Trabalho de Língua      Portuguesa
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 15

Trabalho de Língua Portuguesa PowerPoint PPT Presentation


  • 76 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Trabalho de Língua Portuguesa. Alunos:. Bianca Regina Fernanda Polli Hellen Cristian Thays Rosa Tatiane Lima Thiago Bueno. Desde os primórdios Até hoje em dia O homem ainda faz O que o macaco fazia Eu não trabalhava Eu não sabia Que o homem criava E também destruía...

Download Presentation

Trabalho de Língua Portuguesa

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Trabalho de l ngua portuguesa

Trabalho de Língua Portuguesa


Alunos

Alunos:

Bianca Regina

Fernanda Polli

Hellen Cristian

Thays Rosa

Tatiane Lima

Thiago Bueno


Homem primata

Desde os primórdiosAté hoje em diaO homem ainda fazO que o macaco faziaEu não trabalhavaEu não sabiaQue o homem criavaE também destruía...

Homem PrimataCapitalismo SelvagemOh! Oh! Oh!...(2x)

Eu aprendiA vida é um jogoCada um por siE Deus contra todosVocê vai morrerE não vai pr'o céuÉ bom aprenderA vida é cruel...

Homem PrimataCapitalismo SelvagemOh! Oh! Oh!...(2x)

Eu me perdiNa selva de pedraEu me perdiEu me perdi...

"I'm a cave manA young manI fight with my hands(With my hands)I am a jungle manA monkey manConcrete jungle!Concrete jungle!"

Desde os primórdiosAté hoje em diaO homem ainda fazO que o macaco faziaEu não trabalhavaEu não sabiaQue o homem criavaE também destruía...

HOMEM PRIMATA


Continua o

CONTINUAÇÃO:

  • Homem PrimataCapitalismo SelvagemOh! Oh! Oh!...(2x)

  • Eu aprendiA vida é um jogoCada um por siE Deus contra todosVocê vai morrerE não vai pr'o céuÉ bom aprenderA vida é cruel...

  • Homem PrimataCapitalismo SelvagemOh! Oh! Oh!...(2x)

  • Eu me perdiNa selva de pedraEu me perdiEu me perdiEu me perdiEu me perdi...


Continua o1

Desde os primórdiosAté hoje em diaO homem ainda fazO que o macaco faziaEu não trabalhavaEu não sabiaQue o homem criavaE também destruía...

Homem PrimataCapitalismo SelvagemOh! Oh! Oh!...(2x)

Eu aprendiA vida é um jogoCada um por siE Deus contra todosVocê vai morrerE não vai pr'o céuÉ bom aprenderA vida é cruel...

Homem PrimataCapitalismo SelvagemOh! Oh! Oh!...(2x)

Eu me perdiNa selva de pedraEu me perdiEu me perdiEu me perdiEu me perdi...

CONTINUAÇÃO:


Poema o novo homem

O homem será feito em laboratório. Será tão perfeito como no antigório. Rirá como gente, beberá cerveja deliciadamente. Caçará narceja e bicho do mato. Jogará no bicho, tirará retrato com o maior capricho. Usará bermuda e gola roulée. Queimará arruda indo ao canjerê, e do não-objecto fará escultura.

Será neoconcreto se houver censura. Ganhará dinheiro e muitos diplomas, fino cavalheiro em noventa idiomas. Chegará a Marte em seu cavalinho de ir a toda parte mesmo sem caminho. O homem será feito em laboratório muito mais perfeito do que no antigório. Dispensa-se amor, ternura ou desejo. Seja como for (até num bocejo) salta da retorta um senhor garoto.

POEMA O NOVO HOMEM


Continua o2

Vai abrindo a porta com riso maroto: «Nove meses, eu? Nem nove minutos.» Quem já concebeu melhores produtos? A dor não preside sua gestação. Seu nascer elide o sonho e a aflição. Nascerá bonito? Corpo bem talhado? Claro: não é mito, é planificado. Nele, tudo exacto, medido, bem posto: o justo formato, o standard do rosto. Duzentos modelos, todos atraentes.

