Técnicas de Gestão
Sponsored Links
This presentation is the property of its rightful owner.
1 / 126

Técnicas de Gestão Unidade 1 PowerPoint PPT Presentation


  • 112 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Técnicas de Gestão Unidade 1. Educação a Distância – EaD. Técnicas de Gestão. Professor: Flávio Brustoloni. Abordar aspectos e conceitos relevantes nas técnicas de gestão;. Discorrer sobre as principais definições em Administração;. Objetivos da Disciplina:.

Download Presentation

Técnicas de Gestão Unidade 1

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Técnicas de Gestão

Unidade 1


Educação a Distância – EaD

Técnicas de Gestão

Professor: Flávio Brustoloni


  • Abordar aspectos e conceitos relevantes nas técnicas de gestão;

  • Discorrer sobre as principais definições em Administração;

Objetivos da Disciplina:

  • Conhecer as características das mais importantes escolas da Administração;

  • Apresentar terminologias adotadas na gestão;

  • Discutir a formação e as habilidades do gestor;

  • Trabalhar a questão da gestão na prática;

  • Explorar os diferentes ambientes em que o gestor pode atuar;

  • Capacitar o(a) acadêmico(a) a criticar e analisar as organizações a partir do desempenho das funções administrativas;

  • Compreender as questões contemporâneas da Administração;

  • Preparar o(a) acadêmico(a) para fazer a gestão do negócio próprio ou de terceiros;


Unidade 1A GESTÃO DE ORGANIZAÇÕES E O PAPEL DOS GESTORES


  • Iniciar a compreensão sobre o conceito de gestão e organização;

  • Compreender como o gestor deve contribuir nas organizações;

Objetivos da Unidade:

  • Conhecer as habilidades e competências que o gestor deve possuir;


Indicação do Tópico

Tópico 1

Unid. 1

TUTORIAL

Numeração do slide

Página da apostila

03

2/45


TÓPICO 1

Principais Conceitos de Gestão e Organização

1/95


Tópico 1

Unid. 1

A gestão é um processo que transforma cenários, agrega valor, cria necessidades e multiplica ações que fomentam o crescimento, seja econômico, de bens e produtos/serviços, empresariais ou até mesmo pessoais.

1 Introdução

03

2/95


Tópico 1

Unid. 1

O objetivo central da gestão é de planejar e conduzir as ações de forma que o objetivo organizacional seja alcançado no tempo estabelecido.

2 Conceitos de Gestão

03

2/95


Tópico 1

Unid. 1

A gestão é uma atividade do cotidiano das pessoas, que atuam em organizações, seja do setor público ou privado, e ainda, nós, também utilizamos a gestão em nosso dia a dia, na vida pessoal, pois sempre temos que planejar nossas ações, executando-as e controlando-as.

2 Conceitos de Gestão

04

3/95


Tópico 1

Unid. 1

Todas as empresas independentemente de terem apenas um proprietário ou mais, de ser do poder público ou privado, ou ainda, serem constituídas com o título de ONG, necessitam de lucro, nem que for o lucro para se manterem abertas.

2 Conceitos de Gestão

04

4/95


Tópico 1

Unid. 1

Se recorrermos ao estudo da Escola Clássica, podemos apresentar o conceito de organizações, como sendo o conjunto de pessoas que realizam tarefas de forma planejada, coordenada, controlada e organizada, a fim de atingir um objetivo pré-determinado.

3 Conceitos de Organização

05

5/95


Tópico 1

Unid. 1

As organizações são, portanto, grupos de pessoas que se unem com um objetivo de transformação de diferentes sistemas, através de recursos, a fim de obter um resultado positivo interno e satisfatório externo.

3 Conceitos de Organização

05

6/95


Tópico 1

Unid. 1

Administrar é a soma das ações POCC, que provêm de Planejar, Organizar, Coordenar e Controlar; ou PODC, de Planejar, Organizar, Dirigir e Controlar e os vieses que abrangem o negócio.

3 Conceitos de Organização

06

7/95


Tópico 1

Unid. 1

Os objetivos devem ser específicos quanto aos produtos e serviços que são o foco da organização. Priorizar e elencar de forma criteriosa os objetivos faz parte de um programa organizacional bem elaborado, suficiente para obter resultados de ótimo desempenho.

