slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
RESUMÃO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 72

RESUMÃO - PowerPoint PPT Presentation


  • 156 Views
  • Uploaded on

RESUMÃO. Contabilidade Básica Unidade 1. Educação a Distância – EaD. Contabilidade Básica. Turma: EMD 0119 Professor: Flávio Brustoloni. Objetivos da Disciplina:.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' RESUMÃO' - brinly


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

RESUMÃO

Contabilidade Básica

Unidade 1

educa o a dist ncia ead

Educação a Distância – EaD

Contabilidade Básica

Turma: EMD 0119

Professor: Flávio Brustoloni

objetivos da disciplina

Objetivos da Disciplina:

  • Entender a metodologia contábil, enquanto instrumento de captação, registro, acumulação, resumo e interpretação dos fenômenos que afetam as situações patrimoniais, econômicas e financeiras das entidades;
  • Entender a função das demonstrações Contábeis básicas: Balanço Patrimonial e Demonstração de Resultados;
  • Entender as variáveis básicas que determinam a formação dos resultados das empresas.

1/65

objetivos da unidade

Objetivos da Unidade:

  • Compreender o conceito de Contabilidade, bem como a sua aplicabilidade;
  • Conhecer, compreender e identificar o patrimônio nas entidades;
  • Interpretar as mutações ocorridas no patrimônio das entidades por diversas operações contábeis.

3/65

2 a origem da contabilidade

2. A Origem da Contabilidade

Na sua forma rudimentar, era utilizada na Pré-história, onde o homem pré-histórico associava a quantidade de pedras com o seu rebanho. Ao retornar do pasto com as ovelhas, ele contava as pedras para verificar se faltavam algum animal no rebanho.

(Estamos na página 3 da apostila)

4/65

2 a origem da contabilidade1

2. A Origem da Contabilidade

A contabilidade moderna nasceu no norte da Itália, provavelmente entre os séculos XII e XIV.O trabalho consolidado sobre o assunto foi da autoria do contabilista Frei Luca Pacioli, em 1494, denominado Método das Partilhas Dobradas.

(Estamos na página 4 da apostila)

5/65

2 a origem da contabilidade2

2. A Origem da Contabilidade

Frei Luca Pacioli

(Estamos na página 4 da apostila)

6/65

3 conceito

3. Conceito

Ciência (ou técnica) que estuda, controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio das entidades, mediante o registro, a demonstração expositiva e a revelação desses fatos, com o fim de oferecer informações sobre a composição do patrimônio, suas variações e o resultado econômico decorrente da gestão da riqueza patrimonial (Hilário Franco, Contabilidade Geral, Editora Atlas).

(Estamos na página 5 da apostila)

7/65

4 campo de atua o profissional

4. Campo de Atuação Profissional

A profissão de contador foi regulamentada pelo Decreto-Lei 9.295/1946 com alterações introduzidas pela Lei 12.249 de 12 de junho de 2010, que criou o Conselho Federal de Contabilidade – CFC e definiu as atribuições do técnico de contabilidade e do contador.

(Estamos na página 6 da apostila)

8/65

4 campo de atua o profissional1

4. Campo de Atuação Profissional

Uma das grandes áreas de atuação é a prestação de serviços contábeis, seja em forma de contabilidade terceirizada, assessoria contábil, consultoria contábil, etc.Demandas: terceiro setor, contabilidade ambiental e internacional.

(Estamos na página 7 da apostila)

9/65

4 campo de atua o profissional2

4. Campo de Atuação Profissional

Fato recente: alteração na legislação das sociedades anônimas com o advento da Lei 11.638/2007, que exige dos profissionais conhecimentos em contabilidade internacional, principalmente das práticas da International Accounting Standarts Board – IASB.

(Estamos na página 7 da apostila)

10/65

5 objeto e finalidade da contabilidade

5. Objeto e Finalidade da Contabilidade

O Brasil é um país de muitas empresas. Dessas, muitas fecham as portas já no primeiro ano. Em muitos casos devido à má administração ocasionada pelo uso inadequado ou pelo desconhecimento das informações geradas pela contabilidade.

(Estamos na página 9 da apostila)

11/65

5 objeto e finalidade da contabilidade1

5. Objeto e Finalidade da Contabilidade

Segundo Crepaldi (1995, p.22), “a contabilidade é uma ciência concebida para coletar, registrar, resumir e interpretar dados e fenômenos que afetam as situações patrimoniais, financeiras e econômicas de qualquer entidade.”

