBADOR NA ORDEM DIVINA. NA REALIDADE, ELE É A NEGAÇÃO OU A ANTÍTESE DA CRIAÇÃO. NA CRIAÇÃO, O CAOS SE TORNA EM ORDEM. COM A QUEDA, A ORDEM SE TORNA EM CAOS. DE “EIS QUE ERA MUITO BOM” Gn. 1:31 PARA “MALDITA É A TERRA” Gn 3:17. A MULHER PASSA A SER DOMINADA. É A CONSEQÜENCIA DO PECADO: A DESORDEM E A MALDADE NAS RELAÇÕES. O PECADO SUBVERTE A ORDEM DE DEUS. AO PECAR, O HOMEM ESPERAVA SUBIR Gn 3:5. EM VEZ DE SUBIDA, VEM A QUEDA. O PECADO TEM UM ELEMENTO ILUSÓRIO: TRAZ O OPOSTO DO QUE OFERECE.


O livro de g nesis18

O LIVRO DE GÊNESIS

  • A QUEDA FOI UM ATO DE DESOBEDIÊNCIA A UMA ORDEM EXPRESSA DE DEUS.

  • NO TEXTO DE Gn. 3:6, SE VÊ QUE O PECADO FAZ UM APELO AOS SENTIDOS: GUSTAÇÃO, VISTA E TATO.


O livro de g nesis19

O LIVRO DE GÊNESIS

  • DESEJAVEL PARA DAR ENTENDIMENTO, MOSTRA A SINGULARIDADE DO HOMEM: ELE QUER ENTENDIMENTO.

  • É IMPORTANTE NOTAR QUE A PROVA COM QUE ADÃO SE DEFRONTOU NÃO IMPLICA UMA ESCOLHA ENTRE UMA ÁRVORE DO MAL QUE DEUS FIZERA E OUTRA ÁRVORE DO BEM. PORQUE DEUS NÃO CRIOU O MAL; DEUS APENAS CONFRONTOU O HOMEM COM UMA ESCOLHA.


O livro de g nesis20

O LIVRO DE GÊNESIS

  • O RECOMEÇO

  • A QUEDA DO PRIMEIRO CASAL TROUXE A MALDADE. DEUS VIU QUE A MALDADE HUMANA HAVIA SE MILTIPLICADO NA TERRA E RESOLVEU DESTRUIR E RECOMEÇAR COM UM HOMEM: NOÉ.

  • DEUS ERROU? DEUS SE ARREPENDEU??TEMOS AQUI UM CASO DE:

  • ANTROPOPATIA - A “ATRIBUIÇÃO DE SENTIMENTOS HUMANOS A DEUS PARA FACILITAR A ARGUMENTAÇÃO”.


O livro de g nesis21

O LIVRO DE GÊNESIS

  • O DILÚVIO TRARIA, PELA PRESERVAÇÃO DA VIDA DE NOÉ E DE SEUS FAMILIARES, UM NOVO COMEÇO. ERA JUÍZO, MAS ERA TAMBÉM UM COMEÇO NOVO DA HUMANIDADE.

  • NESTA ALIANÇA UNILATERAL (incondicional) (se... cumprindo o homem) CONCEBIDA E FIRMADA PELO PRÓPRIO DEUS. ELE É O AGENTE.

  • EM CADA FASE DO PACTO DE DEUS COM OS HOMENS, HOUVE UM SINAL. AQUI, COM NOÉ, FOI O ARCO ÍRIS; COM ABRAÃO, FOI A CIRCUNCISÃO. COM MOISÉS, FOI O SÁBADO.

  • COM JESUS CRISTO: O ESPÍRITO SANTO.


O livro do xodo

O LIVRO DO ÊXODO

  • O NOME DO SEGUNDO LIVRO DO PENTATEUCO. NOME QUE VEM DO GREGO DA SEPTUAGINTA, QUE SIGNIFICA “SAÍDA”.

  • O PRIMEIRO LIVRO TERMINA COM O POVO NO EGITO. O SEGUNDO LIVRO (êxodo) NARRARÁ A LUTA PELA SUA SAÍDA E APÓS A SUA SAÍDA. NOTA-SE, CLARAMENTE, QUE SE TRATA DE UMA CONTINUIDADE DA OBRA ANTERIOR, NÃO APENAS NO ASPECTO, MAS NO ESTILO.


O livro do xodo1

O LIVRO DO ÊXODO

  • LOGO NO VERSÍCULO 6, A REFERÊNCIA É À MORTE DE JOSÉ. O RELATOR FOI CUIDADOSO EM FAZER A CONEXÃO DE MANEIRA QUE O LEITOR SE LEMBRASSE DE QUEM FOI JOSÉ E A RAZÃO PELA QUAL OS ISRAELITAS DESCERAM AO EGITO.


O livro do xodo2

O LIVRO DO ÊXODO

  • ESTRUTURA DO LIVRO

  • 1. CAPÍTULO 1 A 15:21A HISTÓRIA DE ISRAEL NO EGITO, A OPRESSÃO, O CLAMOR POR LIBERDADE E A LIBERTAÇÃO FINAL.

  • 2. CAPÍTULO 15:22 A 18O RELATO DA JORNADA DO MAR VERMELHO ATÉ O SINAI.


O livro do xodo3

O LIVRO DO ÊXODO

  • 3. CAPÍTULO 19 A 24O PACTO DO SINAI E A PRESCRIÇÃO DA LEI.

  • 4. CAPÍTULO 25 A 40A ORDEM PARA LEVANTAR O TABERNÁCULO E SUA IMPLEMENTAÇÃO.

  • FUNDAMENTAL PARA UMA BOA COMPREENSÃO DA OBRA.

  • A PERSONAGEM CENTRAL DO LIVRO NÃO É MOISÉS, MAS DEUS.


O livro do xodo4

O LIVRO DO ÊXODO

  • 1ESCRAVIDÃO(DEUS ATENTO)

  • 2MOISÉS(DEUS PESSOAL)

  • 3PRAGAS(DEUS PUNIDOR)

  • 4PÁSCOA(DEUS REDENTOR)


O livro do xodo5

O LIVRO DO ÊXODO

  • 5ÊXODO(DEUS PODEROSO)

  • 6MANDAMENTOS(DEUS SANTO)

  • 7IDOLATRIA(DEUS DISCIPLINADOR)

  • 8TABERNÁCULO(COMUNHÃO)


O livro do xodo6

O LIVRO DO ÊXODO

  • A ENTRADA DE DEUS NA HISTÓRIA

  • ÊXODO 3:18(ler)

  • IAHWEH ENTROU NA HISTÓRIA DO POVO DE ISRAEL. NÃO MAIS NA HISTÓRIA DE PESSOAS ISOLADAS, COMO FOI COM OS PATRIARCAS, MAS NA HISTÓRIA DA COMUNIDADE.


O livro do xodo7

O LIVRO DO ÊXODO

  • O ÊXODO TORNOU-SE EVENTO CENTRAL NA EXPERIÊNCIA DE ISRAEL. “O ÊXODO É PARA O ANTIGO TESTAMENTO O QUE A RESSURREIÇÃO É PARA O NOVO TESTAMENTO”.

  • O LIVRO NÃO É UMA PEÇA DE ARQUEOLOGIA CULTURAL NARRANDO UMA GUERRA DE CAMPONESES DO PASSADO. O GRANDE VALOR DO LIVRO É MOSTRAR QUE DEUS AGE NA HISTÓRIA.


O livro do xodo8

O LIVRO DO ÊXODO

  • AUTORIA

  • ÊXODO 17:14(ler)

  • O TETRAGRAMA YHWH É O NOME PESSOAL DO DEUS DE MOISÉS.

  • O PROPÓSITO DIVINO ERA SER RECONHECIDO COMO IAHWEH (ver êxodo 7:5) e êxodo 3:14, 15 (se verifica que este nome é fundamental para a aliança mosaica).