3 Conceitos de Organização3.1 Objetivos

07

8/95


Tópico 1

Unid. 1

As organizações são fundamentadas em recursos. Recursos são meios utilizados para vencer obstáculos. Nas organizações deve-se considerá-los como restrições e alternativas funcionais.

3 Conceitos de Organização3.2 Recursos

08

9/95


Exemplos de Recursos

Tópico 1

Unid. 1

08

Espaço


Exemplos de Recursos

Tópico 1

Unid. 1

08

Instalações


Exemplos de Recursos

Tópico 1

Unid. 1

08

Máquinas


Exemplos de Recursos

Tópico 1

Unid. 1

08

Móveis


Exemplos de Recursos

Tópico 1

Unid. 1

08

Equipamentos


Exemplos de Recursos

Tópico 1

Unid. 1

08

Tempo


Exemplos de Recursos

Tópico 1

Unid. 1

08

Conhecimento


Tópico 1

Unid. 1

Recursos dentro das organizações podem ter categorizações diferenciadas:

3 Conceitos de Organização3.2 Recursos

08

10/95


Tópico 1

Unid. 1

3 Conceitos de Organização3.2 Recursos

Recursos

Humanos

Recursos Organizacionais

Recursos Financeiros

Valores ($)

Colaboradores

Tangíveis

(equipamentos)

Intangíveis

(informações)

08

11/95


Tópico 1

Unid. 1

Os processos de transformação de uma organização são gerados a partir de recursos utilizados. “Por meio de processos, a organização transforma os recursos para produzir os resultados. Um processo é um conjunto ou sequência de atividades interligadas. Um processo é a estrutura de ação de um sistema.”

3 Conceitos de Organização3.3 Processos de Transformação

08

12/95


Tópico 1

Unid. 1

Nos processos de transformação, a ação que fomenta a dinâmica da organização é a comunicação.

3 Conceitos de Organização3.3 Processos de Transformação

08

13/95


Tópico 1

Unid. 1

Nos processos de transformação, a ação que fomenta a dinâmica da organização é a comunicação.

3 Conceitos de Organização3.3 Processos de Transformação

08

13/95


Processos de Transformação


Tópico 1

Unid. 1

Requer uma estrutura moderna, transformando setores em integrantes de um grande grupo, de forma que o conjunto dos processos de transformação do sistema implique nos resultados de excelência. As melhores práticas organizacionais em processos contínuos de transformação são de adequação ao mercado.

3 Conceitos de Organização3.3 Processos de Transformação

09

14/95


Tópico 1

Unid. 1

As influências da estrutura organizacional determinam tarefas específicas que na divisão do trabalho podem estar agrupadas por três habilidades:

3 Conceitos de Organização3.4 Divisão do Trabalho

09

15/95


Tópico 1

Unid. 1

  • Técnicas: compreensão e proficiência num tipo de atividade – envolvendo método, processo, procedimento ou técnica);

3 Conceitos de Organização3.4 Divisão do Trabalho

09

16/95


Tópico 1

Unid. 1

  • Humanas: trabalha eficientemente como integrante de um grupo ou tem aptidões de conduzir o relacionamento entre grupos;

  • Conceitual: considera a empresa como um todo, reconhecendo a interdependência no sistema.

3 Conceitos de Organização3.4 Divisão do Trabalho

09

17/95


Tópico 1

Unid. 1

FIGURA 2 – MODELO DE HABILIDADES GERENCIAIS DE KATZ

3 Conceitos de Organização3.4 Divisão do Trabalho

Estratégico

Conceitual

Humana

Tático

Técnica

Operacional

09

coisas

Pessoas

Ideias

FONTE: Katz (1986, p.35)

18/95


Tópico 1

Unid. 1

Para que o gestor possa exercer um bom trabalho é necessário que ele tenha desenvolvido algumas habilidades essenciais ao longo de sua formação. São elas: habilidade técnica, humana e conceitual.

3 Conceitos de Organização3.5 Habilidades do Gestor

10

19/95


Tópico 1

Unid. 1

A habilidade técnica diz respeito à habilidade do gestor em conhecer os procedimentos, as técnicas e conhecimento necessário e especializado para executar alguma atividade no mercado de trabalho.