(Escolher, ao vê-los, nossos descendentes.) Quer um sábio? Peça. Ministro? Encomende. Uma ficha impressa a todos atende. Perdão: acabou-se a época dos pais. Quem comia doce já não come mais. Não chame de filho este ser diverso que pisa o ladrilho de outro universo. Sua independência é total: sem marca de família, vence a lei do patriarca.

CONTINUAÇÃO


Continua o3

CONTINUAÇÃO

  • (Escolher, ao vê-los, nossos descendentes.) Quer um sábio? Peça. Ministro? Encomende. Uma ficha impressa a todos atende. Perdão: acabou-se a época dos pais. Quem comia doce já não come mais. Não chame de filho este ser diverso que pisa o ladrilho de outro universo. Sua independência é total: sem marca de família, vence a lei do patriarca.


Crian a geopolitica assistindo ao nascimento do novo homem

CRIANÇA GEOPOLITICA ASSISTINDO AO NASCIMENTO DO NOVO HOMEM


Explica o da obra

Explicação da obra

  • A pintura em destaque, foi manuseada pelo famoso pintor Salvador Dalí. Trata-se de um dos seus quadros do ano de 1943.O quadro em destaque foi criado em plena segunda guerra mundial, é por tanto uma cena histórica. Após a segunda guerra mundial, imaginava-se que o mundo seria outro, e que nasceria um novo homem a partir daí. Mas a visão de Dali não demonstra este optimismo. A criança, que nasce adulta, e que assiste ao nascimento, está assustada e a mulher que aponta para o acontecimento, a saída do homem do ovo - mundo, é ao mesmo tempo esquelética e musculosa. É uma atmosfera de ameaça e não de alegria. O ovo é o próprio mundo, com uma casca mole, onde os continentes são moles e estão a derreter misteriosamente, a África ocidental deixou cair uma lágrima. Há uma gota de sangue a escorrer da abertura de onde o homem saiu. Dalí tinha uma diferente visão do mundo depois da segunda guerra mundial. Nos seus quadros, ele adivinhava que ia haver uma guerra, o quadro seria a imagem do mundo após essa guerra, Dalí tinha uma imagem muito vazia do mundo, não era uma boa imagem, era antes uma imagem ameaçadora, uma imagem triste, uma imagem devastadora da nova era


Evolu o humana

EVOLUÇÃO HUMANA

  • A evolução humana, ou antropogênese, é a origem e a evolução do Homo sapiens como espécie distinta de outros hominídeos, dos grandes macacos e mamíferosplacentários. O estudo da evolução humana engloba muitas disciplinas científicas, incluindo a antropologia física, primatologia, a arqueologia, linguística e genética.[1]

  • O termo "humano" no contexto da evolução humana, refere-se ao gênero Homo, mas os estudos da evolução humana usualmente incluem outros hominídeos, como os australopitecos. O gênero Homo se afastou dos Australopithecinos há cerca de 2,3 e 2,4 milhões de anos na África.[2][3] Os cientistas estimam que os seres humanos ramificaram-se de seu ancestral comum com os chimpanzés - o único outro hominins vivo - há cerca de 5-7 milhões anos atrás. Diversas espécies de Homo evoluiu e agora estão extintas. Estes incluem o Homo erectus, que habitou a Ásia, e o Homo neanderthalensis, que habitou a Europa. O Homo sapiens arcaico evoluiu entre 400.000 e 250.000 anos atrás.


Cartum quino mafalda

CARTUM QUINO (MAFALDA)


Explica o

EXPLICAÇÃO:

Mafalda ironiza a importância do dedo indicador comparando-o com o indicador matemático.Como exemplo ela cita o índice de desemprego.


  • Login