O livro do xodo9

O LIVRO DO ÊXODO

  • AS PRAGAS SOBRE O EGITO

  • PRIMEIRA PRAGAO NILO TRANSFORMADO EM SANGUE 7:14-25

  • SEGUNDA PRAGAO SURGIMENTO DE RÃS8:1-15

  • TERCEIRA PRAGAOS PIOLHOS8:16-19


O livro do xodo10

O LIVRO DO ÊXODO

  • QUARTA PRAGAAS MOSCAS8:20-32

  • QUINTA PRAGAPESTE SOBRE OS ANIMAIS9:1-7

  • SEXTA PRAGAÚLCERAS9:8-12


O livro do xodo11

O LIVRO DO ÊXODO

  • SÉTIMA PRAGASARAIVA E TROVOADAS9:13-35

  • OITAVA PRAGAGAFANHOTOS10:1-20

  • NONA PRAGATREVAS10:21-29

  • DÉCIMA PRAGAA MORTE DOS PRIMOGÊNITOS11:1-10


O livro do xodo12

O LIVRO DO ÊXODO

  • A PASCOA

  • A PASCOA É INSTITUÍDA12:1-36


O livro do xodo13

O LIVRO DO ÊXODO

  • TEOFANIA

  • É UMA DESSAS EXPRESSÕES QUE PARECEM TORNAR A EXPLICAÇÃO COMPLICADA, MAS QUE, ENTENDIDAS, NOS AJUDAM A COMPREENDER DO QUE ESTÁ SE FALANDO. É UMA PALAVRA COMPOSTA DE DOIS TERMOS GREGOS, theos, (Deus), phainei, (aparecer). DESIGNA UMA MANIFESTAÇÃO DE DEUS AOS HOMENS, EM FIGURAS QUE ELE DESEJA. GERALMENTE SE ASSOCIAM A MOMENTOS ESPECIAIS DA REVELAÇÃO.


O livro do xodo14

O LIVRO DO ÊXODO

  • OS DEZ MANDAMENTOS

  • 1-NÃO TERÁS OUTROS deuses DIANTE DE MIM (20:3)

  • 2-NÃO FARÁS PARA TI IMAGEM ESCULPIDA (20:4)

  • 3-NÃO TOMARÁS O NOME DE DEUS EM VÃO (20:7)


O livro do xodo15

O LIVRO DO ÊXODO

  • 4-LEMBRA-TE DO DIA DO SÁBADO (20:8)

  • 5-HONRA A TEU PAI E A TUA MÃE (20:12)

  • 6-NÃO MATARÁS (20:13)

  • 7-NÃO ADULTERARÁS (20:14)


O livro do xodo16

O LIVRO DO ÊXODO

  • 8-NÃO FURTARÁS (20:15)

  • 9-NÃO DIRÁS FALSO TESTEMUNHO (20:16)

  • 10-NÃO COBIÇARÁS (20:17)


O livro do xodo17

O LIVRO DO ÊXODO

  • VERTICAIS

  • OS QUE DIZEM RESPEITO AO RELACIONAMENTO DO HOMEM COM DEUS.

  • HORIZONTAIS

  • OS QUE DIZEM RESPEITO A RELACIONAMENTO DO HOMEM COM O SEU PRÓXIMO.


O livro do xodo18

O LIVRO DO ÊXODO

  • OUTRAS MANEIRAS DE DIVIDÍ-LOS:

  • MANDAMENTOS DE 1 A 3

    “RELAÇÃO CORRETA COM DEUS”

  • MANDAMENTO 4“RELAÇÃO CORRETA COM O TRABALHO”


O livro do xodo19

O LIVRO DO ÊXODO

  • MANDAMENTOS DE 5 A 10

    “RELAÇÃO CORRETA COM A SOCIEDADE”

  • MANDAMENTOS DE 1 A 3 “MORAL TEOLÓGICA”

  • MANDAMENTOS DE 4 A 6

    “MORAL INDIVIDUAL”

  • MANDAMENTOS DE 7 A 10

    “MORAL SOCIAL”


O livro do xodo20

O LIVRO DO ÊXODO

  • TABERNÁCULO

  • DOS QUARENTA CAPÍTULOS DO LIVRO DO ÊXODO, ONZE SÃO EMPREGADOS PARA DESCREVER O TABERNÁCULO, QUASE 30 POR CENTO. SÃO OS CAPÍTULOS 25 A 28; 30; 35 A 40.


O livro do xodo21

O LIVRO DO ÊXODO

  • AGORA É ASSIM:

  • A IGREJA DE CRISTO É O NOVO POVO DE DEUS. QUANTO A JERUSALÉM, DEUS NÃO MORA MAIS LÁ.

  • SANTO, NO CRISTIANISMO, NÃO É UM LUGAR. SANTOS SÃO AS PESSOAS. É EM NÓS QUE ELE MORA. SOMOS MORADA DO DEUS ALTÍSSIMO. DO PAI DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. TODA A TRINDADE HABITA EM NÓS; (Jo 14:16,17 e 14:23). QUE GLÓRIA PARA O CRENTE EM JESUS!


O livro de lev tico

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • LEVÍTICO É UM LIVRO INCOMPREENCÍVEL, DE LEITURA ENFADONHA E SEM SENTIDO PARA NÓS.

  • PODE SER ENFADONHO PARA NÓS, MAS LEVÍTICO É FUNDAMENTAL PARA SE ENTENDER BEM A DOUTRINA DOS SACRIFÍCIOS. É O LIVRO DO ANTIGO TESTAMENTO QUE MAIS QUE QUALQUER OUTRO NOS FARÁ ENTENDER O SIGNIFICADO DA CRUZ.

  • NOSSA COMPREENSÃO DA OBRA VICÁRIA DE CRISTO SERÁ MAIS PROFUNDA SE ENTENDERMOS SEU CONTEÚDO.


O livro de lev tico1

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • TÍTULO E TEMA

  • O TÍTULO HEBRAICO DO LIVRO É wayyiqrâ ou vayikrá, DEPENDENDO DA TRANSLITERAÇÃO. VEM DAS PRIMEIRAS PALAVRAS “e Ele chamou”. A SEPTUAGINTA (que já sabemos ser o Antigo Testamento vertido para o grego) DEU-LHE O NOME DE levitikon, QUE SIGNIFICA “o que é dos levitas”. A VULGATA, A BÍBLIA TRADUZIDA PARA O LATIM POR JERÔNIMO, LHE DEU O NOME “leviticus”. VEM DAQUI O TÍTULO EM PORTUGUÊS.

  • A TRIBO DE LEVI FICOU COM A RESPONSABILIDADE DE EXERCER O SACERDÓCIO, DAÍ O TERMO “levita”, ALGUÉM DA TRIBO DE LEVI, OU ALGUÉM VOLTADO PARA O SACERDÓCIO.


O livro de lev tico2

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • O TEMA DO LIVRO PODE SER SINTETIZADO COMO A SANTIDADE DE ISRAEL COMO POVO ESCOLHIDO PARA O SERVIÇO E GLÓRIA DE DEUS. ISRAEL É O POVO DE DEUS E DEVE TER O CARÁTER DE DEUS: SEREIS POIS SANTOS, PORQUE EU SOU SANTO (Lev. 11:45). É UMA EXORTAÇÃO QUE ACABA SENDO A IDÉIA MAIS FORTE DO LIVRO.

  • A DECLARAÇÃO SE REPETE EM (Lev 19:2), QUE É O VERSÍCULO CHAVE DE TODA A OBRA: “SEREIS, SANTOS, PORQUE EU, O SENHOR VOSSO DEUS, SOU SANTO”. “SANTIDADE” É, PORTANTO, A PALAVRA CHAVE, DO LIVRO. APARECE OITENTA E SETE VEZES COMO TAL OU EM SUAS FORMAS NOMINAIS E VERBAIS. OS CAPÍTULOS 17 A 26, INCLUSIVE, SÃO CHAMADOS DE “CÓDIGO DE SANTIDADE”.