3 Conceitos de Organização3.5 Habilidades do Gestor

10

20/95


Tópico 1

Unid. 1

A habilidade humana é a forma como o gestor irá se relacionar com outras pessoas da equipe, ou seja, a habilidade de se relacionar com pessoas.

3 Conceitos de Organização3.5 Habilidades do Gestor

10

21/95


Tópico 1

Unid. 1

A habilidade conceitual é a capacidade de como o gestor percebe a organização num todo.

3 Conceitos de Organização3.5 Habilidades do Gestor

10

22/95


Tópico 1

Unid. 1

As empresas, caracterizadas como empresas públicas, têm como objetivo principal a prestação de serviços para a sociedade. Geralmente, são empregados funcionários que passam por um processo de admissão via concurso público ou cargo comissionado.

4 Tipos de Organização

11

23/95


Tópico 1

Unid. 1

As empresas caracterizadas como privadas já possuem outro tipo de gestão, onde o principal objetivo comum entre essas é o lucro.

4 Tipos de Organização

11

24/95


Tópico 1

Unid. 1

As Organizações não Governamentais, denominadas ONGs, são empresas que atendem a um bem social de determinada comunidade, localidade, região, estado, país etc, sem visar o lucro financeiro, porém necessitam deste para manter-se em funcionamento.

4 Tipos de Organização

12

25/95


Tópico 1

Unid. 1

  • Os executivos têm como atividades:

  • A função de organizar a empresa para que ela possa funcionar na sua totalidade e com qualidade;

  • Planejar as atividades para que possa atingir os objetivos com o mínimo de perdas;

5 Funções da Organização

12

26/95


Tópico 1

Unid. 1

  • Dirigir a empresa na liderança das atividades, garantindo orientação, coordenação e motivação através de sua liderança;

  • Acompanhar e controlar as atividades para constante avaliação de resultados.

5 Funções da Organização

12

27/95


Tópico 1

Unid. 1

O Planejamento é o que dá início ao ciclo das funções do gestor, pois é nele que serão definidas todas as metas e objetivos que serão estabelecidos para um determinado tempo, seja de curto, médio ou longo prazo.

5 Funções da Organização

12

28/95


Tópico 1

Unid. 1

O planejamento deve ser iniciado com a definição de missão e visão. A missão é a razão de existir da empresa, por que ela foi criada, além de gerar lucros, empregos etc. E a visão, é onde a empresa almeja chegar e chegando lá, ela reformula uma nova visão.

5 Funções da Organização

12

29/95


Tópico 1

Unid. 1

Existem três tipos de planejamento: o estratégico, tático e operacional.

5 Funções da Organização

PLANEJAMENTO

Tático

Operacional

Estratégico

13

30/95


Tópico 1

Unid. 1

O Planejamento Estratégico geralmente é o planejamento realizado pelos superiores da empresa do nível de direção/presidência, e tratam de planos de ação macros para a empresa onde são definidas as metas e objetivos que irão fazer parte do crescimento da empresa num todo.

5 Funções da Organização

13

31/95


Tópico 1

Unid. 1

O Planejamento Tático é realizado pelo nível hierárquico mediano, os gerentes/supervisores geralmente são designados e limitados aos setores da empresa apenas.

5 Funções da Organização

13

31/95


Tópico 1

Unid. 1

O Planejamento Operacional é realizado pela base da pirâmide hierárquica, ou seja, pelos funcionários da parte operacional que deverão por sua vez identificar possíveis melhorias na forma de produzir mais com maior qualidade ou melhorar os processos existentes e, além disso, planejar como irão alcançar as metas estabelecidas no planejamento tático repassando ao setor operacional.

5 Funções da Organização

13

32/95


Tópico 1

Unid. 1

A organização é a função que irá alocar as pessoas em suas respectivas funções de acordo com seu perfil e capacitação.

5 Funções da Organização

13

33/95


Tópico 1

Unid. 1

A direção é função que gestor irá utilizar para identificar as lideranças e dar suporte necessário para que as tarefas sejam cumpridas. Também é o momento que deve promover programas de motivação aos colaboradores para que possam estar satisfeitos com o ambiente de trabalho.

5 Funções da Organização

14

34/95


Tópico 1

Unid. 1

O controle pode ser classificado de duas formas: controle organizacional e controle operacional.

