Desdobramentos
Download
1 / 48

Desdobramentos - PowerPoint PPT Presentation


  • 59 Views
  • Uploaded on

Desdobramentos. Pós – 2ª. Guerra Mundial. Guerra Fria. (1945 – 1989/91). Confronto Econômico, político e diplomático entre as Superpotências: EUA e URSS = Bipolarização. Evolução: Doutrina Truman Plano Marshall Comecon Otan Pacto de Varsóvia. Guerra Fria. Macarthy Truman.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Desdobramentos' - betha


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Desdobramentos

Desdobramentos

Pós – 2ª. Guerra Mundial


Guerra fria

Guerra Fria

(1945 – 1989/91)


Guerra fria1

Confronto Econômico, político e diplomático entre as Superpotências:

EUA e URSS = Bipolarização.

Evolução:

Doutrina Truman

Plano Marshall

Comecon

Otan

Pacto de Varsóvia

Guerra Fria


Macarthy truman
Macarthy Truman Superpotências:


Divis o da alemanha
Divisão da Alemanha Superpotências:


Guerra fria2

“Vácuos de Poder”: Superpotências:

Divisão da Alemanha

Revolução Chinesa

Guerra da Coréia

Coexistência Pacífica (N. Kruschev)

Détente (R. Nixon)

Guerra nas Estrelas (R. Reagan)

Perestroika e Glasnost (M. Gorbatchev)

Queda do Muro de Berlim (1989)

Fim da URSS

Guerra Fria



Bloco socialista

URSS: Superpotências:

Superpotência Socialista

Bipolarização

Indústria armamentista

Kominform

Influência na Europa Oriental

Sputnik (1957)

Vostok I (1961)

Yuri Gagarin

Bloco Socialista


Revolu o chinesa

Revolução Chinesa (1949): Superpotências:

Kuomitang (1905)

Sun Yatsen (1911)

Mao Tsé-tung

Partido Comunista (1921)

Chiang Kai-shek (1925)

Revolução Chinesa


Revolu o chinesa1

Mao – Rep. Soc. Chinesa (1931) Superpotências:

Longa Marcha (1934)

Nacionalistas (Chiang Kai Skek)

X (1945)

Socialistas (Mao Tsé-tung)

Mao no poder (1949 – 1976)

Rompimento com a URSS (1960)

Revolução Cultural (1966)

Deng Xiao Ping (1979 – 1997)

Abertura Econômica

Praça da Paz Celestial (1989)

Hu Jintao

Revolução Chinesa


Revolu o cubana

Emenda Platt Superpotências:

Diplomacia Preventiva

Ditadura de Fulgêncio Batista

Interesses Americanos:

# Produção Açúcar

# Charutos

# Investimentos

# Lavagem de $

Problemas Cubanos:

# Interesses dos EUA

# Alta Concentração Fundiária

# Desigualdade Social

Revolução Cubana


Revolu o cubana1

# Saturação do Mercado do Açúcar Superpotências:

# Corrupção

# Guerra Fria

Líderes: Fidel Castro

Camilo Cienfuegos

Ataques à Moncada

Eleições fraudulentas e ditadura

Mov. Revolucionário 26 de Julho

Sierra Maestra (Che Guevara)

Revolução Cubana


Revolu o cubana2

Leis revolucionárias: Superpotências:

# Prisão dos Batististas

# Fim de partidos políticos

# Fim dos monopólios

# Reforma Agrária (420 h)

# Investimentos em Saúde e Educação

Modelo Comunista

Invasão da Baía dos Porcos:

contra revolucionários com o apoio dos EUA

Expulsão da OEA (1961)

Crise dos Mísseis (1963)

“Países Não-Alinhados”

Revolução Cubana



Descoloniza o da frica e sia1

Imperialismo do Séc. XIX Superpotências:

Guerras Mundiais do Séc. XX

Fatores:

Declínio da Supremacia Européia

Ascensão do Nacionalismo Af/As

Emergência das Superpotências

EUA X URSS

Características dos Movimentos:

Guerras de Libertação Nacional

Independência por Meios Pacíficos

Descolonização da África e Ásia


Frica
África Superpotências:


Descoloniza o asi tica

Descolonização Asiática Superpotências:


Independ ncia da ndia

Gandhi : Não-Violência e Desobediência Civil Superpotências:

1930 – Marcha do Sal

1947 – Índia e Paquistão

1948 – Morte de Gandhi

N. Nehu

Independência da Índia


Mahatma m gandhi
Mahatma M. Gandhi Superpotências:


Independ ncia da indochina

Vietnã: Superpotências:

1930: Part. Comunista (Ho Chi Min)

1945: Potsdan = divisão do Vietnã

1946 – 1954: Independência da Indochina (Gen. Giap)