O livro de lev tico3

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • ESBOÇO

  • LEVÍTICO É UM LIVRO DE REGULAMENTOS SACERDOTAIS:

  • 1-BASES DA SANTIFICAÇÃO:OFERTAS E SUAS LEIS(1 a 7)

  • 2-EXEMPLO DE SANTIFICAÇÃO E SANTIDADE(8 a 10)

  • 3-SANTIDADE PRÁTICA:O LIMPO E O IMUNDO(11 a 15)


O livro de lev tico4

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • 4- A SANTIDADE DE DEUS E A NECESSIDADE DE EXPIAÇÃO (16 e 17)

  • 5- A SANTIDADE NAS RELAÇÕES(18 a 22)

  • 6- A SANTIFICAÇÃO DE DIAS E ÉPOCAS(23 a 26)

  • 7- PESSOAS E COISAS SANTIFICADAS POR VOTO27


O livro de lev tico5

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • AUTORIA DO LIVRO

  • SOBRE A AUTORIA, SEM DÚVIDA QUE ELA PODE E DEVE SER CREDITADA A MOISÉS, POIS A FRASE “DISSE O SENHOR A MOISÉS” OCORRE 56 VEZES, OU SEJA, UMA MÉDIA DE DUAS VEZES POR CAPÍTULO. VEJA, AINDA, A CONFIRMAÇÃO DA AUTORIA MOSAICA EM ESDRAS 6:18 e MATEUS 8:2-4 COM LEVÍTICO 14:1-4. VEJA, A PROPÓSITO, TAMBÉM OS TEXTOS DE DEUTERONÔMIO 31:9, 24-26.


O livro de lev tico6

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • PRINCÍPIOS TEOLÓGICOS DO LIVRO

  • NÃO HÁ DÚVIDAS DE QUE O LIVRO FOI PARA AQUELA ÉPOCA, PARA AQUELE POVO, PARA AQUELA CIRCUNSTÂNCIA DE CULTO ATRAVÉS DOS SACRIFÍCIOS DE ANIMAIS.

  • MAS PERMANECEM GRANDES PRINCÍPIOS TEOLÓGICOS QUE NORTEAVAM O JUDAÍSMO E QUE DEVEM NOS NORTEAR. DEUS NÃO MUDOU SEU CARÁTER E SUAS EXIGÊNCIAS MORAIS. COMPLETOU SUA REVELAÇÃO EM CRISTO. ISTO ABOLIU OS SACRIFÍCIOS, MAS NÃO INVALIDOU O PORQUÊ ELES ERAM NECESSÁRIOS.

  • HAVIA ALGUNS PRINCÍPIOS QUE, NO NOSSO ENTENDIMENTO, AINDA PERMANECEM:


O livro de lev tico7

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • PRIMEIRO PRINCÍPIO

  • A PRIMIERA RESPONSABILIDADE É:ISRAEL DEVE SER SANTO. OS TEXTOS DE 11:45 e 19:2 SÃO BEM CLAROS NESTE SENTIDO. A SANTIDADE DO POVO É A MAIOR EXIGÊNCIA DE DEUS:“E SEREIS PARA MIM SANTOS; PORQUE EU, O SENHOR, SOU SANTO, E VOS SEPAREI DOS POVOS, PARA SERDES MEUS” (20:26)

  • A SEGUNDA RESPONSABILIDADE É:ISRAEL DEVE MANTER O CULTO A DEUS ATRAVÉS DOS SACRIFÍCIOS. ESTES PRINCÍPIOS NOS DIZEM RESPEITO TAMBÉM. A IGREJA DE JESUS CRISTO DEVE SER SANTA E DEVE OFERECER CULTO A DEUS. NÃO COM SACRIFÍCIOS DE ANIMAIS, POIS O DE CRISTO BASTOU PARA SEMPRE (Hb. 9:24-26). MAS COM SUA VIDA.


O livro de lev tico8

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • SEGUNDO PRINCÍPIO

  • O SISTEMA SACRIFICAL É ORDENADO POR ELE E DEVE SEGUIR A PRÁTICA ESTABELECIDA POR ELE. NÃO DITAMOS A DEUS AS NORMAS DE RELACIONAMENTO. NÓS ACATAMOS AS QUE ELE DITA.


O livro de lev tico9

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • TERCEIRO PRINCÍPIO

  • O ENSINO É QUE O CORPO É DO SENHOR E DEVE SER MANTIDO PURO.

  • NÃO HÁ DÚVIDA ENTRETANTO, DE QUE A LEPRA SERVE DE FIGURA DO PECADO QUE RESIDE EM NOSSA NATUREZA E QUE ATUA PARA NOSSA RUÍNA. COMO A LEPRA ESTÁ NO SANGUE ANTES DE SE MANIFESTAR NA PELE, ASSIM O PECADO ESTÁ NA NOSSA NATUREZA ANTES DE SE REVELAR EM ATOS EXTERIORES.

  • COMO A LEPRA VAI ESTRAGANDO O CORPO SEM QUE O PACIENTE SINTA DORES, ASSIM O PECADO VAI MATANDO INSENSIVELMENTE A ALMA. ASSIM COMO A LEPRA, ASSIM O PECADO É HORRÍVEL. AFASTANDO-NOS DE DEUS E DE TUDO O QUE É SANTO.


O livro de lev tico10

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • QUARTO PRINCÍPIO

  • NÃO SE PODIA OFERECER A ELE ALGO DECARTÁVEL, NA MENTALIDADE “JÁ QUE VAI ESTRAGAR, OFEREÇAMOS A DEUS”. ELE RECEBIA AS PRÍMICIAS E NÃO O FACILMENTE ESTRAGÁVEL. A DEUS NÃO SE DÁ O RESTO NEM O QUE NÃO PRESTA. ELE MERECE O PRIMEIRO LUGAR.

  • QUANTO AO OFERECIMENTO DE ANIMAIS, ALÉM DE TRAZER A FIGURA DO SANGUE DERRAMADO, TRAZIA OUTRA MENSAGEM: ERA CUSTOSO. NÃO SE DEVERIA OFERECER A DEUS O BARATO, O VULGAR, O MENOS SIGNIFICATIVO PARA A PESSOA.


O livro de lev tico11

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • QUINTO PRINCÍPIO

  • O ANO RELIGIOSO É DESIGNADO PELO NÚMERO SETE, O NÚMERO SAGRADO.

  • O SÉTIMO ANO É O ANO SAGRADO. SETE VEZES SETE FAZEM QUARENTA E NOVE: O QÜINQUAGÉSIMO ANO SERIA O ANO DO JUBILEU. A PÁSCOA ACONTECIA NO SEGUNDO PERÍODO DE SETE DIAS DE ABIDE (segundo dia sétimo). O PENTECOSTES ERA O DIA IMEDIATO AO SÉTIMO PERÍODO DE SETE DIAS (O QÜINQUAGÉSIMO DIA). O SETE ENVOLVE A AGRICULTURA, O CULTO, AS ESTRUTURAS SOCIAIS. AS CULTURAS ANTIGAS NÃO PERCEBIAM O TEMPO DE FORMA LUNEAR, DIÁRIA, MAS SIM EM BLOCOS, EM PERÍODOS. POR ISSO; O SETE SE TRANSFORMOU EM SÍMBOLO DE PERÍODO PLENO, PERFEITAMENTE REALIZADO, ALGO COMPLETO, PORQUE ERA NO PERÍODO DE SETE DIAS QUE A LUA MUDAVA.


O livro de lev tico12

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • SEXTO PRINCÍPIO

  • A PREOCUPAÇÃO SOCIAL E O CUIDADO COM OS POBRES.

