Viabilidade econ mica frango caipira de barra do bugres arranjo produtivo local
Sponsored Links
This presentation is the property of its rightful owner.
1 / 46

VIABILIDADE ECONÔMICA FRANGO CAIPIRA DE BARRA DO BUGRES ARRANJO PRODUTIVO LOCAL PowerPoint PPT Presentation


  • 124 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

VIABILIDADE ECONÔMICA FRANGO CAIPIRA DE BARRA DO BUGRES ARRANJO PRODUTIVO LOCAL. MERCADO – MT ARRANJO INSTITUCIONAL. SDT/MDA – CTA – Pontes e Lacerda. IAAF – Instituto Acácia em Agricultura familiar. BARR BUGRES. MERCADO. LOCAL E ESTADUAL. MUNICÍPIO DE BARRA DO BUGRES.

Download Presentation

VIABILIDADE ECONÔMICA FRANGO CAIPIRA DE BARRA DO BUGRES ARRANJO PRODUTIVO LOCAL

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


VIABILIDADE ECONÔMICAFRANGO CAIPIRA DEBARRA DO BUGRESARRANJO PRODUTIVO LOCAL

MERCADO – MT

ARRANJO INSTITUCIONAL


SDT/MDA – CTA – Pontes e Lacerda

IAAF – Instituto Acácia em Agricultura familiar


BARR

BUGRES


MERCADO

LOCAL E ESTADUAL


MUNICÍPIO DE BARRA DO BUGRES

MERCADO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA

AGRICULTURA FAMILIAR


MERCADOS – LOCAL, REGIONAL E PRINCIPAL

Mercado Local

67.000

Tangará e Municípios

do Entorno – 134.000

Municípios

Do Entorno

Cuiabá e VG

250.000

Grande Cáceres

156.150

V. Grande

280.000

Cuiabá

495.000


MERCADOS – LOCAL, REGIONAL E PRINCIPAL

Cuiabá

Várzea

Grande

Municípios

Entorno

Cuiabá

E VG

Regional

2

Grande

Cáceres

Regional

1

Tangará e

Entorno

Mercado

Local


BARRA DO BUGRES

DADOS DAS PRINCIPAIS CULTURA / 2007/IBGE


NOVA OLÍMPIA

DADOS DAS PRINCIPAIS CULTURA / 2007/IBGE


PORTO ESTRELA

OS DAS PRINCIPAIS CULTURA / 2007/IBGE


DENISE

DADOS DAS PRINCIPAIS CULTURA / 2007/IBGE


MERCADO A PARTIR DE Barra do Bugres

MERCADO LOCAL, REGIONAL E PRINCIPAL


CUIABÁ

550.000

MUNICÍPIOS

DO ENTORNO

DE CUIABÁ

E V.GRANDE–

250.000

VÁRZEA

GRANDE

280.000

GRANDE

CÁCERES

156.150

BARRA DO BUGRES

ENTORNO

67.000

TANGARÁ EENTORNO

80.000

DIAMANTINO

ENTORNO - 49.400


MERCADO LOCALBAIXADA CUIABANA

  • 1.000.000 DE Habitantes

  • IBGE – Cada Família tem 4 pessoas

  • 1.000.000 : 4 = 250.000 famílias

  • 250.000 famílias, temos na Baixada (SEPLAN):

  • 25% (RENDA FAMILIAR) ganha acima de R$ 2.500,00, esse grupo compra 1 frango por semana = 25% de 250.000 = 62.500 x 4 frangos = 250.000 frangos mês.

  • 50% ganha de 1 a 4 salários mínimo, compra 1 frango mês = 125.000 frangos

  • Total das duas parcelas da população = 375.000 frangos mês.

  • Os outros 25% da população ganha de 1 salário mínimo abaixo, compra direto do programa do governo na merenda escolar.