(Estamos na página 9 da apostila)

12/65

5 objeto e finalidade da contabilidade2

5. Objeto e Finalidade da Contabilidade

* Planejamento: conjunto de linhas de ação e a maneira de executá-las para o alcance dos objetivos;* Controle: Acompanhamento das atividades da organização, para ver se está de acordo com os planos traçados.

(Estamos na página 9 da apostila)

13/65

6 os interessados nas informa es cont beis

6. Os Interessados nas informações contábeis

Os interessados nas informações contábeis são chamados de usuários da contabilidade. São pessoas que se utilizam da contabilidade, demonstram interesse pela situação da empresa e buscam na Contabilidade suas respostas.

(Estamos na página 10 da apostila)

14/65

6 os interessados nas informa es cont beis1

6. Os Interessados nas informações contábeis

* Investidores;* Empregados;* Credores por empréstimos;* Fornecedores;* Clientes;* Governo e suas agências;* Público.

(Estamos na página 12 da apostila)

15/65

7 a entidade cont bil

7. A Entidade Contábil

A contabilidade pode ser feita para Pessoa Física ou Pessoa Jurídica. Considera-se Pessoa, juridicamente, todo ser capaz de direitos e obrigações.

(Estamos na página 13 da apostila)

16/65

7 a entidade cont bil1

7. A Entidade Contábil

Quando se faz contabilidade para pessoa física ou jurídica, essa pessoa é denominada entidade contábil.

(Estamos na página 13 da apostila)

17/65

7 a entidade cont bil2

7. A Entidade Contábil

O Conselho Federal de Contabilidade – CFC determina com o Art. 4. da Resolução n. 750/1993: o patrimônio não se confunde com aqueles dos seus sócios ou proprietários, no caso de sociedade ou instituição.

(Estamos na página 14 da apostila)

18/65

2 conceito de patrim nio

2. Conceito de Patrimônio

A contabilidade nada mais é do que um instrumento que tem a finalidade de planejar e controlar um patrimônio das entidades (pessoas físicas e jurídicas) com o objetivo de gerar informações para subsidiar as tomadas de decisões.

(Estamos na página 18 da apostila)

20/65

2 conceito de patrim nio1

2. Conceito de Patrimônio

Patrimônio: conjunto de bens, direitos e obrigações vinculados a uma entidade (pessoa física ou jurídica).

(Estamos na página 19 da apostila)

21/65

2 conceito de patrim nio2

2. Conceito de Patrimônio

Bens: todos os objetos que a empresa possui, seja para uso, troca ou consumo. Podem ser tangíveis ou intangíveis.

(Estamos na página 19 da apostila)

22/65

2 conceito de patrim nio3

2. Conceito de Patrimônio

Bens Tangíveis: aqueles que possuem forma física, são corpóreos e palpáveis. Podem ser móveis (mesas, veículos, computadores) ou imóveis (terrenos, casas, galpões).

(Estamos na página 19 da apostila)

23/65

2 conceito de patrim nio4

2. Conceito de Patrimônio

Bens Intangíveis: aqueles que não possuem existência física nem são palpáveis, mas representam um bem significativo para as empresas. Ex.: marca da Coca-Cola.

(Estamos na página 20 da apostila)

24/65

2 conceito de patrim nio5

2. Conceito de Patrimônio

Direitos: são todos os valores a receber de terceiros.Obrigações: são dívidas ou compromissos assumidos perante terceiros.

(Estamos na página 20 da apostila)

25/65

2 conceito de patrim nio6

2. Conceito de Patrimônio

(Estamos na página 21 da apostila)

26/65

2 conceito de patrim nio7

2. Conceito de Patrimônio

Assim teremos nosso patrimônio apresentado no balanço patrimonial a seguir e com a observância dos aspectos qualitativos e quantitativos do patrimônio:

(Estamos na página 22 da apostila)

27/65

2 conceito de patrim nio8

2. Conceito de Patrimônio

Aspecto Qualitativo

Aspecto Quantitativo

Aspecto Qualitativo

Aspecto Quantitativo

(Estamos na página 21 da apostila)

26/65

2 ativo

2. Ativo

Em um primeiro momento, podemos dizer que Ativo compreende o conjunto de bens e direitos de uma entidade.Mas o conceito é: “Ativo é um recurso controlado pela entidade como resultado de eventos passados e do qual se espera que resultem futuros benefícios econômicos para a entidade.

