Sociedade da informa o sociedade em rede e a cultura na virtualidade
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 45

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO, SOCIEDADE EM REDE E A CULTURA NA VIRTUALIDADE PowerPoint PPT Presentation


  • 78 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO, SOCIEDADE EM REDE E A CULTURA NA VIRTUALIDADE. Amanda Salimon - n . USP 7166871 Caroline Restan - n . USP 7165511. Desafio. - QUANTAS HORAS POR DIA VOCÊ UTILIZA A REDE POR MEIO DE COMPUTADORES E CELULARES?. Desafio.

Download Presentation

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO, SOCIEDADE EM REDE E A CULTURA NA VIRTUALIDADE

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Sociedade da informa o sociedade em rede e a cultura na virtualidade

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO, SOCIEDADE EM REDE E A CULTURA NA VIRTUALIDADE

Amanda Salimon - n. USP 7166871

Caroline Restan - n. USP 7165511


Desafio

Desafio

- QUANTAS HORAS POR DIA VOCÊ UTILIZA A REDE POR MEIO DE COMPUTADORES E CELULARES?


Desafio1

Desafio

QUANTAS HORAS POR DIA VOCÊ UTILIZA A REDE POR MEIO DE COMPUTADORES E CELULARES?

PESQUISA G1: 28% DOS INTERNAUTAS PASSAM 6H POR DIA NA WEB.

Disponível em: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/07/cerca-de-28-dos-internautas-no-brasil-passam-6-horas-por-dia-na-web.html


Desafio2

Desafio

VOCÊ IMAGINA COMO SERIA SUA VIDA SEM ESSAS CONEXÕES E ESSES APARELHOS?

Imagine e compartilhe com seus colegas.


Desafio3

Desafio

IMAGINE UMA COISA QUE VOCÊ SO CONSEGUE FAZER DESSA MANEIRA POR CAUSA DA INTERNET.


Desafio4

Desafio

IMAGINE UMA COISA QUE VOCÊ SO CONSEGUE FAZER DESSA MANEIRA POR CAUSA DA INTERNET.

Agora, tente imaginar como seria fazê-la sem a internet.


Desafio5

Desafio


Desafio6

Desafio

INDUBITAVELMENTE,

A REDE MUDOU

AS NOSSAS VIDAS.


Semin rio

SEMINÁRIO

CONTEXTO

AUTORES

. Pierre LÉVY

. Manuel CASTELLS

. Sherry TURKLE


Contexto

CONTEXTO

Há 30 anos, nos perguntávamos: Para que usaremos os computadores?

Agora, a questão é para o que nós NÃO usamos os computadores?


Internet

INTERNET

Instrumento de comunicação livre;

Criado de forma múltipla por pessoas, setores e inovadores;

Novo espaço de vivência e de interação que transforma práticas e significados sociais.


Internet1

INTERNET

ENVOLVE VARIOS ASPECTOS:

Econômicos;

Culturais;

Políticos;

Etc.


Internet2

INTERNET

FOCO – REDES SOCIAIS:

Invadindo nossas vidas cada vez mais;

Links que abrangem esses aspectos.


Internet3

INTERNET

YOUTUBE

35 horas do vídeo por minuto;

São 50.400 horas por dia.

Disponível em: http://info.abril.com.br/noticias/internet/upload-de-videos-no-youtube-cresce-45-11112010-28.shl


Internet4

INTERNET

TWITTER

Em seu auge, na virada do ano entre 2010 e 2011, atingiu 6.939 tweets por segundo.

Disponível em: http://blogs.estadao.com.br/radar-tecnologico/2011/03/16/twitter-divulga-dados-de-crescimento-em-5-anos/


Internet5

INTERNET

FACEBOOK

900 milhões de usuários ativos;

3º país em habitantes, perdendo apenas para China e Índia.

Disponível em: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5753600-EI12879,00-Dados+e+numeros+do+Facebook.html


Autores pierre l vy

Autores: Pierre LÉVY

FACEBOOK

900 milhões de usuários ativos;

3º país em habitantes, perdendo apenas para China e Índia.