5 Funções da Organização

15

35/95


Tópico 1

Unid. 1

O controle organizacional diz respeito ao controle num todo da empresa, ou seja, o controle de quanto a empresa almeja aumentar no faturamento. Isso seria parte do controle organizacional que está ligado diretamente aos níveis mais altos da pirâmide hierárquica, ou seja, o nível estratégico.

5 Funções da Organização

15

36/95


Tópico 1

Unid. 1

O controle operacional é o controle que diz respeito aos procedimentos da parte produtiva como, por exemplo: a produção diária de produtos que devem estar produzidas ao final do dia por cada setor.

5 Funções da Organização

16

37/95


Tópico 1

Unid. 1

A produção, ou operações produtivas de uma organização que têm por objetivo transformar ou processar a entrada (matéria-prima, insumos ou recursos) em saídas (um novo bem ou serviço), agrega novo valor ao que entrou para atender às necessidades do cliente, seu público alvo. Portanto, é uma série de atividades que vão desde a concepção de um produto até sua entrega.

5 Funções da Organização5.1 Produção

16

38/95


Tópico 1

Unid. 1

A função de marketing é estabelecer e manter a ligação entre a organização e seus clientes, consumidores, usuários. Abrange as atividades de: “Pesquisa, Desenvolvimento de Produtos; Distribuição; Preço; Promoção e Vendas”.

5 Funções da Organização5.2 Marketing

17

39/95


Tópico 1

Unid. 1

A função de recursos humanos ou gestão de pessoas tem como objetivos encontrar, atrair e manter as pessoas de que a organização necessita.

5 Funções da Organização5.3 Recursos Humanos

18

40/95


Tópico 1

Unid. 1

A finalidade da função financeira em uma organização é o gerenciamento de forma eficaz de um conjunto de atividades dos recursos financeiros. Acompanhar através de planos e demonstrações financeiras, na transparência os orçamentos e o entendimento das necessidades de liquidez na organização, pelo fluxo de caixa.

5 Funções da Organização5.4 Finanças

19

41/95


Tópico 1

Unid. 1

Portanto, a função financeira é todo um processo de pagamentos e recebimentos. É uma arte da gestão do dinheiro, das entradas e saídas. A área de Contabilidade de uma empresa está integrada à área das finanças. Ações e controle, investimento, financiamento e aplicação dos resultados fazem parte das atividades deste sistema.

5 Funções da Organização5.4 Finanças

20

42/95


Tópico 1

Unid. 1

A Pesquisa e o Desenvolvimento estão intimamente ligados à função de marketing de uma organização. Um grupo multifuncional deve fazer parte deste grupo, pois é neste sistema, que se desenvolvem os produtos ou serviços ligados à organização. As pesquisas direcionam ao processo de inovação e o desenvolvimento à adequação das necessidades estudadas.

5 Funções da Organização5.5 Pesquisas e Desenvolvimento

21

43/95


TÓPICO 2

Gestor como Principal Agente

44/95


Tópico 2

Unid. 1

Através de conhecimentos adquiridos, qualificações pela prática e a competência devem-se gerenciar as próprias qualificações e possíveis contribuições enquanto atua no papel de gerente.

2 Definição do Papel de Gestor

32

45/95


Tópico 2

Unid. 1

A partir do entendimento e do conhecimento podemos tomar decisões. Do conhecimento podemos afirmar que existem no mínimo duas linhas. A linha do conhecimento explícito é tácito.

2 Definição do Papel de Gestor

34

46/95


Tópico 2

Unid. 1

O explícito como a própria palavra insinua devem ser explicitados e explicados através de esquemas, códigos de escrita ou fala de forma que as pessoas possam fazer o entendimento e uso através das orientações. O tácito é aquele formado pela ação em si, o que dificulta a possibilidade de transmitir, pois é fundamentado em experiência individual.

2 Definição do Papel de Gestor

34

47/95


Tópico 2

Unid. 1

2 Definição do Papel de Gestor2.1 Você como Administrador de Si Próprio

Ao administrar suas necessidades para atingir seus objetivos, trace metas claras e simplificadas, conectando as suas várias áreas de conhecimento para gerir as tarefas com maior e melhor eficiência.

35

48/95


Tópico 2

Unid. 1

2 Definição do Papel de Gestor2.1 Você como Administrador de Si Próprio

Somos sujeitos, portanto somos subjetivos. E a cada indivíduo pertence um significado dependendo do contexto em que se está inserido, enquanto meio ambiente e mercado.

