empreendedorismo
Download
Skip this Video
Download Presentation
EMPREENDEDORISMO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 87

EMPREENDEDORISMO - PowerPoint PPT Presentation


  • 129 Views
  • Uploaded on

EMPREENDEDORISMO. Leandro Wollenhaupt 2009. Criando e dando ao . Plano de Negócio. Programa de aprendizagem. 1A perspectiva do empreendedorismo; 2 Criando e dando início ao empreendimento; 3 Plano de viabilidade técnica e financeira de um negócio; 4 Expansão do empreendimento.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'EMPREENDEDORISMO' - dyan


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
empreendedorismo

EMPREENDEDORISMO

Leandro Wollenhaupt

2009

criando e dando ao
Criando e dando ao

Planode Negócio

programa de aprendizagem
Programa de aprendizagem

1A perspectiva do empreendedorismo;

2 Criando e dando início ao empreendimento;

3 Plano de viabilidade técnica e financeira de um negócio;

4 Expansão do empreendimento.

1 a perspectiva do empreendedorismo
1 A perspectiva do empreendedorismo

1.1 A natureza e importância dos empreendedores;

1.2 O comportamento empreendedor;

1.3 Oportunidades de negócios.

2 criando e dando in cio ao empreendimento
2 Criando e dando início ao empreendimento

2.1 Criatividade e idéia de empresa;

2.2 Questões legais;

2.3 O planejamento de um negócio.

3 plano de viabilidade t cnica e financeira de um neg cio
3 Plano de viabilidade técnica e financeira de um negócio

3.1 O plano organizacional;

3.2 O plano de marketing;

3.3 O plano financeiro;

3.4 Fontes de capital;

3.5 Capital de risco.

4 expans o do empreendimento
4 Expansão do empreendimento

4.1 Estratégias para a expansão;

4.2 Abertura de capital;

4.3 O encerramento das atividades da empresa.

o que empreendedorismo
O que é empreendedorismo?
  • origem francesa (entrepreneur): aquele que assume riscos e começa algo novo.
  • entre: entrar; pre: antes; neur: centro nervoso.
  • fazer, prática. Propor-se, tentar (ação). Por em execução. (Aurélio).
  • tema principal: criação de empresas.
outros temas do empreendedorismo
Outros Temas Do Empreendedorismo
  • Geração do auto-emprego (trabalhador autônomo)
  • Empreendedorismo comunitário (como as comunidades empreendem)
  • Intra-empreendedorismo (o empregado empreendedor)
  • Políticas públicas (políticas governamentais para o setor).
o que um empreendedor
O Que É Um Empreendedor?
  • Indivíduo que cria uma empresa, qualquer que seja ela;
  • Pessoa que compra uma empresa e introduz inovações, assumindo riscos, seja na forma de administrar, vender, fabricar, distribuir, seja na forma de fazer propaganda de seus produtos e ou serviços, agregando novos valores;
o que um empreendedor1
O Que É Um Empreendedor?
  • “Os empreendedores são pessoas diferenciadas, que possuem motivação singular, apaixonadas pelo que fazem, não se contentam em ser mais um na multidão querem ser reconhecidas e admiradas, referenciadas e imitadas, querem deixar um legado. (Senso de missão)”
o que um empreendedor2
O Que É Um Empreendedor?
  • Empregado que introduz inovações em uma organização, provocando o surgimento de valores adicionais.
  • Mas quem só gerencia o negócio, sem introduzir nenhuma inovação, não é considerado um empreendedor....
  • Shumpeter, J. “O empreendedor é aquele que destrói a ordem econômica existente pela introdução de novos produtos e serviços, pela criação de novas formas de organização ou pela exploração de novos recursos naturais.”
quem o empreendedor
Quem é o empreendedor?