  • HÁ, EM LEVÍTICO, ALGUMAS LEIS DE FUNDO SOCIAL, COMO O ANO SABÁTICO (25:1-7), O ANO DO JUBILEU, QUE EXIGIA O REPOUSO DO SOLO, PERDÃO DAS DÍVIDAS, LEBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS, DEVOLUÇÃO DA TERRA AOS DONOS ANTERIORES (25:8-34), LEIS A FAVOR DOS POBRES (25:35-38) E LEIS A FAVOR DOS ESCRAVOS (25:39-45). HAVIA UMA PREOCUPAÇÃO MUITO GRANDE, DA PARTE DE DEUS, EM PROTEGER OS CARENTES. POR EXEMPLO, QUANDO DA COLHEITA DA TERRA, AS ESPIGAS QUE CAÍSSEM NÃO PODERIAM SER RECUPERADAS, DEVENDO SER DEIXADAS PARA OS POBRES (19:9-10). CHAMAVA-SE A ISSO DE “RESPIGA”. FOI ASSIM QUE RUTE FOI AOS CAMPOS DE BOAZ PARA PROCURAR COMIDA PARA SI. É UMA ADVERTÊNCIA MUITO GRANDE PARA NÓS, CRISTÃOS, QUE NOS PREOCUPAMOS COM NOSSOS PRÉDIOS PARA CULTOS POMPOSOS, COM AMEALHAMENTO DE RIQUEZAS, SEM QUALQUER VISÃO SOCIAL.


O livro de lev tico13

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • AS GRANDES FESTAS DO CALENDÁRIO HEBREU.

  • O LIVRO ESTABELECE TRÊS GRANDES FESTAS QUE OS HEBREUS DEVERIAM OBSERVAR ANUALMENTE (Ex. 23:14 e 17). AS TRÊS TINHAM PROFUNDO SIGNIFICADO ESPIRITUAL, NÃO SENDO APENAS AJUNTAMENTO DE PESSOAS OU ARREGIMENTAÇÃO RELIGIOSA.


O livro de lev tico14

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • A PRIMEIRA É DA PÁSCOA E DOS PÃES ASMOS. SEU RELATO ESTÁ EM LEVÍTICO 23:4-8. A PÁSCOA CAIRIA NO DIA 14 DE ABIDE (segundo dia sétimo). SUA FINALIDADE ERA RECORDAR A SAÍDA DO EGITO.

  • A SEGUNDA É A FESTA DAS SEMANAS. SEU RELATO ESTÁ EM LEVÍTICO 23:9-14. ERA COMEMORADA EM 6 DE SIVÃ (terceiro mês). TAMBÉM É CHAMADA DE FESTA DAS COLHEITAS E DIAS DAS PRIMÍCIAS.


O livro de lev tico15

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • A TERCEIRA É A FESTA DOS TABERNÁCULOS. SEU RELATO ESTÁ EM LEVÍTICO 23:33-43. ERA COMEMORADA DE 15 a 22 DE TISRI (sétimo mês). LEMBRAVA A PEREGRINAÇÃO PELO DESERTO E A COMPLEMENTAÇÃO DAS COLHEITAS.


O livro de lev tico16

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • OUTRAS FESTAS

  • HAVIA TRÊS OUTRAS GRANDES FESTAS CELEBRADAS PELOS HEBREUS.

  • A PRIMEIRA ERA O SÁBADO LEVÍTICO 23:1-3, CUJO INÍCIO SE DÁ COM O ANOITECER DE SEXTA-FEIRA E VAI ATÉ O SÁBADO À NOITE, QUANDO OS HEBREUS CESSAVAM TODAS SUAS ATIVIDADES PROFISSIONAIS.


O livro de lev tico17

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • A SEGUNDA FESTA ERA O DIA DAS TROMBETAS LEVÍTICO 23:23-25), COMEMORADO NO DIA PRIMEIRO DE TISRI, O SÉTIMO MÊS. SENDO O NÚMERO SETE UM NÚMERO SAGRADO, SERIA ÓBVIO QUE O MÊS SETE (evidentemente um mês sagrado), FOSSE INICIADO COM UMA SANTA CONVOCAÇÃO. PODE-SE LER MAIS SOBRE ESTE DIA EM Nn. 29:1-11.


O livro de lev tico18

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • A TERCEIRA FESTA ERA O DIA DA EXPIAÇÃO.

  • LEVÍTICO 23:26-31, EM 10 DE TISRI. HAVERIA UMA SANTA CONVOCAÇÃO, “AFLIÇÃO DAS ALMAS” E EXPIAÇÃO ANUAL. ERA O DIA MAIS IMPORTANTE DO ANO, DO PONTO DE VISTA DAS FESTIVIDADES RELIGIOSAS. ERA O DIA EM QUE O SUMO SACERDOTE ENTRAVA NO SANTO DOS SANTOS PARA FAZER A EXPIAÇÃO PELOS PECADOS DO POVO. OS PECADOS REMOVIDOS ERAM DE UM SÓ ANO (HEBREUS 10:3), MAS A CERIMÔNIA APONTAVA PARA A REMOÇÃO ETERNA, NO FUTURO (ZACARIAS 3:4, 8-9; 13:1 e HEBREUS 10:14).


O livro de lev tico19

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • OS SACRIFÍCIOS DE SANGUE

  • O DERRAMAMENTO DE SANGUE DE ANIMAIS COM TANTA ABUNDÂNCIA, SEM SER PARA FINS ESSENCIALMENTE COMESTÍVEIS, PODE PARECER REPUGNANTE PARA MUITAS PESSOAS, MAS HÁ UM PRINCÍPIO BÁSICO NOS SACRIFÍCIOS DE SANGUE.

  • O PECADO SÓ SE PAGA COM A MORTE. COM A MORTE DO ANIMAL ACONTECIA A EXPIAÇÃO:UM INOCENTE PAGAVA PELO CULPADO.


O livro de lev tico20

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • CERIMÔNIAS

  • ALÉM DAS TRÊS GRANDES FESTAS ANUAIS (páscoa; pães asmos; semanas e tabernáculos), HAVIA PELO MENOS MAIS DOIS TIPOS DE CULTOS OU CERIMÔNIAS QUE ERAM PRESTADOS NO TABERNÁCULO.

  • O PRIMEIRO ERAM AS CERIMÔNIAS PÚBLICAS NACIONAIS, ENVOLVENDO ESPIRITUALMENTE TODA A NAÇÃO, COM APENAS OS SACERDOTES PARTICIPANDO, E QUE ERAM PRESTADAS DE MANHÃ E À TARDE, ERAM DE TRÊS TIPOS:


O livro de lev tico21

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • PRIMEIRO CULTOS DIÁRIOS, QUE CONSISTIAM DE: HOLOCAUSTIS (consagração); OFERTA DE CEREAIS (gratidão); LIBAÇÕES (louvor); INCENSO (oração) E LÂMPADAS (iluminação).

  • SEGUNDO CULTOS SEMANAIS QUE ERAM AS OFERTAS DIÁRIAS DUPLICADAS E TROCA DOS PÃES DA PROPOSIÇÃO.

  • TERCEIRO CULTOS MENSAIS, QUE ACONTECIAM NO INÍCIO DE CADA MÊS. ERAM AS FESTAS DA LUA NOVA, QUANDO AS OFERTAS ERAM AUMENTADAS.


O livro de lev tico22

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • HAVIA MAIS CERIMÔNIAS QUE ERAM CERIMÔNIAS PARTICULARES, QUE ERAM REALIZADAS PARA PESSOAS E FAMÍLIAS E CONTAVAM COM A PARTICIPAÇÃO DELAS.


