Fisiologia e dist rbios do c lcio
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 19

Fisiologia e Distúrbios do Cálcio PowerPoint PPT Presentation


  • 154 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Fisiologia e Distúrbios do Cálcio. Thiago do Amaral Miranda Orientador: Dr. Sérgio Elias Programa de Internato em Clínica Médica HRS/ESCS – 2013 www.paulomargotto.com.br Brasília, 22 de setembro de 2014. Cálcio.

Download Presentation

Fisiologia e Distúrbios do Cálcio

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Fisiologia e dist rbios do c lcio

Fisiologia e Distúrbios do Cálcio

Thiago do Amaral Miranda

Orientador: Dr. Sérgio Elias

Programa de Internato em Clínica Médica HRS/ESCS – 2013

www.paulomargotto.com.br

Brasília, 22 de setembro de 2014


C lcio

Cálcio

  • Importante componente da matriz extracelular óssea, condução nervosa, contração muscular, coagulação sanguínea, secreção hormonal e adesão intercelular.


Distribui o corporal do ca2

Distribuição corporal do Ca2+

No caso de hipoalbuminemia (<0,4)

Ca corrigido = Ca total + 0,8 x (4,5 – Albumina)


Metabolismo do c lcio

Metabolismo do Cálcio


Vitamina d

Vitamina D

Ações da Vit D:

Intestino – Aumenta a absorção de Ca por meio da expressão de canais de CaTRPV

Ossos –Regula produção e calcificação do osteóide.

Rins – Promove reabsorção de P pelos nefros proximais e tem ação mínima na absorção de Ca

Paratireóides – Inibe a expressão do gene do PTH, estimula a expressão do gene do CaSR


Hipocalcemia

Hipocalcemia

Definida como cálcio total menor que 8,5 mg/dl ou 2,2 mM, ou cálcio ionizado inferior aos limites da normalidade.


Fisiologia e dist rbios do c lcio

  • Sinais e Sintomas- parestesias (especialmenteperioraise nasmãos e pés); labilidadeemocional; miastenia e cãibras; diarréia, esteatorréia, pelesecaperda de cabelocatarata, eczema; disfagia; estridorlaríngeo e broncoespasmo, convulsões; arritmiascardíacas e intervalo Q-T aumentado, hipertensão, IC; espasmocarpopedal(espontâneoou com uso de manguito de pre sãodurantetrêsminutos, infladoacima da pressãosistólica - Sinal de Trousseau); contração do músculo facial apóslevegolpenafrente da orelha - Sinal de Chvostek; opistótono.


Conduta

Conduta

  • Exames: Dosagem do fosforo, PTH, calcidiol, calcitriol, ECG.

  • Hipocalcemia leve assintomática: Ca ionico acima de 3,2 ou total entre 8,0-8,5 mg/dl, reposição pela dieta ou mediante formulações orais de carbonato ou citrato de cálcio.


Fisiologia e dist rbios do c lcio

Hipocalcemia sintomática:

  • Ca ionizado menor que 2,8 ou total menor que 7,0 mg/dl, reposicao de 100-200 mg de Ca elementar (1-2g de gluconato de cálcio) . A reposicao deve ser realizada em 10-20 min, diluida em solução de dextrose ou salina e administrada preferencialmente por AVC.

  • Após reposicao inicial deve-se segui com reposicao lenta de 0,5-1,5 mg/kg de cálcio elementar/hora.

  • Reposicao de calcitriol em dose de 0,25-0,5 μ g/dia é recomendada em caso de deficiência

  • Hipomagnesemia deve ser corrigida

  • Forma cronica: Administração oral de Ca (1g de Ca elementar/dia) e Vit D em caso de deficiência.

    ATENÇÃO: Tiazídicos


Hipercalcemia

Hipercalcemia

Definida como Ca sérico maior que 10,5 ou Ca ionico acima de 5,28 mg/dl.


Fisiologia e dist rbios do c lcio

  • Sinais e Sintomas - fraqueza, anorexia e vô- mitos, constipação, irritabilidade, sonolência, estupor, coma, cefaléia occipital, intervalo Q-T e segmento ST supranivelados ou Q-T curto no ECG, arritmias, A, calcificação da conjuntiva e córnea, fibrose da medula óssea, litíase renal, insuficiência renal.


Conduta1

Conduta

  • Exames: Dosagem de PTH, PTHrp, VitD e seus metabólitos, ECG, Oftalmoscopia

  • Hipercalcemia leve-moderada: cálcio total menor que 14 ou cálcio ionico menor que 7 mg/dl: hidratacao vigorosa com SF. Pamidronato 90 mg IV durante 2-4 h ou ácido zolendrônico 4 mg IV em 15 min

  • Furosemida 20-40 mg IV 12/12-6/6h

  • Prednisona 1mg/kg


Fisiologia e dist rbios do c lcio

  • Hipercalcemia grave: Ca total maior que 14 ou ionizado maior que 7 mg/dl:

  • Hidratação, pamidronato ou ácido zolendrônico, furosemida como descrito além de Calcitonina 4-8U/kg de pelo IM ou SC 12/12h (+ hidrocortisona 100mg 6/6h).


Bibliografia

BIBLIOGRAFIA:

  • RIELLA, M. C. Princípios de nefrologia e distúrbios hidroeletrolíticos. 3.ed. Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan, 1996.

  • Schrier, R. W. ATLAS OF DISEASES OF THE KIDNEY.  Filadelfia: Wiley-Blackwell, 1999; Volume 1

  • Martins, H. S.; et alli. Emergências Clínicas: Abordagem Prática - 8ª edição revisada e atualizada. São Paulo: Manole, 2013.


Nota do editor do site dr paulo r margotto consultem tamb m dist rbios metab licos no rec m nascido

Nota do Editor do site, Dr Paulo R. MargottoConsultem também!Distúrbios metabólicos no recém-nascido


  • Login