Alta

Inventor

Empreendedor

Criatividade e

Inovação

Gerente,

Administrador

A grande

maioria

Alta

Baixa

Habilidades gerenciais e know-how em business

os 5 m s do empreendedorismo
Os 5 M’s do empreendedorismo
  • The entrepreneur and the management team
  • The entrepreneur and the management team
  • The entrepreneur and the management team
  • The market potential
  • The business model

M

M

$

M

M

M

o que o empreendedor
O que é o empreendedor?
  • Kirzner: “...encontra oportunidade no caos. Cria um equilíbrio no caos....”
por que estudar empreendedorismo no brasil
Por Que Estudar Empreendedorismo No Brasil?
  • Alto índice de “mortalidade infantil” das novas empresas. 50% “morrem” antes de completar 1 ano. (Brasil).
  • Quebrar o paradigma cultural: não valorizar homens e mulheres de sucesso. Acham que é sorte ou algum outro meio alheio à sua competência.
  • 1 em cada 8 adultos no Brasil abre um negócio (EUA –1 p/ 10, Austrália – 1 p/ 12).
slide17
Empreendedor é quem .......

“.... sonha e busca realizar seus sonhos”

Dolabela

“.... imagina, desenvolve e realiza visões”

Filion

“.... tem a coragem de voar sem ter asas”

Brutti

caracter sticas do empreendedor
Características Do Empreendedor
  • Independentes
  • Trabalham em equipe
  • Se relacionam com várias pessoas (diferentes tipos, sem preconceito, curiosos)
  • Planejam
caracter sticas empreendedoras pessoais
Características Empreendedoras Pessoais
  • É persistente – reflete sobre os motivos dos fracassos
  • Tem autoconfiança (auto-estima) – não tem medo de cometer erros
  • Sabe definir metas – quantifica claramente os objetivos que pretende atingir
caracter sticas empreendedoras pessoais1
Características Empreendedoras Pessoais
  • Procura oportunidades – elas existem todo o tempo e em qualquer lugar
  • Tem iniciativa – quem sabe faz a hora, não espera acontecer .....
  • Planeja sistematicamente – sabe o caminho a tomar para atingir cada meta
caracter sticas empreendedoras pessoais2
Características Empreendedoras Pessoais
  • É criativo - sabe diferenciar o que é fantasia, buscandoresultados concretos
  • Cumpre contratos (compromissos) -compromete-se antes, consigo mesmo
  • Exige eficiência e qualidade -entre os recursos aplicados e os resultados obtidos
caracter sticas empreendedoras pessoais3
Características Empreendedoras Pessoais
  • Busca informações – informação é futuro (e dinheiro)
  • Cria redes de apoio -ninguém pode ser absolutamente auto-suficiente
  • Sabe correr riscos - avalia a probabilidade do fracasso e as perdas resultantes dele.
caracter sticas empreendedoras pessoais4
Características Empreendedoras Pessoais
  • Aprende permanentemente – nunca está satisfeito com o que sabe
  • Tem grande energia - é um trabalhador incansável
  • É ético e socialmente comprometido a ética e o compromisso social fazem parte de suas ações.
habilidades requeridas t cnicas gerenciais e caracter sticas pessoais
HABILIDADES REQUERIDAS(Técnicas, Gerenciais E Características Pessoais)
  • Técnicas: saber ouvir e captar informações, bom orador, ser organizado, saber liderar e trabalhar em equipe, possuir know how técnico.
  • Gerenciais: MKT, finanças, ADM, operacional, produção, tomada de decisão, ser um bom negociador.
  • Pessoais: disciplinado, assumir riscos, ser inovador, ser orientado a mudanças, persistente, líder visionário.
diferen as
Diferenças
  • CAPITALISTA (financiador, investidor: angel, love money, banco...).
  • ADMINISTRADOR (organizar, controlar, planejar, dirigir).
  • EMPREENDEDOR (visão estratégica, holística).

“Todo empreendedor deve ser um bom administrador, mas nem todo bom administrador é um empreendedor.”

o neg cio de sucesso precisa de
O NEGÓCIO DE SUCESSO PRECISA DE:
  • TALENTO – PESSOAS
  • TECNOLOGIA – IDÉIAS
  • CAPITAL – RECURSOS
  • KNOW-HOW - CONHECIMENTO
sucesso
Sucesso é...