(Estamos na página 25 da apostila)

28/65

3 passivo

3. Passivo

O Passivo representa as obrigações da entidade. Como segue: “Passivo é uma obrigação presente da entidade, derivada de eventos já ocorridos, cuja liquidação se espera que resulte em saída de recursos capazes de gerar benefícios econômicos.

(Estamos na página 28 da apostila)

29/65

3 passivo1

3. Passivo

Então:ATIVO = Bens e Direitos = coisa boaPASSIVO = Obrigações = coisa ruim

(Estamos na página 28 da apostila)

30/65

4 patrim nio l quido

4. Patrimônio Líquido

O Patrimônio Líquido é o valor residual dos ativos da entidade depois de deduzidos todos os seus passivos.Ou seja:PL = (Bens + Direitos) - Obrigações

(Estamos na página 31 da apostila)

31/65

4 patrim nio l quido1

4. Patrimônio Líquido

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

72.410,00

(Estamos na página 31 da apostila)

32/65

5 os diversos estados patrimoniais 5 1 situa o l quida positiva

5. Os Diversos Estados Patrimoniais5.1 Situação Líquida Positiva

Ocorre quando o Ativo é MAIOR que o Passivo:ATIVO > PASSIVO

(Estamos na página 33 da apostila)

33/65

5 os diversos estados patrimoniais 5 1 situa o l quida positiva1

5. Os Diversos Estados Patrimoniais5.1 Situação Líquida Positiva

(Estamos na página 34 da apostila)

34/65

5 os diversos estados patrimoniais 5 2 situa o l quida negativa

5. Os Diversos Estados Patrimoniais5.2 Situação Líquida Negativa

Ocorre quando o Ativo é MENOR que o Passivo:ATIVO < PASSIVO

(Estamos na página 34 da apostila)

35/65

5 os diversos estados patrimoniais 5 2 situa o l quida negativa1

5. Os Diversos Estados Patrimoniais5.2 Situação Líquida Negativa

(Estamos na página 34 da apostila)

36/65

5 os diversos estados patrimoniais 5 3 situa o l quida nula

5. Os Diversos Estados Patrimoniais5.3 Situação Líquida Nula

Ocorre quando o Ativo é IGUAL que o Passivo:ATIVO = PASSIVO

(Estamos na página 35 da apostila)

37/65

5 os diversos estados patrimoniais 5 3 situa o l quida nula1

5. Os Diversos Estados Patrimoniais5.3 Situação Líquida Nula

(Estamos na página 35 da apostila)

38/65

1 introdu o

1. Introdução

Vamos estudar contabilidade através da metodologia de “Balanços Sucessivos”, no qual faremos simulações do que acontece no dia-a-dia de uma empresa, desde a sua concepção.

(Estamos na página 41 da apostila)

40/65

2 constitui o da empresa

2. Constituição da Empresa

Para que haja a criação de um empreendimento é necessária a idéia genial do negócio. A seguir faz-se um estudo de viabilidade para verificar se o negócio será ou não viável.

(Estamos na página 41 da apostila)

41/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa

3. Contabilizando as operações de uma empresa

Para iniciar, dois sócios criaram a empresa Cia UNI no ramo de consertos de calçados. Cada sócio entrou com R$ 30.000,00 de capital em dinheiro, totalizando então R$ 60.000,00.

(Estamos na página 42 da apostila)

42/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 1 contabilizando a cria o da empresa

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.1 Contabilizando a criação da empresa

(Estamos na página 42 da apostila)

43/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 2 contabilizando a aquisi o de um im vel

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.2 Contabilizando a aquisição de um imóvel

No dia 03/02/2010, a empresa resolve adquirir uma sala comercial para a instalação de sua loja. A aquisição foi com recursos próprios no valor de R$ 23.000,00 pagos à vista.

(Estamos na página 44 da apostila)

44/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 2 contabilizando a aquisi o de um im vel1

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.2 Contabilizando a aquisição de um imóvel

(Estamos na página 44 da apostila)

45/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 3 contabilizando a aquisi o de m quinas

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.3 Contabilizando a aquisição de máquinas

No dia 05/02/2010, a empresa adquiriu algumas máquinas e equipamentos. Custaram R$ 32.000,00 e foram pagas à vista por causa do desconto.

(Estamos na página 45 da apostila)

46/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 3 contabilizando a aquisi o de m quinas1

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.3 Contabilizando a aquisição de máquinas

(Estamos na página 45 da apostila)

47/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 4 contabilizando a aquisi o de m veis e utens lios

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.4 Contabilizando a aquisição de móveis e utensílios

No dia 08/02/2010, a empresa adquiriu móveis e utensílios (mesas, cadeiras e escrivaninhas), que custaram R$ 7.000,00 porém foram pagas à prazo, pois havia falta de recursos no caixa.