Disponível em: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5753600-EI12879,00-Dados+e+numeros+do+Facebook.html


Pierre l vy cibercultura

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

A) Introdução;

B) Definições;

C) Proposições;

D) Problemas.


Pierre l vy cibercultura1

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

A) Introdução

O Dilúvio


Pierre l vy cibercultura2

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

A) Introdução

Ciberespaço (“rede”):

Interconexão mundial de computadores

Material + Humano + Informações


Pierre l vy cibercultura3

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

A) Introdução

Cibercultura:

Conjunto de técnicas (materiais e intelectuais), práticas, de atitudes, de modos de pensamento e valores que se desenvolvem juntamente com o crescimento do ciberespaço.

Exemplo: Twitter, Facebook, Petições na internet, etc.


Pierre l vy cibercultura4

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

B) Definições:

As tecnologias tem um impacto?

Impacto não é adequado

Tecnologias ao invés de tecnologia

Determinante ou Condicionante?

Aceleração

Inteligência coletiva: veneno ou remédio?


Pierre l vy cibercultura5

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

B) Definições:

A infraestrutura técnica do virtual:

Interesse pessoal cresce!

Digitalização + Memória + Transporte

Destaque:

programações -> programas -> interfaces


Pierre l vy cibercultura6

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

B) Definições:

O digital e a virtualização do saber

Sobre o virtual em geral

a) O virtual é o bezerro de ouro de Jeffrei Shaw

b) Virtual

c) O virtual existe sem estar presente


Pierre l vy cibercultura7

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

B) Definições:

A interatividade vista como um problema

O ciberespaço ou a virtualização da comunicação


Pierre l vy cibercultura8

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

B) Proposições:

O universal sem totalidade, essência da cibercultura

O movimento social da cibercultura

O som da cibercultura

A arte da cibercultura

A nova relação com o saber


Pierre l vy cibercultura9

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

B) Proposições:

As mutações da educação e a economia do saber

As arvores do conhecimento, um instrumento para a inteligência coletiva na educação e na forma

O ciberespaço, a cidade e a democracia eletrônica


Pierre l vy cibercultura10

Pierre Lévy: CIBERCULTURA

B) Problemas:

Conflito de interesse e diversidade dos pontos de vista

Crítica da Substituição

Crítica da Dominação

Crítica da Crítica


Castells a gal xia da internet

Castells: A GALÁXIA DA INTERNET

REDES SOCIAIS:

Permitem o surgimento das “comunidades virtuais”;

“Privatização da sociabilidade”: Pessoas que buscam ou compartilham o mesmo objeto ou interesse em um determinado momento, local ou rede.


Castells a gal xia da internet1

Castells: A GALÁXIA DA INTERNET

REDES SOCIAIS:

Relações com: Laços fracos x Laços fortes;

Ajudar pessoas com fraca sociabilidade a saírem do isolamento.

As pessoas não limitam sua vida social pelo uso da internet: mais relações sociais físicas, mais se utiliza a internet e mais amigos virtuais se faz.


Castells a gal xia da internet2

Castells: A GALÁXIA DA INTERNET

REDES SOCIAIS

Êxito: ligado às tarefas e interesses em comum;

Utilização frequente: movimentos políticos e sociais:

instrumento de organização e ação;

transmitir ideias e informações instantaneamente para um número enorme de pessoas;

articulação de projetos alternativos locais através de projetos globais;

impossibilidade de controle pelos governos.


Castells a gal xia da internet3

Castells: A GALÁXIA DA INTERNET

INTERNET COMO MEIO DE COMUNICAÇÃO:

1) Ascensão de novos padrões de interação social

2) Processo histórico de desvinculação entre localidade e sociabilidade

3) Apropriada pela prática social

4)Alienação do mundo real?


