RESUMÃO
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 88

RESUMÃO PowerPoint PPT Presentation


  • 103 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

RESUMÃO. Metodologia do Trabalho Acadêmico Unidade 2. Educação a Distância – EaD. Metodologia do Trabalho Acadêmico. Professor: Flávio Brustoloni. Metodologia. Cronograma: Turma EMD 0200. Objetivos da Unidade:. Descrever, caracterizar e discutir as formas de pensamento científico;.

Download Presentation

RESUMÃO

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Resum o

RESUMÃO

Metodologia do Trabalho Acadêmico

Unidade 2


Educa o a dist ncia ead

Educação a Distância – EaD

Metodologia do Trabalho Acadêmico

Professor: Flávio Brustoloni


Cronograma turma emd 0200

Metodologia

Cronograma: Turma EMD 0200


Objetivos da unidade

Objetivos da Unidade:

  • Descrever, caracterizar e discutir as formas de pensamento científico;

  • Contribuir para fazer ciência, descrevendo os caminhos necessários para o desenvolvimento da pesquisa a partir do rigor metodológico;

  • Reconhecer os diversos tipos de trabalhos acadêmicos e suas funções;

  • Elaborar os elementos constitutivos de trabalhos acadêmicos;

  • Configurar graficamente um trabalho acadêmico;

1/83


Unidade 2 o pensamento cient fico e os trabalhos acad micos

Unidade 2O PENSAMENTO CIENTÍFICO E OS TRABALHOS ACADÊMICOS

2/83


T pico 1 o pensamento cient fico uma vis o geral

TÓPICO 1O Pensamento Científico: uma Visão Geral

3/83


2 a origem da verdade o senso cr tico e o senso comum

Tópico 1

2. A Origem da verdade: o senso crítico e o senso comum

O senso comum talvez seja uma das primeiras formas de tentar entender ou explicar algum fato ou a realidade, sofrendo influências da intuição, da tradição e do bom senso.

(Estamos na página 111 da apostila)

4/83


2 a origem da verdade o senso cr tico e o senso comum1

Tópico 1

2. A Origem da verdade: o senso crítico e o senso comum

Podemos fazer afirmações baseadas em nosso conhecimento prévio, mas somente através de métodos científicos podemos encontrar a origem real de qualquer fenômeno. Assim, o conhecimento vulgar ou senso comum é a maneira de conhecer de forma superficial (por informações ou experiência casual).

(Estamos na página 111 da apostila)

5/83


2 a origem da verdade o senso cr tico e o senso comum2

Tópico 1

2. A Origem da verdade: o senso crítico e o senso comum

O conhecimento vulgar ou senso comum é desenvolvido principalmente por intermédio dos sentidos, e não é profundo, sistemático e infalível.Exemplo: manga com leite.

(Estamos na página 111 da apostila)

6/83


2 a origem da verdade o senso cr tico e o senso comum3

Tópico 1

2. A Origem da verdade: o senso crítico e o senso comum

Características do conhecimento popular:- Superficial: vai atrás dos outros;- Sensitivo: refere-se às vivências;- Subjetivo: o sujeito que as administra;- Assistemático: sem validade.

(Estamos na página 113 da apostila)

7/83


2 a origem da verdade o senso cr tico e o senso comum 2 1 m todos importantes para aplica o pr tica

Tópico 1

2. A Origem da verdade: o senso crítico e o senso comum2.1 Métodos importantes para aplicação prática

Método: processo racional que se segue para chegar a um fim, um modo ordenado de proceder ou conjunto de procedimentos técnicos e científicos.

(Estamos na página 115 da apostila)

8/83


2 1 m todos importantes para aplica o pr tica 2 1 1 m todo hist rico

Tópico 1

2.1 Métodos importantes para aplicação prática 2.1.1 Método histórico

Leva em conta o passado.

(Estamos na página 115 da apostila)

9/83


2 1 m todos importantes para aplica o pr tica 2 1 2 m todo comparativo

Tópico 1

2.1 Métodos importantes para aplicação prática 2.1.2 Método comparativo

Compara vários tipos de grupos, comunidades, instituições e fenômenos sociais com o objetivo de reconhecer semelhanças ou diferenças nos procedimentos.