O livro de lev tico23

O LIVRO DE LEVÍTICO

  • QUE NOS DIZ RESPEITO:

  • PRIMEIRO É QUE DEUS DESEJA MORAR COM SEU POVO, MAS NÃO O FAZ A NÃO SER NA SANTIDADE. ISRAEL PRECISAVA MANTER-SE SANTO ATRAVÉS DOS SACRIFÍCIOS PARA QUE IAHWEH HABITASSE EM SEU MEIO.

  • SEGUNDO É A SERIEDADE DO PECADO. NÃO É ALGO BANAL, MAS OFENDE A DEUS, ENTRISTECE-O, PRODUZ UM DISTANCIAMENTO ENTRE NÓS E ELE.

  • TERCEIRO É A NECESSIDADE DE DERRAMAMENTO DE SANGUE PARA EXPIAÇÃO. PARA REAJUNTAR AS DUAS PARTES, HOMEM E DEUS, HAVIA NECESSIDADE DE SANGUE SER DERRAMADO. ISTO ACONTECEU EM JESUS CRISTO.


O livro de n meros

O LIVRO DE NÚMEROS

  • É PROVÁVEL QUE UM CRENTE FIQUE ANOS SEM OUVIR UM SERMÃO DESTE LIVRO.

  • AFINAL, O QUE TEM PARA NOS DIZER UM LIVRO CHAMADO “NÚMEROS”, SABENDO-SE QUE NÃO SÃO MUITAS AS PESSOAS QUE GOSTAM DE MATEMÁTICA?É POSSÍVEL VIR ALGUMA COISA BOA DAQUI?


O livro de n meros1

O LIVRO DE NÚMEROS

  • É PERFEITAMENTE POSSÍVEL! E VEM MUITA COISA BOA DAÍ, PORQUE TODA A PALAVRA DE DEUS (e não apenas algumas de suas partes) É DIVINAMENTE INSPIRADA E PROVEITOSA PARA ENSINAR, PARA REPREENDER, PARA CORRIGIR, PARA INSTRUIR EM JUSTIÇA...(II Tm. 3:16).

  • DESPINDO-NOS DE PRECONCEITOS E DA IDÉIA DE QUE NADA DE ÚTIL NOS VIRÁ DE SEU ESTUDO, VAMOS A ELE COM O CORAÇÃO ABERTO.

  • NÚMEROS TRATA DO POVO DE DEUS EM MARCHA, RUMO À TERRA PROMETIDA.


O livro de n meros2

O LIVRO DE NÚMEROS

  • TÍTULO

  • NÚMEROS VEM DO TÍTULO GREGO DA SEPTUAGINTA, Arithmoi. ESTE TÍTULO FOI, CERTAMENTE, INPIRADO NOS RECENSEAMENTOS NARRADOS NOS CAPÍTULOS 1 a 4 e 26.

  • O TÍTULO HEBRAICO É Bemidbhar, “NO DESERTO”, QUINTA PALAVRA DO TEXTO ORIGINAL. NÚMEROS MOSTRA AS GRANDES BATALHA; DESCREVE CINCO DAS SEIS GRANDES:


O livro de n meros3

O LIVRO DE NÚMEROS

  • PRIMEIRACONTRA AMALEQUE, EM REFIDIM, SENDO AMALEQUE O AGRESSOR E ISRAEL O VENCEDOR. O RELATO ESTÁ EM ÊXODO 17:8-16.

  • SEGUNDA CONTRA AMALEQUE E OS CANANEUS, EM HORMÁ, SENDO ISRAEL O AGRESSOR E AMALEQUE O VENCEDOR. O RELATO ESTÁ EM NÚMEROS 14:39-45.

  • TERCEIRACONTRA ARADE, EM HORMÁ, SENDO ARADE O AGRESSOR E ISRAEL O VENCEDOR. O RELATO ESTÁ EM NÚMEROS 21:1-3.


O livro de n meros4

O LIVRO DE NÚMEROS

  • QUARTACONTRA OS AMORREUS, EM JAZA, SENDO OS AMORREUS OS AGRESSORES E ISRAEL O VENCEDOR. O RELATO ESTÁ EM NÚMEROS 21:21-25.

  • QUINTACONTRA BASÃ, EM EDREI, SENDO ISRAEL O AGRESSOR E TAMBÉM O VENCEDOR. O RELATO ESTÁ EM NÚMEROS 21:33-35.

  • SEXTACONTRA MIDIÃ, EM LUGAR NÃO DEFINIDO, SENDO ISRAEL O AGRESSOR E TAMBÉM O VENCEDOR. O RELATO ESTÁ EM NÚMEROS 31:1-12.


O livro de n meros5

O LIVRO DE NÚMEROS

  • NÚMEROS MOSTRA, PORTANTO, O FORTALECIMENTO DE ISRAEL EM GUERRAS, BEM COMO SEU ESTABELECIMENTO DEFINITIVO COMO UMA NAÇÃO LIVRE, VENCENDO SEUS ADVERSÁRIOS E CRIANDO UMA CULTURA BÉLICA QUE MAIS TARDE LHE SERIA ÚTIL NO SEU ESTBELECIMENTO NA TERRA PROMETIDA.


O livro de n meros6

O LIVRO DE NÚMEROS

  • O LIVRO COBRE UM PERÍODO DE TEMPO DE 38 ANOS DE ACONTECIMENTOS, CONFORME SE PODE VERIFICAR NA LEITURA DE Nm. 1:1 (segundo ano depois da saída) e na de 33:38 (quadragésimo ano).


O livro de n meros7

O LIVRO DE NÚMEROS

  • É IMPORTANTE SITUÁ-LO NA SUA RELAÇÃO COM O PENTATEUCO. ELE NÃO É ALGO À PARTE, MAS FAZ PARTE DE UM TODO, LIGANDO-SE, PRINCIPALMENTE, A ÊXODO E LEVÍTICO. TENTAR ESTUDÁ-LO ISOLADAMENTE OU FIXAR-SE NELE SEM OBSERVAR OS ANTERIORES PODE NOS INDUZIR A ERROS NA SUA INTERPRETAÇÃO.


O livro de n meros8

O LIVRO DE NÚMEROS

  • ESBOÇO DO LIVRO

  • NO SINAI1:1 A 10:10PREPARATIVOS PARA A VIAGEM (algumas semanas).

  • RUMO A MOABE10:11 A 22:1A VIAGEM PROPRIAMENTE DITA, CERCA DE 39 ANOS (conforme se pode ver em 1:1 a marcha começou no segundo ano)

  • EM MOABEÀS PORTAS DA TERRA PROMETIDA (apenas alguns meses)


O livro de n meros9

O LIVRO DE NÚMEROS

  • OUTRA MANEIRA DE DIVIDIR O LIVRO

  • A ANTIGA GERAÇÃO – DO SINAI a CADES – CAPÍTULOS 1 a 14

  • A)O CENSO1 a 14

  • B)AS INSTRUÇÕES5 a 9

  • C)A JORNADA10 a 14


O livro de n meros10

O LIVRO DE NÚMEROS

  • ERA DE TRANSIÇÃOCAPÍTULOS 15 A 20

    (a peregrinação)

  • A NOVA GERAÇÃOCAPÍTULOS 21 A 36

  • A)AS NOVAS JORNADAS21 a 25

  • B)NO NOVO CENSO26 a 27

  • C)AS NOVAS INSTRUÇÕES28 a 36


O livro de n meros11

O LIVRO DE NÚMEROS

  • PRINCÍPIOS TEOLÓGICOS DO LIVRO

  • O PRIMEIRO PRINCÍPIO TEOLÓGICO, E O MAIS FORTE DE TODOS, É A PRESENÇA DE IAHWEH NO MEIO DO SEU POVO.