Castells a gal xia da internet4

Castells: A GALÁXIA DA INTERNET

INDIVIDUALISMO:

1) Suporte apropriado: individualismo forma dominante

2) Comunicação híbrida

3) Formas de apoio social

4) Custos obscuros para a sociedade


Castells a gal xia da internet5

Castells: A GALÁXIA DA INTERNET

MOVIMENTOS SOCIAIS:

1)Transformações de valores e instituições

2) Diverso e coordenado

3) Democracia através da informação

4) Política do escândalo


Castells a gal xia da internet6

Castells: A GALÁXIA DA INTERNET

MOVIMENTOS SOCIAIS:

1)Nossa realidade fundamental

2) Aprender a aprender

3) Oprimir desinformados, excluir desvalorizados

4)Desafios


Turkle alone together

Turkle: ALONE TOGETHER

VIDEO:

Disponível em: <http://www.ted.com/talks/lang/pt-br/sherry_turkle_alone_together.html>.


Turkle alone together1

Turkle: ALONE TOGETHER

I SHARE THEREFORE I AM:

1) Conhecer uns aos outros x Autorreflexão

2)Alguém para nos ouvir

3) A ideia de não estar sozinho

4)Isolamento


Escrito fica 365 dias sem internet

Escrito fica 365 dias sem internet

MAGNANI, Gustavo. Escritor fica um ano sem entrar na internet e volta para nos contar como foi. Literatortura. Publicado em: 02/05/2013.Disponível em: <http://literatortura.com/2013/05/02/escritor-fica-um-ano-sem-entrar-na-internet-e-volta-para-nos-contar-como-foi/>.


Escrito fica 365 dias sem internet1

Escrito fica 365 dias sem internet

NO COMEÇO:

. Encontros reais com pessoas;

. Trabalhava bastante, escrevia semanalmente;

. Emagreceu 7 quilos, comprou roupas novas.

COM O TEMPO:

“...aprendi um novo jeito de tomar decisões erradas no mundo offline. ...me tornei um consumidor passivo e me afastei do convívio social.”


Escrito fica 365 dias sem internet2

Escrito fica 365 dias sem internet

CONCLUSÕES:

. Os obstáculos de ficar sem internet não são intransponíveis:

. Encontrar pessoas é mais difícil;

. Nada é tão prático;

Porém:

“As escolhas morais que fazemos não são muito diferentes dentro e fora da internet”.


Pai contrata assassinos para matar avatar do filho

Pai contrata assassinos para matar avatar do filho

O GLOBO. Pai chinês contrata assassinos virtuais para matar avatar do filho em ‘World ofWarcraft’. 09/01/2013Disponível em: <http://oglobo.globo.com/tecnologia/pai-chines-contrata-assassinos-virtuais-para-matar-avatar-do-filho-em-world-of-warcraft-7238313>.


Pai contrata assassinos para matar avatar do filho1

Pai contrata assassinos para matar avatar do filho

. Incomodado com o excesso de tempo que seu filho desempregado passa jogando o RPG on-line “World ofWarcraft”.

. Filho percebeu a estratégia e disse: “A verdade é que eu não estou procurando trabalho, pois quero dar um tempo até encontrar um que combine comigo”.


Pai contrata assassinos para matar avatar do filho2

Pai contrata assassinos para matar avatar do filho

Especialista na relação entre jogos e vício, Mark Griffiths, da Universidade de Nottingham Trent, afirma: “Eu nunca havia ouvido falar desse tipo de intervenção e não acredito que ela possa funcionar. A maioria dos casos em que gamers jogam em excesso consiste apenas em um sintoma de um problema maior desconhecido”.


Ent o o que fazer

ENTÃO, O QUE FAZER?

Vídeo - TED.


Refer ncias bibliogr ficas

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CASTELLS, Manuel. A Galáxia da Internet. Reflexões sobre a Internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999

TURKLE, Sherry. Alone Together: Why we expect

more from technology and less from each other.

New York: Basic Books, 2011.


  • Login