...fazer o que se sabe e o que se gosta!!!

id ia diferente de oportunidade
Idéia é diferente de oportunidade

Empreendedores sem sucesso confundem idéia com oportunidade.

slide30

A velocidade das mudanças

USA

  • 1985: 5.000 novos produtos
  • 1995: 25.000 novos produtos
slide31

A taxa de mortalidade anual das empresas Fortune 500

Empresas estabelecidas estão morrendo mais depressa

% das existentes, por ano

10

8

6

4

2

0

1970

1980

1990

% médio das empresas existentes

slide32

A velocidade das mudanças

Ciclo de vida: duração decrescente

Indústria de computadores: a tecnologia está acelerando a mudança e

criando oportunidades

10

8

6

4

2

0

1950

1960

1970

1980

1990

Média em anos do ciclo de vida do produto

fatores que influenciam o sucesso de um empreendimento
Fatores que influenciam o sucesso de um empreendimento

Desenvolvimento e Planejamento de:

  • Estratégia
  • Mercado / Marketing
  • Investimentos (financeiros e não financeiros)
  • Operações
  • Aspectos Legais e Societários
  • Finanças
  • Parcerias
  • Equipe
slide34

Estratégias

Conceito

Estratégia é o que a empresa decide fazer e não fazer, considerando o Ambiente, para concretizar a Visão e atingir os Objetivos, respeitando os Princípios, visando cumprir a Missão no seu Negócio.

Origem

Do latim “strategia”, consiste na arte de

explorar condições favoráveis com o fim de

alcançar objetivos específicos.

slide35

Estratégias

Principais características

  • Devem se basear na análise do ambiente
  • Devem criar vantagem competitivas
  • Devem ser viáveis com os recursos
  • Devem ser coerentes entre si
  • Devem ter grau de risco limitado
  • Devem buscar compromisso dos envolvidos
  • Devem ser fundamentadas nos princípios
  • Devem ser criativas e inovadoras
slide36

Estratégias

Exemplo: Para o objetivo:

Aumentar o faturamento em 30% até 12/03

Pode-ser ter as seguintes estratégias:

  • Reduzir os custos da empresa em até 20%.
  • Aumentar a oferta de serviços em 50%.
  • Qualificar 100% dos vendedores em 3 meses.
perigos da capacidade empreendedora
PERIGOS DA CAPACIDADE EMPREENDEDORA
  • Motivação para o negócio
  • Mortalidade
  • Delegação inadequada
  • Planejamento e controle ruins
etapas do processo vision rio
Etapas do processo visionário

Planejar

Imaginar e definir um contexto organizacional

Visar um nicho de forma diferenciada

Descobrir uma oportunidade

Compreender um setor de negócios

Identificar um interesse por um setor de negócios

o surgimento de um neg cio
O Surgimento de um Negócio

Geralmente um negócio surge a partir de:

  • Uma demanda;
  • Um produto;
  • Know-how;
  • Um conceito;
  • Uma Idéia.
id ia e oportunidade
Idéia e oportunidade
  • Idéias não são necessariamente oportunidades
  • A oportunidade deve se ajustar ao empreendedor
  • Características da oportunidade:
        • atraente,
        • durável,
        • tem uma hora certa,
        • é ancorada em um produto ou serviço que cria ou adiciona valor para o seu comprador
  • É um alvo móvel. Se alguém a vê, ainda há tempo de aproveitá-la.
  • Um empreendedor habilidoso dá forma a uma oportunidade onde outros nada vêem, ou vêem muito cedo ou tarde.
  • Não é questão de usar técnicas, checklists e outro métodos
fontes de id ias
Fontes de idéias
  • Pesquisa universitária
  • Clusters e cadeias produtivas;
  • Patentes
  • Olhar nas ruas
  • Idéias que deram certo em outros lugares
  • Experiência enquanto consumidores
  • Experiência no emprego
  • Mudanças demográficas e sociais
  • Caos econômico, crises, atrasos
  • Como usar as capacidades e habilidades pessoais
  • Franquias
oportunidades de empreendedorismo
Oportunidadesde Empreendedorismo
  • Descobertas tecnológicas
  • Mudanças demográficas
  • Mudança nos estilos de vida e de gostos
  • Deslocamentos econômicos
  • Calamidades guerras ou desastres naturais
  • Mudança nas regras do governo
  • Descobertas de recursos.
o que uma oportunidade
O que é uma oportunidade?
  • A oportunidade depende da habilidade de convencer o mercado dos benefícios dos produtos e serviços;
  • O mercado determina as possibilidades de uma idéia se tornar uma oportunidade de investimento;
  • Transformar uma idéia em oportunidade requer tempo e esforço;
  • Uma oportunidade deve estar ancorada nas necessidades dos consumidores e numa situação de mercado favorável;
  • Alguns modismos representam riscos, pois são oportunidades passageiras.
transformando a id ia em um neg cio