  • A PEREGRINAÇÃO DE ISRAEL NÃO FOI DESACOMPANHADA. ATÉ MESMO O ESTRANHO PROFETA BALAÃO RECONHECEU ISSO: “ NÃO SE OBSERVA INIQÜIDADE EM JACÓ, NEM SE VÊ MALDADE EM ISRAEL; O SENHOR, SEU DEUS É COM ELE, NO MEIO DELE SE OUVE A ACLAMAÇÃO DUM REI” (Nm. 23:21)


O livro de n meros12

O LIVRO DE NÚMEROS

  • DEUS VELA POR SEU POVO; ALIMENTA-O COM O MANÁ E COM AS CODORNIZES, DESSEDENTA-O COM A ÁGUA DA ROCHA, SALVA-A DAS SERPENTES VENENOSAS, FAZ-LHE ATRAVESSAR O ARNON COMO UM OUTRO MAR VERMELHO, ENTREGA-LHE OS INIMIGOS, IMPEDE QUE SEJA AMALDIÇOADO E, POR FIM, O CONDUZ ÀS PORTAS DA TERRA QUE DÁ EM HERANÇA. ESTE É UM PRINCÍPIO TEOLÓGICO QUE A IGREJA DE JESUS DEVE TER COMO ALTAMENTE PRECIOSO. SEU SALVADOR A ACOMPANHA, TAMBÉM, EM TODOS OS MOMENTOS.


O livro de n meros13

O LIVRO DE NÚMEROS

  • O SEGUNDO, E QUE TAMBÉM A NOSSA ATENÇÃO, É A RELAÇÃO ENTRE DESOBEDIÊNCIA, INCREDULIDADE, MURMURAÇÃO E REBELIÃO.

  • HÁ UMA REGULARIDADE NA DESOBEDIÊNCIA DOS ISRAELITAS, SUAS QUEIXAS QUE MOSTRAVAM SUA INCREDULIDADE, E SUA REBELDE MURMURAÇÃO QUE MOSTRAVA A INCAPACIDADE DE CRER NO PODER DE DEUS E DE ACEITAR A LIDERANÇA DE MOISÉS.


O livro de n meros14

O LIVRO DE NÚMEROS

  • O TERCEIRO PRINCÍPIO TEOLÓGICO É A CONSAGRAÇÃO INTEGRAL DE UMA PESSOA, SIMBOLIZADA PELO VOTO DE NAZIREU.

  • O RELATO DE SUA INSTITUIÇÃO ESTÁ EM NÚMEROS 6:1-21. QUANDO UMA PESSOA ASSUMIA O VOTO DE NAZIREU ESTAVA DECLARANDO PUBLICAMENTE, DE MANEIRA IRREVERSÍVEL, SUA CONSAGRAÇÃO PARA UM SERVIÇO ESPECIAL A DEUS. TANTO HOMENS COMO MULHERES PODIAM ASSUMI-LO.


O livro de n meros15

O LIVRO DE NÚMEROS

  • A NUVEM

  • A TEOFANIA DA NUVEM MERECE UMA EXPLICAÇÃO MAIS DETALHADA. SEU APARECIMENTO NÃO SUCEDE APENAS NA PEREGRINAÇÃO DE ISRAEL PELO DESERTO, MAS EM TODA A BÍBLIA.

  • É UMA FIGURA TEOFÂNICA. DESDE GÊNESIS, PORTANTO, ELA É USADA, MOSTRANDO A PRESENÇA OU OS ATOS DE DEUS. ELA MARCA O ANTIGO E O NOVO TESTAMENTO, E ESTARÁ PRESENTE NO REGRESSO DO SENHOR JESUS, COMO LEMOS EM APOCALIPSE 1:7. SUA ÚLTIMA MENÇÃO SE DÁ EM APOCALIPSE 14:16, NA FIGURA DA CEIFA E DA VINDIMA.


O livro de n meros16

O LIVRO DE NÚMEROS

  • MARCHA

  • UM MOMENTO SIGNIFICATIVO DO LIVRO É A MARCHA DE ISRAEL PELO DESERTO. O RELATO BÍBLICO SE ESTENDE DE 10:11 A 14:45, INTERROMPIDO POR UMA SEQÜENCIA DE LEIS OUTORGADAS E OUTROS FATOS, E RECOMEÇA NO CAPÍTULO 20, SEGUIDO PELO CAPÍTULO 21.

  • PARA A MARCHA, AS DOZE TRIBOS ERAM COLOCADAS EM FORMAÇÃO DE UM QUADRADO, TENDO AO CENTRO A TENDA OU TABERNÁCULO.

  • A MARCHA TERMINA COM O POVO PRESTES A ENTRAR EM CANAÃ. APENAS DOIS HOMENS, DE TODOS OS QUE SAÍRAM, ENTRARÃO: JOSUÉ E CALEBE. NEM MOISÉS ENTRARÁ. FOI IMPEDIDO PORQUE, EM VEZ DE FALAR À ROCHA, BATEU NELA POR DUAS VEZES.


O livro de n meros17

O LIVRO DE NÚMEROS

  • A ESTRANHA FIGURA DE BALAÃO

  • O EPISÓDIO DE BALAÃO TEM SUSCITADO MUITAS CONTROVÉRSIAS. SUA HISTÓRIA APARECE NOS CAPÍTULOS 22 A 24. QUEM FOI ELE, AFINAL,E COMO ENTENDER SEU PAPEL? A ETIMOLOGIA DO NOME PODE NOS AJUDAR: “A MAIORIA DOS ERUDITOS DERIVA ESTE NOME DO VERBO “bâla” “devorar”, COM O SUFIXO am” . NÃO É DIFÍCIL VER AQUI SEU CARÁTER. O SUFIXO am SIGNIFICA “povo”. ELE É O DEVORADOR, O DESTRUIDOR DO POVO DE DEUS.

  • NOSSAS FALHAS MORAIS PODEM INVIABILIZAR O PROJETO DE DEUS PARA A NOSSA VIDA. E DEPOIS NÃO ADIANTA CULPAR A satanás.


O livro de n meros18

O LIVRO DE NÚMEROS

  • A SERPENTE DE BRONZE

  • NÚMEROS 21:4 – 9 TRAZ O EPISÓDIO DAS “SERPENTES ABRASADORAS” E A SERPENTE DE BRONZE. MAIS UMA VEZ (e agora, pela última vez) O POVO SE QUEIXA DO ALIMENTO. CHAMA O MANÁ DE “miserável”. COMO CASTIGO, DEUS LHE ENVIA SERPENTES QUE O TEXTO CHAMA DE “abrasadoras”.

  • O REMÉDIO FOI CURIOSO:UMA SERPENTE DE BRONZE. ELA ERA O ANTÍODO. BOA LIÇÃO: O VENENO SE CURA COM O SEMELHANTE. O REMÉDIO É SEMELHANTE AO VENENO. QUEM UER QUE OLHASSE PARA A SERPENTE DE BRONZE LEVANTADA NUM POSTE FICAVA CURADO. BASTAVA UM OLHAR DE FÉ.

  • O SENHOR VEIO EM SEMELHANÇA DE CARNE PECAMINOSA E NO TOCANTE AO PECADO, E COMO TAL FOI PREGADO NO MADEIRO PARA QUE O AVANÇO DO PECADO E A MORTE PUDESSEM SER DETIDOS. TODO AQUELE QUE DIRIGIR O OLHAR DE FÉ PARA ELE TERÁ A VIDA ETERNA.


O livro de deuteron mio

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • O TÍTULO DO LIVRO DE DEUTERONÔMIO, NA BÍBLIA HEBRAICA, É “Eller Há Dabarym”, QUE AO PÉ DA LETRA, SIGNIFICA “As Palavras”, EXTRAÍDO DO PRIMEIRO VERSÍCULO DO LIVRO


O livro de deuteron mio1

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • TÍTULO

  • O LIVRO DE DEUTERONÔMIO NÃO APRESENTA UMA SEGUNDA OU UMA OUTRA LEI, MAS REPETE AS LEIS DADAS NO MONTE SINAI ÀS PESSOAS QUE NÃO ESTAVAM PRESENTES OU ERAM CRIANÇAS QUANDO A LEI FOI DADA ORIGINALMENTE.