35

49/95


Tópico 2

Unid. 1

2 Definição do Papel de Gestor2.2 Administração nas Profissões Técnicas

Contribuir para uma melhor atuação, a formação técnica de administradores disponibiliza por meio da informação, a transmissão de técnicas para compreensão, análise e questionamento de conhecimentos...

36

50/95


Tópico 2

Unid. 1

2 Definição do Papel de Gestor2.2 Administração nas Profissões Técnicas

... a utilização de técnicas e ferramentas para o exercício de sua função, bem como dá competência na capacidade de avaliação para a tomada de decisões, considerando formas de atuação, situação e ambiente qual se está inserido.

36

51/95


Tópico 2

Unid. 1

2 Definição do Papel de Gestor2.3 Administração nas Organizações

Como posso garantir que minha atuação realmente esteja nos altos padrões? Devemos focar em gerenciar atividades e processos de forma individual observando o todo.

37

52/95


Tópico 2

Unid. 1

2 Definição do Papel de Gestor2.3 Administração nas Organizações

Ao entendermos a dinâmica de uma administração, veremos que uma atuação competente parte da comunicação como principal aspecto de desenvolvimento não só interno, mas também externo a sua estrutura. Prover para atingir resultados, faz parte da gestão competente.

37

53/95


Tópico 2

Unid. 1

2 Definição do Papel de Gestor2.3 Administração nas Organizações

Ser flexível; ser proativo; estar aberto a inovações; satisfazer necessidades; estabelecer uma comunicação clara e objetiva.

37

54/95


Tópico 2

Unid. 1

Para que a produtividade seja decorrente de uma eficiente gestão e para ficar claro, devemos lembrar que o papel do gerente existe com objetivo de garantir resultados, a partir da visão, que tem, e faz o melhor uso possível dos recursos financeiros, de materiais e humanos que a empresa oferece.

3 Estudos sobre Gerentes

37

55/95


Tópico 2

Unid. 1

Consequentemente, o empenho dos gerentes agrega valor aos recursos utilizados nas empresas. O papel do gerente é fundamentado em tomadas de decisão.

3 Estudos sobre Gerentes

37

56/95


Tópico 2

Unid. 1

O papel da comunicação é o principal, o mais estudado e aplicado nas atuais organizações. Este cuidado deve-se às diferenças individuais, tanto nas características de personalidade, quanto ao meio socioeconômico a que pertence.

3 Estudos sobre Gerentes3.1 Papéis Interpessoais

38

57/95


Tópico 2

Unid. 1

Os ruídos devem ser evitados, pois, caso contrário, as informações podem chegar de forma distorcida ao receptor da mensagem.

3 Estudos sobre Gerentes3.1 Papéis Interpessoais

38

58/95


Tópico 2

Unid. 1

Ao transmitir a mensagem, observe os diferentes personagens que compõem esse processo e que o feedback, ou seja, o retorno sobre determinado assunto ou ação, deve ser realmente esclarecedor.

3 Estudos sobre Gerentes3.1 Papéis Interpessoais

38

59/95


Tópico 2

Unid. 1

O fluxo comunicacional deve ter características distintas a cada público e ser levado em consideração pela rede de comunicação. Lembrando que os processamentos das informações de forma diferenciada esbarram nas questões de personalidade e culturais.

3 Estudos sobre Gerentes3.2 Papéis de Processamento de Informações

38

60/95


Tópico 2

Unid. 1

Portanto, é necessário que se criem técnicas de gestão da comunicação corretas para atingir os diferentes públicos, internos e/ou externos, dependendo a quem, como e qual objetivo se quer atingir.

3 Estudos sobre Gerentes3.2 Papéis de Processamento de Informações

38

61/95


Tópico 2

Unid. 1

“Liderar é a arte de conduzir as pessoas para que façam o que é necessário por livre e espontânea vontade. É conseguir que seus liderados queiram fazer o que precisa ser feito”. (Jordão apud NEZ, 2008, p. 3).

4 Líder x Chefe

39

62/95


Tópico 2

Unid. 1

“Chefiar é fazer um grupo trabalhar para que sejam atingidos os objetivos” (NEZ, 2008).