TI

ESTRATÉGIA

FINANÇAS

MARKETING

JURÍDICO

RH

Outras

Áreas

Vitais...

Transformando a Idéia em um Negócio

A estruturação de um negócio não depende somente do fator que o originou. Existem outros elementos que devem ser considerados.

o mundo gira e os neg cios mudam
O mundo gira e os negócios mudam...
  • A globalização, a tecnologia e a valorização do conhecimento trazem mudanças que se refletem nos negócios;
  • É necessário acompanhar as novas tendências, desenvolvendo negócios alinhados às necessidades dos clientes.
oportunidades de neg cio
Oportunidades de negócio

Idéias são freqüentemente gerais e abstratas, enquanto as oportunidades de negócio representam uma possibilidade concreta, voltada a sua realização na prática.

As oportunidades de negócio se diferenciam das idéias no sentido de que oferecem a possibilidade de ocupar um nicho de mercado. Elas preenchem espaços desocupados até então.

Filion

tend ncias que geram oportunidades
Tendências que geram oportunidades
  • Desenvolvimento de parcerias com os clientes;
  • Globalização econômica: tendência à unificação de mercados;
  • Valorização do conhecimento;
  • Reconhecimento da importância do consumidor;
  • Desenvolvimento de alianças estratégicas com fornecedores e parceiros;
tend ncias que geram oportunidades1
Tendências que geram oportunidades
  • Adoção de estratégias de inovação, padronização e adaptação aos clientes;
  • Empreendimentos concorrentes com formatos diversos;
  • Valorização do capital intelectual;
  • Comércio eletrônico;
  • Diferenciação pelo serviço prestado ao cliente.
hierarquia das necessidades de maslow
Hierarquia das Necessidades de Maslow

Necessidades de auto-realização

Necessidade de estima

Necessidades sociais

Necessidades de segurança

Necessidades fisiológicas

hierarquia das necessidades de maslow1
Hierarquia das Necessidades de Maslow
  • FISIOLÓGICAS: ligadas a sobrevivência da pessoa e sobrevivência da espécie
  • SEGURANÇA: estabilidade, proteção contra ameaça ou privação
  • SOCIAIS: associação, participação, aceitação no grupo
  • ESTIMA: necessidade de aprovação social e respeito, status, prestígio, confiança
  • AUTO-REALIZAÇÃO: realização do próprio potencial e auto desenvolvimento
credo dos empreendedores
CREDO DOS EMPREENDEDORES
  • Faça o que lhe dá energia
  • Descubra como fazer a coisa funcionar
  • Diga “posso fazer”
  • Persistência e criatividade triunfarão
  • Esteja sempre insatisfeito
  • Faça as coisas de forma diferente
  • Faça da oportunidade e resultados sua obsessão
  • Tenha orgulho pelo que faz
  • Trabalhe o longo prazo
como avaliar oportunidades de neg cio
Como avaliar oportunidades de negócio?

