Orienta o
Sponsored Links
This presentation is the property of its rightful owner.
1 / 48

ORIENTAÇÃO PowerPoint PPT Presentation


  • 72 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

ORIENTAÇÃO. Pontos Cardeais. Pontos Colaterais. Pontos Subcolaterais. MERIDIANO DE GREENWICH. PARALELOS. LINHA DO EQUADOR. MERIDIANOS. Círculos de tamanhos diferentes, paralelos ao Equador. PARALELOS. Distância angular de um ponto qualquer em relação ao Equador. LATITUDE.

Download Presentation

ORIENTAÇÃO

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


ORIENTAÇÃO


Pontos Cardeais

Pontos Colaterais

Pontos Subcolaterais


MERIDIANO DE GREENWICH

PARALELOS

LINHA DO EQUADOR

MERIDIANOS


Círculos de tamanhos diferentes, paralelos ao Equador

PARALELOS

Distância angular de um ponto qualquer em relação ao Equador

LATITUDE

Semi-círculos de tamanhos iguais, que vão de um pólo ao outro

MERIDIANOS

Distância angular de um ponto qualquer em relação à Greenwich

LONGITUDE


PARALELOS

MERIDIANOS


Pólo Norte (90º N)

Zona Polar

Círculo Polar Ártico (66º 33’ N)

Zona Temperada

Trópico de Câncer (23º 27’ N)

Zona Tropical

Trópico de Capricórnio (23º 27’ S)

Zona Temperada

Círculo Polar Antártico (66º 33’ S)

Zona Polar

Pólo Sul (90º S)


CARTOGRAFIA

Classificações, escala, procedimentos para aquisição de informações, formas de representação


Executada para fins de mapeamento, a partir de uma aeronave equipada com aparelho fotográfico

As fotos são tiradas com sobreposição

Aerolevantamento - Aerofotogrametria


Obtenção de informações sobre a superfície da Terra, sem ocorrer contato físico

Realizada a partir de equipamentos (sensores) localizados em satélites

Transmissão de dados realizada por ondas eletromagnéticas

Captação da energia, de diferentes comprimentos de onda, pelos sensores

Imagens com informações diversas

Sensoriamento Remoto


Quanto à propriedade

Quanto à projeção cartográfica

Quanto à escala

Quanto aos objetivos

CLASSIFICAÇÃO DOS MAPAS


Eqüidistantes: Mantêm as distâncias

Equivalentes: Mantêm as áreas das figuras

Conformes: Mantêm as formas das figuras

Afiláticos: Não mantêm nenhuma propriedade específica

CLASSIFICAÇÃO QUANTO À PROPRIEDADE


Cilíndrica

Cônica

Azimutal (ou plana)

Especiais

CLASSIFICAÇÃO QUANTO À PROJEÇÃO


Projeções Cilíndricas


Projeções Cilíndricas – Mercator e Peters

  • Mercator

    Séc. XVI

    Visão Eurocêntrica

    Conforme

    Norte para Cima

  • Peters

    Séc. XX (1973)

    Visão “terceiro-mundista”

    Equivalente

    Norte para baixo


Projeções Cônicas


Projeções Azimutais


Projeções Especiais - Mollweide


Projeções Especiais - Holzel


Projeções Especiais - Goode


Projeções Especiais - Ortográfica


Planta (escala grande)

Carta (escala média)

Mapa (escala pequena)

CLASSIFICAÇÃO QUANTO À ESCALA


Planta

Até escala 1:25.000

Plantas Arquitetônicas: 1:50 – 1:100 – 1:500

Plantas Urbanas: 1:2.000 – 1:5.000 – 1:10.000

Também pode receber a denominação de carta cadastral


Carta

De 1:25.000 até 1:250.000

Também pode ser denominada de carta ou mapa topográfico


Mapa

A partir de 1:500.000 (geralmente a partir de 1:1.000.000)

Também pode receber a denominação de carta ou mapa geográfico


Mapas Gerais

cartas cadastral, topográfica, geográfica

Mapas Especiais

Cartas náutica, aeronáutica, para fins militares

Mapas Temáticos

Atlas, Mapas da série Brasil 1:5.000.000, cartas de levantamento de recursos naturais

CLASSIFICAÇÃO QUANTO AOS OBJETIVOS


Representação TopográficaMapas Hipsométricos

  • Hipsometria

  • Branco

  • Marrom

  • Vermelho

  • Laranja

  • Amarelo

  • Verde

    Batimetria

  • Azul + claro

  • Azul + escuro

+ alto

+ baixo

+ raso

+ profundo


Representação TopográficaHachuras


Representação TopográficaSombreado


Representação TopográficaCurvas de Nível


Representação TopográficaCurvas de Nível


Representação TopográficaCurvas de Nível


Representação Topográfica - Curvas de Nível


Representação Topográfica - Curvas de Nível


Escala


ESCALA GRANDE

ESCALA PEQUENA

PLANTA

1:10.000

MAPA

1:30.000.000

DENOMINADOR PEQUENO

DENOMINADOR GRANDE

ÁREA PEQUENA

ÁREA GRANDE

DETALHAMENTO GRANDE

DETALHAMENTO PEQUENO

PEQUENA DEFORMAÇÃO

GRANDE DEFORMAÇÃO


AUMENTO DA ESCALA

REDUÇÃO DA ÁREA ABRANGIDA PELO MAPA

AUMENTO DO DETALHAMENTO

REDUÇÃO DO DENOMINADOR

REDUÇÃO DA DEFORMAÇÃO


D

D

= Distância Real

E

= Escala

d

E

d

= Distância no Mapa


D

E

=

D

d

d

E


  • Sabendo que a distância real entre dois pontos é de 18 km, e que a distância gráfica entre esses mesmos pontos é de 3cm, podemos afirmar que a escala do mapa é de

  • 1:120.000

  • 1:280.000

  • 1:60.000

  • 1:600.000

  • 1:3.000.000

18 km = 1.800.000 cm

D

E

=

d

1.800.000 cm

E =

600.000

=

3 cm


D

d

=

D

E

d

E


  • A distância entre Porto Alegre e São Leopoldo é de 25 km. Qual a distância entre essas cidades em um mapa com escala de 1:100.000?

  • 50 cm

  • 25 cm

  • 5,5 cm

  • 5,0 cm

  • 2,5 cm

25 km = 2.500.000 cm

D

d

=

E

2.500.000 cm

d =

25 cm

=

100.000


D

d

E

D

E

d

=


  • Num mapa do RS cuja escala é 1:750.000, a distância entre duas cidades é de 5 cm. Qual é a distância real entre as duas cidades?

  • 150,0 km

  • 375,0 km

  • 37,5 km

  • 15,5 km

  • 75,0 km

d

D

E x

=

D =

750.000 x 5cm

=

3.750.000 cm

3.750.000 cm = 37,5 km


  • Login