(Estamos na página 116 da apostila)

10/83


2 1 m todos importantes para aplica o pr tica 2 1 3 m todo do estudo de caso

Tópico 1

2.1 Métodos importantes para aplicação prática 2.1.3 Método do estudo de caso

Estudo profundo e exaustivo (intensivo) de um ou poucos objetos de maneira a permitir seu amplo e detalhado conhecimento.

(Estamos na página 117 da apostila)

11/83


2 1 m todos importantes para aplica o pr tica 2 1 3 m todo do estudo de caso1

Tópico 1

2.1 Métodos importantes para aplicação prática 2.1.3 Método do estudo de caso

- Deve ser significativo e “completo”; relevante;- Considerar perspectivas diferentes;- Apresentar evidências suficientes;- Elaborado de maneira atraente, escrito com clareza e seduzir o leitor até o final.

(Estamos na página 119 da apostila)

12/83


2 1 m todos importantes para aplica o pr tica 2 1 4 m todo estat stico ou matem tico

Tópico 1

2.1 Métodos importantes para aplicação prática 2.1.4 Método estatístico ou matemático

Reúne procedimentos estatísticos ou matemáticos para medir o objetivo pesquisado. Conhecido também como quantitativo. Característica principal: frieza e credibilidade dos números. Não apto a lidar com problemas humanos, pela imprevisibilidade dos resultados.Exemplo: pesquisas políticas (preferência de voto e voto propriamente dito).

(Estamos na página 120 da apostila)

13/83


2 1 m todos importantes para aplica o pr tica 2 1 5 etnografia

Tópico 1

2.1 Métodos importantes para aplicação prática2.1.5 Etnografia

Estudo das pessoas e de grupos, em primeira mão, por um período de tempo utilizando a convivência ou entrevistas para desvendar o comportamento social.

(Estamos na página 120 da apostila)

14/83


T pico 2 a diversidade dos trabalhos acad micos

TÓPICO 2A Diversidade dos Trabalhos Acadêmicos

15/83


2 tipos de trabalhos acad micos

Tópico 2

2. Tipos de Trabalhos Acadêmicos

Trabalhos de GraduaçãoTrabalhos de Final de CursoMonografiaDissertaçãoTeseArtigos Periódicos e Eventos CientíficosComunicação Científica

(Estamos na página 123 da apostila)

16/83


2 1 trabalhos de gradua o

Tópico 2

2.1 Trabalhos de Graduação

Trabalhos de iniciação científica, apresentados dentro de uma sistemática e organização que estimulem o raciocínio científico. Uma revisão bibliográfica ou literária é tida como suficiente.

(Estamos na página 124 da apostila)

17/83


2 2 trabalhos de final de curso

Tópico 2

2.2 Trabalhos de Final de Curso

Tido como monografia sobre um assunto específico. Tem como objetivo levar o aluno a refletir sobre temas determinados e transpor suas idéias para o papel na forma de pesquisa ou relatório.

(Estamos na página 124 da apostila)

18/83


2 3 monografia especializa o

Tópico 2

2.3 Monografia (Especialização)

Para cursos de pós-graduação lato-sensu, é parecida com trabalho de final de curso na graduação. Apenas o estudo precisa ser mais completo em relação ao tema escolhido para a pesquisa.

(Estamos na página 124 da apostila)

19/83


2 4 disserta es

Tópico 2

2.4 Dissertações

Reflexão sobre determinado tema ou problema com idéias fundamentadas. Estudo completo sobre um tema, no qual sua parte mais importante é a fundamentação teórica.

(Estamos na página 125 da apostila)

20/83


2 5 teses

Tópico 2

2.5 Teses

Trabalho de conclusão de curso do doutorado. As teses devem tratar de algo inédito, contributivo e não trivial.