EMPREENDEDOR:

  • F = forças
  • F = fraquezas

O AMBIENTE:

  • O = oportunidades
  • A = ameaças
perguntas para avaliar oportunidades de neg cio
Perguntas para avaliar oportunidades de negócio
  • Existe real necessidade do consumidor por esse produto/serviço? O que ele dá a mais ao cliente (valor agregado)? Será ele competitivo no mercado?
  • Poderei lançar o produto/serviço no mercado de maneira rentável e lucrativa? O retorno do investimento inicial será financeiramente interessante? As margens são mais elevadas do que as de produtos/serviços semelhantes do mesmo setor?
  • Estamos na era da hiper-segmentação. Significa que o mercado oferece potencial tanto para produtos de preço muito competitivo quanto para produtos premium ou de luxo (caso da Varanda, em SP) ou de luxo, pelos quais os consumidores estão dispostos a pagar. No meu caso, o que será preferível para o produto ser ainda mais rentável – aumentar ou diminuir sua faixa de qualidade?
perguntas para avaliar oportunidades de neg cio1
Perguntas para avaliar oportunidades de negócio
  • Terei vantagens competitivas para fabricar, distribuir, lançar no mercado, exportar esse produto? Quais são elas? Deveria me concentrar em apenas uma ou em várias dessas atividades? Em qual (ou quais) delas? Para mim, seria mais lucrativo terceirizar a fabricação e me concentrar no lançamento do produto no mercado (marketing)? Haveria alguma vantagem se o produto fosse fabricado ou vendido em menores quantidades?
  • Será este o momento propício para lançar o produto/serviço? Quais são os ciclos de consumo (ano inteiro, sazonal)?
  • Tenho certeza de que isso realmente me interessa? Gosto disso? Estarei disposto a adotar o estilo de vida que essa atividade implica? Disponho de conhecimentos, habilidades e experiências necessários a esse gênero de atividade? Terei tempo, interesse e aptidões para aprender o que for preciso a fim de realizar essa oportunidade de negócio? A atividade é agradável, prazerosa, algo que poderei realizar sem estresse?
perguntas para avaliar oportunidades de neg cio2
Perguntas para avaliar oportunidades de negócio
  • Estou de fato interessado em assumir o negócio e trabalhar com isso em tempo integral ou parcial?
  • Será que essa oportunidade de negócio apresenta o potencial necessário para satisfazer aos meus objetivos de ganhos e lucros?
  • Será que ela realmente vai valer o esforço e o tempo que irei gastar?
  • Trata-se de uma atividade legal? Ela condiz com meu código de ética pessoal e com meus valores morais?
  • Ela é compatível com o que eu sou? Permitirá que eu me realize plenamente? Ela possibilitará que eu me desenvolva e melhore com pessoa?
  • Será que quero trabalhar com o tipo de gente que essa oportunidade de negócio implica? Como eu me situo em relação à cultura do setor? E em relação à cultura dos profissionais do setor?
perguntas para avaliar oportunidades de neg cio3
Perguntas para avaliar oportunidades de negócio
  • Será que a oportunidade que percebi corresponde a algo prioritário na minha lista de interesses?
  • Onde eu me situo em relação à competição no setor? Quais são minhas vantagens competitivas? Terei estudado suficientemente o mercado do setor? Tenho conhecimentos suficientes sobre o mercado, os clientes, os fornecedores? Com base nisso, serei capaz de gerenciar a atividade com eficácia?
  • Minha capacidade financeira é adequada? Terei acesso a recursos financeiros suficientes para que a oportunidade seja interessante sem risco excessivo para mim?
conceito de plano de neg cios
Conceito de Plano de Negócios

É um documento que contém a caracterização do negócio, sua forma de operar, suas estratégias, seu plano para conquistar uma fatia do mercado e as projeções de despesas, receitas e resultados financeiros.

plano de neg cios
Plano de Negócios
  • O Plano de Negócios é o instrumento que organiza todos os dados, informações e previsões a respeito do negócio;
  • Considera cada um dos fatores vitais para o sucesso do negócio e comprova, através de números, as possibilidades de lucratividade do negócio;
  • Ferramenta utilizada na abertura de negociações de investimento e parceria.
por que um plano de neg cios
Por que um Plano de Negócios

“Um homem sábio nunca inicia uma jornada antes de visualizar seu caminho até o fim.”