4 Líder x Chefe

39

63/95


Tópico 2

Unid. 1

QUADRO 2 – DIFERENÇA ENTRE LÍDER E CHEFE

4 Líder x Chefe

40

64/95


Tópico 2

Unid. 1

O líder, muitas vezes, não tem o cargo de chefia, mas se destaca no meio da equipe por seu carisma e ideias que conquistam o respeito da equipe.

4 Líder x Chefe

40

63/95


Tópico 2

Unid. 1

Outras vezes, o líder pode ocupar o cargo de chefia e ser um chefe com características de líder, ou seja, o chefe por sua vez, pode chefiar a equipe por uma posição hierárquica, mas ter as características de um líder, algo que seria o ideal.

4 Líder x Chefe

40

64/95


Tópico 2

Unid. 1

Em outras vezes, o chefe pode apresentar as características típicas de um chefe, onde o respeito é conquistado por que ele se encontra numa posição hierárquica favorável à situação.

4 Líder x Chefe

40

65/95


Tópico 2

Unid. 1

O líder autocrático é o líder que “impõe” as atividades a serem executadas para sua equipe e não gosta muito de negociar as situações ou ações.

4 Líder x Chefe4.1 Estilos de Liderança

41

66/95


Tópico 2

Unid. 1

O líder democrático é o tipo de líder que costuma dividir as responsabilidades com sua equipe, delegando algumas tarefas, porém tem uma característica mais de depender dos demais para executar ou decidir algo.

4 Líder x Chefe4.1 Estilos de Liderança

41

67/95


Tópico 2

Unid. 1

O líder liberal é o tipo de líder “mais bonzinho”, porém ele cobra resultados e apoia a equipe para que o resultado seja alcançado. Geralmente o grau de instrução e comprometimento da equipe deve ser alto para que não se perca o foco durante a execução das tarefas.

4 Líder x Chefe4.1 Estilos de Liderança

41

68/95


TÓPICO 3

Competências e Habilidades do Gestor

69/95


Tópico 3

Unid. 1

Administração é um processo de tomadas de decisão, a partir de gerenciar tarefas, promover ações e condições que garantam a execução e desenvolver processos dentro de um sistema organizacional.

1 Introdução

55

70/95


Tópico 3

Unid. 1

Palavras como gestão, manejo, gerência, direção, todas são consideradas com características funcionais de uma pessoa ou grupo que tem habilidade para controlar e dirigir de forma organizada a produtividade de uma organização.

1 Introdução

55

71/95


Tópico 3

Unid. 1

Dentro do aspecto organizacional podemos citar as habilidades mais conhecidas pela sigla CHA: Conhecimento, Habilidade, Atitude.

2 As Competências do Gestor nas Organizações

55

72/95


Tópico 3

Unid. 1

C – Saber (conhecimentos adquiridos no decorrer da vida, na escola que frequentou, na universidade, em cursos, sejam técnicos ou de especialização etc. Ex.: Conhecimento da concorrência e técnicas de negociação).

2 As Competências do Gestor nas Organizações

55

73/95


Tópico 3

Unid. 1

H – Saber fazer (capacidade de realizar alguma tarefa específica, seja ela física ou mental. Ex.: Identificação de oportunidade no mercado, análise de concorrentes).

2 As Competências do Gestor nas Organizações

56

74/95


Tópico 3

Unid. 1

A – Querer fazer (comportamentos que temos diante de situações do nosso cotidiano e das tarefas que desenvolvemos no nosso dia a dia). Ex.: Participar da resolução de um problema ocorrido na organização sem ser solicitado demonstrando proatividade.

2 As Competências do Gestor nas Organizações

56

75/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.1 Competências Intelectuais

Podemos considerar as competências intelectuais como diferencial competitivo das organizações. O conhecimento é um investimento intangível que as organizações buscam como diferencial no mercado.

57

76/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.1 Competências Intelectuais

A organização que envolve todos os colaboradores na dinâmica do conhecimento gera o real valor agregado a partir do seu diferencial.

57

77/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.2 Competências Interpessoais

Entende-se que gerente envolve persuadir outras pessoas a realizar atividades de forma que aqueles que são bem gerenciados tornam-se colaboradores multifuncionais.

57

78/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.2 Competências Interpessoais

Saber tratar as convergências tão diplomaticamente quanto as divergências, de forma profissional e ética de acordo com as necessidades.