  • O QUE FORA DITO EM ÊXODO E LEVÍTICO É REFORÇADO EM DEUTERONÔMIO QUE É O LIVRO DA REAFIRMAÇÃO DA ALIANÇA.


O livro de deuteron mio2

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • “CONSTA QUE MOISÉS “DECLAROU” A LEI (CAPS. 4 A 6, 10) E A ESCREVEU NUM LIVRO, QUE FOI COLOCADO AO LADO DA ARCA E ENTREGUE AOS LEVITAS PARA O GUARDAREM (31:9, 26). AS TRADIÇÕES JUDAICAS E SAMARITANAS SÃO UNÂNIMES EM ATRIBUIR A AUTORIA DO LIVRO A MOISÉS, CONFIRMADA NUM PASSO DE NEEMIAS 8:1”.

  • HÁ UMA RELAÇÃO BEM EXPRESSIVA ENTRE OS LIVROS DE ÊXODO, LEVÍTICO E DEUTERONÔMIO. EM DEUTORONÔMIO, MOISÉS ELABORA E AMPLIA A LEI DE ÊXODO 20 A 23 DADA NO MONTE SINAI, REPETINDO O DECÁLOGO (Dt 5:7-21).


O livro de deuteron mio3

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • UM ESBOÇO DO LIVRO

  • O LIVRO TEM TRÊS DIVISÕES QUE PODEM SER NOTADAS PELOS VERBOS NO IMPERATIVO: “RECORDAI” , “OBEDECEI” E “CUIDAI”.

  • I)RECORDAI!REVISÃO DA HISTÓRIA DAS PEREGRINAÇÕES1:1 a 4:43 (O PASSADO).


O livro de deuteron mio4

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • II)OBEDECEI!EXPOSIÇÃO DA LEI 4:44 a 26 ( O PRESENTE).

  • III)CUIDAI!PREVISÃO DO FUTURO DE ISRAEL 27 a 34 (O FUTURO).


O livro de deuteron mio5

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • NESTE ESBOÇO SE VERIFICA O VALOR DA ALIANÇA, O berith. ELA ESTÁ SUBJACENTE A TODO O LIVRO. A REVISÃO DAS PEREGRINAÇÕES É FEITA PARA MOSTRAR SUA OUTORGA. O CHAMADO À OBEDIÊNCIA É SEU REAVIVAMENTO NA MENTE DO POVO. E A MOSTRA DO FUTURO É BEM CLARA: ELE DEPENDE DA LEALDADE DE ISRAEL À ALIANÇA. NO CAPÍTULO 27:11-26 SE VÊEM AS MALDIÇÕES PELA QUEBRA DA ALIANÇA. NO 28:1-14, SE VÊM AS BÊNÇÃOS PELA OBSERVÂNCIA.


O livro de deuteron mio6

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • DEUTERÔNOMIO É, PORTANTO, A REAFIRMAÇÃO DA ALIANÇA. ESTANDO PRESTES A FAZER A SUA ENTRADA EM CANAÃ, O POVO É CHAMADO A RENOVAR OS VOTOS COM IAHWEH.

  • DIGNA DE NOTA É, NESTE CONTEXTO, OBSERVAR QUE “FOI DESSA PARTE DO VELHO TESTAMENTO QUE JESUS, POR TRÊS VEZES CITOU AS PALAVRAS COM QUE RESPONDEU AO TENTADOR NO DESERTO (MATEUS4:4,7,10 COMPARADO COM DEUTERONÔMIO 8:3, e 6:16 e 6:13)”. SE NÃO AJUDOU ISRAEL A VENCER AS TENTAÇÕES QUE LHE SOBREVIERAM NO FUTURO, FOI ONDE JESUS SE ABEBEROU PARA VENCER A TENTAÇÃO.


O livro de deuteron mio7

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • O FUNDAMENTO TEOLÓGICO DO LIVRO

  • TODA A TEOLOGIA DO LIVRO REPOUSA SOBRE A shemá, TÍTULO QUE SE DÁ PARA A DECLARAÇÃO CONTIDA EM 6:4, AS FAMOSAS QUANDO PALAVRAS EM HEBRAICO, Iahweh Eloheinu Iahweh Ehâd (IAHWEH NOSSO DEUS IAHWEH UM), QUE É O MAIOR TESOURO TEOLÓGICO DOS JUDEUS. ELA DECLARA A UNICIDADE DE DEUS, QUE É O EIXO CENTRAL DO ENSINO TEOLÓGICO DO LIVRO.

  • PONTOS PRINCIPAIS DA ALIANÇA MOSTRADOS EM DEUTERONÔMIO


O livro de deuteron mio8

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • QUEM É IAHWEH?EM DEUTERONÔMIO SE APRENDE MAIS DE Iahweh. ELE É O ÚNICO DEUS 6:4, SENDO TAMBÉM O SENHOR ABSOLUTO DO UNIVERSO 10:14, DA NATUREZA 11:10-15 E DOS POVOS 9:1-3. É TAMBÉM O DEUS DOS PATRIARCAS 9:27, AQUELE QUE REDIMIU ISRAEL DA ESCRAVIDÃO 6:21-23 E COM ELE FORMOU UMA ALIANÇA 5:2,3 E SE COMPROMETEU A LHE DAR UMA TERRA 11:9. ELE TEM UM PROPÓSITO HISTÓRICO: INSTALAR SEU POVO NA TERRA PROMETIDA.

  • ESTE PROPÓSITO É O INÍCIO DE UM PROJETO BEM MAIOR: DISSEMINAR SEU NOME ENTRE TODOS OS POVOS, TAREFA DADA A ISRAEL.


O livro de deuteron mio9

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • QUEM É ISRAEL?NÃO É UMA GRANDE NAÇÃO, MAS É UM POVO PEQUENO E INESPRESSIVO 7:7. NÃO FOI ESCOLHIDO POR SEUS MÉRITOS, MAS PELA GRAÇA. SUA ELEIÇÃO SE DEVE A UM ATO SOBERANO DE Iahweh. ELE QUIS ESCOLHER ESTE POVO. ISRAEL É, TAMBÉM, UM POVO DURO E REBELDE, OBSTINADO, MAS O QUERER DE DEUS FOI ESCOLHÊ-LO MESMO ASSIM 9:5-8. DESTA MANEIRA, ISRAEL É O POVO VOCACIONADO PARA TESTEMUNHAR DE Iahweh 7:6. ESTA É SUA MISSÃO. APESAR DE SUA DUREZA DE CORAÇÃO. É UM POVO SANTO E ESCOLHIDO 7:6, OU SEJA, RESERVADO PARA DEUS E DEVE ESTAR APTO PARA CUMPRIR A SUA MISSÃO.


O livro de deuteron mio10

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • CATIVEIRO E REDENÇÃO

  • A LEMBRANÇA DO CATIVEIRO E DA REDENÇÃO ESTÁ SEMPRE PRESENTE NO LIVRO, DO INÍCIO AO FIM. ISRAEL DEVERIA LEMBRAR E REPASSAR ÀS GERAÇÕES POSTERIORES O EVENTO. LEMOS EM 4:9: “TÃO-SOMENTE QUARDA-TE A TI MESMO, E GUARDA BEM A TUA ALMA, PARA QUE NÃO TE ESQUEÇAS DAS COISAS QUE OS TEUS OLHOS VIRAM, E QUE ELAS NÃO SE APAGUEM DO TEU CORAÇÃO TODOS OS DIAS DA TUA VIDA; PORÉM AS CONTARÁS A TEUS FILHOS, E AOS FILHOS DE TEUS FILHOS”. A LIBERTAÇÃO DEVERIA PASSAR DE GERAÇÃO A GERAÇÃO, SENDO REAVIVADA NA MENTE DO POVO.