Esopo (tradução livre)

“Quando não se sabe onde se quer ir, qualquer caminho o leva até lá.”

Alice no País das Maravilhas

slide62

Importância do Plano de Negócios

  • Para orientar o empreendedor na tomada de decisões estratégicas...
  • para minimizar fatores de risco!

Porém...

  • O PN não é garantia de sucesso empresarial!

Entretanto:

  • Auxilia no estudo de viabilidade do negócio
  • Ajuda no financiamento e empréstimos
  • Facilita a busca de novos parceiros e sócios
slide63

Um plano de negócioprecisa de uma estratégia

  • Definição do negócio
  • Missão empresarial
  • Visão do futuro
  • Princípios (políticas)
  • Análise do Ambiente
  • Objetivos
  • Estratégias
  • Planos de ação
slide64

Definição do Negócio

Conceito:

  • É o entendimento do principal benefício esperado pelo cliente.

Exemplo:

Nike - Atitude

Natura - Beleza

slide65

Missão empresarial

Conceito:

  • É a razão de existir da empresa.
  • É o papel desempenhado pela empresa em seu negócio.

Características:

  • É um propósito permanente, contínuo.
  • Deve ser compreendido e seguido por todos colaboradores da empresa.

Exemplo:

  • AREZZO - Fazer moda com qualidade, buscando a satisfação do cliente.
slide66

Visão

Conceito:

  • Traz uma idéia a respeito do futuro do negócio, em uma perspectiva de longo prazo
  • A Visão pode funcionar como “sonho” ou como “desafio estratégico”. Onde a empresa sonha chegar.

Exemplo:

  • DISNEY: criar um mundo onde todos possam se sentir crianças
slide67

Princípios

Conceito:

  • Princípios são valores utilizados no processodecisório e no comportamento da empresa,no cumprimento de sua missão.

Outros termos:

  • Políticas
  • Credos
  • Filosofias
slide68

Análise do ambiente

É o processo de identificação de:

  • Oportunidades
  • Ameaças
  • Forças
  • Fraquezas

que afetam a empresa, no cumprimento de

sua missão.

slide69

Oportunidades

São situações externas, atuais ou futuras, que se forem adequadamente aproveitadas pela empresa, podem influenciá-la positivamente.

Exemplo:

Novo nicho de mercado.

slide70

Ameaças

São situações externas, atuais ou futuras, que

se não forem eliminadas, minimizadas ou

evitadas, podem afetar negativamente a

empresa.

Exemplo:

Novos concorrentes.

slide71

Forças

Conceito:

São características da empresa, tangíveis ou

não, que podem ser potencializadas para

otimizar seu desempenho.

Exemplo:

Alto grau de qualificação profissional dos

colaboradores da empresa.

slide72

Fraquezas

Conceito:

São características da empresa, tangíveis ou

não, que devem ser minimizadas para evitar

influência negativa sobre seu desempenho.

Exemplo:

Falta de capital de giro para financiamento

de estoques.

slide73

Análise do Ambiente Externo

Roteiro de etapas:

  • Definir o escopo do ambiente
  • Selecionar informações relevantes
  • Escolher os cenários de referência
  • Identificar Oportunidades e Ameaças
  • Selecionar Oportunidades e Ameaças
slide74

Análise do Ambiente Externo

Escopo do Ambiente Externo

  • Utiliza-se a definição do negócio, a missão e princípios
  • Considere o horizonte de planejamento

 Curto prazo: 1 ano

 Médio prázo: 2 a 5 anos

 Longo Prazo: acima de 5 anos

slide75

Análise do Ambiente Externo

O que deve ser considerado no ambiente de

uma empresa que atua no negócio X, com uma

Missão Y, com princípios Z, no horizonte H?

Algumas dicas:

  • Inflação
  • Taxa de Juros
  • Concorrência
  • Tecnologia
  • Demanda
slide76

Análise do Ambiente Externo

Escolher os cenários de referência

Examinar os cenários do setor, e construir

um cenário de referência para sua empresa.

Cenários:

  • Político
  • Econômico
  • Mercadológico
  • Tecnológico
slide77

Análise do Ambiente Externo

Aonde encontrar cenários?