57

79/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.3 Competência Técnica

É o modo pelo qual se executam os trabalhos, neste caso o gerencial. A partir dos resultados obtidos é que confirma a competência e habilidade em resolução de problemas.

57

80/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.3 Competência Técnica

É competente todo aquele que tem capacidade de realizar atos ou resolver questões de forma satisfatória inerentes ao cargo ou função.

57

81/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.4 Competência Intrapessoal

  • A competência intrapessoal é formada por características pessoais como:

  • Disposição em trabalhar intensamente;

  • Determinação em realizar a função com qualidade;

  • Perseverança frente sua liderança;

58

82/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.4 Competência Intrapessoal

  • Habilidade para flexibilidade;

  • Disposição para assumir riscos;

  • Constante aprendizado;

  • Capacidade de entusiasmar equipes.

58

83/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.5 Processo Dinâmico

Deve um processo dinâmico de gestão atuar com flexibilidade, frente ao contexto em que vive a organização e a capacidade de criatividade frente às novas necessidades do mercado.

59

84/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.5 Processo Dinâmico

O profissional deve adaptar-se às realidades internas e externas a organização. A administração deve estar preparada e aberta às mudanças sejam elas tecnológicas ou mercado.

59

85/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.6 Arte

Consideramos administrar como arte quando nos referimos ao comportamento de adequação à contextualização, quer seja relacionada ao tempo, questões geográficas ou ainda culturais.

60

86/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.6 Arte

A arte está no processo de condução e flexibilidade ou gerenciamento dos novos conhecimentos e as adaptações à nova realidade da organização.

60

87/95


Tópico 3

Unid. 1

2 As Competências do Gestor nas Organizações2.7 Corpo de Conhecimento

Ao conjunto de elementos que compõem o processo administrativo, as pessoas. Independentemente desempenham o papel de gestores.

60

88/95


Tópico 3

Unid. 1

A ética é o instrumento fundamental para a instauração de um viver em conjunto sendo a base para a construção do mundo político e as condições necessárias para a sobrevivência da espécie humana.

3 Ética x Moral

60

89/95


Tópico 3

Unid. 1

Ética dez respeito às reflexões que você faz diante de situações para identificar o que está certo ou errado. As ações que você irá executar diante de uma reflexão sobre o que está certo ou errado, no caso a ética, é denominada de MORAL.

3 Ética x Moral

61

90/95


Tópico 3

Unid. 1

A Moral é a ação sobre essa reflexão, ou seja, você reflete (ética) e age (moral). A moral é o conjunto de regras, princípios e valores que determinam a conduta do indivíduo.

3 Ética x Moral

61

91/95


Tópico 3

Unid. 1

São ações distintas, que se interligam no resultado. A eficiência é a forma ou ações dentro da organização, e a eficácia é alcançar os resultados, atingir os objetivos.

4 Eficiência e Eficácia

61

92/95


Tópico 3

Unid. 1

É a palavra usada para indicar que a organização se utiliza de seus recursos de forma a realizar tarefas. Pode-se medir a eficiência de uma organização, a partir do maior e melhor uso dos seus recursos, enfatizando os meios utilizados e a melhoria no desenvolvimento dos processos.

4 Eficiência e Eficácia4.1 Eficiência

62

93/95


Tópico 3

Unid. 1

A eficácia indica como as operações realizadas atingiram seus objetivos. O papel do gerenciamento é apresentar a eficácia como desempenho do grupo, para que a organização atinja seus objetivos.

4 Eficiência e Eficácia4.2 Eficácia

62

94/95


Tópico 3

Unid. 1

Aplicar o PDCA que são ações utilizadas como ciclo de melhoria contínua tanto na eficiência de execução quanto na eficácia ao resultado.

4 Eficiência e Eficácia4.2 Eficácia

62

95/95


Tópico 3

Unid. 1

Planejar, definir metas e métodos

4 Eficiência e Eficácia4.2 Eficácia

Executar o trabalho

PLAN

DO

CHECK

ACTION

62

Verificar

Agir corretivamente

95/95


Parabéns!!! Terminamos a Unidade.


Técnicas de Gestão

PRÓXIMA AULA:

2º Encontro da Disciplina1ª Avaliação da Disciplina (Redação com consulta)


  • Login