1953: Dien Bien Phu

1954: Laos, Vietnã, Camboja

1955: Dinh Diem

1963: Monges Budistas

1968: Ofensiva Tet

1970: Guerra – Laos + Camboja

1973: Acordo de Paris

1976: Unificação do Vietnã

Independência da Indochina


Vietn
Vietnã Superpotências:


Oriente m dio

Oriente Médio Superpotências:


Conflito rabe israelense

1948: Superpotências:Estado de Israel

Bem Gurion

1956: Guerra de Suez (Sinai)

1959: Al Fatah (Yasser Arafat)

1964: OLP

1967: Guerra dos 06 dias

Gaza, Sinai, Cisjordânia e Colinas de Golã

1973: Guerra do Yon Kippur

1978: Acordo de Camp David

Sadat, Begin e Carter

1980-1988: Guerra do Líbano

1982: Sabra e Chatila

1987: Intifada

1988: Estado Palestino

Conflito Árabe-Israelense


Conflito rabe israelense1

1.994:Acordo sobre a faixa de Gaza e a área de Jericó (Arafat e Rabin)

1.995:Israel e OLP assinam acordo parcial para a transferência total da Cisjordânia para a Palestina

1998: Segunda Intifada

2.000: Novos conflitos

Sharon e Barak X Arafat

Visita-provocação de Ariel Sharon à Esplanada das Mesquitas, em 28 de setembro de 2000

2.005: Israel devolve a faixa de Gaza aos Palestinos e 04 pequenos assentamentos ao norte da Cisjordânia

Conflito Árabe-Israelense


Revolu o isl mica

A Revolução Iraniana, ocorrida em 1979, transformou o Irã - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

na primeira fase, houve uma aliança entre grupos liberais, grupos de esquerda e religiosos para depor o xá.

na segunda, freqüentemente chamada Revolução Islâmica, viu-se a chegada dos aiatolás ao poder.

Revolução Islâmica


Revolu o isl mica1

O - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:Xá Reza Pahlevi estava no poder desde 1941, com uma curta interrupção em 1953

1953: governo democraticamente eleito de Mohammad Mossadeq

Operação Ajax (apoio da CIA) recoloca o Xá Reza Pahlevi

O regime era conhecido por sua corrupção política e práticas brutais, as quais, como resposta, suscitavam protestos tanto internos quanto da comunidade internacional.

Revolução Islâmica


Revolu o isl mica2

Oposição religiosa: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Contra brutalidade do governo

Contra a Tirania

Contra a pobreza

1964: Pahlevi X Khomeini

Expulsão de Khomeini

1963 - 1967 a economia iraniana

cresceu = petróleo + aço

X

favorecimento dos ricos e gastos com armamentos americanos

População pobre: islamismo

Classe média: valores ocidentais

Revolução Islâmica


Revolu o isl mica3

Problemas: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

1. Corrupção

2. Repressão da polícia

3. Miséria da população

4. Luxo da Família real

5. Direitos Humanos (J. Carter)

16 de janeiro de 1979: Abdicação do Xá e Retorno de Khomeini

1979 e 1981:

presos, por 444 dias, um evento conhecido como a crise iraniana dos reféns, 52 americanos na embaixada americana de Teerã

Revolução Islâmica


Revolu o isl mica4

Preceitos: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Proibição de costumes ocidentais

Sharia

Castigos corporais

Corão

Xiitas

Revolução Islâmica


Guerra ir iraque

1980 – 1988: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

# Petróleo

# Estreito de Shatt Al–Arab

# Medo da Expansão

do Islã

# Apoio dos EUA

ao Iraque

# Apoio da URSS

ao Irã

Guerra Irã - Iraque


Guerra ir iraque1
Guerra Irã - Iraque - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:


Guerra do golfo

Guerra do Golfo I: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

06/1990 – 02/1991

# Guerra do Irã-Iraque

# Petróleo

# Armas químicas e biológicas

# Kuwait:

1. saída para o mar

2. salvação da crise $

02/08/1990 – 28/02/1991

“Tempestade do Deserto”

Guerra do Golfo


Guerra do golfo1

Mortos: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

# 100.000 iraquianos

# 10.000 forças de coalizão

Guerra do Golfo II: (2003)

# Petróleo

# Armas químicas e biológicas

# Guerra do Golfo I

Operação Iraque Livre

Saddam foi enforcado no dia 31/12/2006

Guerra do Golfo


Avan o do bloco capitalista

Avanço do Bloco Capitalista - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:


Bloco capitalista

Estados Unidos: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Hegemonia (anos 50 e 60)

Grande potência capitalista

Prosperidade (Fair Deal)

Doutrina Truman:

OTAN

Plano Marshall (1947)

Macarthismo (1950 – 1954)