(Estamos na página 125 da apostila)

21/83


Importante

Tópico 2

Importante:

Em suma, os trabalhos sempre apresentam a mesma estrutura:a) Introdução: objetivos, problemas e delimitações;b) Desenvolvimento: dissertação sobre tema escolhido;c) Considerações Finais: conclusões a respeito da discussão ou resultados obtidos.

(Estamos nas páginas 125 e 126 da apostila)

22/83


2 6 artigos peri dicos e eventos cient ficos

Tópico 2

2.6 Artigos Periódicos e Eventos Científicos

Resultado de pesquisas realizadas que não são dissertações ou teses. Possui formato mais enxuto e possibilidade de maior divulgação.

(Estamos na página 126 da apostila)

23/83


2 6 artigos peri dicos e eventos cient ficos1

Tópico 2

2.6 Artigos Periódicos e Eventos Científicos

Classificam-se em 3 tipos:a) Analítico: descreve alguma coisa;b) Classificatório: explica algo em partes classificadas e ordenadas;c) Argumentativo: argumenta sobre algo.

(Estamos na página 127 da apostila)

24/83


2 7 comunica o cient fica

Tópico 2

2.7 Comunicação Científica

Relato de resultados de pesquisas com duração em média de 20 minutos em em Congressos ou Eventos Científicos. Obedece geralmente à estrutura de um artigo, porém, de forma mais sucinta.

(Estamos na página 127 da apostila)

25/83


T pico 3 elementos constitutivos dos trabalhos acad micos

TÓPICO 3Elementos Constitutivos dos Trabalhos Acadêmicos

26/83


2 estrutura b sica

Tópico 3

2. Estrutura Básica

  • Elementos Pré-Textuaisb) Elementos Textuaisc) Elementos Pós-Textuais

(Estamos na página 131 da apostila)

27/83


2 estrutura b sica 2 1 parte externa

Tópico 3

2. Estrutura Básica2.1 Parte Externa

O primeiro elemento do trabalho é a capa, parte em que são apresentadas informações essenciais a sua identificação.

(Estamos na página 132 da apostila)

28/83


2 1 1 capa

Tópico 3

2.1.1 Capa

  • nome da Instituição (opcional);b) título;c) subtítulo (se houver);d) nome do(s) autor(es);e) cidade;f) data (ano).Fonte: Times New Roman tamanho 12(Negrito apenas no título)

(Estamos na página 133 da apostila)

29/83


2 2 1 elementos pr textuais 2 2 1 1 folha de rosto

Tópico 3

2.2.1 Elementos Pré-Textuais2.2.1.1 Folha de Rosto

  • nome do(s) autor(es); b) título;c) subtítulo (se houver);d) natureza do trabalho, objetivo e nome da instituição de ensino;e) nome do orientador e coordenador;f) cidade;g) data (ano).

(Estamos na página 134 da apostila)

30/83


2 2 1 2 folha de aprova o

Tópico 3

2.2.1.2 Folha de Aprovação

  • nome do(s) autor(es); b) título;c) subtítulo (se houver);d) natureza do trabalho, objetivo e nome da instituição de ensino;e) membros da banca examinadora;f) data de aprovação do trabalho.

(Estamos na página 135 da apostila)

31/83


2 2 1 3 dedicat ria opcional

Tópico 3

2.2.1.3 Dedicatória (Opcional)

Apesar de amplamente utilizada, é opcional. Nela presta-se homenagens ou dedica-se o trabalho a alguém.

(Estamos na página 136 da apostila)

32/83


2 2 1 4 agradecimentos

Tópico 3

2.2.1.4 Agradecimentos

Utilizada para agradecer a pessoas que contribuíram direta ou indiretamente com a realização do trabalho.

(Estamos na página 137 da apostila)

33/83


2 2 1 5 resumos

Tópico 3

2.2.1.5 Resumos

Elaborado depois de concluído o trabalho, e constituí-se de uma página com breve explanação de todo o trabalho, cuja extensão não ultrapassa 500 palavras.É comum fazer o mesmo resumo em alguma língua estrangeira (inglês, francês, etc).