(Estamos na página 46 da apostila)

48/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 4 contabilizando a aquisi o de m veis e utens lios1

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.4 Contabilizando a aquisição de móveis e utensílios

(Estamos na página 46 da apostila)

49/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 5 contabilizando a venda de um bem

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.5 Contabilizando a venda de um bem

No dia 10/02/2010, resolveu-se vender a sala comercial e mudar-se para uma sala alugada. Essa venda foi a prazo, pelo valor de R$ 24.000,00. Assim, obteve-se um lucro de R$ 1.000,00 nesta transação.

(Estamos na página 47 da apostila)

50/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 5 contabilizando a venda de um bem1

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.5 Contabilizando a venda de um bem

(Estamos na página 48 da apostila)

51/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 6 contabilizando o pagamento de uma d vida

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.6 Contabilizando o pagamento de uma dívida

No dia 15/02/2010, a empresa efetuou o pagamento parcial da dívida que possuía. O pagamento efetuado foi no valor de R$ 3.000,00.

(Estamos na página 49 da apostila)

52/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 6 contabilizando o pagamento de uma d vida1

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.6 Contabilizando o pagamento de uma dívida

(Estamos na página 49 da apostila)

53/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 7 contabilizando o recebimento de um direito

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.7 Contabilizando o recebimento de um direito

No dia 20/02/2010, a empresa recebeu o valor parcial de R$ 10.000,00 referentes à venda da sala comercial.

(Estamos na página 50 da apostila)

54/65

3 contabilizando as opera es de uma empresa 3 7 contabilizando o recebimento de um direito1

3. Contabilizando as operações de uma empresa3.7 Contabilizando o recebimento de um direito

(Estamos na página 50 da apostila)

55/65

4 conceito de capital

4. Conceito de Capital

Do ponto de vista econômico, é todo bem econômico passível de ser aplicado à produção.

(Estamos na página 50 da apostila)

56/65

4 conceito de capital 4 1 capital social

4. Conceito de Capital4.1 Capital Social

Também chamado de capital Nominal, é o valor colocado à disposição da empresa pelos proprietários. Aparece junto ao Patrimônio Líquido e é também a primeira origem de recursos necessária ao início das atividades operacionais da empresa.

(Estamos na página 50 da apostila)

57/65

4 conceito de capital 4 1 capital social1

4. Conceito de Capital4.1 Capital Social

(Estamos na página 50 da apostila)

58/65

4 conceito de capital 4 2 capital pr prio

4. Conceito de Capital4.2 Capital Próprio

O Capital Próprio é composto pelos elementos que fazem parte do Patrimônio Líquido e abrange o capital inicial (capital social), seus lucros e prejuízos.

(Estamos na página 51 da apostila)

59/65

4 conceito de capital 4 2 capital pr prio1

4. Conceito de Capital4.2 Capital Próprio

(Estamos na página 51 da apostila)

60/65

4 conceito de capital 4 3 capital de terceiros

4. Conceito de Capital4.3 Capital de Terceiros

Corresponde a todas as dívidas ou obrigações exigíveis que a empresa possui. São investimentos feitos na empresa com recursos provenientes de terceiros.

(Estamos na página 51 da apostila)

61/65

4 conceito de capital 4 3 capital de terceiros1

4. Conceito de Capital4.3 Capital de Terceiros

(Estamos na página 51 da apostila)

62/65

4 conceito de capital 4 4 capital total disposi o da empresa

4. Conceito de Capital4.4 Capital total à disposição da empresa

Corresponde aos capitais próprios mais os capitais de terceiros, os quais podem estar disponíveis no ativo ou investido na forma de bens e direitos.

(Estamos na página 52 da apostila)

63/65

4 conceito de capital 4 4 capital total disposi o da empresa1

4. Conceito de Capital4.4 Capital Total à Disposição da Empresa

(Estamos na página 52 da apostila)

64/65

4 conceito de capital 4 4 capital total disposi o da empresa2

4. Conceito de Capital4.4 Capital total à disposição da empresa

Sendo assim, podemos dizer que o capital é o conjunto de valores disponíveis pela empresa em um determinado momento.

(Estamos na página 52 da apostila)

65/65

turma emd 0119 professor fl vio brustoloni

Contabilidade BásicaUnidade 1

Turma: EMD 0119

Professor: Flávio Brustoloni