O livro de deuteron mio11

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • A HERANÇA

  • CANAÃ É TERRA BOA QUE IAHWEH DÁ A ISRAEL (1:25).

  • É TERRA DE FARTURA (6:3), O QUE MOSTRA COMO DEUS TRATA SEUS FILHOS. ELE NÃO DÁ RAÇÕES MISERÁVEIS, MAS FARTURA. LEMBREMO-NOS DE JOÃO 10:10;...eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância.

  • ESTA TERRA É HERANÇA (4:21); OU SEJA, É DE IAHWEH E ELE A CEDE A SEU POVO, QUE É SEU FILHO (Êx. 4:22). UMA HERANÇA É ALGO QUE ALGUÉM PODE DOAR A OUTRO ALGUÉM.


O livro de deuteron mio12

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • A RECIPROCIDADE NO AMOR

  • IAHWEH AMOU OS ANTEPASSADOS DOS HEBREUS QUE ESTAVAM NO DESERTO RECEBENDO O DEUTERONÔMIO (4:37). AMOU PRIMEIRO, PORTANTO.

  • A INICIATIVA FOI DELE. EM RESPOSTA A ESTA INICIATIVA DIVINA., ISREL DEVE AMAR A IAHWEH DE TODO O CORAÇÃO (6:5). ESTE AMOR IMPLICA EM TEMOR (4:10), QUE É UMA ATITUDE DE REVERÊNCIA E NÃO DE MEDO OU PAVOR. NÃO DEVERIA SE ENVOLVER COM OUTROS DEUSES, ATÉ PORQUE NUNCA OS CONHECEU (11:28) E DEVERIA, ATÉ MESMO, FAZER SEUS NOMES DESAPARECEREM (12:3). O NOME SIMBOLIZAVA O CARÁTER DA PESSOA.

  • DEUS DEVE SER AMADO POR AQUILO QUE É E NÃO POR AQUILO QUE PODE NOS DAR.


O livro de deuteron mio13

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • A CENTRALIZAÇÃO DO CULTO

  • Á LUZ DE 12:5 E 11, O CULTO DEVE SER CENTRALIZADO EM UM DETERMINADO LUGAR. POR ISSO, ALGUNS DIZEM QUE O LIVRO É POSTERIOR A MOISÉS, PRODUTO DOS SACERDOTES (documento P), PARA CENTRALIZAR O CULTO EM JERUSALÉM. NÃO É NECESSÁRIO PENSAR ASSIM.

  • NA REALIDADE, PENSAR ASSIM SERÁ PRECIPITAÇÃO, PORQUE NÃO É ESTA A ÚNICA INTERPRETAÇÃO A SE FAZER DESTAS RECOMENDAÇÕES. A CENTRALIZAÇÃO ERA EXTREMAMENTE NECESSÁRIA PORQUE PODERIA EVITAR A CORRUPÇÃO QUE SURGIRIA PELA PULVERIZAÇÃO DE LUGARES DE CULTO E PELA FRAGMENTAÇÃO DO MODELO LITÚRGICO.


O livro de deuteron mio14

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • AS CINCO LEIS ESPIRITUAIS DE ISRAEL

  • DÁ-SE ESTE NOME ÀS EXIGÊNCIAS DE IAHWEH A ISRAEL CONTIDAS NO TEXTO DE 10:12, 13.

  • A PRIMEIRA É TEMER A IAHWEH. ESTA QUESTÃO DEVE SER BEM ENTENDIDA, PORQUE MUITOS EQUÍVOCOS TÊM SIDO COMETIDOS.

  • A SEGUNDA É ANDAR EM TODOS OS CAMINHOS DO SENHOR. A FIGURA DE ANDAR É MUITO COMUM NA BÍBLIA. EM GÊNESIS 5:24 VEMOS QUE ENOQUE ANDOU COM DEUS. EM GÊNESIS 17:1, ABRAÃO É COMISSIONADO PARA ANDAR COM EL-SHADDAY E SER PERFEITO.


O livro de deuteron mio15

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • A TERCEIRA É AMAR A IAHWEH. PARA JESUS, NA RESPOSTA A UM DOUTOR DA LEI QUE O INQUIRIU, ESTE É O MAIOR DOS MANDAMENTOS (Mt. 22:36,37).

  • O AMOR DEVE PENETRAR TODAS AS DIMENSÕES DA VIDA HUMANA; A VIDA FAMILIAR, AVIDA SOCIAL, O REPOUSO E A ATIVIDADE. MAIS AINDA, O AMOR DEVE PENETRAR TODAS AS AÇÕES (mãos) E INTENÇÕES (olhos), TANTO NA VIDA PARTICULAR DA FAMÍLIA, COMO NOS VÁRIOS SETORES E SITUAÇÕES DA VIDA EM SOCIEDADE.

  • A QUARTA É SERVIR A IAHWEH DE TODO O CORAÇÃO E ALMA. O VERBO “SERVIR” DERIVA DO SUBSTANTIVO ebhed. O TERMO DESIGNA UMA PESSOA À DISPOSIÇÃO DE OUTRA.

  • A QUINTA É GUARDAR OS MANDAMENTOS DO SENHOR.


O livro de deuteron mio16

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • OS DIFERENTES TIPOS DE LEIS EM DEUTERONÔMIO

  • LEI CRIMINAL

  • A LEI CRIMINAL DIFERE DA LEI CIVIL NO SENTIDO QUE NA PRIMEIRA A DISPUTA É ENTRE CIDADÃOS, SENDO QUE OS JUÍZES INTERVIAM JUDICIALMENTE, MESMO NÃO SENDO A PARTE OFENDIDA.

  • LEI CIVIL

  • ESSAS LEIS DIZEM RESPEITO A CASOS DE DANOS FEITOS A OUTREM, NEGLIGÊNCIA, ASSALTO, FERIMENTOS NÃO INTENCIONAIS, USO E ABUSO DE ESCRAVOS. (muitas dessas leis não eram inéditas, sendo encontradas no código de Hamurábi, um rei de Babilônia (aproximadamente 1792-1750 a . C.); antes de Moisés, portanto)


O livro de deuteron mio17

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • LEI FAMILIAR

  • A FAMÍLIA ERA DE IMPORTÂNCIA CAPITAL NA ESTRUTURA SOCIAL DE ISRAEL. OS ISRAELITAS, APÓS A DESTRUIÇÃO DE JERUSALÉM EM 70, NA ERA CRISTÃ, VIVERAM SÉCULOS SEM SER UMA NAÇÃO SOCIALMENTE ORGANIZADA, SEM TERRA, SEM TEMPLO, E EM MUITAS LUGARES FORAM IMPEDIDOS DE PRATICAR SUA RELIGIÃO. MAS O JUDAÍSMO SOBREVIVEU PORQUE SEU ENSINO NÃO SE CENTRAVA, FUNDAMENTALMENTE, NUM PRÉDIO, MAS NA FAMÍLIA.


O livro de deuteron mio18

O LIVRO DE DEUTERONÔMIO

  • LEIS DO CULTO

  • O CULTO JUDAICO PREFIGURAVA A OBRA FUTURA DE JESUS CRISTO.

  • LEIS DE CARIDADE

  • ESTABELECEM PRINCÍPIOS DE CONDUTA, NORMAS E AÇÃO.

  • PROFETA SEMELHANTE A MIM

  • 18:15 MOISÉS FAZ A SEGUINTE DECLARAÇÃO: O SENHOR, TEU DEUS, TE SUSCITARÁ DO MEIO DE TI, DENTRE TEUS IRMÃOS, ...


Pentateuco1

PENTATEUCO

  • FIM


  • Login