  • Mercado aproximado de 400.000 frangos na Baixada Cuiabana


COOPERATIVA DOS PRODUTORES

MANEJO DO FRANGO SEMI-CAIPIRA


Manejo do Frango e Ração

  • Ração Alternativa de Mandioca

  • Farelo de casca e ponta de mandioca – 40%

  • Farelo de soja – 20%

  • Farelo de milho – 20%

  • Farelo de arroz – 10%

  • Farelo de folha de mandioca – 5%

  • Núcleo vitamínico mineral – 5%

  • Custo da ração R$ 0,48


Mão de obra

Energia

Pintainho

Ração


Mão de obra

Energia

Pintainho

Ração


Custo do Frango com 90 dias

  • Pintainho – R$ 1,00

  • Ração 90 dias – R$ 3,60 – ração do mercado

  • Energia – R$ 0,33/frango

  • M. obra – R$ 0,30

  • Total – R$ 5,23

  • Vendido pelo Sr. Hélio a R$ 12,00 para mercado


Custo e Lucrodo criador

  • Considerando 10.000 frango/mês,

  • R$ 8,00 (mercado) – R$ 5,23 = R$ 2,77 Lucro

  • Exemplos engorda - frangos/mês:

  • R$ 2,77 x 1.000 frangos = 2.770,00

  • R$ 2,77 x 2.500 frangos = 6.925,00

  • R$ 2,77 x 5.000 frangos = 13.850,00

  • R$ 2,77 x 7.500 frangos = 20.775,00

  • R$ 2,77 x 10.000 frangos = 22.770,00


5,23

R.C.

4,33

R.A.

3,67

R.A.

2,77

R.C.


Custo ABATEDOURO

  • Abate de 10.000 a 20.000 frangos/mês

  • M.obra – 06 funcionários com encargos – R$ 6.000,00

  • Energia – R$ 1.000,00

  • Técnicos especializados – R$ 2.000,00

  • Material de consumo – R$ 2.000,00

  • Manutenção – R$ 2.000,00

  • TOTAL – R$ 13.000,00/mês


Lucro em relação abate

  • R$ 13.000,00 : 5.000 frangos = R$ 2,60

  • R$ 13.000,00 : 10.000 frangos = R$ 1,30

  • R$ 13.000,00 : 15.000 frangos = R$ 0,86

  • Considerando 10.000 frango/mês

  • R$ 8,00 Produtor + 1,30 abate = R$ 9,30

  • Lucro R$ 12,00 – 9,30 = R$ 2,70

  • R$ 2,70 x 10.000 = R$ 27.000,00

  • R$ 27.000,00 x 12 = 324.000,00/ano


Jardim Vitória

Novo Colorado

CPA 3 - 8,37 km

9,67 Km

Novo Horizonte

5,8 Km

10,26 Km

17,97 Km

10,30 Km

Pedra Noventa

Eldorado

15,34 Km

11,41 Km

Treze de Setembro

Trevo Sto. Antônio Leverger


Planejamento do Projeto

Campo – Frigorífico - Mercado


COOPERATIVA

  • Capacitar e dar assistência técnica aos cooperados

  • Abrir mercado

  • Trabalhar a cadeia produtiva

  • Estabelecer o APL

  • Compor o Arranjo Institucional


Capacitar e dar Assistência Técnica aos Cooperados

  • Capacitar toda cadeia produtiva do frango:

  • Manejo do frango,

  • Produção de ração alternativa de mandioca,

  • Sanitária da produção do frango,

  • Cultura da mandioca,

  • Produzir o frango com segurança alimentar, de acordo as exigências de mercado,

  • Visita aos produtores rurais – pelo menos três vezes por mês em cada produtor.


Abrir Mercado

  • Visita aos grandes mercados de Cuiabá e Várzea Grande:

  • Demonstrar o produto,

  • Organizar as vendas,

  • Elaborar um programa de propaganda do frango semi-caipira de Barra do Bugres para Baixada Cuiabana, com folhetos, rádio e televisão.

  • Organizar “stand” nos grandes mercados de Cuiabá e Várzea Grande.


Produção e Abatedouro

  • Levantar a demanda real de mercado local, regional e estadual.

  • Planejamento estratégico.

  • Plano de gestão

  • Capacitação continua e monitoramento e avaliação das ações de campo e do abatedouro.


Trabalhar a Cadeia Produtiva doFrango Caipira de Barra do Bugres

  • Desde a produção até o mercado,

  • Demonstrando ao produtor a importância do produto e a continuidade da produção com qualidade,

  • Trabalhar a importância da produção coletiva,

  • A compra de insumos coletivo pela cooperativa dos produtores,

  • Capacitar os produtores no processo do cooperativismo.