(Comitê de Atividades Anti-Americanas)

Corrida Armamentista e Belicismo

Movimentos Sociais

Direitos Civis

M. L. King: não-violência (1955 – 1968)

Marcha sobre Washington (250.000)

Malcom X e Panteras Negras: violência

Bloco Capitalista


Bloco capitalista1

Imperialismo (América Latina) - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

# Aliança para o Progresso

# OEA

# Crise Mísseis

Declínio da Hegemonia (70 - 80):

Détente

Caso Watergate (esp. Democrata)

OPEP e Crise do Petróleo (1973)

Derrota no Vietnã

Guerra Irã – Iraque

Nova crise do Petróleo (1979)

Bloco Capitalista


Bloco capitalista2

Presidentes Americanos - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

(Pós-Guerra):

1945 – 1953: H. Truman

1953 – 1961: D. Eisenhower

1961 – 1963: J. F. Kennedy

1963 – 1968: L. Johnson

1968 – 1974: R. Nixon

1974 – 1976: G. Ford

1976 – 1980: J. Carter

1980 – 1988: R. Reagan

1988 – 1994: G. Bush

1994 – 2000: B. Clinton

2000 – 2008 : G. W. Bush

Bloco Capitalista


Bloco capitalista3

Europa Ocidental: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Reconstrução Européia no Pós-Guerra:

Plano Marshall

Integração Econômica

# Mercadorias

# Mão-de-obra

# Capitais

Benelux (1948) Ceca (1951)

MCE (1957) Euratom

Hegemonia dos EUA sobre a

Europa Ocidental

Bloco Capitalista


Bloco capitalista4

Conter Distúrbios: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Maior democratização do Regime

Intervenção Estatal

Nacionalização das fontes de Energia

Novos Mercados

Avanço da Legislação

Previdenciária e Social

Elevação do padrão de vida do trabalhador

Bloco Capitalista


Jap o

Parceiro americano após Rev. Chinesa - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Hiroito (1927 – 1989)

Akihito (1989 – hoje)

Monarquia Constitucional

Constituição Liberal e

Parlamentarismo (1946)

Imperador perde divindade

Tratados de Assistência Periódica

(Bases Americanas)

mão-de-obra barata e disciplinada

Japão


Jap o1

Desmilitarização do país - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Reforma Agrária

“Milagre Japonês” (1957)

# Expansão econômica

# Crescimento da Renda Nacional

# Importação em grande escala

(matéria-prima)

# Desenvolvimento:

Ind. Pesada

Ind. Química

Ind. Automobilística

Robótica

Japão


Crise do socialismo autorit rio

Crise do Socialismo Autoritário - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:


Crise no socialismo autorit rio

Líderes da URSS (Rússia): - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Stalin (1924 – 1953)

Kuschev (1953 – 1964)

Brejnev (1964 -1982)

Andropov (1982 – 1984)

Tchernenko (1984 – 1985)

Gorbatchov (1985 – 1991)

Yeltsin (1991 – 2000)

Putin (2000 – 2008)

Crise no Socialismo Autoritário


Crise no socialismo autorit rio1

Invasão do Afeganistão (1979) - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

(petróleo - gás)

Iugoslávia:

Não alinhamento ao Pacto de Varsóvia

1980: morte de Tito

# sérvios (ortodoxos)

# croatas (católicos)

# bósnios (muçulmanos)

1991: Croácia e Eslovênia (indústrias)

1992: Bósnia

1996: fim Iugoslávia (Sérvia)

1998: Kosovo

2008: Montenegro

Crise no Socialismo Autoritário


Iugosl via
Iugoslávia - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:


Crise no socialismo autorit rio2

Crise Soviética: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

1989: Polônia

1989: Alemanhas

1991: Independência da Lituânia, Letônia, Estônia e Ucrânia.

19/08/1991: Golpe na Rússia em fim da URSS

21/12/1991: Formação da CEI

Crise no Socialismo Autoritário


Crise no socialismo autorit rio3

M. Gorbatchov: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Perestroika:

Fim do rígido planejamento central.

Abolição dos preços ditados pelo governo

Autogestão das empresas estatais

Fim da política de subsídios

Pequenos negócios privados

Crise no Socialismo Autoritário


Crise no socialismo autorit rio4

Glasnost: - até então comandado pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi - de uma monarquia autocrática pró-Ocidente, em uma república populista teocrática islâmica sob o comando do aiatolá Ruhollah Khomeini. Para efeito de análise histórica, a Revolução Iraniana é dividida em duas fases:

Devolução do poder dos soviets

Separação do PC e Estado

Simplificação da estrutura burocrática

Reforma da legislação eleitoral

Equilíbrio de poder entre os vários setores da sociedade

Crise no Socialismo Autoritário