Existem várias fontes de cenários:

  • Publicações (artigos, livros)
  • Apresentações (palestras, cursos, seminários)
  • Mídia (televisão, rádio, Internet)
  • Pesquisas de Mercado
  • Consultorias
  • Etc...
slide78

Análise do Ambiente Externo

Identificar Oportunidades e Ameaças

  • Não é preciso se preocupar com o grau deimportância das oportunidades e ameaças.
  • Apenas listar a relação de oportunidades eameaças.
slide79

Análise do Ambiente Interno

Forças e fraquezas: aonde há informações?

Alguns recursos disponíveis:

  • Entrevistas
  • Questionários
  • Painéis
  • Seminários
  • Caixa de Sugestões
  • Pesquisa de mercado (em geral)
slide80

Análise do Ambiente Interno

Exemplos de Forças e fraquezas

  • Imagem
  • Tecnologia
  • Finanças
  • Qualidade
  • Competitividade
  • Preço
  • Propaganda
  • Estrutura
  • Estilo gerencial
  • Localização
  • Estoques
  • Leiaute
  • Prazo de entrega
  • Distribuição
  • Motivação
  • Processo decisório
  • Liderança
  • Autonomia
  • Portfólio de produtos
  • Carteira de clientes
slide81

Objetivos

Conceito

São resultados que a empresa precisa alcançar, em prazo determinado, para concretizar sua Visão sendo competitiva no ambiente atual e futuro.

Ex:

Gerdau - vender em 1999 US$ 200 Milhões mo mercado externo - Objetivo de crescimento.

slide82

Objetivos

Características dos Objetivos

Os objetivos da empresa devem ser:

  • Coerentes
  • Viáveis, porem desafiantes
  • Aprazados
  • Mensuráveis
  • Claros e explícitos
  • Conhecidos e acreditados
  • Em número reduzido (principalmente)
slide83

Objetivos

Temas dos Objetivos

Os temas mais comuns para objetivos são:

  • Participação de mercado
  • Retorno sobre investimento
  • Crescimento
  • Produtividade
  • Qualidade
  • Inovação
slide84

Objetivos

Indicadores de Desempenho dos Objetivos

Servem para acompanhar resultados.

Exemplo  para o objetivo de produtividade:

  • Vendas / m² (supermercados)
  • Toneladas x Ano / funcionários (siderúrgica)
estrutura do plano de neg cio
Estrutura do Plano de Negócio
  • Resumo Executivo: Sinopse com os principais pontos do PN;
  • A empresa: Dados cadastrais, estrutura, gerenciamento, pessoal e parcerias;
  • Visão do Negócio: Estágio atual, visão de futuro, oportunidades, objetivos e metas;
  • Mercado: Análise sobre segmentação, dimensionamento e concorrência;
  • Produtos/Serviços: Portfólio, novos produtos, tecnologia atual e futura;
  • Plano de Marketing: Clientes, estratégias, publicidade, alianças e projeções;
  • Plano de Investimentos: Demonstrações dos investimentos necessários e potencial de receitas e lucros.
a busca do capital de risco
A Busca do Capital de Risco
  • Capital de risco é algo relativamente recente no país. Momento de relativa estabilidade econômica viabilizou sua retomada;
  • A grande maioria dos fundos tem entre dois e quatro anos atuando em nosso mercado;
  • O foco destes investidores foram as privatizações, entre 97 e 98, e a Internet, entre 99 e 2000;
  • Em 2001 havia no Brasil cerca de US$ 2 bilhões a serem investidos nos diversos setores da economia.
para onde vai o dinheiro
Para onde vai o dinheiro?

Não falta dinheiro. O que falta realmente são bons projetos. E um bom projeto tem:

  • uma equipe com competência para implementar aquilo a que se propõe;
  • foco definido e diferenciais estabelecidos;
  • estratégias definidas e planos de contingência;
  • estrutura mínima para operação, seja própria ou de parceiros;
  • acordos que viabilizem a atração de boas pessoas, parceiros e investidores.
ad