III Jornadas de Reflexão sobre Necessidades Educativas Especiais
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 14

Escola Inclusiva – Uma Realidade, se Quisermos Augusto Sousa / RUMO PowerPoint PPT Presentation


  • 63 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

III Jornadas de Reflexão sobre Necessidades Educativas Especiais Escola Inclusiva – Mito ou Realidade ? 8 Abril 2006 Auditório da Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça - Moita. Escola Inclusiva – Uma Realidade, se Quisermos Augusto Sousa / RUMO. 1983 / 1985

Download Presentation

Escola Inclusiva – Uma Realidade, se Quisermos Augusto Sousa / RUMO

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

III Jornadas de Reflexão sobre Necessidades Educativas Especiais

Escola Inclusiva – Mito ou Realidade ?

8 Abril 2006

Auditório da Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça - Moita

Escola Inclusiva – Uma Realidade, se Quisermos

Augusto Sousa / RUMO


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

1983 / 1985

Escola Básica do 1º Ciclo do Lavradio - Barreiro

Experiência de Integração Escolar, promovida pela Rumo, de alunos com deficiência mental


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

  • Objectivos Gerais

  • Integrar sete crianças no ensino regular

  • Contribuir para a redução do insucesso escolar da escola

  • Criar condições internas na escola, a partir da experiência recolhida, de forma a ganhar o conjunto de professores e famílias para a continuação da experiência

  • Criar condições externas para a institucionalização da experiência


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

  • Fases

    • Contacto com Directora da Escola

    • Contacto com professores, potenciais voluntários

    • Sensibilização do Conselho Escolar:

    • Explicar o projecto / processo institucional

    • Processo de implementação

    • Escolha de 2 professores

    • Definir a futura relação com Conselho Escolar (troca de experiências com todos os professores da escola, facultativos; apoio a crianças da escola não inseridas nos 2 grupos)


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

  • Fases

    • Introdução do processo (com os dois professores)

      • Caracterização das crianças a inserir (global)

      • Caracterização das turmas receptoras (global)

      • Análise conjunta do projecto, detalhadamente

      • Definição da relação futura com os dois professores

      • Disponibilidade (troca de serviços)

      • Modelo de intervenção semanal

      • Modelo de avaliação da experiência

      • Definição das tarefas de cada um

      • Expectativas de cada um


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

  • Fases

  • 5. Introdução do processo com os pais / Reunião com pais das crianças a inserir

  • Definir os nossos objectivos, em relação às crianças

  • Definir qual a exigência de participação dos pais / protocolo

  • Definir o modelo de trabalho futuro / programas de trabalho

  • 6. Reunião com pais das salas receptoras (todos)

    • Explicar o projecto

  • Definir objectivos com todas as crianças (apoio na escola; tempos livres)

Emprego

Apoio Pós-Contratação


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

  • Intervenção

  • Pais

  • Objectivos

  • Aumentar o conhecimento sobre a escola, sobre o filho, sobre a importância das relações familiares

  • Melhorar as condições de higiene e saúde

  • Modificar atitudes

  • Meios

  • Acompanhamento familiar

  • Acção didáctica-informativa

  • Modificação de comportamento - atitude

Emprego

Apoio Pós-Contratação


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

Intervenção

Professores

Objectivos

Aceitação das crianças inseridas

Melhoria da relação professor-aluno

Apoiar o professor

Meios

Reflexão sobre a intervenção

Programação conjunta de actividade

Acção didáctica-informativa (bibliografia, instrumentos)

Apoios pontuais a alunos

Apoios globais (metodologia, relações pedagógicas)

Hetero e auto-avaliação

Emprego

Apoio Pós-Contratação


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

Intervenção

Alunos

Objectivos

Integração plena na escola, na família e na escola

Reduzir o insucesso

Desenvolver competências específicas; actuar como suporte de desenvolvimento para a aprendizagem

Meios

OTL (expressões: corporal, plástica, musical)

Educação física

Reeducação pedagógica (leitura, escrita, cálculo)

Terapias


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

  • Avaliação

  • Por fases (avaliação do projecto / processos / metas)

  • Avaliação dos alunos (base – inicial – base line / periódicas / medica / psicológica / pedagógica / familiar)

  • Avaliação da comunidade integrante

  • Avaliação da sala de aula

  • Avaliação das expectativas dos professores

  • 4. Caracterização do meio envolvente à escola

  • 5. Avaliação da família (Avaliação de expectativas / Caracterização das famílias)


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

Equipa

Duas professoras (salas receptoras)

Duas professoras especializadas

Um sociólogo

Dois psicólogos

Uma terapeuta ocupacional


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

Reflexões

Educação inclusiva não é educação para crianças com necessidades educativas especiais

Educação inclusiva é promover uma escola para todos

Educação não é educar um aluno padrão (uma média)

Educação inclusiva é educar e promover a diversidade

Educação inclusiva não é educar por fatias (educação sectorial, compartimentada)

Educação inclusivaé intervenção sistémica, articulada, participada


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

Direitos

DIREITO A TOMAR DECISÕES SOBRE A SUA VIDA

DIREITO A FREQUENTAR A ESCOLA DA SUA ÁREA

DIREITO A CONVIVER COM TODAS AS PESSOAS, NA COMUNIDADE NATURAL

DIREITO A USUFRUIR DOS RECURSOS DA COMUNIDADE

DIREITO A EXERCER UMA ACTIVIDADE EM LOCAIS NORMAIS DE TRABALHO


Escola inclusiva uma realidade se quisermos augusto sousa rumo

[email protected]

[email protected]

www.rumoinsercao.org

www.rumobarreiro.blogspot.com

Obrigado


  • Login