(Estamos na página 138 da apostila)

34/83


2 2 1 6 listas ilustra es tabelas abreviaturas e siglas

Tópico 3

2.2.1.6 Listas (Ilustrações, Tabelas, Abreviaturas e Siglas)

Localiza-se antes do sumário e seus itens devem estar relacionados na mesma ordem em que aparecem no trabalho.

(Estamos na página 139 da apostila)

35/83


2 2 1 7 sum rio

Tópico 3

2.2.1.7 Sumário

Deve dar uma idéia geral do conteúdo do trabalho. Elementos pré-textuais não devem constar no sumário.

(Estamos nas páginas 140 e 141 da apostila)

36/83


2 2 2 elementos textuais

Tópico 3

2.2.2 Elementos Textuais

Constituem o núcleo da trabalho. Introdução, Desenvolvimento e Considerações Finais.

(Estamos na página 142 da apostila)

37/83


2 2 2 1 introdu o

Tópico 3

2.2.2.1 Introdução

Deve apresentar o tema do seu trabalho, razões da pesquisa, sua relevância e deixar claro qual o objetivo da pesquisa.Contém os seguintes parágrafos:- Apresentação do tema;- Justificativa(s) da escolha do tema;- Objetivo(s) da pesquisa.

(Estamos nas páginas 142 e 143 da apostila)

38/83


2 2 2 2 desenvolvimento

Tópico 3

2.2.2.2 Desenvolvimento

Também conhecida como “Revisão de Literatura” ou “Fundamentação Teórica”. Consiste no confronto das idéias do autor da pesquisa com a de diversos autores. Além da fundamentação teórica (obrigatória), o desenvolvimento ainda pode apresentar:

(Estamos nas páginas 144 e 145 da apostila)

39/83


2 2 2 2 desenvolvimento1

Tópico 3

2.2.2.2 Desenvolvimento

a) Metodologia: como, onde, com quem, com quantos foi feita a pesquisa. Divide-se em:

(Estamos na página 145 da apostila)

40/83


Tipos de pesquisa

Tópico 3

* Tipos de Pesquisa

  • Quanto à natureza da pesquisa: básica ou aplicada;- Quanto à abordagem do problema: quantitativa ou qualitativa;- Quanto à realização dos objetivos: Descritiva ou Exploratória; - Quanto aos procedimentos técnicos: Bibliográfica, Documental, Levantamento, Estudo de Caso, Experimental, etc...

(Estamos nas páginas 146 e 147 da apostila)

41/83


Tipos de pesquisa a natureza da pesquisa

Tópico 3

Tipos de Pesquisaa) À natureza da pesquisa:

- Básica: gera conhecimentos novos úteis para o avanço da ciência porém sem aplicação prática prevista;- Aplicada: gera conhecimentos para aplicação prática dirigidos à solução de problemas específicos;

(Estamos na página 146 da apostila)

42/83


Tipos de pesquisa b abordagem do problema

Tópico 3

Tipos de Pesquisab) À abordagem do problema:

- Qualitativa: não requer métodos e técnicas estatísticas pois não envolve números;- Quantitativa: mensura os fenômenos através de métodos e técnicas estatísticas;

(Estamos na página 146 da apostila)

43/83


Tipos de pesquisa c realiza o dos objetivos

Tópico 3

Tipos de Pesquisac) À realização dos objetivos:

- Descritiva: descreve determinados acontecimentos. Direcionada para pesquisadores com conhecimento aprofundado do problema;- Exploratória: voltado a pesquisadores com pouco conhecimento sobre o assunto pesquisado;

(Estamos na página 146 da apostila)

44/83


Tipos de pesquisa d aos procedimentos t cnicos

Tópico 3

Tipos de Pesquisad) Aos procedimentos técnicos:

- Bibliográfica: utiliza material publicado (livros, periódicos, internet, etc.);- Documental: utiliza material de primeira mão (documentos, reportagens, cartas, filmes, etc.);- Levantamento: interrogação direta de pessoas;- Estudo de caso: estudo profundo de algo;

(Estamos na página 146 da apostila)

45/83


Tipos de pesquisa d aos procedimentos t cnicos1

Tópico 3

Tipos de Pesquisa d) Aos procedimentos técnicos:

- Participante: integração do investigador com o grupo pesquisado;- Pesquisa-ação: pesquisadores envolvidos de modo cooperativo ou participativo no problema;- Experimental: faz-se experimentos com as variáveis que influenciam o objeto de estudo;- Ex-post-facto: quando o experimento se realiza depois dos fatos. O pesquisador não controla as variáveis.