Estabelecer o APLArranjo Produtivo Local

  • Demonstrar a importância constituição do Sistema produtivo coletivo,

  • Em um arranjo dos produtores rurais em relação a produção, abate e compra de insumos,

  • As funções de cada um no sistema de produção empreendedora do frango caipira de Barra do Bugres,

  • O fortalecimento da Identidade no mercado,

  • Tornando a marca frango caipira de Barra uma referência de consumo no mercado local.


Compor o Arranjo Institucional

  • Constituir um conjunto de empresas parceira no fortalecimento da marca e da identidade;

  • Desde a produção ao mercado;

  • Insumos; Fiscalização, Assistência técnica e a Logística de transporte e entrega dos frangos nos mercados,

  • Estabelecer os pontos de venda,

  • Organizar e capacitar as equipes de venda,

  • Estabelecer um ponto de distribuição dos produtos em Cuiabá.


Frigorífico

  • Elaborar um Planejamento Estratégico,

  • Capacitar os funcionários em relação as normas do SISE,

  • Organizar um fluxograma de produção e entrega de frangos,

  • Trabalhar o monitoramento e avaliação das atividades do Frigorífico,


PTDRS

Instrumento de Gestão

PTDRS

Instrumento de Gestão

PDS

Instrumento de Gestão

APL do Frango Caipira de Barra do Bugres

Cooperativa de Produtores

PREFEITURA

DE BARA DO BUGRES

  • ABATEDOURO

  • Gestão Econômica e Social

  • COOPERATIVA

- Gestão compartilhada

- Tomada das decisões estratégicas do DRS consolidadas no Plano

EMPAER, INDEA IAAF, MERCADOS LOCAIS FORCECEDORES

Núcleo Técnico

  • Gerenciamento

  • Base Técnica de Elaboração e Acompanhamento do Plano e Projetos

  • - Visão de Futuro

  • - Diagnóstico

  • Planejamento Estratégico

  • Eixos Aglutinadores

  • Indicadores de Mercado

PARCERIAS MUNICIPAIS ESTADUAIS FEDEREAIS PRIVADA

ARRANJOS INSTITUCIONAIS PARA EXECUÇÃO DOS PROJETOS

  • - Projeto Frango Caipira

  • - Projeto Abatedouro Frango

  • Projeto Derivados de Frango

  • Projeto carneiro

  • - Projeto Ração de Mandioca

  • - Projeto capacitação da linha de produção continuada.

  • Projeto de Assistência técnica

  • Projeto Cooperativismo

  • Projeto de Desenvolvimento de Mercado do Frango na B. Cuiab.

  • - Projeto de Logística

Logística de transporte

Mercado

Cooperativa de produtores

Comércio e Negócios

FETAGRI

EMPAER

INDEA

MDA/SDT

PRONAF

Programas de outros Ministérios


GESTÃO = GERENCIAMENTO

Política

=

Operacional

Tomada de decisões,

estratégias sobre a

implantação. Quanto

a origem e uso dos

recursos.

Implementação

das decisões tomadas. Equipe

Técnica e Comitê Gestor

Assessorias especializadas

PROJETO FRANGO CAIPIRA DE BARRA DO BUGRES

Espaço de

Negociação


- DIAGNÓSTICO E CONSULTA A POPULAÇÃO

- VISÃO DE FUTURO

- PLANIFICAÇÃO

• OBJETIVOS

• DIRETRIZES

• ESTRATÉGIAS

• PROGRAMAS E PROJETO

Projetos

Alternativos

SENSIBILIZAÇÃO/MOBILIZAÇÃO

METODOLOGIA

DE TRABALHO

ABATEDOURO

MONITORAMENTO/AVALIAÇÃO

ORGANIZAÇÃO

– ARTICULAÇÃO

– BUSCA DE PARCERIAS

– NEGOCIAÇÃO

– AJUSTES

– DIVISÃO DE TAREFAS

DIREÇÃO/COORDENAÇÃO

PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO


RESUMO DAS INFORMAÇÕES DE MERCADO

PRODUÇÃO E MERCADO

FRANGO CAIPIRA DE

BARRA DO BUGRES


PELA ATENÇÃO

OBRIGADO

Eng.Agr.Prof.Dr.Medson Janer da Silva

RNC/SDT/MDA/IICA

Presidente do IAAF

[email protected]

(65) 9983-6854


  • Login