(Estamos na página 147 da apostila)

46/83


Quanto aos procedimentos t cnicos

Tópico 3

* Quanto aos Procedimentos Técnicos:

  • População e Amostra: população é um conjunto de membros (seres animados ou não) que possuem características em comum. A amostra é uma parte da população.- Materiais e Métodos: instrumental empregado e a descrição das técnicas adotadas e processo de experimentação com certa riqueza de detalhes.

(Estamos nas páginas 148 e 149 da apostila)

47/83


2 2 2 2 desenvolvimento2

Tópico 3

2.2.2.2 Desenvolvimento

b) Análise e Discussão dos Resultados: apresentação dos resultados de forma clara, lógica e objetiva, sejam negativos ou positivos. Utilizar argumentos coerentes, fazer uso de estatísticas, tabelas, e evitar interpretações pessoais.

(Estamos na página 149 da apostila)

48/83


2 2 2 3 conclus o ou considera es finais

Tópico 3

2.2.2.3 Conclusão ou Considerações Finais

Apresentação do cumprimento do(s) objetivo(s) do trabalho de forma resumida.

(Estamos na página 150 da apostila)

49/83


2 2 3 elementos p s textuais 2 2 3 1 refer ncias

Tópico 3

2.2.3 Elementos Pós-Textuais2.2.3.1 Referências

Devem ser arroladas em uma lista denominada REFERÊNCIAS, apresentando as fontes de pesquisa disponíveis.

(Estamos na página 151 da apostila)

50/83


2 2 3 elementos p s textuais 2 2 3 2 ap ndices

Tópico 3

2.2.3 Elementos Pós-Textuais2.2.3.2 Apêndices

Formado por documentos auxiliares como tabelas, gráficos, mapas, etc. Todos tem de ser elaborados pelo próprio autor.

(Estamos na página 151 da apostila)

51/83


2 2 3 elementos p s textuais 2 2 3 3 anexos

Tópico 3

2.2.3 Elementos Pós-Textuais2.2.3.3 Anexos

Documentos auxiliares não elaborados pelo autor, tais como tabelas, mapas, gráficos, etc.

(Estamos na página 151 da apostila)

52/83


T pico 4 uniformiza o gr fica de trabalhos acad micos

TÓPICO 4Uniformização Gráfica de Trabalhos Acadêmicos

53/83


1 introdu o

Tópico 4

1. Introdução

Refere-se à disposição dos elementos básicos do trabalho. Esta estética padronizada ajuda o leitor na leitura, dando-lhe direção e facilidade no encontro da matéria.

(Estamos na página 157 da apostila)

54/83


2 orienta es

Tópico 4

2. Orientações

  • Papel A4 (29,7cm x 21cm);- Margens: 2cm LD e INF, 3cm SUP e LE;- Times New Roman tamanho 12;- Entrelinhas: 1,5 (salvo exceções);- Títulos: separados por 2 espaços do texto (exceto referências que são espaços simples);- Numeração de páginas: a partir da folha de rosto contadas sequencialmente, mas não numeradas;

(Estamos nas páginas 157 e 158 da apostila)

55/83


2 orienta es1

Tópico 4

2. Orientações

  • A numeração de páginas começa na introdução, e deve ser em algarismos arábicos, ficando a 2cm da parte superior e 2cm da borda direita da folha;- Criar seções e subseções;- Seções Primárias: 1 INTRODUÇÃO;- Seções Secundárias: 1.1 APRESENTAÇÃO;- Seções Terciárias e demais: 1.1.1 Histórico;

(Estamos nas páginas 159 a 161 da apostila)

56/83


T pico 5 o paper

TÓPICO 5O Paper

57/83


1 introdu o1

Tópico 5

1. Introdução

Tipo particular de artigo científico. Modelo adotado para a entrega de grande parte dos trabalhos solicitados ao longo do curso.

(Estamos na página 165 da apostila)

58/83


2 artigo e paper

Tópico 5

2. Artigo e Paper

Segundo Lakatos e Marconi (1991): “Artigo científico é a parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento.” (ABNT, NBR 6022, 2003, p.2).

(Estamos na página 165 da apostila)

59/83


2 artigo e paper1

Tópico 5

2. Artigo e Paper

  • Artigo original: temas ou abordagens próprias;- Artigo de revisão: resume, analisa e discute informações já publicadas.

(Estamos na página 166 da apostila)

60/83


2 artigo e paper2

Tópico 5

2. Artigo e Paper

Definição de Paper segundo Oliveira (2006): “São pequenos estudos, porém completos, que tratam de uma questão verdadeiramente científica” (OLIVEIRA NETTO, 2006, p.90).

(Estamos na página 166 da apostila)

61/83


3 o problema de pesquisa assunto que se quer provar ou desenvolver

Tópico 5

3. O problema de pesquisa: assunto que se quer provar ou desenvolver

- Uma das principais tarefas iniciais na elaboração do paper deve ser a escolha do assunto;- Toda pesquisa começa a partir de um problema;- A escolha do assunto deve fazer com que o autor se sinta realizado ao escrever sobre ele;

(Estamos na página 166 da apostila)

62/83


4 estrutura e apresenta o do paper

Tópico 5

4. Estrutura e Apresentação do Paper

  • Papel A4 branco (impressão de um lado);- Fonte: Times New Roman 12 (exceto notas de rodapé e citações longas);- Espacejamento: 1,5 (salvo exceções);- Margens: todas 2cm- Páginas: canto superior direito, a primeira folha é contada mas não numerada.

(Estamos na página 168 da apostila)

63/83


4 1 elementos pr textuais 4 1 1 cabe alho

Tópico 5

4.1 Elementos Pré-textuais4.1.1 Cabeçalho

  • Título- Subtítulo- Nome do(s) autor(es)- Instituição, curso/habilitação e disciplina;- Data

(Estamos na página 170 da apostila)

64/83


4 1 elementos pr textuais 4 1 2 resumo

Tópico 5

4.1 Elementos Pré-textuais4.1.2 Resumo

Redação concisa em um único parágrafo, destacando os pontos mais relevantes do trabalho. No máximo 15 linhas ou 150 palavras.

(Estamos na página 172 da apostila)

65/83


4 1 elementos pr textuais 4 1 3 palavras chave

Tópico 5

4.1 Elementos Pré-textuais4.1.3 Palavras-chave

Representam o assunto abordado no trabalho. Escolher 3 palavras separadas entre si e finalizadas por ponto, iniciadas com letra maiúscula.

(Estamos na página 174 da apostila)

66/83


4 2 elementos textuais 4 2 1 introdu o

Tópico 5

4.2 Elementos Textuais4.2.1 Introdução

Delimitação do assunto, objetivo(s), justificativa e outros elementos (metodologia adotada) para situar o tema no artigo.Último parágrafo deve mostrar a estrutura.

(Estamos na página 174 da apostila)

67/83


Verbos usados na formula o de objetivos

Tópico 5

Verbos usados na formulação de objetivos:

Conhecimento: definir, enunciar, conceituar, nomear, relacionar...

(Estamos na página 175 da apostila)

68/83


Verbos usados na formula o de objetivos1

Tópico 5

Verbos usados na formulação de objetivos:

Compreensão: identificar, descrever, distinguir, explicar, expressar, traduzir, analisar, especificar...

(Estamos na página 175 da apostila)

69/83


Verbos usados na formula o de objetivos2

Tópico 5

Verbos usados na formulação de objetivos:

Aplicação: aplicar, demonstrar, empregar, manipular, usar, experimentar, solucionar, operar, calcular, construir...

(Estamos na página 175 da apostila)

70/83


4 2 elementos textuais 4 2 2 desenvolvimento

Tópico 5

4.2 Elementos Textuais4.2.2 Desenvolvimento

  • Fundamentação teórica;- Procedimentos metodológicos;- Resultados e discussão;- Inserir elementos de apoio ao texto.

(Estamos na página 175 da apostila)

71/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 1 cita es

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.1 Citações

Informações extraídas de outras fontes.

(Estamos na página 175 da apostila)

72/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 2 figuras

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.2 Figuras

Complementam ou ajudam a ilustrar alguma parte do texto. Devem estar centralizadas na página e possuir título (abaixo das mesmas) junto com a numeração. Exemplo:FIGURA 11 – AS CINCO DISFUNÇÕES DE UM TIMEFONTE: ALTA Confiança. Você SA, São Paulo, ed. 104, p. 44, fev. 2007.

(Estamos na página 176 da apostila)

73/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 3 gr ficos

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.3 Gráficos

Tratamento semelhante ao das figuras.

(Estamos na página 177 da apostila)

74/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 4 tabelas

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.4 Tabelas

“[...] representação numérica de dados quantitativos coletados por meio de instrumentos próprios para este fim.” (CERVO; BERVIAN; SILVA, 2007, p. 129)

(Estamos na página 178 da apostila)

75/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 4 tabelas1

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.4 Tabelas

Orientações:- Possuir número independente e consecutivo;- O título deve ficar acima da tabela;- A fonte fica no rodapé da tabela;- Formatação semelhante a das figuras;

(Estamos na página 178 da apostila)

76/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 5 quadros

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.5 Quadros

Arranjo predominante de palavras, dispostas em linhas e colunas com ou sem indicação de dados numéricos. Apresentação não estatística de dados, apenas esquemática e descritiva.Identificação e fonte semelhante ao das figuras, também localizadas abaixo dos quadros.

(Estamos na página 179 da apostila)

77/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 6 notas de rodap

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.6 Notas de rodapé

  • Indica a fonte;- Insere considerações complementares;- Reflexões e acréscimos pertinentes;- Define conceitos e termos;- Traz a versão original de citações.

(Estamos na página 180 da apostila)

78/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 6 notas de rodap1

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.6 Notas de rodapé

- Indicativo numérico, na margem esquerda;- Fonte menor, tamanho 10;- Espaçamento simples;- Palavras / expressões estrangeiras ou em latim digitadas em itálico.- Pode-se utilizar o Word para confecção automática das mesmas.

(Estamos nas páginas 181 e 182 da apostila)

79/83


4 2 2 desenvolvimento 4 2 2 7 t tulos de se es

Tópico 5

4.2.2 Desenvolvimento4.2.2.7 Títulos de seções

- deixar 1 linha em branco após cada título de seção de qualquer ordem;- deixar 1 linha em branco entre parágrafos;- deixar 2 linhas em branco no término de uma seção ou antes da próxima seção.

(Estamos nas páginas 182 e 183 da apostila)

80/83


4 2 3 considera es finais

Tópico 5

4.2.3 Considerações finais

- retomada dos objetivos da introdução;- apresentação das conclusões;- contribuições do trabalho;- sugestões para estudos futuros;- outros enfoques.

(Estamos na página 184 da apostila)

81/83


4 3 elementos p s textuais

Tópico 5

4.3 Elementos Pós-textuais

a) Referências: apresente todos os documentos consultados para elaboração do paper.b) Apêndices e anexos: materiais suplementares, que complementam a argumentação. Iniciam em folhas distintas.

(Estamos na página 185 da apostila)

82/83


5 exemplo de paper

Tópico 5

5 Exemplo de Paper

Como exemplo, apresentamos um exemplo de paper elaborado pelos professores autores deste caderno.(Vide página 186).

(Estamos na página 186 da apostila)

83/83


Parab ns terminamos a unidade

Parabéns!!!Terminamos a Unidade.


Resum o

Metodologia

PRÓXIMA AULA:

3º Encontro da Disciplina2ª Avaliação da Disciplina(10 Questões Objetivassem consulta)


  • Login